Mostrando recursos 1 - 20 de 22

  1. Efeitos agudos do fumo sobre a dinâmica cardiocirculatória da unidade feto-materno-placentária

    Müller, Janine Santos
    O fumo é a droga mais comumente usada na gestação, e suas conseqüências podem se manifestar por associação com prematuridade, retardo de crescimento fetal e baixo peso do recém-nascido, entre outras complicações. O tabaco possut vários metabólitos, sendo a nicotina e o monóxido de carbono os mais estudados. A nicotina atinge o feto através da placenta e concentrase no sangue fetal, no líquido amniótico e no leite materno. O uso do tabaco pela mãe causa aumento de substâncias vasoconstritoras e diminuição de substâncias vasodilatadoras no cordão umbilical, o que pode estar relacionado com as alterações perfusionais encontradas na unidade feto-matemo-placentária...

  2. Efeitos agudos do fumo sobre a dinâmica cardiocirculatória da unidade feto-materno-placentária

    Müller, Janine Santos
    O fumo é a droga mais comumente usada na gestação, e suas conseqüências podem se manifestar por associação com prematuridade, retardo de crescimento fetal e baixo peso do recém-nascido, entre outras complicações. O tabaco possut vários metabólitos, sendo a nicotina e o monóxido de carbono os mais estudados. A nicotina atinge o feto através da placenta e concentrase no sangue fetal, no líquido amniótico e no leite materno. O uso do tabaco pela mãe causa aumento de substâncias vasoconstritoras e diminuição de substâncias vasodilatadoras no cordão umbilical, o que pode estar relacionado com as alterações perfusionais encontradas na unidade feto-matemo-placentária...

  3. O aleitamento materno protege contra infeccao do trato urinario no primeiro ano? : um estudo de casos-controle

    Kripka, Roseli
    A infecção do trato urinário é uma doença bastante freqüente em lactentes, podendo causar sérias conseqüências em crianças, principalmente naquelas com alterações do trato urinário. Alguns fatores têm sido associados a uma maior suscetibilidade de crianças pequenas à infecção do trato urinário, entre os quais figura a ausência ou curta duração do aleitamento materno. Esta associação, no entanto, precisa ser mais bem investigada. Com o objetivo de estudar a relação entre aleitamento materno e infecção do trato urinário no primeiro ano de vida, realizou-se um estudo caso-controle com 108 crianças (36 casos e 72 controles) entre 12 e 30 meses...

  4. O aleitamento materno protege contra infeccao do trato urinario no primeiro ano? : um estudo de casos-controle

    Kripka, Roseli
    A infecção do trato urinário é uma doença bastante freqüente em lactentes, podendo causar sérias conseqüências em crianças, principalmente naquelas com alterações do trato urinário. Alguns fatores têm sido associados a uma maior suscetibilidade de crianças pequenas à infecção do trato urinário, entre os quais figura a ausência ou curta duração do aleitamento materno. Esta associação, no entanto, precisa ser mais bem investigada. Com o objetivo de estudar a relação entre aleitamento materno e infecção do trato urinário no primeiro ano de vida, realizou-se um estudo caso-controle com 108 crianças (36 casos e 72 controles) entre 12 e 30 meses...

  5. Doença respiratória aguda baixa em menores de cinco anos : fatores de risco e prevalência em Rio Grande, RS

    Prietsch, Silvio Omar Macedo
    Resumo não disponível

  6. Doença respiratória aguda baixa em menores de cinco anos : fatores de risco e prevalência em Rio Grande, RS

    Prietsch, Silvio Omar Macedo
    Resumo não disponível

  7. Triagem para formas atenuadas de mucopolissacaridose em pacientes com problemas ósteo-articulares de etiologia desconhecida

    Siqueira, Thabata Caroline da Rocha
    Introdução: As mucopolissacaridoses (MPS) são um conjunto de sete doenças genéticas incluídas dentro das Doenças Lisossômicas que por sua vez fazem parte dos Erros Inatos do Metabolismo (EIM). São doenças multissistêmicas que afetam todo o organismo, com variações conforme o tipo de MPS, sendo que algumas delas possuem tratamento específico. Quase todas comprometem, em graus variados, o sistema osteoarticular, e praticamente todos os pacientes apresentam excreção alterada de glicosaminoglicanos (GAGs) na urina. As MPS são doenças raras que podem ser subdiagnosticadas em função do pouco conhecimento dos profissionais de saúde sobre elas, do pouco acesso aos métodos de triagem e...

