Recursos de colección

Estudo Geral - Universidade de Coimbra (19.630 recursos)

ESTUDO GERAL é a designação do repositório digital da produção científica da Universidade de Coimbra, com o objectivo de divulgar conteúdos digitais de natureza científica de autores ligados à Universidade de Coimbra. A sua criação insere-se no movimento de Acesso Livre à Literatura científica (Open Access), ao qual o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas aderiu em 2006 e que a Universidade de Coimbra subscreveu. À semelhança de outras grandes universidades nacionais e internacionais, a UC tem o maior interesse em aumentar a sua presença na rede informática mundial, sendo cada vez mais - e também por essa via - um emissor de conhecimento e cultura.

FLUC - CECH - Teses de Doutoramento

Mostrando recursos 1 - 20 de 41

  1. Ética e retórica forense: asebeia e hybris na caracterização dos adversários em Demóstenes

    Leite, Priscilla Gontijo
    Tese de doutoramento em Estudos Clássicos - Mundo Antigo, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra

  2. Pedagogia, retórica escolar e génese do discurso literário no Renascimento : uma leitura da Collectanea Moralis Philosophiae de Frei Luis de Granada

    Martins, Ana Isabel Correia
    Tese de doutoramento em Letras, área de Estudo Clássicos, na especialidade de Literatura Neolatina, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra

  3. Agamemnon(es) : entre o Mito e a Literatura

    Pereira, Reina Marisol Troca
    A tese intitulada "Agamemnon(es): entre o Mito e a Literatura" efectua uma abordagem diacrónica sobre a figura de Agamémnon. Esse périplo conta com a análise e o comentário de várias obras e fragmentos de múltiplos autores da Literatura Grega. Indo ao encontro do objectivo pretendido, caracterizam-se as figuras construídas e apresentadas sob o mesmo nome consagrado pela mitologia. De comum, mantem-se um fio condutor estruturante, que permite identificar, à margem de qualquer dúvida, o mais velho dos Atridas: a falta de moderação, a insolência e a ambição mostram-se constantes. Em simultâneo, verifica-se a existência e providencia-se a explicação de semelhanças e diferenças entre autores, géneros literários e épocas. Procura-se,...

  4. Poesia e iconografia : o mito nos Epinícios de Baquílides

    Jesus, Carlos Alberto Martins de
    A presente dissertação de doutoramento em Estudos Clássicos, na especialidade de Literatura Grega busca ser um estudo de conjunto centrado num género poético em específico, o do epinício, com vista a averiguar as formas como Baquílides se serviu de mitos estabelecidos pela tradição (local ou pan-helénica), tantas vezes com diferentes versões, para cumprir aquela que é, no limite, a função de qualquer canto de vitória atlética: o elogio do vencedor, da sua terra ou da sua família. É também com esse intuito que analisamos a relação da versão dos mitos atualizados pelo poeta com os dados iconográficos de que dispomos, entendidos a um nível genérico, isto é, contemplando...

  5. História e ficção em Paul Ricoeur e Tucídides

    Soares, Martinho Tomé Martins
    São vários os motivos que nos estimulam a desenvolver um trabalho em que os dois protagonistas são um historiador grego do século V a. C. e um dos mais ecléticos e produtivos filósofos da nossa era. Em primeiro lugar, notámos uma semelhança excepcional na forma como o filósofo francês teoriza e o historiador ateniense aplica a ficção na história: os privilégios da imagem retórica, decorrentes da representação literária, em Ricœur, e a vividez imagética, pathetika, em Tucídides, conseguida por meio da ekphrasis e da enargeia, têm como finalidade fazer ver ou pôr sob os olhos dos leitores acontecimentos unicamente únicos...

  6. Arduus Rerum Modus : o Senado em Tácito

    Gonçalves, Carla Susana Vieira
    Tese de doutoramento em Estudos Clássicos (Literatura Latina), apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra

  7. Dipla onomata no estilo de Aristofanes

    Ramalho, Américo da Costa
    Tese de doutoramento em Filologia Clássica apresentada à Fac. de Letras da Univ. de Coimbra

  8. O problema das guturais em i.-e. e o testemunho dos factos gregos quanto à existência originária das lábio-velares

    Silva, João de Castro Nunes da
    Tese de doutoramento em Letras (Filologia Clássica) apresentada à Fac. Letras da Univ. de Coimbra

  9. Concepções helénicas de felicidade no além : de Homero a Platão

    Pereira, Maria Helena Monteiro da Rocha
    Tese de doutoramento em Letras (Filologia Clássica) apresentada à Fac. de Letras da Univ. de Coimbra

