Mostrando recursos 1 - 10 de 10

  1. Estudo transdiagnóstico da ruminação nos transtornos mentais : esquizofrenia, transtorno esquizoafetivo, transtornos bipolares, depressão e transtornos de ansiedade

    Silveira Júnior, Érico de Moura
    Introdução: Ruminação é a perseveração mal-adaptativa de pensamentos auto-centrados. Evidências sinalizam que ela está associada com início e manutenção de episódios depressivos, e ocorre em múltiplos transtornos mentais. A ruminação está associada com marcadores de desenvolvimento psicopatológico, como volumetria cerebral, memória, genes do BDNF e serotonina. É necessário aprofundar o conhecimento da ruminação enquanto traço dimensional, e conhecer melhor sua associação com variáveis sóciodemográficas, biológicas e clínicas para entender quando passa a ser um sintoma. Entretanto, aferi-la é um desafio, considerando que só existem escalas psicométricas. A mais utilizada, Ruminative Response Scale (RRS), foi validada em amostras não-clínicas. Objetivos: Avaliar...

  2. Desfechos negativos entre pacientes internados em unidade psiquiátrica de hospital geral : um estudo longitudinal

    Baeza, Fernanda Lucia Capitanio
    Introdução: Nas últimas décadas, vários fatores determinaram importantes modificações no modo de prover assistência psiquiátrica. Entre estes, destacam-se as mudanças no modo como entendemos os transtornos mentais, os avanços e melhora na disponibilidade de tratamentos psiquiátricos, o aumento do interesse político em saúde mental, além da ênfase nos custos da assistência médica. Com isto, a internação psiquiátrica passou a representar uma parcela menor entre os recursos utilizados na assistência em saúde mental. A Psiquiatria hospitalar atual cumpre a função de realizar diagnóstico e tratar sintomas agudos com a finalidade de esbater riscos, focada em estabilização, segurança do paciente e curta...

  3. Pacientes com esquizofrenia polimedicados usuários de clozapina : biomarcadores pró-inflamatórios, antiinflamatórios e principais interações medicamentosas envolvendo clozapina

    Francesconi, Lenise Peixoto Petter
    Este estudo objetiva avaliar aspectos clínico-laboratoriais do tratamento com clozapina e níveis de Interleucina-6 (IL-6), Interleucina-10 (IL-10), Interleucina- 12 (IL-12), Fator de Necrose Tumoral-alfa (TNF-E) e Eotaxina (CCL-11) em pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) com esquizofrenia, acompanhados em um ambulatório especializado do Serviço de Psiquiatria do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (PRODESQ-HCPA). Trata-se de um estudo caso-controle, onde foram incluídos 60 pacientes com esquizofrenia, pareados por sexo e idade com igual número de controles sem transtornos psiquiátricos. Grande parte dos pacientes com esquizofrenia, refratários, utiliza a clozapina, sendo este o perfil dos nossos pacientes. É importante a...

  4. Vulnerabilidade social, trauma e adesão ao tratamento de usuários de crack

    Halpern, Silvia Chwartzmann
    Introdução: O abuso de substâncias psicoativas vem se tornando um problema de proporções epidêmicas, que envolve todos os segmentos da sociedade. A literatura tem demonstrado o importante papel dos diferentes níveis do ambiente no desenvolvimento dos Transtornos por Uso de Substâncias (TUS). Dentre estas substâncias, o crack, por suas propriedades químicas e características de uso, coloca os usuários em situação de risco à saúde física e emocional, além de extrema vulnerabilidade social. A gravidade de uso e a baixa adesão aos tratamentos frequentemente dificulta ações terapêuticas e impõem grandes desafios aos profissionais, pesquisadores e gestores de políticas públicas. Este estudo...

  5. Vulnerabilidade social, trauma e adesão ao tratamento de usuários de crack

    Halpern, Silvia Chwartzmann
    Introdução: O abuso de substâncias psicoativas vem se tornando um problema de proporções epidêmicas, que envolve todos os segmentos da sociedade. A literatura tem demonstrado o importante papel dos diferentes níveis do ambiente no desenvolvimento dos Transtornos por Uso de Substâncias (TUS). Dentre estas substâncias, o crack, por suas propriedades químicas e características de uso, coloca os usuários em situação de risco à saúde física e emocional, além de extrema vulnerabilidade social. A gravidade de uso e a baixa adesão aos tratamentos frequentemente dificulta ações terapêuticas e impõem grandes desafios aos profissionais, pesquisadores e gestores de políticas públicas. Este estudo...

