Wednesday, September 3, 2014

 

 



Soy un nuevo usuario

Olvidé mi contraseña

Entrada usuarios

Lógica Matemáticas Astronomía y Astrofísica Física Química Ciencias de la Vida
Ciencias de la Tierra y Espacio Ciencias Agrarias Ciencias Médicas Ciencias Tecnológicas Antropología Demografía
Ciencias Económicas Geografía Historia Ciencias Jurídicas y Derecho Lingüística Pedagogía
Ciencia Política Psicología Artes y Letras Sociología Ética Filosofía


Um caso de mania após tratamento com CPAP em doente com apneia obstrutiva do sono

1) La descarga del recurso depende de la página de origen
2) Para poder descargar el recurso, es necesario ser usuario
    registrado en Universia

  Descargar recurso

Detalles del recurso

Pertenece a: Repositório do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca  

Descripción: A Apneia Obstrutiva do Sono (AOS) é uma perturbação frequente dentro das perturbações do sono. Tem sido reconhecida uma ligação entre a AOS e a depressão, a qual é, na maior parte dos casos, resistente á terapêutica. Outras complicações da AOS são metabólicas: resistência insulínica, hipertensão arterial e obesidade. Uma intervenção terapêutica comum na AOS é a chamada Continuous Positive Airway Pressure (CPAP). Este tratamento pode reverter as disfunções afectiva e cognitiva mas alterações residuais geralmente persistem. É aqui reportado o caso de um homem de 48 anos com história familiar de perturbação bipolar mas sem história pessoal de alterações psiquiátricas. Após o diagnóstico de AOS, iniciou CPAP, iniciou tratamento com CPAP. Cerca de 15 dias depois foi internado por surto maniforme. A terapêutica instituída com olanzapina, lorazepam e divalproato de sódio levou à remissão dos sintomas tendo sido interrompido o CPAP. Após a alta o doente passou a apresentar sintomatologia depressiva e esta tem persistido ainda que medicado com olanzapina e lamotrigina. Foi entretanto diagnosticado Diabetes Mellitus Tipo II e a olanzapina foi descontinuada e substituída por ziprasidona. É discutida a contribuição da AOS e tratamento com CPAP para o aparecimento e manutenção de doença afectiva num doente com susceptibilidade familiar para a mesma. A discussão inclui ainda os aspectos metabólicos da AOS que podem ser agravados pela terapêutica utilizada para o controlo da perturbação afectiva.

Autor(es): Lobo, M - 

Id.: 55201881

Idioma: por  - 

Versión: 1.0

Estado: Final

Palabras clavePerturbação bipolar - 

Tipo de recurso: article  - 

Tipo de Interactividad: Expositivo

Nivel de Interactividad: muy bajo

Audiencia: Estudiante  -  Profesor  -  Autor  - 

Estructura: Atomic

Coste: no

Copyright: sí

: openAccess

Requerimientos técnicos:  Browser: Any - 

Fecha de contribución: 15-may-2012

Contacto:

Localización:
* Psilogos.2006; 3(1): 53-60
* 2182-3146


Otros recursos del mismo autor(es)

  1. Preservation of hermaphrodite and female papaya fruits (Carica papaya L., Cv Sunrise, Solo group) by freezing: Physical, physico-chemical and sensorial aspects The physical, physico-chemical and sensorial changes that occur during the freezing and frozen stora...
  2. Polyphenol Oxidase from Spanish Hermaphrodite and Female Papaya Fruits (Carica papaya Cv. Sunrise, Solo Group) A partial characterization of polyphenol oxidase (PPO) in papaya fruits is described in this work. D...
  3. Peroxidase and polyphenol oxidase in long-term frozen stored papaya slices. Differences among hermaphrodite and female fruits. The effects of freezing and frozen storage on hermaphrodite and female papayas (cv Sunrise, solo gro...
  4. Peroxidase and polyphenoloxidase activities in papaya fruit during post-harvest ripening and after freezing/thawing Changes in peroxidase (POD) and polyphenoloxidase (PPO) activities of papaya (Caricu papava), cv Sun...
  5. Carotenoid pigments and colour of hermaphrodite and female papaya fruits (Carica papaya L) cv sunrise during post-harvest ripening The predominant carotenoids in extracts of female and hermaphrodite Papaya fruits (Carica papaya L) ...

Valoración de los usuarios

No hay ninguna valoración para este recurso.Sea el primero en valorar este recurso.
 

Busque un recurso