1) La descarga del recurso depende de la página de origen
2) Para poder descargar el recurso, es necesario ser usuario registrado en Universia


Opción 1: Descargar recurso

Detalles del recurso

Descripción

O objetivo do trabalho foi estimar o estoque de carbono da parte aérea (troncos, galhos e serapilheira)e subterrânea (raízes e solo) da vegetação lenhosa de um cerrado sensu stricto, localizado na Fazenda Água Limpa,da Universidade de Brasília, Distrito Federal. A área de estudo foi amostrada a partir de parcelas de 20 x 50 malocadas sistematicamente. Em cada parcela foram inventariados todos os indivíduos lenhosos arbóreo arbustivos,vivos e mortos em pé, com no mínimo 5 cm de diâmetro tomado a 30 cm do solo. Foram realizadas também coletas da biomassa de serapilheira; da biomassa de raízes (fina, média e grossa) e da densidade e teor de carbonono solo. A profundidade máxima adotada para a coleta de biomassa da parte subterrânea foi de 2 m. A maior parte do carbono correspondeu ao compartimento solo (88,7%), superando bastante as raízes (7,3%), onde as concentrações foram de 271,23 e 22,38 toneladas por hectare, respectivamente. Troncos e galhos totalizaram 8,60 toneladas de carbono por hectare e a serapilheira, 3,62 toneladas de carbono por hectare. ________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT

Pertenece a

RIUnB Repositório Institucional da Universidade de Brasília  

Autor(es)

Paiva, Artur Orelli -  Rezende, Alba Valéria -  Pereira, Reginaldo Sérgio - 

Id.: 55211109

Idioma: por  - 

Versión: 1.0

Estado: Final

Palabras claveCarbono - 

Tipo de recurso: Article  - 

Tipo de Interactividad: Expositivo

Nivel de Interactividad: muy bajo

Audiencia: Estudiante  -  Profesor  -  Autor  - 

Estructura: Atomic

Coste: no

Copyright: sí

: Open Access

Requerimientos técnicos:  Browser: Any - 

Fecha de contribución: 24-ago-2012

Contacto:

Localización:
* PAIVA, Artur Orelli; REZENDE, Alba Valéria; PEREIRA, Reginaldo Sergio. Estoque de carbono em cerrado sensu stricto do Distrito Federal. Revista Árvore, Viçosa-MG, v. 35, n. 3, p.527-538, jul-set. 2011.

Otros recursos del mismo autor(es)

  1. Classificação tecnológica de solos e resíduos industriais, com e sem tratamento térmico, para fins rodoviários Estudou-se o comportamento mecânico das misturas solo-alcatrão, solo-cal-alcatrão e solo-cimento-alc...
  2. Influência do tratamento térmico do resíduo sólido industrial (Grits) na resistência mecânica de um latossolo para pavimentos de estradas florestais Em estudos que envolvem o tratamento de solos com aditivos químicos com fins rodoviários, merecem es...
  3. Volume de enxurrada e perda de solo em estradas florestais em condições de chuva natural Foram determinados o volume total de água escoada e a perda de solo através da produção de sedimento...
  4. Potencial poluidor de resíduo sólido da Samarco Mineração: estudo de caso da barragem de Germano Foram estudadas amostras de resíduo sólido da Barragem de Germano, da Samarco Mineração S.A. Tal bar...
  5. Evaluación de procedimientos simplificados en la cuantificación volumétrica de una plantación de pino A quantificação do volume sólido de madeira em plantações florestais é essencial para a gestão adequ...

Otros recursos de la mismacolección

  1. Inventário de um hectare de mata ripária Foi estudado um hectare de mata ripária do córrego Capãozinho (Distrito Federal). Foram estimados os...
  2. Evaluación de procedimientos simplificados en la cuantificación volumétrica de una plantación de pino A quantificação do volume sólido de madeira em plantações florestais é essencial para a gestão adequ...
  3. Levantamento quantitativo em três hectares de vegetação de cerrado Uma investigação foi conduzida com objetivo de quantificar e descrever a vegetação de três hectares ...
  4. Análise fitossociológica do cerrado da Fazenda Marflora Estudou-se a estrutura fitossociológica da área de vegetação natural do cerrado da Fazenda Marflora ...
  5. Relação entre o índice de avermelhamento do solo e o estoque de carbono na biomassa aérea da vegetação de cerrado A variação da cor do solo é uma resposta relacionada principalmente a sua composição física, química...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.