Mostrando recursos 1 - 20 de 39

  1. Atributos químicos e crescimento de plantas em solos com aplicação de resíduos urbanos

    Garcia, Gabriel Furtado
    O uso de composto de lixo (CL) e de lodo de esgoto (LE) na agricultura é uma alternativa viável para a melhor disposição destes resíduos urbanos em solos. Estudos de longo prazo podem melhorar o entendimento da dinâmica e as modificações que estes materiais ocasionam no solo e na resposta de plantas. O objetivo desse estudo foi avaliar os efeitos residuais (aplicações entre 2002 e 2006) e imediatos (reaplicação em 2015, após pousio) dos resíduos CL e LE, em dois solos [Latossolo Vermelho distroférrico (LVd) e um Argissolo Vermelho distrófico (PVd)], quanto às modificações em atributos químicos do solo, elementos-traços...

  2. Variáveis termo-físico-hídricas no sulco de semeadura do milho em plantio direto relacionadas com tráfego de rodados, mecanismos sulcadores de fertilizante e coberturas do solo

    Zulpo, Lucas
    O Brasil é considerado como um dos maiores celeiros do mundo devido ao seu alto potencial de produção nos sistemas agrícolas. A partir da década de 80, começou a se difundir o sistema de semeadura direta, no intuito de corrigir os graves problemas que o preparo convencional estava causando ao solo. Para mobilização de solo somente na linha de semeadura, ferramentas de abertura de sulco para deposição de fertilizantes e sementes foram desenvolvidas. Entretanto, a mobilização do solo depende de fatores como tipo de sulcador de adubo e sua formatação. Assim, o objetivo do trabalho foi quantificar e qualificar, em...

  3. Variáveis termo-físico-hídricas no sulco de semeadura do milho em plantio direto relacionadas com tráfego de rodados, mecanismos sulcadores de fertilizante e coberturas do solo

    Zulpo, Lucas
    O Brasil é considerado como um dos maiores celeiros do mundo devido ao seu alto potencial de produção nos sistemas agrícolas. A partir da década de 80, começou a se difundir o sistema de semeadura direta, no intuito de corrigir os graves problemas que o preparo convencional estava causando ao solo. Para mobilização de solo somente na linha de semeadura, ferramentas de abertura de sulco para deposição de fertilizantes e sementes foram desenvolvidas. Entretanto, a mobilização do solo depende de fatores como tipo de sulcador de adubo e sua formatação. Assim, o objetivo do trabalho foi quantificar e qualificar, em...

  4. Variabilidade espaço-temporal de atributos do solo e resposta do arroz irrigado à adubação em sistemas integrados de produção agropecuária

    Denardin, Luiz Gustavo de Oliveira
    Sistemas integrados de produção agropecuária (SIPA) propõem diversificação pela rotação de cultivos de grãos e pastagens. Como resultado, esses sistemas promovem maior variabilidade de atributos do solo, propiciando menor dependência de uso de insumos, como fertilizantes, pela maior eficiência de uso de nutrientes (eco-eficiência). Dessa forma, os SIPA aparecem como alternativa para garantir eco-eficiência nas terras baixas arrozeiras, as quais, com o sistema tradicional de monocultivo, não demonstram se sustentar no tempo. O objetivo deste estudo foi, no ambiente das terras baixas: i) avaliar o impacto de diferentes SIPA na variabilidade espacial e temporal de atributos químicos do solo e,...

  5. Variabilidade espaço-temporal de atributos do solo e resposta do arroz irrigado à adubação em sistemas integrados de produção agropecuária

    Denardin, Luiz Gustavo de Oliveira
    Sistemas integrados de produção agropecuária (SIPA) propõem diversificação pela rotação de cultivos de grãos e pastagens. Como resultado, esses sistemas promovem maior variabilidade de atributos do solo, propiciando menor dependência de uso de insumos, como fertilizantes, pela maior eficiência de uso de nutrientes (eco-eficiência). Dessa forma, os SIPA aparecem como alternativa para garantir eco-eficiência nas terras baixas arrozeiras, as quais, com o sistema tradicional de monocultivo, não demonstram se sustentar no tempo. O objetivo deste estudo foi, no ambiente das terras baixas: i) avaliar o impacto de diferentes SIPA na variabilidade espacial e temporal de atributos químicos do solo e,...

