Recursos de colección

Lume, repositório digital da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) (154.558 recursos)

Portal de acesso livre a teses, dissertações, artigos de periódicos, livros, capítulos de livros, trabalhos de conclusão, trabalhos apresentados em eventos, fotos, patentes, entre outras coleções digitais produzidas na Universidade.

Psicologia Social e Institucional

Mostrando recursos 1 - 12 de 12

  1. As incidências da psicanálise nas instituições de atendimento a crianças e adolescentes com transtornos psíquicos graves

    Santos, Volmir Mielczarski dos
    As questões desenvolvidas na escrita desta tese são decorrentes de um percurso desde uma prática clínica interdisciplinar psicanalítica em instituição. Tal prática se desenvolveu em diferentes contextos institucionais, tanto relativos à área da educação como da saúde mental, voltados ao atendimento de crianças e adolescentes com diferentes dificuldades relativas à sua constituição psíquica. No curso destas vivências, nos deparamos com a exigência de fundamentação de nossas intervenções. No momento em que passamos a nos dedicar nestes contextos à criação de novas modalidades clínicas de atendimento, nosso trabalho de fundamentação se dirigiu a uma elaboração teórico-clínica destas modalidades. Na presente tese...

  2. A criminalização moral como demarcação da abjeção : sexualidades e expressões de gêneros desviantes na injunção crime-loucura

    Guimarães, Willian
    O presente trabalho objetiva evidenciar os efeitos da heterocisonormatividade na vida de sujeitos não heterossexuais e não cisgêneros que têm suas trajetórias existenciais marcadas pela injunção crime-loucura. Para tanto, explora os processos penais que delimitam a vida das pessoas em sofrimento mental que cometeram crimes, os chamados pacientes judiciários, que recebem uma medida de segurança. Utilizando-se da genealogia como aporte metodológico, adentra-se nas condições de proveniência e de emergência do "anormal", figura produzida e capturada pelo discurso médico-jurídico através de um longo processo da psiquiatrização do desejo e da sexualidade que ocorreu ao longo do século XIX até os dias...

  3. A criminalização moral como demarcação da abjeção : sexualidades e expressões de gêneros desviantes na injunção crime-loucura

    Guimarães, Willian
    O presente trabalho objetiva evidenciar os efeitos da heterocisonormatividade na vida de sujeitos não heterossexuais e não cisgêneros que têm suas trajetórias existenciais marcadas pela injunção crime-loucura. Para tanto, explora os processos penais que delimitam a vida das pessoas em sofrimento mental que cometeram crimes, os chamados pacientes judiciários, que recebem uma medida de segurança. Utilizando-se da genealogia como aporte metodológico, adentra-se nas condições de proveniência e de emergência do "anormal", figura produzida e capturada pelo discurso médico-jurídico através de um longo processo da psiquiatrização do desejo e da sexualidade que ocorreu ao longo do século XIX até os dias...

  4. Ensaios sobre o morrer : como escrever sobre algo que não se fala?

    Isoppo, Rodrigo Schames
    Esta dissertação de mestrado põe em questão o morrer, verbo tão elástico que confunde-se com a própria vida. Partindo do pressuposto que o morrer é um processo que cabe aos vivos e, por isso, é atravessado pelas relações do sujeito com a verdade, o seguinte trabalho pretende analisar, a partir do instante presente, como a sociedade moderna ocidental se organizou para dar conta dos infinitos mistérios que a morte desperta nos indivíduos em paralelo com o projeto de governo do Estado de gestão e controle da população, a partir das práticas biopolíticas e da legitimidade do saber médico que prescreve...

  5. Ensaios sobre o morrer : como escrever sobre algo que não se fala?

    Isoppo, Rodrigo Schames
    Esta dissertação de mestrado põe em questão o morrer, verbo tão elástico que confunde-se com a própria vida. Partindo do pressuposto que o morrer é um processo que cabe aos vivos e, por isso, é atravessado pelas relações do sujeito com a verdade, o seguinte trabalho pretende analisar, a partir do instante presente, como a sociedade moderna ocidental se organizou para dar conta dos infinitos mistérios que a morte desperta nos indivíduos em paralelo com o projeto de governo do Estado de gestão e controle da população, a partir das práticas biopolíticas e da legitimidade do saber médico que prescreve...

  6. Para além das ausências no campos psicológico : investigação dos saberes e das práticas emergentes a partir de um acontecimento crítico em Santa Maria/RS/Brasil

    Gonçalves, Camila dos Santos
    O tema desta tese nasceu da desacomodação gerada por uma experiência intensa, a partir do trabalho voluntário enquanto psicóloga nas ações psicossociais ofertadas pós-incêndio em uma boate em Santa Maria/RS/Brasil, no dia 27 de janeiro de 2013. Esse acontecimento crítico mobilizou psicólogos/as de todo o país, o/as quais iniciaram uma atuação ativa junto a outras organizações para o planejamento e atendimento a famílias, sobreviventes, profissionais e população em geral. Esse acontecimento crítico desencadeou um exercício de desacomodação dos saberes vigentes e dominantes no campo da Psicologia, os quais, historicamente, vem contribuindo para a psicologização e patologização da vida ao criar...

