Recursos de colección

Biblioteca Digital do IPB (53.442 recursos)

A Biblioteca Digital do IPB, tem por objectivo divulgar e permitir o livre acesso à produção científica produzida pela comunidade académica, promovendo a integração, partilha e a visibilidade da informação científica e garantindo a preservação da memória intelectual do Instituto Politécnico de Bragança.

DM - Artigos em Revistas

Mostrando recursos 1 - 15 de 15

  1. “E se um aluno segue um caminho que eu não compreendo?” Gerir o trabalho investigativo na aula de matemática

    Pires, Manuel Vara
    O comunicação descreve uma experiência letiva de uma professora participante no Programa de Formação Contínua em Matemática, com o propósito principal de conhecer como os professores integram as investigações no desenvolvimento do currículo e como refletem sobre as suas práticas. A dinâmica da formação ajudou a professora a atribuir um maior valor curricular às investigações, a integrá-las na sala de aula e a compreender que esta utilização acarreta novos desafios e exige mudanças na gestão do seu trabalho e do trabalho dos seus alunos.

  2. Refletir no âmbito do PFCM: algumas ideias emergentes.

    Martins, Cristina; Santos, Leonor
    A reflexão tem vindo a ser considerada uma componente essencial nos programas de formação inicial e contínua de professores, como é o caso do Programa de Formação Contínua em Matemática para Professores do 1.º Ciclo (PFCM), em funcionamento em Portugal, a partir do ano lectivo 2005/2006. Ao considerar nas suas linhas orientadoras o princípio do Reconhecimento das práticas lectivas dos professores como ponto de partida da formação, este programa de formação vem colocar a ênfase na reflexão para desenvolver o conhecimento profissional do professor, pois é assumido que em particular o seu conhecimento didáctico matemático se desenvolve essencialmente através da reflexão «sobre as situações concretas...

  3. Estilos de aprendizagem: uso do virtual pelos estudantes do ensino superior

    Miranda, Luísa; Morais, Carlos; Goulão, Fátima; Melaré, Daniela
    As Tecnologias da Informação e comunicação (TIC) em especial a Internet trouxe novas formas de viver o ensino e a aprendizagem, presencial ou a distância. Considerando que o ensino e a aprendizagem devem ser centrados no aluno e que estão cada vez mais inseridos no mundo das tecnologias, é necessário a identificação dos estilos de uso do espaço virtual e desenvolver estratégias que tenham em conta esses estilos. Com esta reflexão se avaliará a relação entre o ensino presencial e a distância de uma amostra de alunos de ensino superior. Sobre os resultados obtidos a maioria dos sujeitos utilizada a internet todos os dias a mais de cinco...

  4. Tarefas de investigação na sala de aula de matemática: práticas de uma professora de matemática

    Pires, Manuel Vara
    O presente texto descreve uma experiência lectiva, desenvolvida no âmbito do Programa de Formação Contínua em Matemática, com o propósito principal de conhecer como os professores integram as tarefas de investigação no desenvolvimento do currículo e como reflectem sobre as suas práticas. O estudo segue uma abordagem qualitativa e interpretativa e centra-se no trabalho de uma professora de Matemática do 2.º ciclo, realizado ao longo do ciclo lectivo (preparação, condução da aula, reflexão), na exploração de uma tarefa de investigação envolvendo o triângulo de Pascal. Conclui-se que a dinâmica da formação, valorizando a partilha e a discussão colectiva de materiais...

