1) La descarga del recurso depende de la página de origen
2) Para poder descargar el recurso, es necesario ser usuario registrado en Universia


Opción 1: Descargar recurso

Detalles del recurso

Descripción

O objetivo do presente estudo foi desenvolver e avaliar a incorporação de nanotubos de Nitreto de Boro (BNNT) como carga em uma resina adesiva. Foi formulada uma resina adesiva utilizando-se os seguintes reagentes: 2- hidróxietil metacrilato (HEMA), Bisfenol A glicol dimetacrilato (BisGMA), canforoquinona (CQ) e Etil 4-dimetilaminobenzoato (EDAB). Os BNNTs foram caracterizados por Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) e Microscopia Eletrônica de Transmissão (MET). O adesivo experimental com diferentes concentrações de BNNT (0, 0,05, 0,075, 0,1 e 0,15%) foi caracterizado quanto ao ângulo de contato e energia livre de superfície (ELS), dureza e amolecimento em solvente (solução de etanol) em microdurômetro, deposição mineral até 14 dias e grau de conversão por espectroscopia Raman e resistência coesiva. O adesivo experimental com diferentes concentrações de BNNT após imersão por 3 h em 65% HNO3 e 48 h em H2O2 foi caracterizado por grau de conversão e cinética de polimerização por Espectroscopia de infravermelho por transformada de Fourier (FTIR), ângulo de contato em dentina por tensiômetro, citotoxicidade por sulforodamina B (SRB) e resistência de união imediata e longitudinal Os resultados da análise de microscopia eletrônica de varredura e de transmissão demonstraram nanotubos de nitreto de boro com diâmetros de 5 a 10 nanometros com término fechado. Nenhuma modificação no grau de conversão ocorreu após a incorporação de BNNTs até 0,15%. Os ângulos de contato de água e α-bromonaftaleno aumentaram (p < 0,05) e consequentemente a ELS diminuiu após a incorporação de BNNTs ao adesivo. Houve aumento da microdureza e da resistência ao amolecimento em solvente após incorporação de 0,075, 0,1 e 0,15% de BNNTs. Não houve diferença significativa na resistência coesiva entre os diferentes grupos. Foi encontrada deposição mineral nos espécimes com BNNT após sete dias de imersão em SBF (fluido corporal simulado). Após o tratamento dos BNNTs com HNO3 e H2O2 e incorporação ao adesivo, houve aumento do grau de conversão e da taxa de polimerização máxima após incorporação de 0,075 e 0,1% de BNNT. O ângulo de contato à dentina aumentou após a incorporação de 0,15% BNNT. Não houve diferença significativa na resistência de união entre os grupos após 24 h (p >0,05). Após 6 meses a resistência de união diminuiu significativamente para o grupo 0% e 0,15% BNNT. Entretanto, os grupos que tiveram incorporação de BNNT obtiveram maiores valores que 0% (p <0,05). Não houve diferença no crescimento celular (p >0,05) entre os grupos em comparação ao grupo controle positivo (100% de crescimento). A incorporação de BNNT até 0,15% melhorou as propriedades físico-químicas do adesivo dentário, promoveu deposição mineral e aumentou a estabilidade longitudinal sem apresentar citotoxicidade a fibroblastos, fornecendo benefícios consideráveis frente aos materiais disponíveis no mercado.

Pertenece a

Lume, repositório digital da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)  

Autor(es)

Degrazia, Felipe Weidenbach - 

Id.: 70924288

Idioma: por  - 

Versión: 1.0

Estado: Final

Tipo:  application/pdf - 

Palabras claveCimentos dentários - 

Tipo de recurso: Tese  - 

Tipo de Interactividad: Expositivo

Nivel de Interactividad: muy bajo

Audiencia: Estudiante  -  Profesor  -  Autor  - 

Estructura: Atomic

Coste: no

Copyright: sí

: Open Access

Formatos:  application/pdf - 

Requerimientos técnicos:  Browser: Any - 

Fecha de contribución: 26-ene-2018

Contacto:

Localización:
* 001056976

Otros recursos que te pueden interesar

  1. Cimentos resinosos autocondicionantes e autoadesivos : revisão de literatura Frente ao aumento na comercialização e utilização clínica dos cimentos resinosos na prática odontoló...
  2. Resistência de união entre cimentos e liga de níquel-cromo, em função da ciclagem térmica e variações no procedimento de união A investigação teve a finalidade de avaliar a resistência de união de uma liga de níquel-cromo com d...
  3. Efeitos da limpeza e dos cimentos retrobturadores na infiltração marginal de obturações retrógradas Foi realizado estudo in vitro da infiltração marginal apical de obturações retrógradas no qual se pr...
  4. Resistência de união entre liga de níquel-cromo e cimentos resinosos O objetivo do trabalho foi a determinação da retentividade, por ensaio de tração, entre uma liga de ...
  5. INFILTRAÇÃO MARGINAL DE CIMENTOS IONOMÉRICOS MODIFICADOS POR RESINA Comparou-se a infiltração marginal de dois cimentos restauradores que liberam flúor, o Vitremer/3M e...

Otros recursos de la mismacolección

  1. Cárie coronária e radicular em adultos e idosos de Porto Alegre : estudo de coorte prospectivo de 4 anos Estudos longitudinais que avaliam a cárie dentária em populações adultas e idosas são escassos na li...
  2. Efeito da vitamina C sobre a periodontite experimental e parâmetros de estress oxidativo em ratos Wistar Antecedentes: Estudos em animais têm observado a existência de uma relação entre a ingestão de vitam...
  3. Mudanças na gengivite em uma população brasileira de adultos e avaliação de fatores protetores : um estudo de coorte prospectivo Gengivite é a doença periodontal mais prevalente em todas as populações. No entanto, existe uma gran...
  4. Associação entre periodontite apical e doenças cardiovasculares : da meta-análise de marcadores inflamatórios aos dados do Estudo Longitudinal de Envelhecimento de Baltimore (BLSA) Introdução: Poucos estudos investigaram o papel da periodontite apical (PA) como fator de risco para...
  5. Produção de água eletrolisada ácida para uso em odontologia O objetivo desse trabalho foi desenvolver um aparelho experimental de baixo custo para produção de á...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.