Mostrando recursos 1 - 20 de 30

  1. Estresse social, resiliência e inflamação : relação com comportamento tipo-depressivo

    Stein, Dirson João
    Transtornos de humor tais como a depressão e a ansiedade estão entre as desordens psiquiátricas mais comuns na atualidade, com tendência de aumento do número de casos, assim como vêm ocorrendo nas últimas décadas. O Transtorno Depressivo Maior (TDM), uma desordem psiquiátrica dispendiosa e ameaçadora da vida, afeta profunda e negativamente a qualidade de vida dos indivíduos afetados e irá atingir até 20% da população em algum momento ao longo de sua existência. Porém, a descrição de sua patofisiologia segue incompleta e o principal pré-requisito para controlar a doença é entender de forma detalhada as alterações moleculares e comportamentais que...

  2. Uso potencial de ferramentas de classificação de texto como assinaturas de comportamentos suicidas : um estudo de prova de conceito usando os escritos pessoais de Virginia Woolf

    Berni, Gabriela de Ávila
    A presente dissertação analisa o conteúdo dos diários e cartas de Virginia Woolf para avaliar se um algoritmo de classificação de texto poderia identificar um padrão escrito relacionado aos dois meses anteriores ao suicídio de Virginia Woolf. Este é um estudo de classificação de texto. Comparamos 46 entradas de textos dos dois meses anteriores ao suicídio de Virginia Woolf com 54 textos selecionados aleatoriamente do trabalho de Virginia Woolf durante outro período de sua vida. O texto de cartas e dos diários foi incluído, enquanto livros, romances, histórias curtas e fragmentos de artigos foram excluídos. Os dados foram analisados usando...

  3. Supervisão em psicoterapia de orientação analítica hoje

    Saldanha, Raquel Forgiarini
    Introdução- Estudos sistematizados atualizados sobre a supervisão em psicoterapia de orientação analítica (POA) são escassos, consideram a percepção dos alunos ou supervisores separadamente e em geral não consideram o ensino entre médicos residentes de psiquiatria. Ainda, para que se exerça a função de supervisor nesta área não há exigências ou cursos obrigatórios e apesar das orientações relacionadas à supervisão analítica servirem de modelo, aspectos fundamentais do ensino da POA não são claramente descritos. Objetivos- O objetivo principal deste estudo é descrever a prática atual de supervisão em POA. Secundariamente, pretende-se estudar aspectos da “relação real” de supervisores e alunos, descrever...

  4. Pacientes com esquizofrenia polimedicados usuários de clozapina : alterações no hemograma e principais interações medicamentosas envolvendo clozapina

    Victorino, André Tavares
    Os pacientes com esquizofrenia geralmente são polimedicados e as alterações no hemograma e as interações medicamentosas são prevalentes neste grupo de pacientes. A clozapina demonstrou ser eficaz em pacientes resistentes ao tratamento. A agranulocitose e a neutropenia são os principais efeitos adversos da clozapina. Avaliamos as alterações no hemograma nos últimos cinco anos e as interações medicamentosas em pacientes estáveis com esquizofrenia, usuários de clozapina. Foram recrutados cento e vinte e um pacientes ambulatoriais com esquizofrenia. O diagnóstico foi feito por exame clínico utilizando a Lista de verificação de critérios operacionais para doença psicótica (OPCRIT). Os dados foram coletados através...

  5. Efeitos de um breve protocolo de treinamento de respiração profunda sobre os sintomas de ansiedade em pacientes com transtorno bipolar

    Serafim, Silvia Dubou
    O Transtorno Bipolar (TB) é uma das doenças mais incapacitantes no mundo. É frequentemente acompanhado de comorbidades, tanto clínicas quanto psiquiátricas. Ansiedade é uma das comorbidades mais prevalente em TB, e o tratamento é difícil, pois as medicações podem induzir mania. Portanto, os métodos alternativos com potencial para melhorar sintomas ansiosos são muito importantes. Respiração profunda (RP) é uma técnica simples, que não necessita de grandes investimentos, não precisa de espaço específico. A respiração profunda tem grande potencial para o tratamento de transtornos psicológicos, porém a literatura ainda carece de avaliações dos benefícios e um protocolo definido de RP, com...

