Mostrando recursos 1 - 20 de 60

  1. A reviravolta dos "fanáticos" : arenização, agenciamentos mercadológicos e novos movimentos políticos a partir do Sport Club Internacional

    Oliveira Júnior, Ricardo César Gadelha de
    Esta tese propõe-se a analisar a adaptação de alguns estádios de futebol no Brasil ao que se convencionou chamar de "Padrão FIFA". Esse processo, aqui tratado pelo termo "arenização", constitui-se em um novo modelo de gestão dos espaços e das pessoas, que tem como objetivos principais transformar o futevol em um "espetáculo seguro, conformtável e rentável". Como consequência e exigência para que o Brasil pudesse sediar a Copa do Mundo de 2014, a reforma das praças esportivas acarretou em consequências diversas para o campo esportivo, sobretudo na administração das arenas, com a constituição de um novo mercado, com novos especialistas...

  2. A terapia assistida por animais como uma forma de associação : um estudo antropológico sobre a relação humano-animais na promoção da saúde humana, no Brasil

    Teixeira, Ivana dos Santos
    Este trabalho trata de estudo acerca da relação contemporânea entre humanos e animais no contexto das Terapias Assistidas por Animais – TAA, prática terapêutica crescente na promoção da saúde humana. A pesquisa de campo foi realizada através da observação participante de diferentes projetos de TAA, desenvolvidos em hospitais públicos e casas geriátricas, nas cidades de Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro, Brasil. Metodologicamente esta pesquisa apoiase, fundamentalmente, na etnografia das sessões terapêuticas, com o objetivo de perceber alguns dos princípios que estruturam a prática, sobretudo no que tange à relação humanoanimal e à interação entre os seres que...

  3. Negociando el multiculturalismo : dinámicas sociopolíticas del reconocimiento a los afrocolombianos

    Estupiñan Bejarano, Juan Pablo
    Esta tesis trata sobre las negociaciones por la inclusión de los afrocolombianos al multiculturalismo, comprendido como una forma de gobierno de las poblaciones basada en la diferencia cultural, pero donde los límites de esa diferencia que se reconoce y gestiona políticamente están en permanente reconfiguración. Empleando el enfoque etnográfico (como método de investigación y descripción textual) sigo los diversos sentidos sobre la diferencia cultural afrocolombiana, y cómo son resignificados y movilizados en tres universos donde es posible aproximarse a las particularidades del proyecto multicultural en Colombia: las negociaciones por las categorías en los censos, las negociaciones en torno a la...

  4. Corpo(u)s de história e províncias de relações empáticas : uma etnografia de corpos de direitos recusados em Moçambique

    Cossa, Segone Ndangalila
    As mulheres têm sido retratadas como inertes, sem vida e despojadas de seus lugares de sujeitos-históricos, dizem-nos isso os estudos sobre as relações de gênero em Moçambique. No entanto, os mesmos estudos ao construírem narrativas transversais dominantes sobre os gêneros, tendem a essencializar as mulheres como o único sujeito, oprimido pela cultura/tradição calcada pelo patriarcado. Com efeito, a mulher de que falam tais narrativas é sempre vitimizada, oprimida mesmo pelos estudos que têm a intenção de tornar sua voz audível. Sendo assim, nesta tese, objetivo traçar uma outra alternativa analítica que, a partir de uma corporalidade especifica – ubiquidade dos...

  5. Etnografia da crise e da duração ferroviária em Pelotas/RS : um estudo antropológico de memória coletiva

    Gomez, Guillermo Stefano Rosa
    Esta é uma pesquisa antropológica sobre a memória coletiva do trabalho ferroviário, realizada na cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. A etnografia se fundamentou na interlocução com trabalhadores/as ferroviários/as aposentados/as e suas famílias e tem como enfoque interpretativo as “narrativas de si” destes sujeitos. A investigação integra o campo temático da Antropologia Urbana e da Antropologia do Trabalho, tendo como principal problemática a crise do transporte ferroviário no Brasil, que tem como ápice a privatização da Rede Ferroviária Federal, ao longo da década de 1990. Tendo a memória como principal chave para entender esta drástica transformação, interessou-me as...

