Mostrando recursos 1 - 20 de 20

  1. Revisão de modelagem geoquímica e modelamento geoquímico de reservatório turbidítico da bacia do Espírito Santo

    Klunk, Marcos Antonio
    A comunidade científica tem presenciado um avanço na modelagem geoquímica para ambientes naturais e hipotéticos. Este desenvolvimento está relacionado com técnicas numéricas capazes de solucionar problemas matemáticos complexos, bem como a melhoria da capacidade de cálculo dos computadores. Embora os conceitos fundamentais da modelagem química tenham evoluído com o tempo, a modelagem geoquímica teve início na década de 60, com os esforços pioneiros de pesquisadores como Garrels et al., (1967) e Helgesson 1967a, 1967b; Helgesson et al., (1968). Devido à complexidade e a escala de tempo envolvido nas reações em ambientes geológicos, não é possível reproduzir em escala laboratorial o...

  2. Geologia dos carbonatitos ediacaranos de Caçapava do Sul, Rio Grande do Sul, Brasil

    Cerva-Alves, Tiara
    A avaliação integrada de dados de geoquímica do solo, aerogamaespectrometria (eTh), mapeamento geológico e estrutural associado à descrição de furos de sondagem e afloramentos da região de Caçapava do Sul, sul do Brasil, levou à descoberta de dois corpos de carbonatitos. Estes corpos estão localizados próximos aos limites sudeste e leste do Granito Caçapava, intrudindo o Complexo Passo Feio. O sistema é composto por alvikitos de coloração rosada seguidos por beforsitos brancos tardios, ambos na forma de corpos tabulares deformados concordantes com a xistosidade e dobras das rochas encaixantes. Análises petrográficas e avaliações utilizando microscópio eletrônico de varredura demonstraram que...

  3. Contribuição a evolução tectono-estratigráfica e termocronológica da região noroeste de Moçambique - África

    Bicca, Marcos Muller
    O estudo da região noroeste de Moçambique demonstrou a importância de processos tectônicos distais (compressivos) e proximais (distensivos) na reativação de estruturas antigas do embasamento cristalino, influenciando em aspectos estruturais, sedimentares e erosivos. A caracterização tectono-estratigráfica na bacia rifte Moatize-Minjova demonstrou a forte influência de remobilização de estruturas noroeste regionais na sua configuração, sedimentação e magmatismo. A geração de espaço de acomodação na bacia foi impulsionada por esforços tectônicos na margem sul-sudoeste do Gondwana enquanto as estruturas registradas em escala de afloramento caracterizaram a influência de esforços distensivos/transtrativos pós-deposicionais atribuídos à separação Jurássico-Cretácica entre as placas da África e Antártica....

  4. Estudo experimental da gênese de magmas alcalinos subsaturados em sílica através do sistema kalsilita-nefelina-diopsídio-sílica a 4.0 GPA e Condições Anidras

    Souza, Márcio Roberto Wilbert de
    Apesar de representarem apenas 1% das rochas expostas na superfície da Terra, as rochas alcalinas possuem um grande espectro composicional e são associadas a vários ambientes tectônicos terrestres. Além disso, seu estudo nos ajuda a compreender melhor a evolução térmica e geodinâmica do planeta. Potássio, sódio e cálcio são os principais elementos utilizados na classificação deste grupo de rochas, e as razões entre estes elementos nos dão pistas sobre sua origem. Este estudo experimental utilizou uma prensa hidráulica de 1000 tonf, com câmaras de perfil toroidal acopladas, para estudar o sistema kalsilita-nefelina-diopsídio-sílica anidro, a 4,0GPa (aprox. 120 km de profundidade)...

  5. Controles deposicionais e diagenéticos sobre a porosidade dos reservatórios líticos do pré-sal da Bacia de Sergipe-Alagoas, nordeste do Brasil

    Altenhofen, Sabrina Danni
    A cimentação por dolomita e a compactação mecânica são os principais parâmetros que controlam a porosidade e a permeabilidade dos arenitos e conglomerados líticos que constituem os complexos reservatórios do Membro Carmópolis, Formação Muribeca (Aptiano) da Bacia de Sergipe-Alagoas, NE Brasil. Os padrões e distribuição dos processos diagenéticos foram analisados em 135 lâminas delgadas em relação às fácies deposicionais e ao arcabouço estratigráfico. Integrar os padrões diagenéticos aos principais aspectos deposicionais é de grande importância para a compreensão da distribuição da qualidade e heterogeneidade nestes incomuns, mas importantes reservatórios. A sucessão foi depositada em uma complexa intercalação de ambientes de...

