Mostrando recursos 1 - 20 de 32

  1. Desenvolvimento de nanocápsulas de núcleo lipídico contendo tamoxífeno, revestidas como quitosana e funcionalizadas com Zn²+ ou Gd³+ para futura aplicação em terapêutica e teranóstica

    Lotero Alvarado, Jabid Armando
    O tamoxifeno é o mais antigo e mais prescrito dos moduladores seletivos do receptor de estrogênio, sendo usado no tratamento e prevenção do câncer de mama positivo para este receptor. No entanto, este fármaco apresenta limitações relacionadas a baixa solubilidade aquosa e pouca seletividade. Para melhorar sua eficácia, este fármaco vem sendo incorporado em diferentes sistemas nanotecnológicos. Desse modo, este trabalho propôs o desenvolvimento de nanocápsulas de núcleo lipídico contendo tamoxifeno, revestidas com quitosana e posteriormente funcionalizadas com Zn2+ ou Gd3+, visando futuros produtos para terapêutica ou teranóstica, respectivamente. As nanocápsulas foram preparadas mediante a técnica deposição interfacial do polímero...

  2. Avaliação por microdiálise das concentrações livres pulmonares intersticiais e brônquicas de ciprofloxacino em ratos Wistar sadios e infectados com diferentes cepas de Pseudomonas aeruginosa formadoras de biofilme

    Lock, Graziela de Araújo
    Objetivo: Avaliar as concentrações pulmonares e brônquicas de ciprofloxacino (CIP) utilizando modelos animais de pneumonia aguda e crônica causada por Pseudomonas aeruginosa formadora de biofilme. Metodologia: Pneumonia aguda (2 dias) foi desenvolvida pela inoculação intratraqueal de ratos Wistar com 108 UFC/mL de P. aeruginosa formadora de biofilme não-mucóide (PA14), enquanto pneumonia crônica (14 dias) foi desenvolvida pela inoculação de beads de alginato impregnados com P. aeruginosa mucóide ATCC 27853 (107 UFC/mL). A investigação farmacocinética plasmática, pulmonar e brônquica (fluido de revestimento epitelial pulmonar – PELF) foi conduzida após dose i.v. bolus de CIP 20 mg/kg. Sondas de microdiálise (CMA 20®,...

  3. Isolamento de achyrobichalcona e 3-O-metilquercetina a partir de inflorescências de Achyrocline satureioides utilizando cromatografia em contracorrente de alta performance (HPCCC) e avaliação do potencial citotóxico in vitro em linhagem de câncer de mama MDA-MB-231

    Bianchi, Sara Elis
    Achyrocline satureioides (Lam.) DC. Asteraceae, conhecida popularmente como marcela, é uma espécie vegetal estudada sob os mais diversos aspectos, químico, tecnológico e farmacológico, sendo muitas de suas propriedades atribuídas aos constituintes fenólicos presentes na planta. As investigações sobre a composição química de extratos hidroetanólicos das inflorescências de Achyrocline satureioides demonstrou a presença dos flavonoides quercetina (QCT), luteolina (LUT) e 3-O-metilquercetina (3OMQ), os quais são metabólitos secundários frequentemente relacionados às atividades biológicas. Além desses flavonoides, a achyrobichalcona (ACB) uma bichalcona de estrutura química e ocorrência inéditas foi recentemente identificada na espécie. O primeiro capítulo da tese se refere ao estudo de...

  4. Modelagem farmacocinética populacional para avaliação da dose profilática de cefazolina em pacientes obesos submetidos à cirurgia bariátrica e em ratos com obesidade induzida

    Palma, Eduardo Celia
    Objetivo: Os objetivos deste trabalho foram: i) desenvolver modelo farmacocinético populacional (popPK) para descrever as concentrações livres teciduais de cefazolina (CFZ) em pacientes morbidamente obesos submetidos à cirurgia bariátrica buscando determinar a melhor dose para antibioticoprofilaxia, e ii) avaliar a possibilidade de translação dos desfechos clínicos usando modelo popPK e dados farmacocinéticos de modelo animal de obesidade. Métodos: Foi desenvolvido e validado método analítico para quantificação de CFZ no plasma e no microdialisado de tecido subcutâneo de animais e humanos por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE/UV). A etapa clínica do desenvolvimento do modelo popPK, foi realizada com dados de...

