Recursos de colección

Repositório do Instituto Politénico de Castelo Branco (13.788 recursos)

O Repositório Científico do Instituto Politécnico de Castelo Branco tem como objectivos fundamentais a divulgação, a preservação em formato digital e a partilha do conhecimento científico gerado na instituição, constituindo-se numa ferramenta de valor acrescentado porque permite aumentar a visibilidade e o impacto da investigação desenvolvida.

ESACB - Relatórios técnico/científicos

Mostrando recursos 1 - 20 de 24

  1. Relation between wood density and paper properties of some hardwood species

    Santos, A.; Simões, R.; Anjos, O.
    Relation between wood density and paper properties of some hardwood species.

  2. Avaliação do impacte de fogos florestais nos recursos hídricos subterrâneos. 3.º Relatório de Execução

    Ferreira, J.P.L.; Oliveira, M.M.; Leitão, T.; Laranjeira, I.; Gamboa, M.; Martinho, N.; Fernandez, P.; Quinta-Nova, L.C.; Tujeira, R.; Lopes, M.H.; Freire, M.; Galhetas, M.; Paralta, E.
    O relatório apresenta os trabalhos desenvolvidos no âmbito do Projeto POCI/AGR/59180/2004 entre 1 de janeiro e 31 de dezembro de 2007. O relatório organiza-se pela descrição das seguintes tarefas: T1 – Selecção das áreas de estudo; T2 – Caracterização agro-florestal; T3 – Caracterização de cinzas e testes laboratoriais de combustão; T4 – Modelação do ciclo hidrológico e caracterização da qualidade da água; T5 – Coordenação e integração.

  3. Caracterização e análise do coberto vegetal lenhoso e o seu contributo para a produção de cinzas resultantes de incêndios florestais

    Quinta-Nova, L.C.; Fernandez, P.; Tujeira, Rui
    O relatório apresenta os principais resultados obtidos pela equipa do IPCB integrada no projeto POCI/AGR/59180/2004. As tarefas desenvolvidas incluíram: (1) a inventariação de informação relativa aos solos e vegetação nas áreas em estudo, correspondentes às bacias hidrográficas do Caratão, Carvoeiro e Quebradas (município de Mação); (2)a análise estatística da informação coligida; e (3) a respetiva representação espacial das variáveis em estudo.

  4. Avaliação do impacte de fogos florestais nos recursos hídricos subterrâneos. 1.º Relatório de Execução

    Ferreira, J.P.L.; Oliveira, M.M.; Moinante, M.J.; Henriques, M.J.; Leitão, T.; Fernandez, P.; Quinta-Nova, L.C.; Lopes, M.H.; Peralta, E.; Francés, A.; Laranjeira, I.
    O relatório apresenta os trabalhos desenvolvidos no âmbito do Projecto desde a data do seu início, em 1 de Maio de 2005, até 31 de Dezembro de 2005, num total de 8 meses de decurso do Projecto. O relatório organiza-se pela descrição das seguintes tarefas a desenvolver: T1 – Selecção das áreas de estudo; T2 – Caracterização agro-florestal; T3 – Caracterização de cinzas e testes laboratoriais de combustão; T4 – Modelação do ciclo hidrológico e caracterização da qualidade da água; T5 – Coordenação e integração.

  5. Produção de suínos ao ar livre : avaliação dos efeitos ambientais

    Monteiro, M.C.H.
    Agro-254 - Unidade de Experimentação de Suínos ao Ar Livre

  6. Plano de desenvolvimento integrado : município de Idanha-a-Nova

    Almeida, C.A.M.; Santos, D.; Quinta-Nova, L.C.; Águas, P.M.P.; Monteiro, J.M.; Roque, N.
    O Plano de Desenvolvimento Integrado do Município de Idanha-a-Nova foi elaborado com o intuito de servir de suporte ao planeamento de acções de intervenção no território, conforme as indicações da Portaria n.º 1037/2009 de 11 de Setembro. Em territórios com as características biofísicas e socioeconómicas como as do Concelho em apreço, as orientações aceites para desenvolvimento e promoção da competitividade, passam por uma actuação conducente ao reforço da capacidade de competição do sector agrícola. Neste contexto, as infra-estruturas disponíveis assumem um papel crucial. Como tal, e com base no diagnóstico efectuado, as acessibilidades emergiram como área crítica a que urge atender no sentido...

  7. Impacte de um evento de orientação sobre a flora e vegetação – o caso do Grande Prémio de Orientação de Terras do Bouro

    Cardoso, M.; Quinta-Nova, L.C.
    A Orientação inclui toda a actividade em que se recorre à utilização de um mapa para se optar sobre o melhor trajecto a realizar entre dois locais. Enquanto modalidade de Desporto de Natureza, o praticante tenta realizar no menor tempo possível um percurso, previamente definido e marcado num mapa, tendo que visitar, pela ordem definida no mapa, um conjunto de postos de controlo colocados no terreno. A identificação das áreas onde ocorrem impactes significativos sobre a vegetação, resultantes do pisoteio, é importante no âmbito do planeamento dos eventos de Orientação Pedestre, de modo a evitar que a sua capacidade de...

