Mostrando recursos 1 - 18 de 18

  1. Diferenciação de células tronco mesenquimais em células tipo-hepatócitos

    Angiolini, Virgínia Andrea
    Introdução: O fígado é um órgão chave na manutenção da homeostasia corpórea e o transplante hepático ainda continua sendo o padrão-ouro no tratamento da insuficiência hepática aguda. A falta de doadores tem favorecido o desenvolvimento da terapia celular. Células derivadas de medula óssea podem se diferenciar em células tipo-hepatócitos em menos de 24 horas e a comunicação através de vesículas extracelulares (VEs) é um dos mecanismos propostos para explicar essa capacidade. Muitos estudos têm demonstrado que as células-tronco mesenquimais (CTMs) da medula tem alta plasticidade para se diferenciar em hepatócitos, mas os protocolos normalmente utilizados levam entre 7 e 28...

  2. Eletroencefalograma de amplitude integrada em prematuros de muito baixo peso ao nascer

    Magalhães, Luiza Vieira da Silva
    Introdução: Sequelas neurológicas são comuns em prematuros de muito baixo peso ao nascer.A prevenção de injúria cerebral e o desenvolvimento de estratégias neuroprotetorastem sido os principais objetivos da neurologia neonatal moderna. O eletroencefalograma de amplitude integrada (aEEG) é um método de monitorização cerebral contínua que pode auxiliar no diagnóstico precoce e detectar pacientes em risco. Enquanto o seu papel na avaliação de recém nascidos a termo já está bem estabelecido, em prematuros ainda existem dúvidas. Objetivos: avaliar a relação do aEEG realizadoem prematuros de muito baixo peso ao nascer estáveis durante as primeiras 48 horas de vida com alterações graves...

  3. Comparação da qualidade microbiológica e composição nutricional da dieta padrão com dieta para neutropênicos em uma unidade de oncologia pediátrica

    Maia, Juliana Elert
    Introdução: A dieta para neutropênicos foi desenvolvida para prevenir infecções por patógenos transmitidos por alimentos em pacientes com a imunidade comprometida pelo tratamento antineoplásico. Baseia-se no conceito hipotético que alguns alimentos possuem maior carga microbiana e seriam potencialmente danosos aos indivíduos neutropênicos. As restrições impostas pela dieta podem ocasionar deficiências de nutrientes. Objetivo: comparar a qualidade microbiológica e a composição nutricional de uma dieta padrão hospitalar com a dieta oferecida para pacientes pediátricos neutropênicos em um hospital de Porto Alegre, RS. Métodos: para a análise microbiológica, amostras de alimentos da dieta padrão (n=18) e da dieta para neutropênicos (n=18) foram...

  4. Cetamina intranasal para sedoanalgesia na punção venosaperiférica em pacientes pediátricos : estudo randomizado, duplo cego e placebo controlado

    Pinheiro, Sabrina dos Santos
    Objetivos: Verificar eficácia da cetamina intranasal na sedação de crianças para punção venosa. Métodos: Estudo randomizado, duplo-cego, placebo controlado realizado no Hospital de Clínicas de Porto Alegre entre janeiro e agosto de 2016. Estudo aprovado pela comissão de ética em pesquisa da instituição. Incluídas crianças que necessitasse de punção venosa, sendo randomizadas a receber cetamina IN 4mg/Kg ou solução fisiológica no grupo Placebo. Os grupos foram comparados quanto: tempo de punção, facilidade do Enfermeiro para realizar o procedimento, eventos adversos, alterações dos sinais vitais e percepção do acompanhante. Resultados: Foram incluídas 39 crianças (21 Intervenção vs 18 Placebo) sem diferenças...