  6. Impacto da exposição precoce a diferentes sistemas de iluminação e fotoperíodo sobre o desenvolvimento do comportamento animal

    Oliveira, Melissa Alves Braga de
    Relevância: O crescente avanço na diversidade tecnológica apresenta consequências que nem sempre constituem vantagens a nossa condição. A descoberta e as melhorias relacionadas à luz elétrica transformaram o estilo de vida humano e a disseminação global foi inevitável. As mudanças foram tão expressivas que, atualmente, estamos cercados por um ambiente de poluição luminosa generalizada. Diante das consequências do excesso de luz artificial, é necessário que busquemos outras opções para a luz elétrica disponível, pois apesar de a luz ser extremamente importante para a nossa fisiologia normal, especialmente para os ritmos biológicos, a exposição desnecessária e inadequada à luz artificial podem...

  7. Males do mundo contemporâneo : efeitos de perturbações de ritmicidade circadiana e de estresse crônico sobre saúde e comportamento

    Beauvalet, Juliana Castilhos
    Objetivo: Identificar, através de revisão sistemática, o efeito de perturbações da ritmicidade circadiana sobre a saúde humana e, através de experimento animal, o efeito sobre a vulnerabilidade a eventos estressantes. Métodos: Estudo 1: Foi conduzida uma revisão sistemática da literatura nas bases de dados eletrônicas PubMed, Scopus, Embase e LILACS utilizando os termos “social AND (jet lag OR jetlag)”. A busca foi finalizada em 22 de agosto de 2016, resultando em 26 artigos incluídos na revisão. Estudo 2: Camundongos Balb/c foram submetidos a um protocolo de estresse crônico moderado (CMS), sozinho ou precedido de 4 ciclos claro-escuro de período encurtado...

  8. Associação entre estado nutricional, níveis séricos de leptina e gravidade do uso de crack

    Escobar, Mariana
    O Crack atua como um potente estimulante do sistema nervoso central, bloqueando a recaptação pré-sináptica de noradrenalina e dopamina, produzindo alto nível destes neurotransmissores nos receptores pós-sinápticos, ocasionando efeitos de prazer. O uso de drogas e a vulnerabilidade social podem resultar em desnutrição, causando danos à saúde. Além disso, peptídeos relacionados com o apetite podem estar regulando o uso de drogas. A leptina, um peptídeo produzido principalmente pelo tecido adiposo, informa ao cérebro a presença de energia, induzindo o bloqueio do neuropeptídio Y (NPY), diminuindo o apetite. Nossa hipótese é que a leptina possa estar regulando, além da ingestão de...

  9. Associações entre reações contratransferenciais desencadeadas por agressores sexuais, mecanismos de defesa e trauma vicário em psiquiatras e psicólogos forenses

    Barros, Alcina Juliana Soares
    A avaliação de criminosos sexuais por psiquiatras e psicólogos forenses consiste em atividade específica que envolve desafios intelectuais e emocionais aos peritos. Esses profissionais trabalham diretamente com indivíduos que cometeram atos graves, que violaram o corpo e as emoções de suas vítimas, de modo profundo, estando expostos ao risco de trauma vicário, um subtipo de trauma psicológico indireto. Pouco se sabe, entretanto, sobre as repercussões desse tipo de avaliação na vida pessoal e profissional dos peritos. Assim, a tese aqui apresentada tem o objetivo de examinar as associações entre sentimentos contratransferenciais desencadeados por criminosos sexuais, mecanismos de defesa e manifestações...

  10. Transtornos de humor, religiosidade e risco de suicídio em adultos jovens : um estudo de base populacional

    Vieira, Daniel Chaves
    OBJETIVOS: Avaliar associações prospectivas dos transtornos de humor e da religiosidade com o risco de suicídio em adultos jovens provenientes da população geral. MÉTODO: Coorte prospectiva de base populacional. Adultos jovens (18-24 anos) foram recrutados e acompanhados em média cinco anos depois. Risco de suicídio, transtornos de humor e de ansiedade foram avaliados usando o Mini-International Neuropsychiatric Interview. Transtornos por uso de substâncias foram avaliados utilizando o Alcohol, Smoking and Substance Involvement Screening Test. A religiosidade foi avaliada na linha de base e agrupada de acordo com a afiliação religiosa e de acordo com a freqüência de participação. RESULTADOS: A...