  6. Hidrotermalismo e mineralizações das rochas vulcânicas da Mina do Seival : evolução geoquimica e isotópica (δ34S, δ18O e δ13C) dos fluidos e sua correlação com outros depósitos de minérios epitermais da Bacia do Camaquã – Rio Grande Do Sul – Brasil

    Fontana, Eduardo
    O Distrito Mineiro de Lavras do Sul (Au-Cu ± Pb, Zn, Ag) e a Mina do Seival estão associado a alteração hidrotermal e mineralizações hospedadas por seqüências vulcano-sedimentares Neoproterozóicas e intrusões ígneas. O sistema plutôno-vulcânico de Lavras do Sul esta intimamente associado a evolução da Bacia do Camaquã. Esta bacia de idade Ordoviciana - Ediacarana está localizada na parte central do Rio Grande do Sul, no sul do Brasil. A seqüência vulcano-sedimentar acumulada na Bacia de Camaquã está relacionada a: i) atividades plutônicas - Lavras do Sul e Caçapava do Sul; ii) vulcâno-magmáticas na Formação Hilário. Ambas ocorrem em um...

  7. Feições de interação vulcano-sedimentares – exemplos na Bacia Do Paraná (RS)

    Rios, Fernando Rodrigues
    Com o intuito de caracterizar e reconhecer os processos formadores das feições de interação vulcano-sedimentares, optou-se pelo detalhamento de cinco áreas da borda atual da Bacia do Paraná, no estado do Rio Grande do Sul. Nessas regiões selecionadas afloram arenitos eólicos e os derrames vulcânicos, respectivamente pertencentes às Formações Botucatu e Serra Geral, Sequência Juro-Cretácea da Bacia do Paraná. Na interface entre essas duas unidades há a ocorrência de feições vulcano-sedimentares devido a interação ocasionada pelo intenso magmatismo de caráter básico e ácido, este último em menor volume, que recobriu um extenso campo de dunas eólicas em atividade. Uma variedade...

  8. Geocronologia U-Pb em zircões do Complexo Carbonatítico Seis Lagos e depósito de Nb associado (Amazonas, Brasil)

    Rossoni, Marco Bimkowski
    O depósito do Morro dos Seis Lagos (DMSL) é o maior depósito de Nb até hoje encontrado. A mineralização é laterítica, ocorrendo associada ao corpo principal do Complexo Carbonatítico Seis Lagos (CCSL). Este trabalho apresenta resultados da datação U-Pb (por MC-ICP-MS com LASER acoplado) de zircões de sete amostras abrangendo todos os tipos litológicos conhecidos no CCSL/DMSL: rocha encaixante (gnaisse), veio de feldspato na encaixante, siderita carbonatito (3 amostras) e crostas ferruginosas mineralizadas em Nb (2 amostras). Os zircões do gnaisse e do veio de feldspato forneceram idades de, respectivamente, 1.826 ± 9 Ma e 1.839 ± 29 Ma, as...

  9. Análise das assinaturas isotópicas de chumbo na avaliação das Águas subterrâneas e superficiais da Bacia Do Rio Dos Sinos, RS

    Kuhn, Isadora Aumond
    A Bacia do Rio dos Sinos está localizada na região centro-oeste do Rio Grande do Sul, abrangendo 32 municípios com população de mais de 1,5 milhões de habitantes e importantes centros industriais. Três aquíferos são identificados na área: o Sistema Aquífero Serra Geral, o Sistema Aquífero Guarani e os Aquitardos Permianos. Este estudo busca compreender a interação entre água subterrânea, água superficial e atividades humanas na bacia, avaliando a aplicabilidade dos isótopos estáveis de chumbo para este propósito. As razões isotópicas de chumbo de 36 amostras de água subterrânea, 08 amostras de água superficial e 05 amostras de efluentes de...

  10. Caulinita em depósitos triássicos –um exemplo no Gráben Arroio Moirão-RS

    Silva, Isaque Conceição Rodrigues da
    O presente trabalho aborda o estudo do argilomineral caulinita. Este, ocorre geralmente como produto de alteração in situ da rocha, sendo definido como caulinita autigênica, ou também pode ocorrer dentro dos processos diagenético (eodiagênese ou telodiagênese). Nos depósitos do Gráben Arroio Moirão ocorre a presença do argilomineral caulinita em todos os perfis levantados, desde a base até o topo. A caulinita encontrada mostra diferente estágios de formação. No primeiro estágio os grãos detríticos são substituídos por uma caulinita com lamelas em estágios iniciais, finas e anédricas. No segundo estágio ocorrem lamelas um pouco mais espessas, com arestas melhor definidas caracterizando...