  7. Para além das ausências no campos psicológico : investigação dos saberes e das práticas emergentes a partir de um acontecimento crítico em Santa Maria/RS/Brasil

    Gonçalves, Camila dos Santos
    O tema desta tese nasceu da desacomodação gerada por uma experiência intensa, a partir do trabalho voluntário enquanto psicóloga nas ações psicossociais ofertadas pós-incêndio em uma boate em Santa Maria/RS/Brasil, no dia 27 de janeiro de 2013. Esse acontecimento crítico mobilizou psicólogos/as de todo o país, o/as quais iniciaram uma atuação ativa junto a outras organizações para o planejamento e atendimento a famílias, sobreviventes, profissionais e população em geral. Esse acontecimento crítico desencadeou um exercício de desacomodação dos saberes vigentes e dominantes no campo da Psicologia, os quais, historicamente, vem contribuindo para a psicologização e patologização da vida ao criar...

  8. Uma palavra para dizer o murmurar dos ventos : a urgência como constituinte da subjetivação contemporânea

    Bottoni, Francine Delavald
    Esta pesquisa toma a ficção como um método que nos permite complexificar as tramas sensíveis-conceituais com o mundo. Partindo de narrativas da personagem Helena, cartografam-se as linhas que configuram a questão da urgência entre uma lógica disciplinar e uma lógica do controle. De uma urgência concebida como acontecimento extraordinário, a ser isolado em um espaço e disciplinado por protocolos biomédicos, para uma urgência intensiva, constituinte do nosso cotidiano e de seus processos de subjetivação. Pelas narrativas de Helena, apreendemos as diversas operações de ambas as modulações da urgência, bem como entrevemos brechas para desviar das mesmas em fugas: a literatura...

  9. Uma palavra para dizer o murmurar dos ventos : a urgência como constituinte da subjetivação contemporânea

    Bottoni, Francine Delavald
    Esta pesquisa toma a ficção como um método que nos permite complexificar as tramas sensíveis-conceituais com o mundo. Partindo de narrativas da personagem Helena, cartografam-se as linhas que configuram a questão da urgência entre uma lógica disciplinar e uma lógica do controle. De uma urgência concebida como acontecimento extraordinário, a ser isolado em um espaço e disciplinado por protocolos biomédicos, para uma urgência intensiva, constituinte do nosso cotidiano e de seus processos de subjetivação. Pelas narrativas de Helena, apreendemos as diversas operações de ambas as modulações da urgência, bem como entrevemos brechas para desviar das mesmas em fugas: a literatura...

  10. A ficha de comunicação de aluno infrequente como tecnologia de gestão

    Roos, Renata Amélia
    A presente tese tem como tema a Ficha de Comunicação de Aluno Infrequente (FICAI). O objetivo é indicar como ela age enquanto tecnologia, as articulações e condições necessárias para seu surgimento e as controvérsias presentes no momento da sua implementação, bem como problematizar a questão da judicialização. Para tanto, utilizaram-se múltiplas fontes de dados e diferentes procedimentos metodológicos. Foram realizadas entrevistas com representantes da Secretaria de Educação de Porto Alegre, do Ministério Público e do Conselho Municipal de Educação de Porto Alegre, que também disponibilizaram esclarecimentos e forneceram materiais para estudo. Além das entrevistas e da consulta a documentos oficiais,...

  11. A ficha de comunicação de aluno infrequente como tecnologia de gestão

    Roos, Renata Amélia
    A presente tese tem como tema a Ficha de Comunicação de Aluno Infrequente (FICAI). O objetivo é indicar como ela age enquanto tecnologia, as articulações e condições necessárias para seu surgimento e as controvérsias presentes no momento da sua implementação, bem como problematizar a questão da judicialização. Para tanto, utilizaram-se múltiplas fontes de dados e diferentes procedimentos metodológicos. Foram realizadas entrevistas com representantes da Secretaria de Educação de Porto Alegre, do Ministério Público e do Conselho Municipal de Educação de Porto Alegre, que também disponibilizaram esclarecimentos e forneceram materiais para estudo. Além das entrevistas e da consulta a documentos oficiais,...

  12. Livre para fracassar : um encontro com a trilogia erótica de Hilda Hilst - oscilações da gravidade

    Duarte, Andrea Fricke
    A tese propõe um encontro da trilogia pornográfica da escritora brasileira Hilda Hilst com o pesquisador, e decidiu-se pela forma do ensaio. A trilogia, composta pelos livros O Caderno Rosa de Lori Lamby (1990), Cartas de um Sedutor (1991) e Contos d’escárnio/Textos Grotescos (1992) apresentam uma mudança na trajetória da escritora, que anuncia na passagem para a escrita pornográfica, uma desistência da “literatura séria” e, por fim, entre os anos 1998 - 2004, a escritora assume um novo discurso: a desistência da literatura, quando declara publicamente: “não tenho mais nada a dizer”. Para investigar esses períodos, foi feita uma imersão...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.