  11. Estudos sobre qualidade vida e resiliência em crianças e adolescentes com transtorno bipolar

    Kohmann, André Moura
    Introdução: o transtorno bipolar é uma das mais graves doenças que podem acometer crianças e adolescentes. Estudos indicam que a qualidade de vida desta população é baixa. Apesar de existirem vários estudos sobre os resultados dos tratamentos psicofarmacológicos, poucos abordam de forma abrangente resposta funcional, como qualidade de vida e resiliência nesta população. Objetivos: dois estudos diferentes serão utilizados para esta dissertação. Através de um estudo transversal, mediremos níveis de qualidade de vida e de resiliência em crianças e adolescentes diagnosticados com transtorno de humor bipolar do Programa de Crianças e Adolescentes Bipolares/HCPA, comparando-as com as mesmas medidas realizadas em...

  12. Alterações de volumes corticais e subcorticais em usuários de crack

    Schuch, Silvia Bassani
    além do aumento da prevalência do seu consumo nas últimas décadas, especialmente no Brasil. Os resultados de pesquisa em neuroimagem nesse campo são sobre alterações do uso de cocaína, substância semelhante ao crack, mas este possui diversas particularidades que, clinicamente, o tornam potencialmente mais agressivo e danoso ao organismo. Não se sabe se tais semelhanças também são compartilhadas no que diz respeito a modificações de volumes cerebrais. Os transtornos aditivos, de modo geral, afetam o sistema de recompensa, mas também circuitos cerebrais envolvidos com condicionamento, motivação e função executiva (controle inibitório, atribuição de valores e tomada de decisão). As drogas...

  13. Resiliência, entre o trauma e o tratamento : um estudo qualitativo

    Malgarin, Bibiana Godoi
    A Resiliência é um conceito relativamente novo no plano da psicologia e ainda mais recente para a psicanálise. O conceito de Resiliência, e mais especialmente sua origem no sujeito, ainda são temas geradores de inúmeras dúvidas. Um ponto que apresenta maior convergência na literatura especializada é o fato da Resiliência estar associada à noção de trauma. A presente tese aborda o conceito de Resiliência e sua articulação com o campo psicanalítico. Três artigos, incluindo uma revisão sistemática, foram desenvolvidos a partir do objetivo geral que foi o de investigar como o conceito de Resiliência é compreendido na prática clínica através...

  14. Percepções de adolescentes com transtorno bipolar sobre alimentação saudável e cuidados com saúde

    Kengeriski, Milena Frichenbruder
    O reconhecimento do transtorno bipolar em crianças e adolescentes tem aumentado significativamente e as questões relacionadas à alimentação podem apresentar complicações maiores quando associadas a este transtorno. Uma vez que os estabilizadores do humor e antipsicóticos de segunda geração, comumente utilizados no tratamento, levam ao ganho de peso e com a recorrência dos efeitos colaterais citados, pode haver interrupções precoces no tratamento, aumento da morbidade, mortalidade e o sofrimento associados ao transtorno bipolar. Nos últimos anos alguns estudos foram publicados com associações inversas entre a qualidade da dieta e transtornos mentais comuns, como depressão e ansiedade, em adultos, sendo ainda...

  15. Transtorno específico de aprendizagem em crianças e adolescentes com transtorno bipolar : prevalência e correlatos neuroanatômicos

    Cruz, Michelle Brugnera
    Objetivo: A presente pesquisa tem como objetivo estimar a prevalência do Transtorno Específico de Aprendizagem em crianças e adolescentes atendidos no Programa de Crianças e Adolescentes Bipolares (ProCAB) do Hospital de Clínicas de Porto Alegre e uma amostra da comunidade, avaliando as mudanças decorrentes das alterações nos sistemas classificatórios vigentes e identificar diferenças nas estruturas cerebrais de crianças e adolescentes com Transtorno Bipolar e Transtorno da Matemática comórbidos Método: Trata-se de um estudo transversal, em que foram avaliadas crianças e adolescentes (n=100) com idades entre 6 e 17 anos. Compuseram o grupo de casos crianças e adolescentes (n=60) com diagnóstico...