  11. Caracterização de ocorrências de gás raso na plataforma continental interna do Rio Grande Do Sul, Brasil

    Oliveira, Natacha de
    Através de perfis sísmicos de alta resolução (3,5 kHz), coletados entre os anos de 2009 e 2014, foi possível analisar o fundo e sub-fundo marinho da plataforma continental interna do Rio Grande Sul, mais especificamente em frente à desembocadura do estuário da Lagoa dos Patos. Estes dados permitiram observar anomalias acústicas caracterizadas como sendo uma resposta à presença de gás intersticial no sedimento. As acumulações foram identificadas com base na morfologia, dimensão, tipo de assinatura acústica e concentração aparente de gás. Assim, cinco formas distintas de gás raso foram reconhecidas: cortina de gás, blanking acústico, turbidez acústica, pináculo de turbidez...

  12. Esmectitas dioctaédricas como transportadores de nitrogênio em zonas de subducção : uma visão experimental acerca da sua contribuição ao nitrogênio atmosférico

    Cedeño, Daniel Grings
    O nitrogênio compõe cerca de 78% da massa da atmosfera terrestre e é um elemento imprescindível para a construção e manutenção da vida. Porém a abundância de nitrogênio atmosférico da Terra é anômala quando comparada a dos demais planetas telúricos. Isso significa que ou a acresção para esses planetas foi diferente (o que é pouco provável) ou a Terra possui alguma característica única que permita a existência de grandes volumes de nitrogênio em sua atmosfera. A tectônica de placas poderia ser essa característica, uma vez que propicia uma conexão direta entre o manto e superfície (ao mesmo tempo em que...

  13. Palinologia de Depósitos Quaternários da planície costeira de Santa Catarina (Garopaba, Brasil)

    Kuhn, Lidia Aumond
    Análises palinológicas de depósitos quaternários utilizadas para elucidar questões paleoclimáticas, paleovegetacionais e paleoambientais, devido ao elevado potencial de preservação dos palinomorfos e à ampla variedade de hábitos e habitats nos quais eles são distribuídos. Neste contexto, este trabalho apresenta uma reconstrução paleoambiental a partir de análises palinológicas de um testemunho sedimentar com idade holocênica, perfurado na Planície Costeira de Santa Catarina, município de Garopaba, sul do Brasil. Um total de 46 amostras foi coletado ao longo dos 450 cm do testemunho (poço PCSC-3). Além disso, três datações radiocarbônicas e análises granulométricas foram realizadas. Das 46 amostras, três delas apresentaram-se escassas...

  14. Evolução do vulcanismo histórico de 1580 A.D. DA Ilha de São Jorge, Arquipélago dos Açores

    Rossetti, Marcos De Magalhães May
    A erupção histórica de 1580 A.D. ocorreu ao sudoeste da Ilha de São Jorge, Açores recobrindo uma área total de 4 km². Este trabalho teve como objetivo caracterizar as diferentes morfologias de lava de 1580 A.D, juntamente com a definição de padrões petrográficos e geoquímicos. A erupção gerou quatro flow fields: Ribeira do Almeida, Queimada, Ribeira do Nabo I e Ribeira do Nabo II. A descrição detalhada das lavas permitiu identificar spiny, sheet, e slabby pahoehoe e derrames do tipo ‘a´ā. Próximo aos cones, derrames do tipo ‘a´ā são descritos. Com a constante erupção, estas lavas fluem em direção a...

  15. Identificação de Charcoal como evidência da ocorrência de paleoincêndios no Triássico da Bacia Do Paraná

    Cardoso, Daiane dos Santos
    Pela primeira vez incêndios florestais são identificados em uma associação de fácies contendo a Flora Dicroidium nos sedimentos avermelhados do Triássico Médio (Ladiniano) na parte sul da Bacia do Paraná (Formação Santa Maria, Rio Grande do Sul). A extensão geográfica dessa assembleia de plantas foi, assim, estendida no Gondwana brasileiro. As análises por petrografia orgânica, fluorescência, microscopia eletrônica de varredura (MEV) e microscopia eletrônica de varredura (tipo field emission gun - MEV-FEG) revelaram a presença recorrente de carvão vegetal (charcoal) na sucessão vertical de fácies relacionadas a um modelo deposicional de fluxos efêmeros de baixa densidade do tipo inunditos. O...