  5. Avaliação de potenciais biomarcadores de efeito precoces na exposição ocupacional à sílica cristalina

    Nardi, Jessica
    Garimpeiros de ametistas estão ocupacionalmente expostos à sílica cristalina, um agente químico que, ao ser inalado, provoca dano oxidativo e reação inflamatória nos pulmões, resultando em silicose. Neste sentido, este estudo objetivou avaliar componentes periféricos envolvidos na resposta inflamatória e no estresse oxidativo como potenciais biomarcadores de efeito precoces na toxicidade da sílica cristalina nestes trabalhadores. Para esta avaliação foram recrutados 30 indivíduos não expostos ocupacionalmente à sílica cristalina, 38 trabalhadores sem silicose expostos em garimpos e 24 indivíduos aposentados por silicose. O grupo de expostos foi dividido conforme o tempo de exposição, sendo 19 indivíduos com 1 a 15...

  6. Estudo dos constituintes químicos dos óleos voláteis de espécies de Eupatorium nativas do Rio Grande do Sul e construção de banco de dados de lactonas sesquiterpênicas

    Souza, Tiago Juliano Tasso de
    O gênero Eupatorium L. (Asteraceae) apresenta muitas espécies comumente encontradas no Rio Grande do Sul e se caracteriza pela presença de óleos voláteis e outros derivados terpenoídicos entre seus metabólitos secundários. Neste trabalho, o óleo volátil de oito espécies de Eupatorium nativas do estado foi extraído por hidrodestilação em aparelho tipo Clevenger e sua composição química foi avaliada por cromatografia gasosa acoplada a espectrometria de massas (CG/EM). As espécies analisadas foram: E. inulifolium Kunth, E. polystachyum DC, E. picturatum Malme, E. tremulum Hook. & Arn, E. ivifolium L., E. laevigatum Lam., E. casarettoi (B.L.Rob.) Steyerm., E. itatiayense Hieron. e E....

  7. Desenvolvimento de formulações nanotecnológicas contendo imiquimode para o tratamento do câncer cervical

    Frank, Luiza Abrahão
    Esta tese se fundamenta na necessidade de novos tratamentos para o câncer do colo de útero visando o aumento da adesão dos pacientes aos tratamentos, assim como à qualidade de vida dos mesmos. Nesse sentido, formulações nanotecnológicas foram desenvolvidas com o objetivo de carrear o fármaco imiquimode para um local específico – a mucosa vaginal – esperando gerar melhores desempenhos nesse tratamento quando comparados com a formulação comercial. Três nanoestruturas com morfologias distintas foram propostas visando potencializar o efeito do fármaco em células de câncer cervical (SiHa). As formulações desenvolvidas compreenderam: nanoemulsões (NEimiq), nanocápsulas poliméricas (NCimiq) e nanocápsulas poliméricas revestidas...

  8. Obtenção de fração enriquecida em isoflavonas de Trifolium pratense L e avaliação da permeação cutânea de formononetina e biochanina A incorporadas em hidrogel de HPMC contendo ciclodextrinas

    Dias, Paula Hollweg
    A formononetina e a biochanina A são as isoflavonas majoritárias nas partes aéreas de Trifolium pratense L. (trevo-vermelho) relacionadas com as principais atividades farmacológicas da planta. São chamadas de fitoestrógenos, pois possuem estrutura similar ao do 17-β-estradiol, e são capazes de se ligar aos receptores estrogênicos (ERβ e ERα). As isoflavonas agliconas são moléculas de baixa hidrossolubilidade, o que pode limitar sua aplicação em produtos para pele e a expressão de sua atividade biológica. O presente trabalho tem como objetivo obter uma fração enriquecida em isoflavonas de T. pratense e avaliar a permeação cutânea das agliconas formononetina e biochanina A...

  9. Desenvolvimento de pós e grânulos facilmente redispersíveis contendo nanocápsulas de núcleo lipídico

    Andrade, Diego Fontana de
    Esta tese de doutorado trata do desenvolvimento inédito de formas farmacêuticas sólidas contendo nanocápsulas de núcleo lipídico, facilmente redispersíveis em água, empregando a secagem por aspersão ou granulação em leito fluidizado. A estratégia visa superar limitações tecnológicas associadas às suspensões de nanocápsulas poliméricas, pela sua natureza coloidal, e avançar na fronteira do conhecimento, buscando o desenvolvimento de formulações inovadoras para a administração oral de fármacos. Foram produzidos pós e grânulos contendo nanocápsulas de núcleo lipídico (LNC), empregando a secagem por aspersão e granulação em leito fluidizado, respectivamente. A influência do número de partículas das suspensões de nanocápsulas nas propriedades de...

