Recursos de colección

Repositório do ISPA Instituto Superior de Psicologia Aplicada (11.224 recursos)

No Repositório do ISPA pode encontrar diversos tipos de documentos, em formato digital, resultantes da produção científica do ISPA designadamente: teses de doutoramento, teses de mestrado, artigos em publicações periódicas nacionais e internacionais, relatórios técnicos, artigos em actas de conferências nacionais e internacionais e capítulos de livros.

Artigos em revistas nacionais

Mostrando recursos 1 - 20 de 42

  1. O clínico e a prevenção em seropositivos

    Vila Real, Ângela
    A relação clínica com seropositivos levanta ao psicólogo problemas de difícil superação do ponto de vista técnico e humano que se prendem com as limitações e os sentimentos de impotência que a morte impõe. A abordagem é feita no sentido de apontar estas dificuldades e as defesas que geralmente desencadeiam.

  2. Império do moderno, império do sentido

    Leal, Isabel Pereira
    Inexistente

  3. A incidência e detecção de perturbações mentais em detidos cumprindo medida pré-sentencial: Um modelo para investigação

    Roesch, Ronald
    Não se põe a questão de que há necessidade de serviços de apoio em Saúde Mental no Sistema da Justiça Criminal, mas é de salientar que é preciso precaução antes de iniciar estes programas. A partir do momento em que um Programa de Saiide Mental extensivo a uma prisão é iniciado, é fácil passar a ver toda a gente nesse Estabelecimento com necessidade de serviços de apoio em Saúde Mental. Não é de facto o caso, e devemos ter cuidado em não divergir toda a nossa atenção de outras necessidades sentidas nas prisões, nomeadamente programas profissionais e educacionais. Quando se trabalha num determinado sistema é comum um excesso de enfoque no mesmo, definindo...

  4. A psicologia comunitária e o sistema judicial: Uma nova forma de olhar e intervir sobre a delinquência

    Veríssimo, Manuela
    Este artigo apresenta as teorias da Psicologia Comunitária sobre o problema da delinquência, ao mesmo tempo que apresenta alguns dos programas que esta tem vindo a implantar junto do Sistema Judicial. Salienta-se o facto de todos estes programas visarem não só diminuir a delinquência mas também contribuir para uma mudança profunda nos objectivos e formas de trabalhar neste sistema.

  5. ANOVA: Centro de apoio e intervenção na crise para crianças vítimas de maus tratos

    Coimbra, Alexandra; Faria, Ana; Montano, Teresa
    Neste artigo, são apresentadas de uma forma sumária as directrizes de funcionamento da ANOVA - Centro de Apoio e Intervenção na Crise para Crianças Vítimas de Maus natos. Na base da formulação do projecto que deu origem ao Centro estiveram os conceitos teóricos da Psicologia Comunitária (McGee, 1974; Rappaport, 1977; Caplan, 1980; Gottlieb, 1981; Repucci, 1987; e outros). Destaca-se a importância do desenvolvimento simultâneo de medidas de avaliação, suporte e encaminhamento junto das famílias que maltratam. Priveligia-se ainda todas as acções directas junto das crianças e dos pais através de visitas domiciliárias, intervenção na crise (equipa móvelAinha telefónica a 24 horas) e outras.

  6. Centro de crise - Apoio a mulheres violadas e espancadas, CRL: Apresentação do projecto

    Rocha, Teresa Loureiro; Vieira, Margarida; Rangel, Isabel Rocha
    O Centro de Crise tem como objectivo prestar apoio psicológico, social, jurídico e médico a mulheres vítimas de violação e/ou espancamento, de forma a permitir a sua reabilitação tanto psicológica como social, proporcionando a reconstrução das suas vidas. Visa-se paralelamente conseguir um processo de sensibilização e informação que facilite uma evolução das mentalidades e permita a denúncia destas formas de violência sobre a mulher.