  16. Campo de dunas de Itapeva (Torres-RS): geomorfologia, evolução e gestão costeira

    Rockett, Gabriela Camboim
    A intensa ocupação das zonas costeiras vem acarretando na destruição de ecossistemas e de ambientes de importância ecológica, geológica e paisagística. O setor mais setentrional da planície costeira do Rio Grande do Sul possui feições geomorfológicas singulares na zona costeira do Estado e distintas de outros setores da costa, como afloramentos do embasamento e dunas reversas. Por outro lado, poucos estudos do meio físico e socioambiental foram realizados nesta área. Esta Tese investiga a geomorfologia e a evolução do setor costeiro de Itapeva, Torres- RS, com ênfase no sistema deposicional eólico, bem como as ações de gestão existentes na região,...

  17. Estratégias para a sustentabilidade da mineração de rochas ornamentais no noroeste do estado do Espírito Santo

    Macedo, Dione
    O presente trabalho tem por objetivo contribuir com a atividade de extração de rochas ornamentais, por meio de propostas com recomendações que possam indicar passos a serem seguidos (guidelines) para a sustentabilidade desse setor, utilizando como estudo de caso a região noroeste do Estado do Espírito Santo. Para isso são feitas propostas de planejamento em longo prazo por meio do Processo Prospectivo e, em mais curto prazo, por um esquema de certificação sustentável para a atividade, com vistas à sustentabilidade desse polo produtor, considerando sua importância e os problemas existentes. O Processo Prospectivo, feito mediante a utilização da abordagem inicial...

  18. Datação 40K-40Ar de Ilitas associadas a processos hidrotermais em regiões mineralizadas: uma aplicação nas Minas do Camaquã (Bacia do Camaquã, sul do Brasil)

    Canarim, Denise Moreira
    As Minas do Camaquã são compostas pelas Minas Uruguay e São Luiz, foram produtoras de Cu e localizam-se no extremo sul do Brasil (na região do Escudo Sul-rio-grandense) na chamada Bacia do Camaquã (Neoproterorozoico ao Paleozoico). A região das Minas do Camaquã é classicamente conhecida como “Janela Bom Jardim” e já foi objeto de diversos estudos porém ainda persistem dúvidas principalmente quanto a gênese do minério e a sua relação temporal. As mineralizações ocorrem alojadas em falhas e como disseminações nos arenitos e conglomerados do Alogrupo Santa Bárbara desta Bacia. Os sulfetos presentes incluem a paragênese composta por calcopirita, bornita,...

  19. Sistema de informação geográfica (SIG) estratégico do potencial energético renovável da Planície Costeira Norte do RS

    Farina, Flávia Cristiane
    Atualmente, há uma tendência mundial alinhada a aprofundar os estudos sobre fontes inovadoras de energia. Essa é uma necessidade premente na atualidade, embora se possa considerá-la retardatária diante da percepção do problema da poluição pelo uso de combustíveis fósseis (petróleo e carvão) e o conseqüente impacto ambiental. O desequilíbrio do sistema terrestre traz como resultado a alteração dos ecossistemas individualmente. A compreensão de todos os ecossistemas tornou-se um tema de alta relevância e complexidade, pois, ao tempo que se defronta com uma estrutura produtiva instalada e de grandes investimentos, também condiciona, pelo seu poder de alteração ambiental, como ameaça ao...

  20. O flúor em águas do Sistema Aqüífero Serra Geral no Rio Grande do Sul : origem e condicionamento geológico

    Nanni, Arthur Schmidt
    A escassez das águas e o aumento da população humana demandam novas fontes potáveis de água. O flúor em águas, assim como outros elementos, pode ser benéfico à saúde humana, mas torna-se tóxico quando ingerido em excesso. O principal objetivo desta pesquisa foi compreender melhor a distribuição do flúor e sua associação com tipos hidroquímicos na região meridional do Sistema Aqüífero Serra Geral (SASG), que atende boa parte do consumo público no Estado do Rio Grande do Sul, no sul do Brasil. Devido a sua posição estratégica e alta vulnerabilidade, as águas deste recurso hídrico devem ser gerenciadas de forma...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.