Recursos de colección

RepositóriUM Universidade do Minho (59.483 recursos)

O RepositóriUM é o repositório institucional da Universidade do Minho, constituído com o objectivo de armazenar, preservar, divulgar e dar acesso à produção intelectual da Universidade do Minho em formato digital. O RepositóriUM pretende reunir, num único sítio, o conjunto das publicações científicas da UM contribuindo desse modo para o aumento da sua visibilidade e impacto e garantindo a preservação da memória intelectual da Universidade do Minho.

CEH - FC - Comunicações

Mostrando recursos 1 - 18 de 18

  1. A medicalização do sagrado no século XIX português

    Curado, J. M.

  2. Da linguagem à cultura : globalização e diversidades culturais

    Rocha, Acílio da Silva Estanqueiro

  3. Two texts on dance

    Moura, Vítor
    The subject of representation in the arts is as old as art itself. Is the acknowledgement of what an artistic object is supposed to represent – if anything – an intrinsic part of aesthetic experience? The suitability of either a negative or a positive answer to this tricky question differs widely across the arts and makes it very difficult to achieve a satisfactory all-inclusive reply. A way to deal with the problem has been to adapt the very notion of “representation” in order to make it adjustable to all arts in a kind of “variable geometry” of the concept.

  4. Scientists, our greek slaves

    Curado, J. M.

  5. O destino trágico da lógica portuguesa no século XX

    Curado, J. M.

  6. O problema da consciência em Bombarda

    Curado, J. M.
    Bombarda foi autor de um livro sobre a consciência humana em que expõe as perplexidades de boa parte dos intelectuais do século XIX perante esse assunto. Esta teoria da consciência garante ao seu autor não ser surpreendido pelo comportamento dos seres humanos. A consciência e a liberdade são duas ilusões muito espalhadas pelo mundo. Um sinal de como a consciência é ilusória revela-se na sua incapacidade de compreender como o comportamento é determinado e não livre. Bombarda não acredita na transparência da consciência a si mesma porque é um crente total na transparência do humano à luz do inquérito racional....

  7. O mito da tradução automática

    Curado, J. M.
    A comunicação com o título O Mito da Tradução Automática é um diagnóstico dos problemas filosóficos que os recentes programas computacionais de tradução fazem nascer. Alguns desses problemas são os seguintes: o problema do contexto e da relevância (frame problem), os motivos da crença na possibilidade da tradução, a investigação em algoritmos com capacidade de formalizar as operações cognitivas do ser humano. O argumento desenvolve-se com o apoio do estudo de casos antigos e recentes do trabalho do tradutor. Assim, são estudados com detalhe dois vultos das ciências portuguesas até agora quase exclusivamente conhecidos por investigadores estrangeiros: um dos...

  8. Os desafios das ciências da mente

    Curado, J. M.

  9. O futuro de Deus

    Curado, J. M.
    Esta conferência é um longo comentário ao Canon Episcopi, de Regino de Prüm. Defende-se que só existe uma forma de religião em todos os povos da terra. Esta tese é rara e está contra todas as ideias habituais sobre a diversidade religiosa dos povos. Defende-se, igualmente, que a religião organizada tem afinidades muito profundas com a ciência moderna e que, de facto, uma é um rosto da outra. Esta tese também é rara e está contra todas as ideias habituais sobre a ciência moderna. Tendo isto em atenção, propõe-se uma reflexão sobre o futuro de Deus e o futuro dos...

  10. Infidelidade

    Curado, J. M.

  11. Onde está o medo?

    Curado, J. M.

  12. Pessoas transparentes, bases de dados e biometria

    Curado, J. M.
    A consciência subjectiva é o aspecto da vida mental mais difícil de compreender. Não tem paralelo na ordem natural conhecida. É uma realidade única; não se conhece outra semelhante. Cada pessoa é um indivíduo irrepetível e único. Não se sabe por que razão existe consciência, quando poderia não existir, e não se sabe porque é como é, quando poderia ser de infinitos outros modos. Apesar desta ignorância, novos conceitos, tecnologias e formas de organização política estão a alterar o estatuto de singularidade da experiência subjectiva. É feito um inventário de grupos tecnológicos que têm como objectivo alterar a consciência natural...

  13. O Ataque aos tribunais pelos psiquiatras portugueses de Oitecentos

    Curado, J. M.

  14. O ataque biométrico às pessoas

    Curado, J. M.

  15. O Cavalo e a jovem rapariga

    Curado, J. M.; Curado, Ana Lúcia
    A história do cavalo e da jovem rapariga é contada por Ésquines no contexto de um caso jurídico. Esta comunicação propõe mostrar que a história contada no Contra Timarco tem vários níveis de leitura. A interpretação moralista que o próprio Ésquines oferece revela que o seu significado último já se tinha perdido no séc. IV a. C. Os eventos narrados têm elementos muito antigos ligados às ideias sobre o feminino e às transgressões de tabus sexuais. A leitura que oferecemos defende o ponto de vista de que a donzela e o cavalo são arquétipos intemporais do ser humano.

  16. Seis passos na periferia : reflexões sobre a Europa do conhecimento

    Curado, J. M.
    Comunicação apresentada no V Simpósio Galaico-Português de Filosofia, Maio 2004.

  17. Estruturas de governação

    Curado, J. M.
    Comunicação apresentada no Curso de Defesa Nacional 2006, Instituto da Defesa Nacional, a 2 Dezembro 2005.

  18. O sermão do finalista

    Curado, J. M.
    Comunicação apresentada nas IV Jornadas de Línguas Estrangeiras Aplicadas, a 24 Nov. 2005, em Braga.

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.