Recursos de colección

Repositório do Instituto Politénico de Castelo Branco (13.947 recursos)

O Repositório Científico do Instituto Politécnico de Castelo Branco tem como objectivos fundamentais a divulgação, a preservação em formato digital e a partilha do conhecimento científico gerado na instituição, constituindo-se numa ferramenta de valor acrescentado porque permite aumentar a visibilidade e o impacto da investigação desenvolvida.

ESALD - Comunicações em encontros científicos e técnicos

Mostrando recursos 1 - 20 de 26

  1. Qual o melhor método de extracção de DNA de echinococcus granulosus?

    Roque, Cláudio; Beato, Sílvia; Parreira, R.; Belo, João; Grácio, M. A. A.
    O céstode E. granulosus, agente causal da hidatidose/equinococose, está presente em diversas espécies de animais e, acidentalmente, em humanos. Este apresenta uma grande variabilidade genética, com dez genótipos diferentes descritos (G1 – G10), onde alguns destes já são considerados novas espécies. Estes genótipos encontram-se distribuídos um pouco por todo o mundo, inclusive Portugal. O presente trabalho teve como objectivo comparar diferentes métodos de extracção de DNA para E. granulosus, para optimização das técnicas de PCR utilizadas na sua caracterização molecular. Procedeu-se à extracção de DNA de 20 amostras usando 3 kits comerciais, “High pure PCR template preparation kit”, “Easy spin kit”,...

  2. Frequência de isolados clínicos de escherichia coli produtores de β-lactamases de largo espectro

    Freitas, Francisco; Ribeiro, J. M.; Queirós, A. M.; Silva, Manuela
    Foi objectivo deste estudo determinar a frequência de isolados de E. coli produtores de β-lactamases de largo espectro (ESBLs) tanto em infecções nosocomiais como da comunidade, e avaliar a susceptibilidade aos antibióticos entre as estirpes produtoras e não produtoras de ESBLs. Dos 131 isolados investigados apenas 9 (6.8%) se enquadraram nos critérios definidos pelo CLSI para screening de ESBLs, e a sua presença foi confirmada por Etest ESBL. Estes isolados provieram maioritariamente de infecções da comunidade em doentes com idade avançada e história de hospitalização prévia. A maioria (66.6%) mostrou resistência simultânea aos β-lactâmicos estudados, às quinolonas e aos aminoglicosídeos.

  3. Epidemiologia e susceptibilidade aos antibióticos em isolados de S. aureus meticilina-resistentes

    Freitas, Francisco; Ribeiro, J. M.; Alves, Mónica; Bento, Celeste; Silva, Manuela; Ribeiro, João
    É sabido que num mesmo país a prevalência de S. aureus meticilina-resistentes (SAMR) varia substancialmente de um hospital para outro. De modo a compreender a epidemiologia e a resistência aos antibióticos dos isolados SAMR no Hospital S. Teotónio – Viseu, conduzimos um estudo retrospectivo (2000-2001) através da análise da base de dados do laboratório (MODULAB IZASA), que permite obter dados demográficos acerca dos pacientes, e padrões de resistência dos isolados de S. aureus. A identificação das estirpes foi efectuada com o sistema Vitek (bioMérieux, Marcy L’étoile, France) e galerias BBL+ (Beckton Dickinson, Cockeysville, Maryland, USA). Para a susceptibilidade antimicrobiana recorreu-se ao sistema Vitek e ao método de difusão de disco (Kirby-Bauer). Foram seguidas as...

  4. URAP: panorama atual

    Figueiredo, Ana; Magalhães, Carla; Carvalho, Fátima; Mendes, Nélia; Castanheira, Sandra; Rodrigues, Abel
    O trabalho apresentado tem como objectivo caracterizar a realidade a nível nacional das Unidades de Recurso Assistencial Partilhadas (URAP), no que respeita há Estrutura Orgânica, Dinâmica da URAP, Organização, Avaliação, Formação. Pretendeu-se com este trabalho identificar o panorama das URAPs a nível nacional, as suas peculiaridades e diferentes formas de funcionamento nos diversos contextos regionais, de modo a incluir-se na reflexão sobre a situação atual e o futuro das unidades. Para tal, efectuaram-se contactos telefónicos com os coordenadores da URAP nas diferentes ARS, com base numa entrevista semi-estruturada contemplando cinco dimensões: Estrutura orgânica, Dinâmica da URAP, Organização, Avaliação e Formação. A amostra foi...