  5. Conhecimento profissional do jovem professor de Matemática sobre os alunos

    Santos, Leonor; Moreira, Darlinda; Menezes, Luís; Oliveira, Isolina; Ponte, João Pedro; Martins, Cristina; Guerreiro, António; Cunha, Helena; Duarte, José; Martinho, Helena; Pinto, Hélia; Menino, Hugo; Varandas, José Manuel; Veia, Luciano; Viseu, Floriano
    Neste artigo aborda-se o conhecimento profissional de professores de Matemática e de professores do 1.º ciclo do ensino básico em início de carreira, sobre os alunos. A importância deste tipo de conhecimento do professor deriva da sua estreita relação com as práticas de sala de aula, qualquer que seja a perspectiva teórica que se adopte sobre esta relação. Neste estudo, assume-se uma relação dialéctica entre ambos não fazendo sentido falar de um sem o outro. Assim, por um lado, o conhecimento rofissional tem uma fonte tanto disciplinar como experiencial, resultando da reflexão e investigação dos professores sobre as práticas; por outro,...

  6. O que é uma boa reflexão sobre a prática?

    Martins, Cristina; Pires, Manuel Vara
    Este texto resulta do trabalho que estamos a desenvolver no Programa de Formação Contínua em Matemática para Professores dos 1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico (PFCM), integrados na equipa de formação da Escola Superior de Educação de Bragança. Este programa, em desenvolvimento desde 2005, enfatiza a reflexão (individual ou conjunta) como um instrumento essencial de ajuda ao professor na melhoria das suas práticas de ensino, devendo ter uma forte expressão na construção do portefólio de desempenho dos participantes. No entanto, enquanto formadores, e apesar de reconhecermos a importância dos processos reflexivos no desenvolvimento profissional docente, ao longo da formação...

  7. É a imagem empresarial de Cabo Verde um espelho do seu potencial de desenvolvimento económico e social?

    Lopes, Jorge; Balsa, Carlos; Nunes, Alcina
    A Revista pode ser consultada na plataforma SciELO desde Junho de 2008 http://www.scielo.oces.mctes.pt

  8. Aprendizagem de conceitos matemáticos complexos em ambientes com comunicação suportada pela Internet

    Morais, Carlos
    Neste artigo convida-se à reflexão sobre a complexidade dos conceitos matemáticos e sua classificação por alunos do Ensino Básico e por professores de Matemática, apresentando-se opiniões dos alunos acerca da utilização da comunicação mediada por computador, no processo de ensino e aprendizagem de conceitos matemáticos considerados muito complexos. A reflexão que o artigo propõe tem como suporte uma investigação realizada no distrito de Bragança, no âmbito de uma dissertação de Doutoramento em Educação na Especialidade de Metodologia do Ensino da Matemática da Universidade do Minho. Sobre a investigação será apresentada uma breve referência às questões de investigação, ao seu enquadramento teórico,...

  9. Projecto de acompanhamento do uso educativo da Internet nas escolas públicas do 1.º ciclo do ensino básico do distrito de Bragança: uma apreciação da sua implementação

    Morais, Carlos; Miranda, Luísa
    Das muitas potencialidades que podemos associar às tecnologias de informação e comunicação (TIC) e de um modo particular à Internet salientamos o papel que estas podem ter no desenvolvimento da comunicação, da pesquisa e da divulgação de informação. Neste sentido, vamos apresentar uma breve apreciação da implementação do Projecto de Acompanhamento do Uso Educativo da Internet nas Escolas Públicas do 1º Ciclo do Ensino Básico do Distrito de Bragança, a partir de opiniões dos formadores que o integram. Este projecto envolveu à partida, mais de 5000 alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico (1º CEB) e respectivos professores, 433 escolas...

  10. A Internet como meio de promoção de competências em contexto educativo

    Ribeiro, Maria do Céu; Morais, Carlos
    A sociedade actual tem sofrido profundas mudanças tecnológicas que condicionam opções metodológicas que são susceptíveis de alterar as práticas educativas desenvolvidas nas escolas. Das tecnologias que têm contribuído para essa mudança destacamos as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) com particular interesse para a Internet. Geralmente, nas salas de aula tradicionais, a prática docente desenvolve-se a partir da interacção face a face com os alunos. Hoje, como o computador está cada vez mais presente no dia-a-dia das pessoas, a interacção pode ter o seu foco de desenvolvimento na comunicação em rede, através da Internet, podendo este tipo de interacção ter...