  6. “É pelo corpo que se reconhece a verdadeira negra?” : uma análise antropológica sobre a corporalidade negra feminina na cidade de Porto Alegre

    Bueno, Josiane de Assis
    Nesta dissertação, resultado de um trabalho de pesquisa, busquei compreender de que maneira produtos escolhidos - seja para o cuidado da pele, dos cabelos, as roupas, os brinquedos, as revistas e até os programas de televisão - são capazes de impactar os modos de ser da mulher negra ao longo da vida. Para tanto, realizei trabalho de campo junto a um grupo de mulheres negras, conhecidas nas redes sociais como “Gurias Crespas e Cacheadas”, na cidade de Porto Alegre, na tentativa de conhecer o modo com que a corporalidade, a subjetividade e a etnicidade se articulam e produzem novas maneiras...

  7. O poder dos sonhos : uma etnografia de empresas startup no Brasil e no Reino Unido

    Faria, Louise Scoz Pasteur de
    Empresas startup simbolizam o epicentro de narrativas sobre o capitalismo contemporâneo. Essas organizações enxutas, aceleradas através de capital de risco e articuladas por meio de uma lógica de eficácia especulativa passaram a representar o que existe de mais novo na paisagem empresarial. Iniciativas como essas emergem a partir de um pano de fundo de profunda reestruturação de dinâmicas produtivas relacionadas a regimes de acumulação flexível. O que significa ser um empreendedor na paisagem de negócios formada por empresas startup no Brasil? Essa é a pergunta que norteou o trabalho de pesquisa etnográfica que serve como base para essa tese, fruto...

  8. Vivendo de música : trabalho, profissão e identidade uma etnografia da Orquestra de Câmara Theatro São Pedro, de Porto Alegre

    Bartz, Guilherme Furtado
    A presente dissertação corresponde a uma etnografia da Orquestra de Câmara Theatro São Pedro, grupo sediado em Porto Alegre, no Brasil. Trata-se de uma pesquisa sobre como ocorre a atuação profissional dos músicos que compõem a orquestra, tanto no âmbito deste conjunto quanto em outros contextos de trabalho dos quais eles também participam. Buscou-se compreender, por meio do conceito de identidade profissional, como estes indivíduos formulam para si e para os outros uma concepção de seu próprio trabalho. Nesse sentido, foram considerados tanto os aspectos materiais de sua atividade laboral (econômicos e práticos, por exemplo) quanto os componentes imateriais (simbólicos,...

  9. Outridade, conflito e governo : controvérsias públicas acerca da prática sacrifical afro-religiosa (Rio Grande do Sul, 2015/2016)

    Gomes, Jorge Helius Scola
    Este trabalho se volta para as formas de problematização contemporâneas da prática sacrificial a partir de um lugar de observação específico, orientado pelo objetivo de compreender como esta prática se torna um mediador de produção de alteridades. Apresento, assim, um caso de dissenso envolvendo a prática sacrificial por grupos religiosos que se apresentam no espaço público enquanto representantes da tradição de matriz africana, após uma interpelação começada por projetos de lei de âmbito local. Como fica claro durante os acontecimentos públicos que envolvem a proposta de legislação, o fulcro da questão é a promoção de uma sensibilização para com o...

  10. Quando migrar é resistir : as experiências de haitianas e haitianos na cidade de Porto Alegre

    Paula, Larissa Cykman de
    Esta dissertação tem como objetivo abordar as experiências de haitianas e haitianos residentes na cidade de Porto Alegre. Com o propósito inicial de dar visibilidade para os novos fluxos migratórios que chegam ao Brasil, foi realizada uma etnografia na Vila Esperança Cordeiro e seu entorno, na Zona Norte da cidade, entre os anos de 2014 e 2016. Neste trabalho, a migração é problematizada como uma forma de resistência, em que o ato de migrar pode ser compreendido como uma ação adotada em face das vivências no país de origem e estando relacionada à luta por direitos humanos tanto na relação...