  8. Triagem para formas atenuadas de mucopolissacaridose em pacientes com problemas ósteo-articulares de etiologia desconhecida

    Siqueira, Thabata Caroline da Rocha
    Introdução: As mucopolissacaridoses (MPS) são um conjunto de sete doenças genéticas incluídas dentro das Doenças Lisossômicas que por sua vez fazem parte dos Erros Inatos do Metabolismo (EIM). São doenças multissistêmicas que afetam todo o organismo, com variações conforme o tipo de MPS, sendo que algumas delas possuem tratamento específico. Quase todas comprometem, em graus variados, o sistema osteoarticular, e praticamente todos os pacientes apresentam excreção alterada de glicosaminoglicanos (GAGs) na urina. As MPS são doenças raras que podem ser subdiagnosticadas em função do pouco conhecimento dos profissionais de saúde sobre elas, do pouco acesso aos métodos de triagem e...

  9. Hipercalemia nos recem-nascidos de muito baixo peso no hospital de clinicas de Porto Alegre : incidencia e fatores associados

    Nader, Paulo de Jesus Hartmann
    A hipercalemia não oligúrica tem sido relatada como um achado freqüente nos recém-nascidos prematuros. Valores de KP acima de 6,7 mEq/l levam a arritmias cardíacas e óbito. Os mecanismos da hipercalemia não oligúrica não estão comple­ tamente estabelecidos. O presente estudo avaliou a incidência de hipercalemia (potássio > 6mEq/l) em RNPs com peso < 1250 gramas e idade gestacional < 32 semanas nas primeiras 72 horas de vida, nascidos no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, no período de 1 ano. Vinte e nove prematuros preencheram os critérios do estudo, sendo 26 avaliados. A incidência de hipercalemia foi de 38,4%...

  10. Hipercalemia nos recem-nascidos de muito baixo peso no hospital de clinicas de Porto Alegre : incidencia e fatores associados

    Nader, Paulo de Jesus Hartmann
    A hipercalemia não oligúrica tem sido relatada como um achado freqüente nos recém-nascidos prematuros. Valores de KP acima de 6,7 mEq/l levam a arritmias cardíacas e óbito. Os mecanismos da hipercalemia não oligúrica não estão comple­ tamente estabelecidos. O presente estudo avaliou a incidência de hipercalemia (potássio > 6mEq/l) em RNPs com peso < 1250 gramas e idade gestacional < 32 semanas nas primeiras 72 horas de vida, nascidos no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, no período de 1 ano. Vinte e nove prematuros preencheram os critérios do estudo, sendo 26 avaliados. A incidência de hipercalemia foi de 38,4%...

  11. Choque do nascimento : avaliacao do vigor neurologico do recem-nascido a termo, nas primeiras 48 horas de vida

    Riesgo, Rudimar dos Santos
    Resumo não disponível

  12. Choque do nascimento : avaliacao do vigor neurologico do recem-nascido a termo, nas primeiras 48 horas de vida

    Riesgo, Rudimar dos Santos
    Resumo não disponível

  13. Conhecimento das maes e dos pais sobre aleitamento materno antes e apos orientacao pos-natal e sua relacao com a prevalencia de amamentacao nos primeiros seis meses

    Susin, Lulie Rosane Odeh
    Resumo não disponível

  14. Conhecimento das maes e dos pais sobre aleitamento materno antes e apos orientacao pos-natal e sua relacao com a prevalencia de amamentacao nos primeiros seis meses

    Susin, Lulie Rosane Odeh
    Resumo não disponível

  15. Efeito do programa de estimulação oral em recém-nascidos pré-termo

    Pereira, Karine da Rosa
    Objetivo: Avaliar o efeito de um programa de estimulação oral em recém-nascidos pré-termo com intuito de investigar o desempenho alimentar na primeira oferta por via oral, bem como o nível de habilidade oral e o tempo de transição sonda para via oral plena. Métodos: Trata-se de um ensaio clínico randomizado duplo-cego, realizado no período de maio de 2015 a novembro de 2016, incluindo recém-nascidos pré-termo entre 26 e 32 semanas de idade gestacional. Foram excluídas malformações congênitas, presença de hemorragia intracraniana grau III ou IV, displasia broncopulmonar e enterocolite necrosante. O grupo intervenção recebeu o programa de estimulação oral, com...