  5. Indicadores de qualidade e práticas de cuidados de enfermagem nos cuidados de longa duração

    Grilo, Eugénia; Mendes, Felismina
    Pretendeu-se com este estudo dar a conhecer a realidade dos Cuidados de Longa Duração numa determinada área geográfica do país e alertar os responsáveis e decisores políticos para a necessidade de um novo olhar sobre os cuidados de saúde prestados nestes contextos. Estudaram-se seis estruturas residenciais para idosos e os rácios de cuidados de enfermagem e os discursos dos atores foram interpretados à luz dos indicadores de qualidade disponibilizados pelo European Centre for Social Welfare Policy and Research. O número de horas de cuidados de enfermagem apresenta um défice muito elevado. O melhor rácio, de 0,17 horas por dia e...

  6. Desafios intergeracionais: da comunidade para as instituições?

    Pinheira, Vítor
    O aumento da esperança de vida e o envelhecimento da população são desafios à capacidade de suporte intergeracional nas sociedades desenvolvidas. A idade, a incapacidade funcional e a deterioração do estado de saúde são fatores de institucionalização. O envelhecimento ativo, ao preservar a autonomia e funcionalidade, permite manter os indivíduos nas suas comunidades. As mudanças na estrutura das famílias e a crescente mobilidade dos seus elementos colocam novos problemas, para os quais são necessárias novas respostas. OBJECTIVOS: Identificar formas de manutenção da funcionalidade, monitorizar a autonomia após institucionalização e Identificar modelos alternativos. MATERIAIS E MÉTODOS: Apresentam-se dados de 2 estudos....

  7. Relação entre medidas de resultados centrados na pessoa e medidas clínicas convencionais em indivíduos com osteoartrose do joelho

    Afonso, G.; Gonçalves, R.
    OBJECTIVOS: Analisar a relação entre medidas clínicas convencionais da fisioterapia, testes funcionais e medidas genéricas e de condição específica do estado de saúde, bem como examinar o poder preditivo das medidas clínicas convencionais e dos testes funcionais nas medidas genéricas e de condição específica do estado de saúde, em indivíduos com osteoartrose (OA) do joelho. RELEVÂNCIA: Os resultados dos cuidados de fisioterapia prestados a indivíduos com OA do joelho são vulgarmente medidos através de medidas clínicas convencionais e testes funcionais, embora não se conheça claramente a adequação destas medidas para estimar a percepção global do indivíduo face ao seu estado de...

  8. Impacto da dor lombar na capacidade funcional e qualidade de vida relacionada com a saúde nos educadores de infância do distrito de Évora.

    Manguinhas, S.; Rodrigues, A.
    OBJECTIVOS: Avaliar o impacto da dor lombar na capacidade funcional e qualidade de vida relacionada com a saúde nos educadores de infância do distrito de Évora. RELEVÂNCIA: Constatamos que os educadores de infância procuram frequentemente cuidados de fisioterapia com queixas de lombalgias e que na sua actividade assumem frequentemente posturas de risco para a coluna lombar. Não temos conhecimento de estudos em Portugal que investiguem o impacto da dor lombar neste grupo profissional. AMOSTRA: De uma população de 312 educadores, 207 participaram no estudo, ficando a amostra constituída por 185, após aplicados os critérios de exclusão. METODOLOGIA: Estudo de levantamento, transversal, exploratório e...

  9. Contributo para a validação do knee injury and osteoarthritis outcome score (Koos) em desportistas com lesão no joelho

    Almeida, T.; Gonçalves, R.
    OBJECTIVOS: Contribuir para a validação da versão portuguesa KOOS para uma população de desportistas com lesão do joelho, avaliando as suas propriedades psicométricas. RELEVÂNCIA: O KOOS é um questionário auto-administrado desenvolvido para pacientes mais jovens e/ou mais activos com lesão e/ou osteoartrose no joelho introduzindo as dimensões funcionalidade no desporto e lazer e qualidade de vida relacionada com o joelho. AMOSTRA: No estudo participaram 42 desportistas, (sexo: 10 mulheres, 32 homens; idade: 26,38±8,79 anos) que sofreram lesões no joelho e que se encontravam a receber cuidados de fisioterapia. METODOLOGIA: O KOOS foi administrado em três ocasiões separadas, com um intervalo de 48 horas...