  11. Identificação Genética e Crime : a introdução dos bancos de DNA no Brasil

    Richter, Vitor Simonis
    Em 2012, o Brasil aprovou a lei 12.654 que regulamenta o uso dos bancos de perfis genéticos para fins de investigação criminal. Esta lei é um dos marcos nas discussões acerca do uso do DNA nas investigações criminais que se intensificaram no país a partir de 2009 quando o FBI doou ao Brasil o Combined DNA Index System (CODIS). A chegada dos bancos de dados de DNA ao Brasil faz parte de um processo de expansão internacional de bancos nacionais de perfis genéticos. Esta tese trata do processo de introdução desta tecnologia no Brasil. Através de entrevistas com especialistas de...

  12. Representações e funcionalidades da escrita e da leitura nos afrescos de Pompeia (Séc. IV a.C. – séc. I d.C.)

    Rosa, Nicoll Siqueira da
    Este trabalho investiga os afrescos da cidade de Pompeia, especificamente aqueles que representam a leitura e/ou a escrita e corpos leitores e/ou escritores. Foi realizado um estudo sobre a escrita e a leitura no mundo antigo, especialmente na Grécia e em Roma, e então a análise de dezoito afrescos com imagens relacionadas às atividades de escrita e leitura, objetivando o alargamento das discussões concernentes à história da escrita e da leitura no mundo antigo, bem como a um uso qualitativo das imagens como fontes históricas. À luz de teorias da história e da história da arte, constatou-se que, além de...

  13. “Não é só cumprir as cotas”: uma etnografia sobre cidadania, políticas públicas e autismo no mercado de trabalho

    Aydos, Valéria
    Esta pesquisa tem como objetivo analisar os processos e os modos de gestão das políticas de inclusão social no mundo do trabalho, impulsionadas pela promulgação da Lei nº. 8.213/91 de cotas para pessoas com deficiência nas organizações empresariais. Seu principal foco é a compreensão das formas destas políticas, das relações que produzem, dos sistemas de pensamento em que estão imersas e dos seus efeitos na vida e na construção de subjetividades das pessoas. Em minha etnografia, privilegio a análise das relações sociais que se dão ao longo da experiência de inclusão de uma pessoa diagnosticada com autismo. Ao longo deste...

  14. “Onde há uma vontade, há um caminho” : uma etnografia da escolarização tardia na EJA do Colégio de Aplicação/Ufrgs

    Lima, Alef de Oliveira
    A presente dissertação aborda dois temas: a vivência da retomada da escolarização e os processos de aprendizagem. Procuro descrever por meio de uma etnografia feita no contexto da Educação de Jovens e Adultos do Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, as dimensões pessoais e morais que a escolarização “tardia” apresenta. Nesse sentido a pesquisa visa compreender de modo qualitativo esse retorno à escola e também examinar as questões de aprendizagem situada que a EJA contém enquanto uma modalidade escolar com características particulares. De maneira geral, as escolhas metodológicas giraram entorno do trabalho de campo junto...

  15. ‘Agora tudo é bullying’ : uma mirada antropológica sobre a agência de uma categoria de acusação no cotidiano brasileiro

    Bazzo, Juliane
    Esta tese oferta uma mirada antropológica sobre a agência da noção de bullying situada como uma categoria de acusação social no cotidiano contemporâneo brasileiro. Nascido como construto científico durante os anos 70, na região escandinava, o bullying conferiu nome a condutas, típicas em escolas, de intimidação sistemática entre pares, no interior de um decurso civilizatório no Ocidente que passa a atribuir reconhecimento a agressões de feitio moral. No Brasil, a acepção de bullying populariza-se apenas mais tardiamente, em meados da primeira década dos 2000. O espraiamento do conceito no país, inclusive para além dos muros das instituições de ensino, se...