  16. Efeito do programa de estimulação oral em recém-nascidos pré-termo

    Pereira, Karine da Rosa
    Objetivo: Avaliar o efeito de um programa de estimulação oral em recém-nascidos pré-termo com intuito de investigar o desempenho alimentar na primeira oferta por via oral, bem como o nível de habilidade oral e o tempo de transição sonda para via oral plena. Métodos: Trata-se de um ensaio clínico randomizado duplo-cego, realizado no período de maio de 2015 a novembro de 2016, incluindo recém-nascidos pré-termo entre 26 e 32 semanas de idade gestacional. Foram excluídas malformações congênitas, presença de hemorragia intracraniana grau III ou IV, displasia broncopulmonar e enterocolite necrosante. O grupo intervenção recebeu o programa de estimulação oral, com...

  17. Impacto da estratégia de regionalização da assistência ao parto no âmbito do Sistema Único de Saúde na redução da mortalidade infantil no estado do Rio Grande do Sul

    Walcher, Eleonora Gehlen
    O parto e o nascimento são eventos de grande relevância. O atendimento especializado à mulher por ocasião do parto é fundamental para a redução da mortalidade materna e neonatal, porém muitas mulheres em países de baixa e média renda são assistidas fora das unidades de saúde, sem ajuda especializada. Nesta pesquisa, avaliamos o impacto da regionalização do acesso aos serviços de saúde responsáveis pela atenção ao parto e ao nascimento enquanto política pública instituída no Rio Grande do Sul em 2004. Identificamos os óbitos infantis evitáveis, relacionados a partos ocorridos em hospitais de pequeno porte, em especial aqueles com ocorrência...

  18. Impacto da estratégia de regionalização da assistência ao parto no âmbito do Sistema Único de Saúde na redução da mortalidade infantil no estado do Rio Grande do Sul

    Walcher, Eleonora Gehlen
    O parto e o nascimento são eventos de grande relevância. O atendimento especializado à mulher por ocasião do parto é fundamental para a redução da mortalidade materna e neonatal, porém muitas mulheres em países de baixa e média renda são assistidas fora das unidades de saúde, sem ajuda especializada. Nesta pesquisa, avaliamos o impacto da regionalização do acesso aos serviços de saúde responsáveis pela atenção ao parto e ao nascimento enquanto política pública instituída no Rio Grande do Sul em 2004. Identificamos os óbitos infantis evitáveis, relacionados a partos ocorridos em hospitais de pequeno porte, em especial aqueles com ocorrência...

  19. Otite média crônica : impacto no processamento auditivo e aspectos neuropsicológicos de adolescentes

    Machado, Márcia Salgado
    Introdução: A otite média com efusão recorrente nos primeiros cinco anos de vida é considerada um indicador de risco para alterações no processamento auditivo central (PAC). No entanto, não foram encontrados estudos que avaliassem o PAC em sujeitos com otite média crônica. Em virtude da gravidade e cronicidade da doença, destaca-se a relevância deste estudo. Objetivo: Investigar e analisar o impacto da otite média crônica não colesteatomatosa (OMCNC) no processamento auditivo central e em alguns aspectos neuropsicológicos de adolescentes. Métodos: Trata-se de um estudo observacional, transversal controlado, no qual foram recrutados 34 adolescentes de 12 a 18 anos com diagnóstico...

  20. Otite média crônica : impacto no processamento auditivo e aspectos neuropsicológicos de adolescentes

    Machado, Márcia Salgado
    Introdução: A otite média com efusão recorrente nos primeiros cinco anos de vida é considerada um indicador de risco para alterações no processamento auditivo central (PAC). No entanto, não foram encontrados estudos que avaliassem o PAC em sujeitos com otite média crônica. Em virtude da gravidade e cronicidade da doença, destaca-se a relevância deste estudo. Objetivo: Investigar e analisar o impacto da otite média crônica não colesteatomatosa (OMCNC) no processamento auditivo central e em alguns aspectos neuropsicológicos de adolescentes. Métodos: Trata-se de um estudo observacional, transversal controlado, no qual foram recrutados 34 adolescentes de 12 a 18 anos com diagnóstico...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.