  8. Validação de um composto como fertilizante para efeitos de legalização de uso agrícola

    Monteiro, M.C.H.; Carneiro, J.P.; Águas, P.M.P.; Batista, M.S.; Cipriano, V.M.P.; Sebastião, P.F.V.
    Relatório Técnico-Científico produzido para a Empresa TRABITE – Tratamento Ambiental, LDA.

  9. Guia de Boas Práticas Ambientais - Orientação

    Quinta-Nova, L.C.; Páscoa, T.
    O guia de boas práticas ambientais em Orientação visa contribuir para uma prática mais equilibrada e sustentável da orientação. É fundamental perceber que o impacte da orientação no Ambiente poderá ter duas facetas, por um lado a degradação da sua qualidade, através dos resíduos que são deixados inadvertidamente nas áreas onde se realizam as provas, por outro lado na destruição de vegetação e perturbação de espécies de animais. Ambas as categorias de impactes podem ser minimizadas desde que se cumpram um conjunto de regras de Boas Práticas Ambientais.

  10. Implementação do Programa de Acção Florestal na Zona do Pinhal Sul: contribuição para a avaliação

    Almeida, C.A.M.; Goldey, P.; Garthford, C.
    O sector florestal em Portugal continental assume uma grande importância no meio agrário nacional uma vez que cerca de um terço do continente se encontra ocupado por floresta. A floresta deve ser entendida como um factor beneficiador da qualidade do ambiente, protector e melhorador dos solos em que se encontra implantada. Além destas virtudes que, por serem difíceis de contabilizar são por vezes menosprezadas, a floresta é sem duvida um factor de desenvolvimento económico pelos produtos que dela se extraem. Estes produtos através dos diversos ramos da fileira florestal contribuem para o desenvolvimento económico das regiões em particular e do país...

  11. Estudo da inserção profissional dos diplomados pela ESACB: Julho de 1995 a Julho de 1997

    Almeida, C.A.M.
    A ESACB tem desde sempre tido uma preocupação constante em saber o destino profissional dos seus diplomados. Este tipo de informação, normalmente recolhida através de inquéritos postais, tem sempre um valor indicativo relativo a aspectos que se podem revestir de grande importância tanto para a direcção da Escola, como para os seus professores e alunos. Deste modo, o presente relatório assume-se mais como um instrumento de consulta, do que propriamente um trabalho de reflexão aprofundada, sem deixar contudo de conter informação que possa e deva requer tal reflexão por parte das diversas entidades às quais diz respeito. Aspectos metodológicos - Os...

  12. Caracterização e melhoramento da produção ovina nos concelhos de Castelo Branco e Idanha-a-Nova : 1.º relatório anual

    Coutinho, M.H.M.; Andrade, C.S.C.R.
    A crescente procura e valorização do leite de ovelha e da carne de borrego, tem feito com que, em todos os países em que se explora a espécie ovina, técnicos e criadores procurem os processos mais rendosos de obter cada vez mais leite e mais borregos. Com este fim, têm-se cruzado e seleccionado raças locais e estrangeiras, de modo a conseguirem-se animais que produzam mais leite, por aumento quer dos níveis de produção quer da sua persistência, e dois ou mais borregos por parto, com pesos mais elevados e melhor conformação de carcaça. Quer-se frisar, no entanto, que a produção de...

  13. Plano de desenvolvimento integrado do concelho de Vila Velha de Ródão

    Santos, D.; Almeida, C.A.M.; Águas, P.M.P.; Quinta-Nova, L.C.; Monteiro, J.M.; Filipe, J.; Pereira, D.
    O Plano de Desenvolvimento Integrado do Município de Vila Velha de Ródão foi elaborado com o intuito de servir de suporte ao planeamento de acções de intervenção no território, conforme as indicações da Portaria n.º 1037/2009 de 11 de Setembro. Em territórios com as características biofísicas e socioeconómicas como as do Concelho em apreço, as orientações aceites para desenvolvimento e promoção da competitividade, passam por uma actuação conducente ao reforço da capacidade de competição do sector agrícola. Neste contexto, as infra-estruturas disponíveis assumem um papel crucial. Como tal, e com base no diagnóstico efectuado, as acessibilidades emergiram como área crítica a...

  14. Relatório Florístico e Fitossociológico da Ribeira de Valverde

    Quinta-Nova, L.C.
    Foi realizada um estudo florístico na ribeira de Valverde. Com base nesse estudo elaborou-se uma proposta de introdução de espécies vegetais de acordo com as condições edáfico-climáticas.

