1) La descarga del recurso depende de la página de origen
2) Para poder descargar el recurso, es necesario ser usuario registrado en Universia


Opción 1: Descargar recurso

Detalles del recurso

Descripción

A formação em enfermagem contribui para o desenvolvimento de competências cognitivas e técnicas, mas também relacionais que possam ser transferíveis para o contexto de trabalho pelo que se deve privilegiar a formação em serviço como forma de manter actualizados, aprofundar e desenvolver os conhecimentos adquiridos. Faz parte do descritivo de funções do enfermeiro e consta dos seus princípios orientadores da prática, a constante actualização através da formação. (ver OE ….) Identificada a irregular e reduzida formação interna que ocorre no serviço (obrigatória ou não), a par de identificação de lacunas em temas fulcrais, foi implementada no serviço de Cardiologia do Hospital Fernando Fonseca E.P.E. múltiplas estratégias de intervenção que visem o desenvolvimento profissional dos enfermeiros e auxiliares de acção médica através do aumento da formação na sua globalidade. A diversas estratégias preconizadas consistem na contabilização das horas de formação como horas de serviço, inscrição dos formandos para as formações com disponibilização do dia expresso em horário, possibilidade de negociação de objectivos para as avaliações de desempenho anuais, existência de um cronograma anual, de um Manual do Formador como guia orientador à prática formativa, abordagem de diferentes áreas focado nas necessidades de serviço e também no interesse individual, com apresentações frequentes e que abranja todos os profissionais, formações semanais de curta duração a decorrer em passagem de turno, formações mensais de uma hora em sala de formação, trabalhos disponibilizados a toda a equipa. Esta etapa formativa decorreu ao longo de todo o ano de 2014, cabendo em fase posterior, a sua análise e avaliação, com base em indicadores de formação em serviço, como sendo indicadores de execução como a taxa de número de horas de formação e taxa de número de acções de formação, acrescida da avaliação de satisfação individual dos participantes e suas opiniões face às estratégias implementadas, através da realização de questionários aos mesmos. Acresce a avaliação da variação de adesão à formação não obrigatória face às formações disponibilizadas, comparativamente com as obrigatórias realizadas face à totalidade de formação obrigatórias. A análise dos referidos dados, revelam-nos uma percentagem significativa de acções de formação ocorridas, assim como elevado número de horas formativas, pelo que sugere um método eficaz de acção. Uma análise preliminar revela satisfação e interesse equiparados às taxas formativas. Daqui se poderá depreender que o conjunto de estratégias implementadas veio ao encontro dos objectivos estabelecidos. Cabe, em fase posterior, a análise do impacto formativo na melhoria das práticas, eventualmente com base em indicadores adequados a cada formação, complementada com os dados trimestrais das auditorias aos cuidados de enfermagem do HFF.

Pertenece a

Repositório do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca  

Autor(es)

Silva, RB -  Pereira, E -  Diamantino, AF - 

Id.: 67834907

Idioma: por  - 

Versión: 1.0

Estado: Final

Palabras claveFormação em serviço - 

Tipo de recurso: conferenceObject  - 

Tipo de Interactividad: Expositivo

Nivel de Interactividad: muy bajo

Audiencia: Estudiante  -  Profesor  -  Autor  - 

Estructura: Atomic

Coste: no

Copyright: sí

: openAccess

Requerimientos técnicos:  Browser: Any - 

Fecha de contribución: 23-sep-2016

Contacto:

Localización:
* CONGRESSO DA ORDEM DOS ENFERMEIROS, 4, Lisboa, 10 a 12 de Maio de 2015

Otros recursos del mismo autor(es)

  1. Inventar um corpo nas psicoses : reflexões a partir de um caso de esquizofrenia Este trabalho se propõe a refletir acerca da constituição do corpo e da imagem corporal na estrutura...
  2. Nursing Activities Score (NAS) : estudo comparativo entre os anos de 2015 e 2016 na UTI neonatal do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) O Nursing Activities Score (NAS) é um instrumento aplicado em unidades de terapia intensiva (UTI), q...
  3. Fatores que contribuem para o autocuidado de pacientes hipertensos ambulatoriais A hipertensão arterial sistêmica é uma doença crônica de alta prevalência e o principal fator de ris...
  4. Game mods : novas perspectivas no cenário de jogos eletrônicos Apesar do grande interesse da academia pela área dos jogos eletrônicos, nem todas as suas ramificaçõ...
  5. Characterization of a-CNx:H particles and coatings prepared in a CH4/N2 rf plasma International audience

Otros recursos de la mismacolección

  1. [Diabetes Screening in Patients with Macrovascular Coronary Disease: Are the New European Guidelines a Step Backwards?] BACKGROUND: The new European guidelines on diabetes mellitus and cardiovascular diseases propose tha...
  2. Nonculprit Stenosis Evaluation Using Instantaneous Wave-Free Ratio in Patients With ST-Segment Elevation Myocardial Infarction. OBJECTIVES: The aim of this study was to examine the level of agreement between acute instantaneous ...
  3. Coronary microcirculation and peripheral endothelial function evaluation after acute ST elevation myocardial infarction treated with primary angioplasty N/A
  4. Monitorização da síndrome de apneia obstrutiva do sono por pacemaker cardíaco implantável A síndrome de apneia obstrutiva do sono (SAOS) tem sido um problema clínico subestimado e que está a...
  5. Comparação entre pacing apical e septal no ventrículo direito Em termos anatómicos o miocárdio é constituído por quatro câmaras: aurícula direita (AD), aurícula e...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.