  10. Adaptação e validação cultural do Oxford 12 item knee score

    Tomás, A.; Gonçalves, R.
    OBJECTIVOS: Adaptar cultural e linguisticamente o OKS e avaliar as propriedades psicométricas. RELEVÂNCIA: Necessidade de um questionário simples e validado que permita perceber a opinião do paciente e identificar factores que influenciam os resultados da colocação de prótese no joelho. AMOSTRA: 30 indivíduos adultos com prótese total no joelho. METADOLOGIA: A adaptação cultural e linguística incluiu traduções, retroversões, revisão pelo painel de peritos e pré-teste. A versão portuguesa do OKS foi então administrada em duas ocasiões separadas com um intervalo de 2 a 4 dias. Na primeira ocasião, foi ainda administrado o Medical Outcome Study-Item Short Form Health (MOS SF-36), o Knee Injury...

  11. Efeitos do exercício terapêutico em água vs terra no tratamento da doença venosa crónica: um protocolo de exercício estruturado

    Vieira, André; Crisóstomo, Rute; Pires, Diogo
    Introdução: O exercício terapêutico é descrito como uma intervenção benéfica no tratamento de Insuficiência Venosa Crónica (IVC). Os seus objectivos relacionam-se com a otimização da bomba muscular venosa, contudo é dada pouca relevância ao tipo de exercício e aos seus efeitos a curto/médio prazo. Objectivos: Avaliar os efeitos do exercício estruturado em água e no solo em sujeitos com IVC. Métodos/Desenho: Trata-se de um estudo longitudinal controlado, cuja amostra será constituída por pessoas entre os 18-65 anos diagnosticadas com IVC categorizada entre C3_5 na classificação Clínica Etiológica Anatómica e Patológica (CEAP), que preencham os critérios de seleção e assinem o consentimento...

  12. Fisiowalking: equilíbrio e marcha

    Leitão, Catarina; Vivas, I.; Pinheira, Vítor
    Introdução: Segundo dados recentes da literatura, o exercício físico é das intervenções mais eficazes para diminuir e atrasar os efeitos da incapacidade associados ao envelhecimento (1). Diversos estudos apontam que o treino de exercício multidimensional quando realizado em espaços verdes, traduz-se em maiores ganhos em termos físicos e mentais para as populações envolvidas (2-5). Objectivos: Promover a saúde das pessoas com idade ≥ 65 anos; Instituir o hábito da atividade física regular em grupo e em espaços verdes, alertando para a importância da realização regular de atividades aeróbias, com exercícios posturais, de equilíbrio, treino propriocetivo e relaxamento; Aumentar a dinâmica...

  13. Qualidade de vida da população idosa em tratamento de hemodiálise: papel da Fisioterapia

    Branco, Diogo; Clemente, Paulo; Pinheira, Vítor
    O envelhecimento é um processo biológico e psicológico que afeta os indivíduos a nível pessoal, familiar e social. É um processo de perda gradual das funções orgânicas. É considerado multi-dimensional e multifatorial, em que condições crónicas são uma realidade, podendo originar incapacidade e restrição da participação dos sujeitos. O exercício terapêutico apresenta-se como uma intervenção eficaz para a redução e atraso dos efeitos da incapacidade associados ao envelhecimento. A intervenção da fisioterapia em unidades de hemodiálise não é, ainda, uma realidade comum, apesar de alguns estudos internacionais referirem a existência da mesma. Inclusivamente, em Portugal, o Fisioterapeuta não consta na equipa de técnicos recomendados para estas unidades. Objetivo: Pretendeu-se...

  14. A concretização do Processo de Bolonha no IPCB

    Ramos, A.; Cruchinho, A.; Delgado, F.M.G.; Ramos, George; Pereira, Paula; Sapeta, Paula; Afonso, Paulo
    O presente artigo expõe os dados relacionados com a metodologia seguida pelo IPCB para acompanhar a implementação do Processo de Bolonha na Instituição, assim como os indicadores utilizados para a realização do relatório anual. São apresentadas as estratégias adotadas por cada Unidade Orgânica para a transição entre planos curriculares, nomeadamente a metodologia para adoção de ECTS e para adaptação aos novos ciclos de estudos. Aborda-se ainda a estratégia centralizada de acompanhamento do Processo e de planificação de iniciativas que envolvem todas as Unidades Orgânicas. Posteriormente é apresentada a evolução sentida em diversas matérias como as mudanças pedagógicas, a evolução das...

  15. (Re) Adaptação de vida dos doentes após enfarte agudo do miocárdio

    Coelho, Patrícia
    A isquémia do miocárdio é uma das doenças que mais mata em Portugal. Contribuem para ela os fatores de risco, que tanto se tentam esbater, mas que impiedosamente conseguem permanecer e superar todas as atividades que possam ser feitas para a sua eliminação. A reflexão sobre este tema leva-nos a pensar sobre uma problemática que poderá ser preocupante face aos impactes na adaptação da vida dos indivíduos jovens após terem sofrido um enfarte agudo do miocárdio (EAM). A condição física destes doentes deixa de ser a mesma e muitos ficam incapacitados para determinadas funções. A partir deste momento passa a haver necessidade...