  15. Análise da evolução de uma área da Península de Setúbal na sequência de um processo de alteração de uso

    Quinta-Nova, L.C.; Fernandes, J.P.A.; Baptista, P.; Cruz, C.S.; Teles-Grilo, J.
    O objectivo do estudo foi testar métodos de análise ambiental que permitam analisar o efeito de tipologias específicas de perturbação de modo a permitir a sua utilização prospectiva no processo de planeamento e gestão do território. Para tal procedeu-se à análise em termos de usos e funções ecológicas a evolução de uma área de características sub-regionais, localizada na Península de Setúbal. Trata-se de uma faixa com orientação W-E, abrangida pelas folhas n.º 453 e 454 da Carta Militar de Portugal à escala 1:25 000, tendo sido esta a escala adoptada. Para o momento inicial e para o momento actual, assim como para...

  16. Desenvolvimento de uma metodologia de caracterização ecológica da estrutura de uso aplicável no processo de Ordenamento do Território

    Quinta-Nova, L.C.
    O presente estudo procura contribuir para o desenvolvimento de uma metodologia de gestão com base numa concepção do sistema ecológico que aborda aspectos fisionómicos e de composição específica conjuntamente com a análise de perturbações. O modelo que se pretende construir visa estruturar os dados recolhidos de forma a torná-los operacionais e expressivos de um determinado contexto ecológico. Pretende-se assim: · Desenvolver critérios fisionómicos/estruturais e relativos à composição específica que sejam determinantes para a definição de manchas em termos da sua identidade e particularidade; · Desenvolver descritores para análise da perturbação dos sistemas ecológicos; · Proposta de um modelo matricial de caracterização ecológica do território com...

  17. Castelo Branco Agenda XXI. Diagnóstico para a Sustentabilidade

    Cupeto, C.; Alberto, D.; Quinta-Nova, L.C.; Jacinto, P.; Figueiredo, M.J.; Rodrigues, M.A.; Silva, S.; Maldonado, F.; Gomes, O.; Marco, C.
    O Diagnóstico para a Sustentabilidade do Concelho de Castelo Branco tem dois grandes objectivos: - Apresentar um diagnóstico do Concelho, simples e acessível; - Apontar para as Áreas Estratégicas, em que assentará Castelo Branco Agenda XXI, posteriormente validadas pela comunidade/actores locais. Tem como propósito abranger e integrar num mesmo documento uma descrição actual e representativa dos sistemas ambientais, sociais, económicos e institucionais do concelho de Castelo Branco, resultando na identificação das suas potencialidades e fragilidades. Deste modo, obtém-se a definição das oportunidades e ameaças do concelho, de forma a assentar as grandes opções estratégicas do Desenvolvimento Sustentável, através de um modelo – Castelo Branco Agenda XXI. Assim,...

  18. Avaliação do impacte de fogos florestais nos recursos hídricos subterrâneos

    Ferreira, J.P.L.; Oliveira, M.M.; Novo, M.E.; Laranjeira, I.; Leitão, T.; Henriques, M.J.; Martinho, N.; Quinta-Nova, L.C.; Fernandez, P.; Lopes, M.H.; Paralta, E.; Tujeira, R; Roque, N.; Dias, S.; Mestre, S.; Freire, M.; Galhetas, M.; Gomes, S.; Matos, C.; Gamboa, M.
    O presente trabalho corresponde ao relatório final do Projecto POCI/AGR/59180/2004 “Avaliação do Impacte de Fogos Florestais nos Recursos Hídricos Subterrâneos” e nele se avalia o impacto dos fogos no meio hídrico superficial e subterrâneo, considerando as alterações quantitativas no meio hídrico – escoamento superficial, recarga, evapotranspiração – e de qualidade. Na avaliação da alteração da qualidade das águas consideraram-se como fontes de contaminação os solos ardidos e as cinzas da matéria vegetal ardida, cuja caracterização foi realizada em ensaios de queima e de lixiviação. Os poluentes avaliados foram os elementos inorgânicos, os metais pesados e os hidrocarbonetos. Os trabalhos de campo visaram a caracterização das unidades florísticas das...

  19. Dinamização do desenvolvimento agro-florestal e rural dos baldios da Serra da Gardunha

    Soares, A.; Quinta-Nova, L.C.
    O concelho do Fundão é fortemente marcado pela da Serra Gardunha. A sua importância regional a nível climático e hídrico é notória e o património natural e histórico que encerra, bem como o valor das actividades económicas que se desenvolvem nas suas encostas, particularmente as agro-florestais, fazem desta formação montanhosa um dos recursos concelhios da maior importância. O território da Serra inclui terrenos de titularidade, vocação e aproveitamentos diversos. Mantendo alguns dos usos uma certa vitalidade que infelizmente não se reflecte a nível demográfico. Os distintos aproveitamentos que actualmente se fazem da serra não estão articulados nem submetidos a nenhum sistema integrado de...

  20. Rede Nacional para a Conservação e Utilização das Plantas Aromáticas e Medicinais

    Silva, M.C.A.; Delgado, F.M.G.; Caldeira, R.; Alberto, D.; Silva, I.C.; Oliveira, M.R.; Jacinto, P.
    Relatório final desenvolvido no âmbito do Programa AGRO, Medida 8 - Desenvolvimento Técnológico e Demonstração, Acção 8.1 - Desenvolvimento Experimental e Demonstração (DE&D), 2.º Concurso Público - 2003

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.