  10. Estrutura e função do diálogo lírico-epirremático em Ésquilo

    Pulquério, Manuel de Oliveira
    Tese de doutoramento em Letras (Filologia Clássica) apresentada à Fac. de Letras da Univ. de Coimbra

  11. O homem de Estado ateniense em Plutarco : o caso dos Alcmeónidas

    Ferreira, Ana Maria Guedes
    Tese de doutoramento em Letras (Estudos Clássicos - Literatura Grega) apresentada à Fac. de Letras da Universidade de Coimbra

  12. Magia erótica e arte poética no Idílio 2 de Teócrito

    Silva, Cláudia Raquel Cravo da
    Tese de doutoramento em Estudos Clássicos (Literatura Grega) apresentada à Fac. de Letras da Univ. de Coimbra

  13. Somatologia subjectiva : apercepção de si e corpo em Maine de Biran

    Umbelino, Luís António Ferreira Correia
    Tese de de doutoramento em Filosofia (Filosofia Moderna e Contemporânea) apresentada à Fac. de Letras da Univ. de Coimbra

  14. Platão : helenismo e diferença : raízes culturais e análise dos diálogos

    Azevedo, Maria Teresa Schiappa de
    Tese de doutoramento em Letras, Área de Estudos Clássicos (Literatura Grega) apresentada à Fac. de Letras de Coimbra

  15. A personagem no teatro de Eurípides : tradição e identidade na Electra

    Deserto, Jorge Pereira Nunes do
    Tese de doutoramento em Letras, na área de Estudos Clássicos (Literatura Grega) apresentada à Fac. de Letras da Univ. de Coimbra

  16. Sonhos e visões na tragédia grega

    Pereira, Susana Maria Duarte da Hora Marques
    "Sonhos e visões na tragédia grega", o título dado à presente dissertação de doutoramento, abre caminho a uma reflexão literária sobre o modo como, na sua produção dramática, Ésquilo, Sófocles e Eurípides trataram aqueles dois fenómenos. Todavia, tal reflexão é precedida por um capítulo introdutório, denominado "a tradição do sonho e da visão na literatura grega", onde ambos os motivos são abordados num contexto mais amplo, que vai da épica homérica à lírica grega, à historiografia herodotiana e à comédia aristofânica, embora, naturalmente, as experiências sejam aí analisadas de um modo mais sucinto do que é prática nos capítulos á...

  17. O poema da velhice de Lopo Serrão

    Pinho, Sebastião Tavares de
    Esta tese estuda o poema De senectute et aliis utriusque sexus aetatibus et moribus da autoria do humanista português Lopo Serrão, publicado em Lisboa em 1579. Trata-se de uma das obras mais representativas da poesia novilatina portuguesa do século XVI, e baseia-se no tratado de Cícero De Senectute ou Cato Maior, cujo conteúdo foi aí exaustivamente parafraseado. Mas, além desta fonte principal, Lopo Serrão revela no seu poema a influência directa de muitos outros autores: da literatura clássica greco-latina, dos textos bíblicos, de humanistas estrangeiros e nacionais, de fontes em latim e em vulgar, etc. A tese sobre este poema apresenta...

  18. Santos e heróis : a épica hagiográfica novilatina e o poema Paciecidos (1640) de Bartolomeu Pereira SJ

    Urbano, Carlota Maria Lopes de Miranda
    Tese de doutoramento em Letras, Área de Estudos Clássicos (Literatura Novilatina) apresentada à Fac. de Letras de Coimbra

  19. A mulher segundo os oradores Áticos

    Curado, Ana Lúcia Carmo Almeida do Amaral
    Tese de doutoramento em Letras (Estudos Clássicos - Literatura Grega) apresentada à Fac. de Letras da Univ. Coimbra

  20. Miguel Venegas S.I. e o nascimento da tragédia jesuítica : a Tragoedia cui nomen inditum Achabus (1562)

    Miranda, Maria Margarida Lopes de
    A autora defende que as tragédias bíblicas neolatinas de Miguel Venegas, representadas pela primeira vez em Coimbra, no Colégio das Artes, entre 1559 e 1562, são fundadoras de uma poética dramática própria — de características trágicas, sacras, bíblicas, musicais e profundamente retóricas — uma poética que os Jesuítas e a Ratio Studiorum vieram mais tarde a aprovar a a promover em todos os seus Colégios.O Teatro Jesuítico nasceu em Roma, as primeiras peças conhecidas que mereceram a representação em Roma foram precisamente as de M. Venegas, a Achabus, em 1565, e a Saul Gelboeus, em 1566. Estas tragédias alcançaram uma...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.