  6. Impacto clínico da comorbidade entre transtorno de déficit de atenção/hiperatividade e transtornos alimentares

    Huber, Júlia Medeiros
    Está bem estabelecido que o Transtorno Alimentar (TA), uma patologia predominantemente compulsiva, e o Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH), uma patologia predominantemente impulsiva, coocorrem em uma frequência maior do que esperado ao acaso. A avaliação fenotípica e o estudo detalhado de pacientes que apresentam ambas as patologias (TA-TDAH) oferecem a oportunidade de compreender melhor o tipo de interação entre esses dois traços comportamentais, fundamentais no entendimento das patologias dos comportamentos aditivos. Este é um estudo transversal com 63 mulheres com diagnóstico atual de Anorexia Nervosa (AN) ou Bulimia Nervosa (BN) recrutadas do Programa de Transtorno Alimentar do Hospital de...

  7. Impacto de eventos traumáticos em aspectos clínicos

    Fontanari, Anna Martha Vaitses
    A Disforia de Gênero (DG) caracteriza-se pela marcada incongruência entre gênero e sexo atribuído ao nascer. Trata-se de uma condição rara, cuja prevalência varia muito de acordo com o local estudado: na Nova Zelândia, há 27,48 por 100 000 habitantes, enquanto que, no Irã, são 0,68 por 100 000 habitantes. Sua etiologia depende da interação entre fatores biológicos e psicossociais, sendo a herdabilidade estimada de 62%. Indivíduos diagnosticados com DG integram populações sujeitas a maior violência, desde bullying até violência sexual. História de maus-tratos na infância (HMI) associa-se a maior prevalência de psicopatologias e de envolvimento com trabalho sexual na...

  8. Impacto de eventos traumáticos em aspectos clínicos

    Fontanari, Anna Martha Vaitses
    A Disforia de Gênero (DG) caracteriza-se pela marcada incongruência entre gênero e sexo atribuído ao nascer. Trata-se de uma condição rara, cuja prevalência varia muito de acordo com o local estudado: na Nova Zelândia, há 27,48 por 100 000 habitantes, enquanto que, no Irã, são 0,68 por 100 000 habitantes. Sua etiologia depende da interação entre fatores biológicos e psicossociais, sendo a herdabilidade estimada de 62%. Indivíduos diagnosticados com DG integram populações sujeitas a maior violência, desde bullying até violência sexual. História de maus-tratos na infância (HMI) associa-se a maior prevalência de psicopatologias e de envolvimento com trabalho sexual na...

  9. Avaliação da contratransferência no atendimento inicial de pacientes vítimas de trauma psíquico

    Eizirik, Mariana
    O conceito de contratransferência foi introduzido por Freud e ampliado por outros autores, sendo compreendido como as reações emocionais despertadas pelo paciente no terapeuta. Tem papel central na teoria e na técnica psicanalíticas atuais por ser uma importante ferramenta para o entendimento do mundo interno e das comunicações do paciente, com influência no desenvolvimento da relação terapêutica e no desfecho do tratamento. A partir do reconhecimento da importância da mente do terapeuta e do campo terapêutico, tem sido discutida a associação entre características da pessoa real do terapeuta e a forma como é estabelecida a relação com o paciente. Do...

  10. A influência do vínculo parental na relação emocional ao trauma em vítimas de violência sexual

    Hauck, Simone
    Fundamentação: A importância da relação da criança com seus pais na formação da personalidade é reconhecida desde os primórdios do estudo da mente humana. Diversas psicopatologias foram associadas a distúrbios nessa relação. No entanto, até onde sabemos não há estudos que investiguem o impacto desses vínculos no desenvolvimento de psicopatologia após a exposição a eventos traumáticos na vida adulta. Objetivo: O objetivo deste trabalho foi investigar a associação entre a qualidade do vínculo percebido com os pais na infância e a resposta emocional ao trauma na vida adulta em pacientes vítimas de violência sexual. A hipótese de trabalho foi que...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.