  6. Características químicas do solo, estado nutricional e exportação de nutrientes em pomar de tangerineiras sob adubação orgânica

    Balerini, Fabrício
    No Rio Grande do Sul (RS), a produção orgânica tem sido uma alternativa viável aos citricultores. Entretanto, um dos problemas enfrentados é o restrito conhecimento científico em relação ao manejo da adubação orgânica do solo. Neste sentido, os objetivos deste trabalho foram verificar a evolução de características químicas do solo e do estado nutricional das tangerineiras e estimar a exportação de nutrientes pela colheita dos frutos, em função do manejo da adubação orgânica com aplicação de composto e biofertilizante líquido. Para isso, utilizou-se um experimento implantado em 2007, em um pomar comercial de tangerineiras, cultivar ‘Montenegrina’, manejadas em sistema orgânico...

  7. Características químicas do solo, estado nutricional e exportação de nutrientes em pomar de tangerineiras sob adubação orgânica

    Balerini, Fabrício
    No Rio Grande do Sul (RS), a produção orgânica tem sido uma alternativa viável aos citricultores. Entretanto, um dos problemas enfrentados é o restrito conhecimento científico em relação ao manejo da adubação orgânica do solo. Neste sentido, os objetivos deste trabalho foram verificar a evolução de características químicas do solo e do estado nutricional das tangerineiras e estimar a exportação de nutrientes pela colheita dos frutos, em função do manejo da adubação orgânica com aplicação de composto e biofertilizante líquido. Para isso, utilizou-se um experimento implantado em 2007, em um pomar comercial de tangerineiras, cultivar ‘Montenegrina’, manejadas em sistema orgânico...

  8. Efeitos de isolados de bactérias fluorescentes em cultivares de arroz irrigado

    Taunous, Isolina Dipp
    Com o objetivo de verificar a ocorrência de bactérias fitopatogênicas em plantas de arroz, bactérias fluorescentes (Bf1, Bf2, Bf3) foram isoladas de sementes em meio B de King semi-seletivo. Os isolados que induziram reação de hipersensibilidade em fume foram inoculados em arroz. Nas folhas e colmos de arroz, os isolados induziram lesões necróticas, de coloraçao cinza, alongadas, com bordas de cor castanha-escura. O efeito destes isolados bacterianos em plantas de sete cultivares de arroz foi testado através da inoculação de colmos e folhas, 21 dias apos a emergência, em casa-de-vegetação. Independente da cultivar ou do ponto da inoculação, todos os...

  9. Efeitos de isolados de bactérias fluorescentes em cultivares de arroz irrigado

    Taunous, Isolina Dipp
    Com o objetivo de verificar a ocorrência de bactérias fitopatogênicas em plantas de arroz, bactérias fluorescentes (Bf1, Bf2, Bf3) foram isoladas de sementes em meio B de King semi-seletivo. Os isolados que induziram reação de hipersensibilidade em fume foram inoculados em arroz. Nas folhas e colmos de arroz, os isolados induziram lesões necróticas, de coloraçao cinza, alongadas, com bordas de cor castanha-escura. O efeito destes isolados bacterianos em plantas de sete cultivares de arroz foi testado através da inoculação de colmos e folhas, 21 dias apos a emergência, em casa-de-vegetação. Independente da cultivar ou do ponto da inoculação, todos os...

  10. Adubação para a soja em terras baixas drenadas no Rio Grande do Sul

    Vedelago, Anderson
    A soja tornou-se uma cultura de destaque nas terras baixas da metade sul do Rio Grande do Sul e as recomendações de adubação fosfatada e potássica para essa cultura estão embasadas em pesquisas realizadas em terras altas da metade norte do Estado, sendo estes solos distintos daqueles das terras baixas. Os objetivos deste trabalho foram avaliar a resposta da soja à adubação fosfatada e potássica aplicadas na semeadura e avaliar a adequação das atuais recomendações de adubação para o cultivo de soja em terras baixas da metade Sul do Estado. Foram conduzidos quatro experimentos para avaliar a resposta da soja...