  5. Anemia ferropriva e suas influências nos níveis do fator neurotrófico derivado do cérebro (BDNF) em crianças de um município da região norte do Rio Grande do Sul

    Azevedo, Milene Urrutia de
    INTRODUÇÃO: A anemia carencial pode ser definida como um estado em que a concentração de hemoglobina no sangue está anormalmente baixa, possivelmente em consequência da carência de um ou mais nutrientes essenciais, sendo o ferro, dentre todos, a mais presente. A anemia precoce pode alterar a fisiologiado hipocampoem desenvolvimento,a região do cérebro responsável pelo aprendizado e memóriade reconhecimento e fatores de crescimento como o fator neurotrófico derivado do cérebro (BDNF).O estudo objetivou identificar a prevalência de anemia ferropriva em crianças do município de Vicente Dutra-RS e investigar possíveis alterações nos níveis séricos do BDNF em crianças com ferropenia. METODOLOGIA: Desenvolveu-se...

  6. Fatores associados com a manutenção do aleitamento materno por 6, 12 e 24 meses em uma coorte de mães adolescentes

    Muelbert, Mariana
    O impacto positivo do aleitamento materno (AM) na saúde de mulheres e crianças em curto e longo prazo, tanto em países de média e baixa renda como em países de alta renda, é amplamente reconhecido. Apesar disso, os índices de AM estão longe de ser considerados bons, tanto em nível mundial quanto no Brasil. Com base em alguns estudos, mães adolescentes são consideradas população de risco para não amamentação ou interrupção precoce dessa prática, configurando-se em um grupo prioritário para a promoção, proteção e apoio ao AM. Nesse sentido, estratégias devem levar em consideração as peculiaridades da amamentação em mães...

  7. Avaliação de tecnologias em saúde para doenças raras : revisão sistemática e meta-análise sobre terapia de reposição enzimática para mucopolissacaridose tipo I

    Dornelles, Alícia Dorneles
    Introdução: Com o avanço das tecnologias para saúde, novas opções terapêuticas estão emergindo, incluindo aquelas direcionadas para doenças raras, e cuja eficácia e segurança são de difícil determinação quando utilizados os métodos originalmente delineados para as doenças frequentes. Nesse caso, as revisões sistemáticas sobre os tratamentos existentes para doenças raras, cujos custos são elevados, são importantes para o processo de tomada de decisões a fim de definir o perfil de pacientes que mais provavelmente responderão positivamente a cada tratamento. A mucopolissacaridose tipo I (MPS I) é uma doença autossômica recessiva causada pela ausência ou deficiência da atividade da hidrolase lisossomal...

  8. Variação dos níveis séricos do peptídeo YY e outros marcadores biológicos em adolescentes obesos submetidos a tratamento para obesidade ao longo de um ano no Hospital de Clínicas de Porto Alegre

    Fernandes, Simone Pereira
    A ingestão de alimentos e o gasto de energia, bem como os sinais de saciedade de curto prazo, podem ser regulados pelo peptídeo tirosina tirosina (PYY) secretado pelo trato gastrointestinal. Não é de conhecimento, até o momento, se há mudanças nos níveis de hormônios reguladores da saciedade, como o PYY, durante um ano de acompanhamento de adolescentes obesos brasileiros. Também não se sabe se ocorre de fato mudança de comportamento alimentar ou de composição corporal com alteração nos níveis de hormônios PYY. Objetivo:Avaliar o perfil dos níveis séricos de PYY de adolescentes obesos atendidos ao longo de 12 meses em...

  9. Comparação de diferentes métodos de avaliação nutricional não invasiva em crianças hospitalizadas

    Vallandro, Juliana Paludo
    Introdução: Atualmente, existem vários métodos úteis para a avaliação nutricional (AvN) de crianças hospitalizadas, contudo ainda não há um método considerado padrão-ouro para classificação do estado nutricional da população pediátrica, assim como para a identificação da desnutrição. Objetivo: Comparar diferentes métodos de AvN não invasiva em crianças hospitalizadas. Métodos: Estudo transversal com pacientes de 4 a 8,9 anos internados em um hospital pediátrico do Sul do Brasil. A amostragem foi realizada por conveniência, e a coleta de dados ocorreu entre dezembro de 2014 a fevereiro de 2016. Excluíram-se pacientes internados em unidade de terapia intensiva e sem condições de alimentação...

