1) La descarga del recurso depende de la página de origen
2) Para poder descargar el recurso, es necesario ser usuario registrado en Universia


Opción 1: Descargar recurso

Detalles del recurso

Descripción

Recentemente, o constructo unidimensional e a confiabilidade do Questionário de Bullying de Olweus (QBO) - versão vítima e versão agressor - foram avaliados com resultados satisfatórios. O objetivo do presente estudo foi o de verificar evidências de validação das versões do QBO para adolescentes brasileiros por meio do constructo de fatores, da validade de critério e da consistência interna. Trata-se de um estudo transversal e a amostra foi composta por 1401 alunos, de ambos os sexos, com idade entre 10 a 17 anos, do 5º ao 9º ano do ensino fundamental de escolas da rede pública. O QBO é um instrumento de autorrelato, composto por 23 itens relacionados à prática de bullying (versão agressor) e por 23 itens relacionados à vitimização (versão vítima). Para definir os fatores a serem testados, por meio da Análise Fatorial Confirmatória (AFC), considerou-se a característica da atitude representada no item. Cada fator foi composto pelos mesmos itens do QBO-vítima e do QBOagressor, sendo: três fatores - direto físico = 9 itens, direto verbal = 8 itens e indireto = 6 itens; e quatro fatores - físico = 6 itens, verbal = 5 itens, relacional = 9 itens e dano = 3 itens. A validade de critério foi realizada através da análise convergente de correlação com o Questionário de Capacidades e Dificuldades-versão criança (SDQ-C) que foi preenchido concomitante ao QBO. A consistência interna foi verificada pela confiabilidade interavaliadores (coeficiente alfa de Cronbach). A AFC foi realizada com o QBO de 858 (61,2%) adolescentes, categorizados como envolvidos com bullying, sendo: 212 (24,7%) exclusivo vítima; 191 (22,2%) exclusivo agressor e 455 (53%) vítima-agressor. Em ambas as versões, os ajustes da AFC foram considerados satisfatórios, com índices semelhantes tanto para três fatores quanto para quatro fatores. No entanto, a confiabilidade do modelo de três fatores do QBO, para ambas as versões, apresentou melhores coeficientes (α >0,700) e foi considerado satisfatório. A análise de convergência do QBO unidimensional com o SDQ-C demonstrou correlação significativa moderada (r > 0,300) para os domínios conduta com o QBO agressor; relacionamento com o QBO vítima, tanto para meninos quanto para as meninas. Os resultados evidenciaram a possibilidade de identificar as diferentes formas de bullying com base no modelo de três fatores do QBO, definidos como direto físico, direto verbal e indireto. A relevância em definir os fatores das versões do QBO está em aprimorar a avaliação das diferentes formas de bullying, com instrumento validado em nosso meio e, assim, contribuir para especificar diferentes estratégias de intervenção para prevenir o bullying escolar.

Pertenece a

Lume, repositório digital da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)  

Autor(es)

Vizini, Simone Thais - 

Id.: 71317692

Idioma: por  - 

Versión: 1.0

Estado: Final

Tipo:  application/pdf - 

Palabras claveBullying Factor Analysis - 

Tipo de recurso: Dissertação  - 

Tipo de Interactividad: Expositivo

Nivel de Interactividad: muy bajo

Audiencia: Estudiante  -  Profesor  -  Autor  - 

Estructura: Atomic

Coste: no

Copyright: sí

: Open Access

Formatos:  application/pdf - 

Requerimientos técnicos:  Browser: Any - 

Fecha de contribución: 18-may-2018

Contacto:

Localización:
* 001021072

Otros recursos de la mismacolección

  1. Gestão por competências : preparo do processo avaliativo pelos enfermeiros de uma unidade de internação Contemporaneamente, o modelo de gerenciamento por competências tem alcançado o âmbito da avaliação d...
  2. Avaliação da resposta ao acréscimo de estratégias de coping e resiliência na terapia cognitivo-comportamental em grupo para paciente com transtorno de pânico O transtorno de pânico (TP) é uma condição crônica e recorrente, acompanhada por sintomas físicos e ...
  3. Internações e óbitos de idosos por condições sensíveis à atenção primária no Brasil : uma análise temporal Introdução: O aumento da população idosa é uma realidade em todo o mundo. Investigar Internações e ó...
  4. Desafios na atuação dos agentes comunitários : compreensão da determinação social da saúde e das condições de trabalho Introdução: A compreensão da determinação social da saúde possibilita ações de cuidado e de resposta...
  5. Efeito da intervenção educativa share na sobrecarga de cuidadores familiares de idosos após acidente vascular cerebral : ensaio clínico randomizado Introdução: Frente à dependência funcional de idosos após um acidente vascular cerebral (AVC), os cu...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.