  7. Violação e espancamento: Mitos e consequencias

    Rocha, Teresa Loureiro; Vieira, Margarida
    Neste artigo as autoras pretendem mostrar e resumir algumas das principais teorias sobre a temática da violação, teorias que embora orientadas por diferentes princípios teóricos entram em concordância no que se relaciona com a sintomatologia apresentada pelas vítimas. Também foram descritas as mais importantes reacções emocionais como consequência do espancamento e clarificados alguns mitos, de modo a que a problemática seja inteiramente entendida.

  8. Redes Sociais: Apresentação de um instrumento de investigação

    Coimbra, Alexandra
    O bem estar do indivíduo está intimamemte ligado com a sua rede social. No entanto, esta não 6 necessariamente um sistema social de apoio. Neste artigo, apresenta-se a Entrevista sobre Redes Sociais, instrumento de investigação que tem por base onze pontos principais (Informação demográfica; delineação da rede social total; ajuda recebida; ajuda fornecida; negatividade da rede; duração das relações; delineação do sub-grupo; informação sobre a frequência de interacção; intimidade; actividades, mutualidade, satisfação e obrigação; densidade). A Entrevista sobre Redes Sociais fornece informação não só sobre a estrutura da rede social total e da rede social de apoio funcional como também sobre a qualidade das relações existentes ao nível destes dois tipos de estrutura de rede.

  9. Desinstitucionalização: Empowerment e inter-ajuda: O papel dos técnicos de saúde mental no século XXI

    Rappaport, Julian
    Inexistente

  10. Reabilitação psiquiátrica: Filosofia, princípios e investigação

    Unger, Karen
    O modelo de reabilitação psiquiátrica tem sido reconhecido e escolhido por diversos técnicos como um dos melhores métodos de trabalho com doentes mentais. Embora se trate de um campo recente, possui já um corpo teórico sólido e numerosas investigações provaram a validade dos seus princípios e técnicas.

  11. Comunidade: nota de abertura

    Ornelas, José H.
    Inexistente

  12. Do romantismo da loucura a sua transinstitucionalização - Apresentação de um projecto comunitário com esquizofrénicos

    Ornelas, José H.
    Inexistente

  13. A crise das instituições portuguesas: no rumo duma metodologia de intervenção institucional

    Ribeiro, Maria Margarida
    Existe entre nós, portugueses, o sentimento generalizado de que as nossas Instituições funcionam mal. Na procura de uma «mudança institucional», começaremos por tentar definir alguns contornos precisos dessa crítica generalizada à luz das teorias institucionais, essencialmente as de influência analítica. Seguidamente traçaremos os pontos fundamentais de uma nova Metodologia de Intervenção, influenciada esta, essencialmente, pelo modelo Grupanalítico. Um trabalho mais aprofundado sobre esta Metodologia, e que foi por nós já realizado, será objecto de um outro artigo.

  14. O parasitismo social no rato: Papel das "estratégias" individuais de resposta operante

    Soczka, Luís
    Os autores verificaram que a diferenciação do comportamento em ratos colocados aos pares numa situação de competição alimentar com solução instrumental, está correlacionada com o tipo de «estratégias» de resposta operante que os sujeitos adoptam individualmente. Estas «estratégias» parecem ser adaptativas à situação, e é possível alterá-las modificando o programa de reforço utilizado. Os autores analisam os resultados comparando-os aos de vários investigadores que se debruçaram sobre este problema do parasitismo social, quer no rato quer noutras espécies. ------- ABSTRACT ------ The authors found that the behavioural differenciation in pairs of rats submitted to food competition in an operant setting, is correlated with the type of "strategy" adopted by each subject. Such strategies seem to be...

  15. O intoxicado face ao poder: Relação entre dois espaços discursivos

    Vieira, António
    Dans cette communication polémique, l'auteur soulève tout d'abord cette question majeure: pourquoi, dans les societés sans histoire, les groups minoritaires qui i étaient (et y sont) investis du droit de prendre des allucinogènes, étaient-ils protégés par la Communauté, dont ils enrichissaient la connaissance en récoltant des matériaux mythogéniques? Tandis que, dans la modernité occidentale, la signification de l'extase est toute autre, les minorités d'intoxiqués étant réprimées et refoulées en marge? Les états extatiques de l'intoxiqué des sociétés traditionelles sont documentés par des fragments empruntés au Rigveda - dont plusieurs poèmes décrivent l'expérience de l'initié ayant pris le some, jus d'une plante que produit l'extase. Le désenchantement de l'intoxiqué "moderne" est documenté surtout par des citations de Baudelaire,...