  16. Relação mãe-bebê : comportamento, cognição e inflamação

    Lucion, Marta Knijnik
    A relação mãe-bebê é um complexa interação entre dois indivíduos que pode trazer consequências no desenvolvimento infantil a longo prazo e aumentar o risco de psicopatologias. Alguns comportamentos maternos parecem ser mais benéficos para o desenvolvimento infantil, como a habilidade materna de perceber e se adequar às demandas de seu bebê, ter afeto positivo em relação a ele e a forma como a mãe o olha, toca e fala com ele. A presente tese buscou analisar fatores que possivelmente influenciam a habilidade materna de se tornar sensível às necessidades de seu bebê, tendo como principais focos o processamento cognitivo e...

  17. Preditores de heterogeneidade cognitiva no transtorno bipolar : uma abordagem machine-learning

    Ponte, Francisco Diego Rabelo da
    Objetivos: Identificar os preditores de heterogeneidade cognitiva nos sujeitos com Transtorno Bipolar (TB). Métodos: Foi recrutado 142 sujeitos com TB em atendimento ambulatorial e 100 voluntários sem transtornos psiquiátricos do Brasil e da Espanha para realizar avaliação neuropsicológica. Foi realizado Análise de Cluster Hierárquica e Análise de Função Discriminante para determinar e confirmar os subgrupos cognitivos. Por fim, foi usado o algoritmo Classification and Regression Tree (CART) para identificar os preditores dos subgrupos cognitivos anteriormente estabelecidos. Resultados: Foi observado a presença de três clusters cognitivos: indivíduos cognitivamente intacto (38%), seletivamente prejudicados (38%) e globalmente prejudicados (21%). Os preditores mais importantes...

  18. Avaliação cognitiva em adultos com TDAH em um estudo de seguimento de oito anos

    Sampaio, Paula Guimarães
    Muitos estudos têm caracterizado o perfil clínico de indivíduos que foram diagnosticados com TDAH na vida adulta; porém, poucos trabalhos longitudinais incluíram variáveis neuropsicológicas. Estudos que possibilitem a identificação de aspectos cognitivos envolvidos na evolução do TDAH podem auxiliar na melhor compreensão da progressão desse transtorno ao longo da vida adulta. Dentro desse contexto, o objetivo desta tese foi avaliar possíveis mudanças no perfil cognitivo de adultos com TDAH ao longo da vida bem como os preditores cognitivos de persistência e remissão do transtorno no contexto de um estudo longitudinal de uma amostra clínica de adultos com TDAH. Os indivíduos...

  19. Temperamento e comportamentos positivos de crianças e adolescentes e suas relações com desfechos escolares

    Hoffmann, Maurício Scopel
    Nas ultimas décadas, os desafios educacionais foram sendo modificados. Na medida que se consegue colocar a maioria dos jovens na escola, a ênfase pela quantidade da educação ofertada passa a ser por entender fatores associados a melhor qualidade educacional. A partir de meados do século XX, as habilidades cognitivas, como a inteligência, foram intensamente estudadas em sua relação com a educação. Mais recentemente, habilidades socioemocionais (não cognitivas) têm sido associadas com a promoção de maiores níveis educacionais que impactam nos níveis socioeconômicos, oriundos de melhoria das habilidades para o mercado de trabalho. Porém, não há clara definição do que poderiam...

  20. Tradução e validação da escala Mood and Feelings Questionnaire (MFQ) – versão longa

    Rosa, Maria Martha Sousa da
    Introdução: O transtorno depressivo maior (TDM) é prevalente na adolescência e a sua ocorrência é maior em meninas do que em meninos. Medidas confiáveis são importantes para avaliar depressão nessa população. O Mood and Feelings Questionnaire (MFQ) é um instrumento que avalia os sintomas depressivos e que tem sido crescentemente utilizado em estudos na área. O MFQ possui três versões: duas avaliam a sintomatologia da criança e do adolescente (uma para autorrelato [MFQ-C]) e uma para avalição do cuidador sobre a sintomatologia do jovem [MFQ-P]), e uma terceira versão que avalia a sintomatologia depressiva em adultos [MFQ-A], podendo ser preenchida...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.