  10. O impacto do acidente vascular cerebral na qualidade de vida de crianças e adolescentes

    Gerzson, Laís Rodrigues
    Introdução: O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma síndrome clínica com desenvolvimento de sinais agudos de disfunção neurológica focal ou global, com duração maior do que 24 horas ou levando à morte, sem outras causas que não a vascular. Objetivo: avaliar a qualidade de vida de crianças e adolescentes que sofreram AVC pertencentes à Unidade de Neuropediatria do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) e de crianças saudáveis da Unidade Básica de Saúde (UBS) Santa Cecília de Porto Alegre. Métodos: Estudo observacional com delineamento transversal com amostragem não probabilística. Utilizou-se o instrumento Pediatric Quality of Life Inventory (PedsQ.LTM 4.0)...

  11. Níveis séricos de fator neurotrófico derivado do cérebro, citocinas e biomarcadores periféricos de estresse oxidativo e testes cognitivos em pacientes com leucemia linfoblástica aguda na infância e na adolescência

    Alves, Marta Maria Osório
    Introdução: Doença arterial obstrutiva periférica é uma síndrome na qual placa aterosclerótica causa obstrução de artérias dos membros inferiores. Entre os fatores de risco estão tabagismo, dislipidemia, diabetes e hipertensão arterial. Embora esta última seja certamente o fator de risco mais freqüente, prevalência de DAOP nessa população não foi adequadamente avaliada. Apenas cerca de 10% dos indivíduos acometidos são sintomáticos e, portanto, diagnóstico exige exame complementar; o índice tornozelo braquial (ITB) é obtido calculando a razão entre pressão arterial aferida na artéria pediosa ou na tibial posterior sobre a pressão na artéria braquial, e é considerado padrão ouro para diagnóstico...

  12. Abordagens diagnósticas na avaliação da gravidade dos sintomas clínicos respiratórios em pacientes com sequência de Robin

    Manica, Denise
    Introdução: Uma série de aspectos diagnósticos e terapêuticos relacionados à Sequência de Robin (SR) não possuem definição clara na literatura, conforme demonstrado em revisão sistemática presente nesta tese. Essas áreas de incerteza envolvem os métodos de classificação do grau de glossoptose por meio da endoscopia de via aérea (EVA), a associação com manifestações clínicas e a avaliação polissonográfica. Objetivos: Avaliar, a partir de um estudo transversal aninhado em uma coorte, a associação entre duas classificações de glossoptose e a severidade dos sintomas em pacientes com SR, além de determinar a acurácia dessas classificações na determinação de pacientes com maior gravidade...

  13. Achados tomográficos de doença nasossinusal em crianças e em adolescentes com fibrose cística

    Manzini, Michelle
    INTRODUÇÃO: a doença nasossinusal em população pediátrica com fibrose cística (FC) é um tema ainda pouco explorado, sendo incerto o papel da tomografia de seios da face (TCSF) para avaliação e seguimento desses pacientes. OBJETIVOS: avaliar se existe correlação entre sintomas nasossinusais e genótipo, colonização crônica porPseudomonasaeruginosa, volume expiratório forçado no primeiro Segundo (VEF1), índice de massa corporal (IMC), Escore de Shwachman-Kulczycki, Escore tomográfico de Bhalla e achados tomográficos nasossinusais em crianças e em adolescentes com FC. DELINEAMENTO: estudo transversal. MATERIAIS E MÉTODOS:Foram avaliados 61 pacientes com idades entre dois e 16 anos que mantinham acompanhamento no Centro Pediátrico de...