  16. Diagnóstico por mamografia: novos desafios

    Pereira, Ana Catarina Martins; Cardoso, António Nuno Laia
    Nos últimos anos tem-se verificado um aumento dos casos de cancro da mama, no entanto a mortalidade tem diminuído, especialmente nos países industrializados, para este facto muito contribuiu a implementação de programas de rastreio do cancro da mama. Neste contexto a mamografia e a ecografia são meios para um diagnóstico precoce. Atualmente têm surgido novos desenvolvimentos nas técnicas de imagem, ao nível da mamografia e ecografia. São abordadas a Tomossíntese Digital da Mama, ecografia volumétrica da mama e Elastografia da mama, que poderão ter um futuro promissor no incremento do diagnóstico do cancro da mama.

  17. Efeito de uma classe de movimento em pessoas idosas institucionalizados

    Pinheira, Vítor; Coutinho, António; Martins, Cláudia; Barata, Gonçalo; Batista, Joana; Duarte, Mariana
    Objectivo: Avaliar os efeitos de uma classe de movimento na força muscular, flexibilidade, equilíbrio, medo de queda, estado de saúde/qualidade de vida e desempenho físico, em pessoas idosas residentes em instituições para a terceira idade. Amostra: Amostra de conveniência constituída por 30 idosos, com uma média de idades de 79,40 ±1,37 anos, um IMC médio de 24,66 kg/m2 e que obtiveram uma pontuação mínima prévia de 10 pontos no Timed Up and Go Test. Material e Métodos: Estudo longitudinal, comparativo com dois momentos de avaliação, antes e após a realização da classe de movimento, em que o protocolo utilizado teve a duração...

  18. Comparação dos efeitos de dois protocolos de exercícios, em meio aquático e no solo, na mobilidade funcional, risco e medo de quedas e estado de saúde geral de pessoas idosas

    Pinheira, Vítor; Pinto, Ana Sofia; Almeida, Luísa
    O envelhecimento determina a necessidade de intervenções no âmbito da promoção da saúde. Com o avançar da idade, a deterioração estrutural e funcional ocorre na maioria dos sistemas fisiológicos, mesmo na ausência de doença. Alterações do equilíbrio, mobilidade limitada e medo de quedas são frequentemente mencionados como principais factores de risco de quedas, contribuindo para o risco de fracturas, admissões hospitalares, requisição de cuidadores, institucionalização e até morte. A evidência sugere que a actividade física regular traz benefícios substanciais à saúde dos idosos. Materiais e Métodos Estudo comparativo e longitudinal. Amostra de conveniência, constituída por 25 indivíduos, residentes na comunidade. Os sujeitos...

  19. A intervenção na comunidade na formação dos fisioterapeutas: a experiência da ESALD - Castelo Branco

    Figueiredo, Ana; Pinheira, Vítor
    A intervenção dos fisioterapeutas no âmbito da Saúde na Comunidade deve ter por objectivos a promoção da saúde, a prevenção da doença e a intervenção com indivíduos e grupos. Devem estar presentes princípios como proximidade, acessibilidade, multidisciplinaridade, parcerias e indivíduos e populações. Esta intervenção pode ser prestada ao nível dos Cuidados de Saúde Primários, sendo os Centros de Saúde/Unidades de Saúde Familiar um local de eleição para a prestação dos cuidados de fisioterapia. As escolas de fisioterapia têm a responsabilidade de formar profissionais com competências específicas para esta intervenção. Nesse sentido a ESALD tenta, no seu plano curricular, contribuir para...

  20. Novos desafios: desenvolvimento do ensino superior de enfermagem na Europa

    Lourenço, Isabel
    Definição de Enfermagem e o que são cuidados de Enfermagem, breve referência à sua história, bem como uma síntese histórica da Enfermagem em Portugal e a sua evolução até à actualidade. Referindo as várias organizações sindicais e as várias alterações quer de legislação, quer de organização do Ensino da Enfermagem em Portugal, bem como as várias portarias e decretos-lei que as sustentam. Destacando pontos fulcrais na história da Enfermagem em Portugal, que revolucionaram o ensino da Enfermagem e o seu reconhecimento social, como sejam: • 1988 – Integração do ensino de enfermagem no Sistema Educativo Nacional (Dec.-Lei nº 480 de 23 de Dezembro) • 1991...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.