  11. Interacções entre professores numa plataforma web

    Morais, Carlos; Miranda, Luísa; Dias, Paulo
    Depois de uma fase de intensa preocupação com a conceitualização, inventariação de potencialidades e exploração de experiências com as tecnologias de informação e comunicação, pensamos que o foco de atenção deve passar para a sua contextualização e utilização de forma consistente e consolidada. Neste sentido, é importante que no domínio da educação se passe a enfatizar os resultados conseguidos com as tecnologias, passando para um papel secundário as características das tecnologias, pois deve começar a ser dado como adquirido que a escola, tal como outras instituições, possui tecnologias em qualidade e quantidade para responderem às suas necessidades e aspirações, quer...

  12. Formas de interacção em discussões online

    Morais, Carlos; Miranda, Luísa; Dias, Paulo
    A mudança nos meios e processos de mediação tecnológica da educação conhece através das tecnologias de informação e comunicação novos desafios para o desenvolvimento da interacção nos grupos de aprendizagem na Internet, nomeadamente nas modalidades síncronas e assíncronas. A interacção entre as pessoas suportada pela Internet pode ser analisada sob diversos aspectos. De entre estes e associados à utilização da Internet em contexto educativo através de fóruns de discussão em plataformas Web, salientamos algumas das classificações referentes à participação dos professores e dos alunos. No âmbito do presente artigo seguimos uma análise constituída pelos seguintes momentos: interacção relacionada com a...

  13. Estilos de aprendizagem: o questionário CHAEA adaptado para língua portuguesa

    Miranda, Luísa; Morais, Carlos
    Um desafio sempre presente na vida de cada pessoa é procurar conhecer-se a si próprio e às pessoas com quem se relaciona ou se pretende relacionar. Uma das formas de responder a este desafio assenta no conhecimento dos estilos de aprendizagem predominantes em cada pessoa. Neste artigo, para além do conceito de estilo de aprendizagem, sua identificação e caracterização, apresentamos a adaptação e validação do Questionário Honey-Alonso de Estilos de Aprendizagem, Cuestionario Honey-Alonso de Estilos de Aprendizaje (CHAEA), para língua portuguesa. Acerca da adaptação do referido questionário, evidencia-se o processo de validação, bem como os procedimentos e critérios que o permitem...

  14. Internet e comunicação no 1.º Ciclo do Ensino Básico

    Ribeiro, Maria do Céu; Morais, Carlos
    Sendo a Internet um meio de comunicação por excelência apresentamos, para além de uma contextualização acerca da sua evolução e utilização, alguns indicadores obtidos através do desenvolvimento de um estudo empírico, baseado numa investigação sobre o seu impacto na educação em contexto escolar, tentando perceber a adaptação da sua utilização a novas pedagogias e qual o seu papel na construção de comunidades de conhecimento e aprendizagem. A recolha de dados realizou-se na cidade de Bragança, através de um questionário administrado a seis professores do 1.º Ciclo Ensino Básico e respectivos alunos. Dos seis professores, três são do ensino privado e...

  15. Educação online: uma ampliação da sala de aula

    Miranda, Luísa; Morais, Carlos
    A sala de aula convencional, na qual interagem face-a-face alunos e professor, constituiu durante anos a principal fonte de acesso ao conhecimento, à educação e à formação. Com o acelerado desenvolvimento das tecnologias da informação e comunicação (TIC), nasceram outras necessidades e outras potencialidades que permitiram não só enriquecer a sala de aula convencional, como ampliar as suas características e raio de acção. Dos conceitos associados às TIC salientamos o conceito de educação online e o de ambientes de aprendizagem online, enfatizando, nestes ambientes, para além da sua evolução e potencialidades os recursos que lhe estão associados, nomeadamente o correio...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.