  14. Ventilação mecânica não invasiva na crise de asma aguda grave em crianças : níveis de evidências

    Silva, Paula de Souza
    INTRODUÇÃO: A ventilação mecânica não invasiva (VNI) vem sendo eventualmente utilizada como tratamento adjunto no manejo da crise de asma aguda grave em crianças não responsivas ao tratamento padrão. OBJETIVO: Avaliar a qualidade das evidências existentes para embasar diretrizes do emprego da VNI no manejo da crise de asma aguda grave em crianças não responsivas ao tratamento padrão. MATERIAL E MÉTODOS: Busca, seleção e análise (iniciada em Julho de 2013) de todos os artigos originais sobre asma e VNI em crianças, publicados até 1º de setembro de 2014, em todos os idiomas, nas bases de dados eletrônicas Pubmed, Web of...

  15. Expressão do CD64 como preditor de cultural positivo em crianças com neutropenia febril

    Barbosa, Gustavo Göhringer de Almeida
    Introdução: Uma em cada 25 crianças com câncer vai morrer devido a complicações da terapia: trata-se de uma em cada seis mortes. Das complicações do tratamento, uma importante causa de morte continua sendo a infecção. Esta frequentemente apresenta-se como febre com neutropenia, mais conhecido como “neutropenia febril”. O reconhecimento precoce de processos infecciosos em pacientes neutropênicos é dificultado pelo fato destes poderem ter apresentações clínicas variadas e não específicas, aguardando-se o início da febre para se começar um tratamento com antibióticos. O CD64 é um marcador de superfície de neutrófilos, detectável por exame de citometria de fluxo e que é...

  16. Cesariana e gestação múltipla : avaliação de seus impactos sobre a saúde infantil

    Agranonik, Marilyn
    Introdução: O Brasil está passando por uma transição demográfica e epidemiológica, com melhorias na área da saúde. Apesar desse cenário, as taxas de baixo peso ao nascer (BPN) e a mortalidade infantil permanecem altas. O objetivo deste estudo é avaliar o impacto do uso extensivo de tecnologias, como o parto cesáreo e a concepção assistida, sobre resultados perinatais, durante os últimos 16 anos. Esse objetivo foi dividido em duas partes: (1) avaliação do impacto do aumento da taxa de parto cesáreo no BPN, de acordo com tipo de hospital (privado, público ou misto) e (2) avaliação do impacto das taxas...

  17. Associação entre duração do aleitamento materno e distoclusão na dentição decídua

    Silva, Fernanda Caramez da
    OBJETIVOS: Avaliar a associação entre aleitamento materno e ocorrência de distoclusão em crianças com dentição decídua. MÉTODOS: Estudo transversal aninhado a uma coorte conduzido no Brasil, envolvendo 153 crianças. Os dados relativos à dieta e hábitos de sucção foram coletados (por um examinador cego para a exposição) aos 7, 30, 60, 120 e 180 dias e na época da avaliação odontológica realizada quando as crianças tinham entre 3 e 5 anos de idade. A regressão de Poisson foi utilizada para testar a associação entre o desfecho (presença de distoclusão) e a prática do aleitamento materno. RESULTADOS: A prevalência de distoclusão...

  18. Comparação entre dois modos ventilatórios em anestesia pediátrica : ventilação controlada a volume versus ventilação controlada a pressão

    Ajnhorn, Fabiana
    Justificativa e Objetivos: Comparar as repercussões na mecânica respiratória e na troca gasosa em pacientes pediátricos submetidos à cirurgia ortopédica em posição lateral sob anestesia geral, utilizando-se dois modos de ventilação mecânica: controlada a volume (VCV) versus controlada a pressão (PCV), pois, em anestesia, o benefício de um modo em relação ao outro não está bem estabelecido. Método: Ensaio clínico randomizado, realizado entre julho de 2003 e junho 2005 envolvendo crianças (seis meses a 5 anos) submetidas à cirurgia de correção de pé torto congênito no Hospital de Clínicas de Porto Alegre. No modo VCV o volume corrente para se...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.