  11. Adubação para a soja em terras baixas drenadas no Rio Grande do Sul

    Vedelago, Anderson
    A soja tornou-se uma cultura de destaque nas terras baixas da metade sul do Rio Grande do Sul e as recomendações de adubação fosfatada e potássica para essa cultura estão embasadas em pesquisas realizadas em terras altas da metade norte do Estado, sendo estes solos distintos daqueles das terras baixas. Os objetivos deste trabalho foram avaliar a resposta da soja à adubação fosfatada e potássica aplicadas na semeadura e avaliar a adequação das atuais recomendações de adubação para o cultivo de soja em terras baixas da metade Sul do Estado. Foram conduzidos quatro experimentos para avaliar a resposta da soja...

  12. Recomendação de adubação fosfatada e potássica para retação de culturas em latossolos em plantio direto de longa duração no centro-sul do Paraná

    Vieira, Renan Costa Beber
    O estado do Paraná não dispõe de um sistema de recomendação de adubação para rotação de culturas em sistema plantio direto, utilizando recomendações para cada cultura individual. Em especial, a região Centro-Sul destaca-se pelo alto potencial produtivo, com rendimentos superiores a 3,5 t ha-1 de soja e 11 t ha-1 de milho, porém, carente em estudos que suportem a recomendação de fertilizantes para esses altos rendimentos. Dessa forma, o trabalho visa elaborar um sistema de recomendação de adubação fosfatada e potássica para a rotação de culturas envolvendo soja, milho, cevada e trigo, em solos em sistema plantio direto de longa...

  13. Recomendação de adubação fosfatada e potássica para retação de culturas em latossolos em plantio direto de longa duração no centro-sul do Paraná

    Vieira, Renan Costa Beber
    O estado do Paraná não dispõe de um sistema de recomendação de adubação para rotação de culturas em sistema plantio direto, utilizando recomendações para cada cultura individual. Em especial, a região Centro-Sul destaca-se pelo alto potencial produtivo, com rendimentos superiores a 3,5 t ha-1 de soja e 11 t ha-1 de milho, porém, carente em estudos que suportem a recomendação de fertilizantes para esses altos rendimentos. Dessa forma, o trabalho visa elaborar um sistema de recomendação de adubação fosfatada e potássica para a rotação de culturas envolvendo soja, milho, cevada e trigo, em solos em sistema plantio direto de longa...

  14. Uso do índice P-remanescente como indicador do poder tampão de fósforos em solos

    Rogeri, Douglas Antonio
    O extrator Mehlich utilizado nos estados do RS e de SC para avaliar a disponibilidade de fósforo às plantas apresenta sensibilidade ao poder tampão do solo. Essa limitação é contornada, em parte, pela separação dos solos em classes de tamponamento, sendo utilizado para este fim o teor de argila. Entretanto, essa medida textural apresenta algumas limitações de ordem técnica e operacional. O objetivo do presente estudo foi avaliar a técnica do P-remanescente comparativamente à argila como índice do poder tampão em solos do estado do RS. A relação entre P-remanescente e argila foi obtida com a seleção de 200 amostras...

  15. Uso do índice P-remanescente como indicador do poder tampão de fósforos em solos

    Rogeri, Douglas Antonio
    O extrator Mehlich utilizado nos estados do RS e de SC para avaliar a disponibilidade de fósforo às plantas apresenta sensibilidade ao poder tampão do solo. Essa limitação é contornada, em parte, pela separação dos solos em classes de tamponamento, sendo utilizado para este fim o teor de argila. Entretanto, essa medida textural apresenta algumas limitações de ordem técnica e operacional. O objetivo do presente estudo foi avaliar a técnica do P-remanescente comparativamente à argila como índice do poder tampão em solos do estado do RS. A relação entre P-remanescente e argila foi obtida com a seleção de 200 amostras...

