1) La descarga del recurso depende de la página de origen
2) Para poder descargar el recurso, es necesario ser usuario registrado en Universia


Opción 1: Descargar recurso

Detalles del recurso

Descripción

Nesta pesquisa, partimos do seguinte problema: Como o imaginário e o consumo atravessam a relação cotidiana das pessoas com a publicidade? Como elas definem a sua relação com a publicidade, que usos fazem dela, que competências desenvolveram para compreendê-la, como se apropriam do fluxo publicitário? Logo, exploramos como o imaginário atravessa a publicidade, a relação desta com o consumo na sua configuração pós-moderna; e a comunicação persuasiva como tecnologia do imaginário e da sedução, seu fundo, forma e práticas do cotidiano. Através de uma estratégia metodológica que mescla entrevistas e grupos de discussão, observamos os relatos de mulheres adultas sobre seu imaginário, suas práticas de consumo e especialmente sua relação com a publicidade; chegando a resultados que explicitam condicionantes ligados à renda e a escolaridade.

Pertenece a

Lume, repositório digital da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)  

Autor(es)

Piedras, Elisa Reinhardt - 

Id.: 71057703

Idioma: por  - 

Versión: 1.0

Estado: Final

Tipo:  application/pdf - 

Palabras clavePublicidade - 

Tipo de recurso: Artigo de periódico  -  Nacional  - 

Tipo de Interactividad: Expositivo

Nivel de Interactividad: muy bajo

Audiencia: Estudiante  -  Profesor  -  Autor  - 

Estructura: Atomic

Coste: no

Copyright: sí

: Open Access

Formatos:  application/pdf - 

Requerimientos técnicos:  Browser: Any - 

Relación: [References] E-Compós. Revista da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação. [Porto Alegre]. Vol. 11, n. 3, (2008), p. 1/17

Fecha de contribución: 10-mar-2018

Contacto:

Localización:
* 1808-2599
* 000758955

Otros recursos del mismo autor(es)

  1. Representações no fluxo televisivo : a naturalização das “novas tecnologias” no telejornal, na telenovela e na publicidade O objetivo desta pesquisa é analisar as representações sobre “novas tecnologias” no fluxo televisivo...
  2. O funk como trabalho, lazer e inspiração : uma mirada sobre a produção da MC Helenzinha e o consumo de funkeiras de Porto Alegre O objetivo do artigo é compreender as estratégias de produção de funk e seu consumo por jovens mulhe...
  3. A contribuição dos estudos culturais para a abordagem da publicidade : processos de comunicação persuasiva e as noções "articulação" e "fluxo" Reconhecida por sua adequação para a abordagem da comunicação a partir da cultura, a perspectiva dos...
  4. “Algumas coisas não são muito verdadeiras” : consumo midiático e recepção da publicidade televisiva na infância O objetivo deste trabalho é explorar os hábitos de consumo na televisão e a recepção da publicidade ...

Otros recursos de la mismacolección

  1. Entre silêncios e sussurros : a questão do acesso à informação sobre o ‘louco’, uma análise dos prontuários do hospital psiquiátrico de Jurujuba Buscando identificar os aspectos informativas de prontuários de pacientes internados por motivações ...
  2. Contadores com interesse pela docência a partir da experiência em uma Big Four Esta pesquisa objetivou analisar o interesse pela docência de 11 contadores entrevistados, num total...
  3. Pesquisa em sistemas de informação no Brasil : 27 anos sob uma ótica internacional Compreendendo que conhecer o passado é importante para planejar o futuro, neste artigo buscamos resg...
  4. A formação política do Brasil e o processo de democracia inercial O artigo analisa a cultura política do Brasil na perspectiva das atitudes dos cidadãos em relação à ...
  5. The behavioral side of recommendation agents : a bibliometric review Recommendation agents have been used to assist consumers in online purchase for almost 20 years. The...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.