  16. A política do êxtase

    Georges, Lapassade; Silva, Manuel Tavares da; Soczka, Luís
    Dans cet entretien, conduit par M. Tavares da Silva et L. Soczka, Georges Lapassade aborde les problèmes politiques, pédagogiques et institutionels de l'Université de Vincennes. où ce dernier est professeur; l'aítitude des courrants politiques dominantes à Vincennes face au problème de la drogue esí analysée. Les parellélismes entre l'expérience de la drogue, notamment des substances allucinogènes, et lu bioérzergie sont discutés. Georges Lapassade décodifie l'aspect idéologique du discours du Pouvoir face à la drogue, et conclut à la necessité d'une politique de l'extase.

  17. Famílias de fármaco-dependentes: Observações preliminares

    Sampaio, Daniel; Camilo, Maria de Jesus Assis; Fazenda, Maria Isabel; Gameiro, José
    Dans le présent travail les auteurs étudient les relations interpersonnelles dans les familles de toxicophilliques qui se sont présentés au Service de Psychiatrie de l'Hôpital Universitaire de Santa Maria, à Lisbonne. Les auteurs décrivent I'arrivée des familles à la consultation et les différents types d'crccueil et d'appui fournis par l'équipe: entretiens initiaux, groupe de parents et appui psychotherapeutique. La deuxième partie de l'article est dediée à l'analyse des données dégagées des entretiens avec les familles d'addescents qui se sont présentés à la consultation. Les auteurs étudient la reaction de la famille. en bloc, et de chacun de ses éléments, au problème de la toxicophillie, et le rôle de l'équipe médico-sociale dans la résolution de ce problème...

  18. O associativismo dos imigrantes em Portugal

    Albuquerque, Rosana; Ferreira, Lígia Eunice Almeida Évora; Viegas, Telma
    Inexistente

  19. Emprego e inserção social das pessoas com deficiência na sociedade do conhecimento: Contributo ao estudo da inserção social das pessoas com deficiência em Portugal

    Sequeira, Arménio; Maroco, João; Rodrigues, Catarina
    O emprego das pessoas com deficiência constitui hoje, nas sociedades ocidentais, um dos mais relevantes desafios sociais. Tal importância, contudo, não se tem feito acompanhar da vontade política e dos estudos e investigações que garantam e sustentem a socialmente necessária, e frequentemente designada, urgente intervenção. Numa sociedade do conhecimento e num quadro de desenvolvimento económico, definido, pelo genérico dos discursos, como de globalização, e dos seus efeitos no emprego-inserção social em diferentes regiões, países, grupos e pessoas, a necessidade e importância de melhor conhecer, para melhor intervir, os contextos, os grupos e as pessoas com deficiência é social, ética e economicamente fundamental. Considerando-se, nesta abordagem, a deficiência como um conceito social...

  20. A saúde mental na inserção social da pessoa com cegueira adquirida

    Silveira, Maria João; Sequeira, Arménio
    As problemáticas dos processos de inserção das pessoas com deficiência constituem hoje tema de discursos políticos e sociais, mas também assunto de profundo interesse de estudiosos e investigadores das áreas das ciências humanas e sociais. Diferentes trabalhos mostram a importância de investigações onde a diferenciação dos contextos e das deficiências sejam preocupação de relevo. A cegueira, neste quadro, apresenta especificidades que importa melhor conhecer para intervir. Realçam-se, neste estudo, os factores de controlo pessoal sobre as envolventes físicas, sociais e económicas. Por outro lado, a cegueira parece induzir mais vulnerabilidade à ansiedade, dificuldades adaptação social e depressão que, quando se prolongam, parecem provocar consideráveis níveis de dependência e isolamento. Face a tal quadro numa maior...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.