  16. A dúvida mais persistente: as formas de governo do desaparecimento de pessoas no Brasil

    Leal, Eduardo Martinelli
    O desaparecimento de pessoas é um fenômeno complexo e polissêmico que pode estar conectado a diferentes condições históricas, saberes, tecnologias, expertises. Através de uma etnografia multissituada nos propomos a compreender as relações de poder investidas nas formas de governo (Foucault, 2008) do desaparecimento, através da emergência da militância de familiares, dos modos de subjetivação da experiência, de casos de desaparecimento, dos regimes de verdade e das expertises dos mediadores. Para tanto, fazemos uso da observação participante em eventos sobre o tema, entrevistas semiestruturadas com familiares e mediadores e de pesquisa bibliográfica e documental. A militância de familiares de pessoas desaparecidas...

  17. Financiamentos coletivos online : uma perspectiva antropológica sobre projetos e empreendedores

    Chiesa, Carolina Dalla
    O presente trabalho versa sobre as narrativas e justificativas relativas ao processo de criação de um mercado de financiamentos coletivos no Brasil a partir de diversos interlocutores: criadores de projetos, criadores de websites e a partir da literatura acadêmica mais comum sobre o tema. Busca-se retratar e discutir a criação deste mercado a partir do estabelecimento de um passado e de uma pedagogia, típicas dos circuitos de consumo relativos ao fenômeno dos crowdfunding, de modo a circunscrever o que meus interlocutores chamam de “cultura do financiamento coletivo”. Este mercado constitui-se em um duplo processo de afastamento e aproximação entre plataformas...

  18. De vidas infames à máquina de guerra : etnografia de uma luta por direitos

    Silva, Tiago Lemões da
    A pesquisa tem como tema o cenário de visibilidade política nacional de “pessoas em situação de rua” no Brasil e de organização política dessa população, promovida pelo surgimento do Movimento Nacional da População de Rua (MNPR), em 2005. Especificamente, busca compreender os processos que fazem da mobilização social, conduzida por integrantes do MNPR em sua base regional na cidade de Porto Alegre/RS (MNPR-RS), um campo de reinvindicação de direitos múltiplo e ambíguo, atravessado por forças ordenadoras e contestadoras (forjadas e atualizadas historicamente), mobilizadas por diferentes agentes, instituições, valores e interesses que, inseridos no MNPR-RS, coproduzem condutas, subjetividades, denúncias e ideias...

  19. Da invisibilidade ao protagonismo : uma etnografia em espaços de luta, participação e criação de políticas públicas para imigrantes e refugiados no Brasil

    Zelaya, Silvia Cristina
    Esta tese trata das relações entre uma trama de atores governamentais e não governamentais na luta pela criação de uma política migratória e de políticas públicas para migrantes e refugiados no Brasil contemporâneo. Com foco nos distintos “protagonismos” este estudo acompanhou uma série de eventos (reuniões, conferências, seminários, audiências públicas, rodas de conversa e festivais) orientados a visibilização da “questão migratória” ocorridos em Porto Alegre e São Paulo entre os anos 2013 e 2016. Entendo esses eventos como cenários privilegiados de observação dos embates, tensões e disputas na produção não apenas de uma “população imigrante”, mas do processo de construção...

  20. Neurociências ‘do lado de cá’ : uma etnografia entre ratos, drogas e humanos

    Jardim, Paula Simone Bolzan
    Proponho-me, nesta Tese, explorar como se constrói e se perpetua um grupo de pesquisa básica comportamental em modelo animal a partir de um laboratório universitário de neurociências voltado para o estudo da memória. Em particular, através do rastreio das práticas científicas e de suas várias ramificações, procuro entender o processo de produção de pesquisa básica comportamental no Sul do Brasil, levando em consideração desde os recursos materiais escassos até os custos emocionais elevados dos seus pesquisadores para manter um laboratório multiespécies. Travo diálogos antropológicos com humanos, ratos e drogas – aqui considerados os principais atores desse local específico de produção...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.