  10. Desenvolvimento de vetores nanotecnológicos lipídicos do sistema CRISPR/Cas9 visando à terapia gênica para Mucopolissacaridose tipo I

    Schuh, Roselena Silvestri
    A mucopolissacaridose tipo I (MPS I) é causada pela deficiência de alfa-L-iduronidase (IDUA), responsável pelo catabolismo de glicosaminoglicanos (GAGs), levando ao acúmulo multissistêmico de sulfato de heparano e dermatano. Este estudo tem por objetivo avaliar o potencial de sistemas lipídicos nanoestruturados como carreadores do plasmídeo do sistema CRISPR/Cas9 e um vetor doador da sequência do gene IDUA/Idua para edição gênica em fibroblastos de pacientes e em modelo murino de MPS I. Foram produzidos lipossomas (DOTAP, DOPE e DSPE-PEG) e nanoemulsões (e TCM) por homogeneização à alta pressão e microfluidização. O DNA foi associado às formulações por adsorção, ou por encapsulamento...

  11. Desenvolvimento de formulações nanotecnológicas mucoadesivas para administração sublingual de carvedilol

    Chaves, Paula dos Santos
    Introdução e objetivos: As nanocápsulas, uma vez que são produzidas com polímeros, representam sistemas mucoadesivos promissores. O uso desse tipo de sistema é importante no delineamento de medicamentos que vislumbrem a membrana sublingual como via de administração, devido ao constante fluxo de saliva. Em vista disso, esse trabalho tem como objetivos: estudar o efeito da nanoestruturação em nanocápsulas de polímeros de diferentes características iônicas, quanto as suas propriedades mucoadesivas, quando veiculadas em suspensão, hidrogel ou pós, e frente a distintas superfícies mucoadesivas (discos de mucina, mucosa vaginal ou mucosa bucal); desenvolver nanocápsulas contendo carvedilol, avaliando as suas propriedades mucoadesivas e...

  12. Conhecimento de profissionais de saúde sobre o manejo da dor e uso de opioides em pediatria

    Freitas, Gabriel Rodrigues Martins de
    Introdução: A dor é o principal motivo de procura ao atendimento médico. Organizações internacionais de saúde indicam o alívio da dor como um direito humano básico. A literatura indica subutilização de opioides devido ao conhecimento insuficiente, o receio quanto ao potencial de adição, efeitos adversos e mitos persistentes sobre estes analgésicos por parte dos profissionais de saúde. Objetivo: Avaliar grau de conhecimento de profissionais de saúde no manejo da dor e no uso de opioides em três unidades pediátricas (Pediatria, UTI e Oncologia). Metodologia: Estudo transversal realizado em um hospital universitário do Sul do Brasil. Um questionário autoaplicável foi entregue...

  13. Ensaios sobre os custos da morbidade e mortalidade associada ao uso de medicamentos no Brasil

    Freitas, Gabriel Rodrigues Martins de
    Introdução: As morbidades e mortalidade relacionadas ao uso de medicamentos (MRM) representam um desafio para a saúde pública e são consequências da utilização não efetiva e insegura dos medicamentos. Estudos internacionais mostram como as MRM afetam pacientes internados no hospital e como podem ser evitadas na maioria dos casos. Entretanto, pouco é conhecido sobre as MRM na prática ambulatorial. Estas pesquisas têm abordado as consequências clínicas negativas para os usuários de medicamentos e sugerem que vultosas somas de recursos financeiros são utilizadas para manejar e resolver estas morbidades ao redor do mundo. Já no Brasil, o conhecimento sobre as MRM...

  14. Monitoramento do uso de canábis por condutores de veículo automotor : desenvolvimento de método bioanalítico compatível com a rotina laboratorial da perícia no Brasil

    Baggio, Emmanuele Vianna
    A Cannabis sativa L. é a droga de abuso de uso proscrito mais consumida no mundo. O consumo desta droga por condutores de veículo automotor está associado com o aumento do risco de acidentes de trânsito, com o aumento da gravidade e com o aumento das taxas de mortalidade. O objetivo deste trabalho foi propor métodos analíticos aplicáveis à rotina laboratorial forense para monitoramento do consumo de canábis por condutores. Para tanto, foi utilizada como metodologia a extração líquido-líquido seguida de análise por cromatografia em fase gasosa acoplada a detector de massas para pesquisa de canabinoides em matrizes biológicas como...

