1) La descarga del recurso depende de la página de origen
2) Para poder descargar el recurso, es necesario ser usuario registrado en Universia


Opción 1: Descargar recurso

Detalles del recurso

Descripción

A imunossenescência é caracterizada pelo declínio funcional do sistema imune. Envolve mudanças fenotípicas que se traduzem em alterações sistêmicas, tendo importante impacto na sua funcionalidade. A imunossenescência tem sido associada a evolução e desfecho clínico de muitas doenças associadas ao envelhecimento prematuro, como a obesidade. A obesidade é uma condição patológica associada a expansão do tecido adiposo e a uma inflamação crônica de baixo grau que exerce efeitos negativos em múltiplos tecidos. Evidências de senescência celular, como atividade da enzima beta galactosidase (β-gal) aumentada, presença de fenótipo secretor associado a senescência e a expressão aumentada da proteína supressora de tumor TP53 (p53) e CDKN1A (p21) tem sido descritas no tecido adiposo de indivíduos portadores de obesidade. No entanto, é pouco explorado na literatura como esta inflamação sistêmica pode impactar no possível envelhecimento prematuro do sistema imune em indivíduos portadores de obesidade. Assim, o objetivo desta tese foi avaliar alterações associadas a imunossenescência prematura em células mononucleares de sangue periférico (PBMC) expostas ao ambiente pró-inflamatório próprio da obesidade. Para isto, foram utilizadas três abordagens experimentais: (1) análise de parâmetros associados a imunossenescência prematura em PBMC saudáveis incubadas com plasma de indivíduos portadores de obesidade; (2) análise de parâmetros de imunossenescência em macrófagos diferenciados a partir da linhagem celular U-937 e incubados com plasma de indivíduos portadores de obesidade sem comorbidades ou com síndrome metabólica e (3) validação dos parâmetros de imunossenescência em PBMC de indivíduos portadores de obesidade. Nossos resultados mostraram que o plasma de indivíduos portadores de obesidade é capaz de modular o fenótipo de PBMC previamente saudáveis, induzindo aumento na morte celular por apoptose, sinalização comprometida de H2AFX e TP53, disfunção mitocondrial basal e associada a produção de ATP, aumento de linfócitos senescentes T auxiliares CD4+CD28- e citotóxicos CD8+CD28-, secreção de citocinas inflamatórias e ativação de monócitos e macrófagos. Além disso, o plasma de indivíduos portadores de obesidade, independente da presença de comorbidades, induziu aumento da atividade da enzima β-gal associada com a diminuição da viabilidade de macrófagos, aumentando sua capacidade fagocítica. Parte destes dados foram confirmados em PBMC de indivíduos portadores de obesidade, mostrando aumento da taxa de morte celular por apoptose, instabilidade genômica através de uma cinética de reparo de dano ao DNA comprometida, menor sinalização de H2AFX e aumento na frequência de micronúcleos e cariólise. Ainda, foi confirmada a redução da sinalização da via TP53/CDKN2A (p53/p16) e de ERK1/2 e o aumento na secreção de citocinas inflamatórias. Juntos, nossos dados confirmam a hipótese da obesidade como uma patologia associada a imunossenescência prematura e instabilidade genômica.

Pertenece a

Lume, repositório digital da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)  

Autor(es)

Parisi, Mariana Migliorini - 

Id.: 71519228

Idioma: por  - 

Versión: 1.0

Estado: Final

Tipo:  application/pdf - 

Palabras claveDNA damage - 

Tipo de recurso: Tese  - 

Tipo de Interactividad: Expositivo

Nivel de Interactividad: muy bajo

Audiencia: Estudiante  -  Profesor  -  Autor  - 

Estructura: Atomic

Coste: no

Copyright: sí

: Open Access

Formatos:  application/pdf - 

Requerimientos técnicos:  Browser: Any - 

Fecha de contribución: 09-jul-2018

Contacto:

Localización:
* 001068973

Otros recursos de la mismacolección

  1. Desenvolvimento de uma nova dieta indutora de obesidade e avaliação do potencial do guaraná (Paullinia cupana) como agente terapêutico no tratamento da obesidade e síndromes associadas A prevalência da obesidade tem aumentado drasticamente ao longo dos últimos 30 anos devido a múltipl...
  2. Investigação de mecanismos fisiopatológicos de erros inatos do metabolismo do enxofre em cérebro de ratos e fibroblastos humanos e potenciais estratégias terapêuticas O sulfito e o tiossulfato encontram-se acumulados na deficiência da sulfito oxidase (SO), ao passo q...
  3. Papel da melatonina como neuroprotetora em alterações bioquímicas, comportamentais e morfológicas na prole de ratas Wistar submetidas à hipermetioninemia gestacional A metionina é um aminoácido sulfurado essencial para o organismo. Quando os níveis de metionina no s...
  4. Determinação dos efeitos da suplementação de ômega-3 em um modelo neurodesenvolvimental de esquizofrenia induzido por poly(I:C) em ratos neonatos A hipótese neurodesenvolvimental da esquizofrenia (SZ) tem origem numa perturbação do desenvolviment...
  5. Ácido quinolínico altera o status oxidativo e a função mitocondrial em fatias de estriado de ratos Wistar: papel neuroprotetor do ácido quinurênico A degradação do triptofano pela via das quinureninas produz diversos metabólicos neuroativos. Dentre...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.