Recursos de colección

Repository ESEPF Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti (2.261 recursos)

The Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Institutional Repository is an on-line platform for collecting, preserving, and disseminating the intellectual output of this institution in digital form.

02 Caderno Luso-Brasileiro

Mostrando recursos 1 - 9 de 9

  1. Educação Especial, Estigma ou Diferença?

    Serra, Helena
    O direito à diferença enquadra-se na actual geração dos direitos humanos, denominados direitos de solidariedade que incluem o direito à paz, à escola, à infância, à cidade, ao ambiente, à identidade humana, ao património comum da humanidade, à informação e à comunicação, ao desenvolvimento e aproximação dos povos. Todos eles procuram fazer a síntese do Homem enquanto homem e enquanto cidadão e conceptualizam o cidadão como mola do processo das várias dimensões do desenvolvimento. O direito à diferença consubstancia-se na efectiva interacção e na relação construtiva e proactiva de todos os cidadãos.

  2. A Aula de Matemática como Espaço Promotor de Autonomia

    Nogueira, Isabel Cláudia
    Espaços e tempos que privilegiem a análise, a discussão, a investigação, a argumentação e a reflexão – pilares essenciais do desenvolvimento pessoal e à participação democrática –, parecem (continuar a) não ter lugar na sala de aula de Matemática. A partir de uma exemplificação da aplicação de um modelo de análise de processos de instrução proposto pela perspectiva Onto-Semiótica da Cognição e Instrução Matemática (Godino e Batanero, 1998; Godino, 2002; Godino, Contreras e Font, 2006), pretendemos provocar a reflexão sobre contextos e práticas de aprendizagem/ensino da Matemática e a sua influência na promoção da autonomia do aluno.

  3. Intervenção Comunitária e Práticas de Inclusão

    Cid Fernández, Xosé Manuel
    Partindo do pressuposto que o trabalho comuntário ou a intervenção comunitária potencia práticas de inclusão que não só respondem a necessidades de sobrevivência, mas também a valores comunitários, como a cooperação, co-gestão, co-participação, comunicação, contestação do consumismo, solidariedade e participação, com este artigo pretende-se apresentar quatro experiências concretas que respeitam o pluralismo e a diversidade, os direitos humanos e o património identitário próprio de cada local, ou seja, de cada povo.

  4. Intervenção comunitária e inclusão social: o educador e os actores

    Trevisan, Gabriela
    O texto pretende constituir um contributo para a reflexão das sociedades contemporâneas, frequentemente designadas de risco (Giddens, 1984; Beck, 1992), produtoras de fortes desigualdades e assimetrias para diferentes grupos ou categorias sociais. Os processos de desenvolvimento actuais, fortemente focados na perspectiva económica e de lucro, determinam diferentes possibilidades de acesso a níveis de vida e bem estar, onde os grupos mais vulneráveis nem sempre encontram esferas de inclusão que lhes permitam o alcançar desses níveis. A intervenção em comunidades, sobretudo naquelas em que fenómenos como exclusão social e pobreza, de desigualdades em diferentes esferas da vida se fazem sentir, de fortes tensões com as dinâmicas da...

  5. Contextos e Práticas – A experimentação acompanha o Currículo

    Quinta e Costa, Margarida
    “Contextos e Práticas Educativas” é um projecto que visa implementar a experimentação das Ciências Físicas e Naturais tendo por base o desenvolvimento da autonomia na aprendizagem, a construção cooperativa do conhecimento e a interdependência das várias áreas do saber para a promoção da literacia científica. Mediante a apresentação de breves descrições de práticas realizadas no Jardim-de-Infância e em salas do 1º ciclo do E.B., pretendemos contribuir para a construção do conceito de que a experimentação, como método de descoberta ou como consolidação dos saberes, no decorrer dos temas propostos pelo currículo, pode permitir aprendizagens mais significativas nas várias áreas disciplinares. Propomos uma rede cooperativa de construção do...

  6. A Criança Hiperativa: o olhar da inclusão

    Cavalcanti, Reginete; Lima, Murilo Duarte Costa
    A Hiperatividade, também conhecida como Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é uma condição de maior prevalência em crianças de idade escolar. Seus sintomas de desatenção, hiperatividade e impulsividade podem levar a um baixo desempenho acadêmico. No Brasil, as pesquisas apontam que 4 a 6% das crianças em idade escolar possam ter hiperatividade. Pelo fato de ser ainda um tema pouco difundido tem sido uma das grandes dificuldades enfrentadas pelas escolas inclusivas. Neste sentido, tem sido um desafio para a escola aprender a lidar com estas crianças, conhecer suas limitações e respeitá-las. Este artigo visa uma discussão a respeito da criança hiperativa e a...

  7. A Arte de e para superar a Vida

    Gomes, Ana Paula
    Criar e contemplar uma obra de arte é estabelecer um diálogo privilegiado entre o mundo cognitivo e o mundo afectivo. Na experiência estética, as relações que se estabelecem aproximam-nos do contexto global da vida. Neste artigo, pretendemos perceber como o artista, ele próprio um ser diferente e individual, sente, vê e encara essa realidade quando tem uma deficiência motora. Deficiência essa, em que a “ausência” de membros fundamentais para o domínio das técnicas e de toda a representação expressiva e estética, já seriam uma “condicionante” para o mais comum dos mortais. Que força move esta expressividade? Que “gritos” se soltam nesta representação da arte? Que factores...

  8. Perspectiva histórica do ensino da pessoa surda: o Instituto Araújo Porto

    Girão, Maximina
    A temática deste trabalho enquadra-se numa perspectiva histórica de preservação e valorização de uma herança comum, a nível da História da Educação, abordando a memória de uma instituição de ensino que, fundada no Porto, no séc. XIX, se salientou por alguns aspectos do seu pioneirismo, em Portugal, relativamente à educação da pessoa surda. As regras de funcionamento, assim como as características do ensino ministrado nas primeiras décadas da sua existência, serão os principais pontos focados.

  9. Paralisia cerebral e dificuldades de comunicação: uma proposta de actividade com recurso a tecnologias de apoio

    Cruz, Mário Rui
    Neste artigo, centraremos a nossa atenção na paralisia cerebral, tida como uma incapacidade física, e nas tecnologias de apoio com vista a inclusão dos indivíduos com esta patologia. Partindo duma tentativa de definição deste conceito, procuraremos realizar uma análise conceptual de paralisia cerebral neste trabalho, focando ainda a nossa atenção nos seus diferentes tipos, problemas associados e numa apresentação de tecnologias de apoio que serviriam o propósito de intervenção, no sentido de promoção da inclusão na sala de aula e melhoria das condições de vida dum aprendente diagnosticado com esta patologia. Desta forma, num primeiro momento, focaremos a nossa atenção em aspectos considerados fundamentais, como os conceitos de...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.