  15. Nanoemulsões de óleo de copaíba (Copaifera multijuga Hayne) : desenvolvimento tecnológico, estudo de permeação cutânea e avaliação das atividades anti-inflamatória e leishmanicida tópicas

    Lucca, Letícia Grolli
    O óleo de copaíba é um produto natural encontrado principalmente na região amazônica, onde é utilizado na medicina popular como tratamento para inflamações e como cicatrizante. A espécie Copaifera multijuga Hayne demonstrou um potencial efeito anti-inflamatório em relação a outras espécies de Copaífera L., tendo como principal responsável o composto majoritário β-cariofileno. Nosso grupo de pesquisa vem estudando a veiculação deste óleo em nanoemulsões e desenvolveu uma formulação que contém uma elevada proporção de óleo de copaíba no núcleo oleoso (20 % w/v), sem prejuízo da estabilidade do sistema. A partir desta formulação, seguiram-se os estudos de avaliação da permeação...

  16. Caracterização físico-química, desenvolvimento e validação de métodos analíticos para o extrato seco dos bulbos da espécie Rhodophiala bifida (Herb.) Traub com alto teor do alcaloide Montanina

    Araújo, Mariele Brambilla de
    Os alcaloides têm apresentado diversas atividades biológicas. Entre eles, a montanina vem demonstrando um bom desempenho nesse sentido, como, atividade antioxidante, ação inibitória do crescimento de culturas bacterianas e importante atividade de inibição do crescimento de linhagens tumorais. Atualmente, não existem muitos relatos da sua caracterização ou métodos analíticos quantitativos disponíveis na literatura para atribuir seu teor. Assim, após purificação, a caracterização da montanina foi realizada por calorimetria exploratória diferencial (DSC), espectroscopia na região do ultravioleta (UV), infravermelho (IV), espectrometria de massas (CLAE-EM), ressonância magnética nuclear de hidrogênio (RMN1H), de carbono (RMN13C) e em 2D homo e heteronucleares tais como...

  17. Desenvolvimento e validação de metodologias analíticas confirmatórias para análise de substâncias psicoativas em trânsito

    Fiorentin, Taís Regina
    A cocaína (COC) é um alcaloide presente nas folhas de espécies do gênero Erytroxylum novagranatense e Erytroxylum coca. Possui grande efeito estimulante sobre o Sistema Nervoso Central (SNC) e por isso é utilizada como droga de abuso. Dentre os principais metabólitos estão a benzoilecgonina (BZE), éster metil anidroecgonina (EMA) e anidroegonina (AEC), sendo que os dois últimos são provenientes de pirólise (consumo do crack através do fumo ou inalação). Ainda, o cocaetileno (CE) é biotransformado após a ingestão conjunta de COC e etanol. O consumo de substâncias psicoativas (SPA), dentre elas a COC e seus derivados, traz diversos prejuízos à...

  18. Desenvolvimento de lentes de contato gelatinosas contendo nanocápsulas produzidas com baixo teor de água

    Aldrigui, Bibiana Rocha
    Resumo não disponível

  19. Modelagem farmacocinética-farmacodinâmica de antifúngicos azólicos em animais infectados por Cryptococcus neoformans

    Alves, Izabel Almeida
    O objetivo desta tese foi desenvolver um modelo farmacocinético-farmacodinâmico (PK-PD) aplicável a avaliação de esquemas posológicos de antifúngicos sistêmicos no tratamento de infecções cerebrais associadas ao Cryptococcus neorformans. Inicialmente um modelo de infecção cerebral em ratos Wistar machos imunocompetentes foi estabelecido. Os animais foram inoculados a partir da administração iv de 1.106 UFC/mL na veia lateral caudal, de uma cepa de Cryptococcus neoformans var neoformans (ATCC 28957). A presença da levedura em cérebro, pulmão, fígado, rins e coração foi avaliada após 7, 10 e 14 dias. Paralelamente foram investigados os parâmetros bioquímicos (contagem de leucócitos, TGO, TGP, uréia, creatinina, albumina...

  20. Relação da expressão da DPPIV/CD26 com a progressão tumoral do carcinoma cervical humano e proteínas oncogênicas do HPV

    Beckenkamp, Aline
    O câncer cervical é uma neoplasia muito prevalente na população feminina e está associado à infecção pelo papilomavírus humano (HPV). As oncoproteínas E6 e E7 de HPV de alto risco são as principais responsáveis pelas alterações celulares que levam ao desenvolvimento deste tipo tumoral. A dipeptidil peptidase IV (DPPIV/CD26) é uma enzima que exerce importantes funções relacionadas à progressão tumoral. Diversos estudos demonstram alterações na expressão e atividade desta proteína em diferentes tipos de câncer. Tendo em vista a relação entre a DPPIV/CD26 e o câncer, e que ainda não existem estudos relacionando esta proteína ao câncer cervical, neste estudo...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.