  16. Fósforo, cobre e zinco em solos submetidos à aplicação de dejetos animais : teores formas e indicadores ambientais

    Seganfredo, Milton Antonio
    O uso de dejetos animais como fertilizantes em excesso e/ou por longos períodos pode causar acúmulo e alterar as formas e disponibilidade de P, Cu e Zn do solo. O objetivo do trabalho foi avaliar alterações nos teores, formas e disponibilidade destes elementos no solo e verificar sua validade e de alguns índices ambientais em áreas de uso de dejetos animais. O trabalho constou de análises químicas em solo coletado na camada 0-20 cm em dois locais de uso contínuo e uso passado de dejetos animais, no município de Concórdia SC, no sul do Brasil. Realizaram-se extrações independentes e fracionamento...

  17. Fósforo, cobre e zinco em solos submetidos à aplicação de dejetos animais : teores formas e indicadores ambientais

    Seganfredo, Milton Antonio
    O uso de dejetos animais como fertilizantes em excesso e/ou por longos períodos pode causar acúmulo e alterar as formas e disponibilidade de P, Cu e Zn do solo. O objetivo do trabalho foi avaliar alterações nos teores, formas e disponibilidade destes elementos no solo e verificar sua validade e de alguns índices ambientais em áreas de uso de dejetos animais. O trabalho constou de análises químicas em solo coletado na camada 0-20 cm em dois locais de uso contínuo e uso passado de dejetos animais, no município de Concórdia SC, no sul do Brasil. Realizaram-se extrações independentes e fracionamento...

  18. Atributos químicos, físico-mecânicos e mineralógicos de um argilossolo vermelho submetido a manejos de solo sob plantio direto

    Sturmer, Sidinei Leandro Klockner
    A utilização do sistema de plantio direto (SPD) no Brasil teve início na década de 70, com acentuado aumento a partir da década de 90, dando ênfase aos aspectos de redução de custos e uso de agroquímicos, rotação de culturas, utilização de plantas de cobertura e diferentes formas de adubação. Atualmente o sistema plantio direto representa o manejo conservacionista de solo mais adotado no País, totalizando aproximadamente 30 milhões de hectares cultivados. Especula-se, no entanto, que parte significativa dessa área não atenda aos requisitos básicos exigidos pelo sistema. Em muitas áreas o uso de rotação de culturas ainda é incipiente,...

  19. Atributos químicos, físico-mecânicos e mineralógicos de um argilossolo vermelho submetido a manejos de solo sob plantio direto

    Sturmer, Sidinei Leandro Klockner
    A utilização do sistema de plantio direto (SPD) no Brasil teve início na década de 70, com acentuado aumento a partir da década de 90, dando ênfase aos aspectos de redução de custos e uso de agroquímicos, rotação de culturas, utilização de plantas de cobertura e diferentes formas de adubação. Atualmente o sistema plantio direto representa o manejo conservacionista de solo mais adotado no País, totalizando aproximadamente 30 milhões de hectares cultivados. Especula-se, no entanto, que parte significativa dessa área não atenda aos requisitos básicos exigidos pelo sistema. Em muitas áreas o uso de rotação de culturas ainda é incipiente,...

  20. Atributos químicos de argilossolo e exportação de nutrientes por culturas sob sistemas de preparo e de adubação

    Dorneles, Evelyn Penedo
    Métodos de preparo e de adubação podem afetar os atributos químicos do solo e, consequentemente, sua fertilidade. Com o objetivo de avaliar as alterações em atributos químicos do solo, ao longo do período de dez anos, foram avaliados os resultados da análise de amostras de solo coletadas em nove épocas, em três profundidades (0-5; 5-10; 10-20 cm); o rendimento de grãos e a respectiva exportação de nutrientes de dois cultivos de verão (soja e milho), em experimento de campo em um Argissolo Vermelho Distrófico típico, na Estação Experimental Agronômica da UFRGS, em Eldorado do Sul, RS. Foram avaliados três sistemas...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.