Recursos de colección

Repository ESEPF Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti (2.257 recursos)

The Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Institutional Repository is an on-line platform for collecting, preserving, and disseminating the intellectual output of this institution in digital form.

Mestrado em Ciências da Educação - Educação Especial

Mostrando recursos 1 - 20 de 31

  1. Inter-relação da intervenção com DAE e a formação de professores

    Medeiros, Daniela da Conceição Cabanelas de
    Dissertação de Mestrado em Ciências da Educação - Especialização em Educação Especial, apresentada à Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti

  2. Vivências escolares: modelos organizativos de resposta a alunos com perturbação de hiperatividade com défice de atenção

    Gomes, Sandra Filipa de Malta
    Dissertação de Mestrado em Ciências da Educação - Especialização em Educação Especial, apresentada à Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti

  3. Língua portuguesa como segunda língua para crianças surdas: estratégias educativas

    Ferreira, Carla Sofia
    É de salientar que as crianças surdas deveriam ter acesso a uma linguagem o mais cedo possível, e que devem tirar o máximo dessa mesma linguagem ao mesmo tempo que as outras crianças. Este estudo centra-se na importância da linguagem e comunicação da criança surda de forma a ser desenvolvida de uma forma precoce e eficaz, no sentido de permitir um desenvolvimento integral enquanto sujeito. Nesse sentido, questiona-se as metodologias educativas aplicadas pela escola num contexto de bilinguismo, evidenciando a importância da Língua Portuguesa como 2ª língua. Num momento em que a aplicação do programa de Língua Portuguesa como 2ª língua se inicia...

  4. Software educativo ao serviço das dificuldades específicas de aprendizagem: um estudo de caso

    Sousa, Ana Sofia Vieira de
    As dificuldades de aprendizagem são uma constante nas salas de aula, na atualidade, como é exemplo, a dislexia, assunto a explorar nesta investigação. Os professores deparam-se, cada vez mais, com alunos que apresentam diversas patologias, com as quais não sabem lidar, em muitas situações. A intervenção é, portanto, uma problemática que os professores têm de ultrapassar, para de tal forma se colmatar as dificuldades de cada aluno. É neste contexto que começaremos por explicar como funciona o cérebro de um disléxico, comparativamente com o de um normo-leitor. De seguida, teceremos algumas definições respeitantes às enumeras dificuldades de aprendizagem que envolvem, não obrigatoriamente, a dislexia. Focaremos também a nossa atenção na importância...

  5. Portal CIF: recurso colaborativo no processo de referenciação para a educação especial

    Mateus, Sérgio Miguel Marques Mateus
    A introdução do DL 3/2008 de 7 de janeiro, referente aos apoios especializados a prestar na educação, provocou alterações ao nível do processo de referenciação, tornando a utilização da CIF um elemento obrigatório e fundamental na elegibilidade de um aluno para a Educação Especial. Durante este processo de elegibilidade, os professores de Educação Especial, enquanto elementos de uma equipa multidisciplinar, são por vezes confrontados com alguns problemas que dificultam a evolução do processo de referenciação, condicionando a sua conclusão. As TIC, que ao nível da educação foram introduzidas em diferentes momentos e com diferentes objetivos, são atualmente consideradas recursos fundamentais no âmbito organizativo e de gestão contribuindo para a autonomia e empreendedorismo...

  6. O lúdico como vivência promotora de sucesso em processos de aprendizagem: crianças com défices cognitivos

    Maciel, Paula Raquel de Sousa
    A escola deve responder às particularidades de cada criança adequando os processos de ensino aprendizagem. Para isso, deve fornecer suportes materiais e físicos, bem como implementar medidas para satisfazer os alunos, potenciando a sua autonomia pessoal e social. A abordagem lúdica parece ser um recurso fundamental para a aprendizagem e para o desenvolvimento integral de todas as crianças, incluindo os alunos com deficiência mental. O objectivo principal deste trabalho de investigação procurou compreender o lúdico como vivência promotora de sucesso em processos de aprendizagem na criança com deficiência mental. Este estudo permitiu analisar a importância que a ludicidade apresenta na aprendizagem...

  7. Identidade profissional dos docentes de educação especial: processos de construção

    Matos, Ana Raquel Abreu de
    Este projeto de investigação tem como principal objetivo o estudo da problemática Identidade profissional dos docentes de Educação Especial ao nível dos processos de construção dessa mesma identidade. Por isso construímos um quadro teórico que nos ajudou a compreender e clarificar diversos conceitos subjacentes a esta temática. Como nos diz Santos (2011) a identidade profissional resulta não só dos aspetos coletivos pertencentes ao mundo organizacional e aos processos de referência, mas, é produto, igualmente, das caraterísticas individuais do sujeito, dos seus aspetos e vivências biográficas que o caracterizam como um ser singular que atuará, de forma, única, num mesmo contexto...

  8. Da (in)diferença à intervenção: o contributo da educação intercultural na educação especial

    RIBEIRO, Ana Sofia Salazar de Sousa
    Contemporaneamente, a educação tornou-se um desafio, porque não pode ser pensada como um fenómeno estrutural, mas sim conjuntural, abraçando a efectiva triangulação entre escola-família-comunidade, de forma a espelhar e a evidenciar a diversidade que reflecte o “arco-íris” da nossa sociedade tão fortemente heterogénea (Stoer & Cortesão, 1999). Reconhecemos, desta forma, o papel primordial da escola no desenvolvimento de uma Educação Intercultural e inclusiva. Assim sendo, este estudo procura (re)conhecer os caminhos do “Movimento Escola Inclusiva” e da Interculturalidade, passando pelo entendimento destes fenómenos que se interrelacionam e complementam, incidindo a nossa atenção no âmbito da Educação Pré-escolar. A incidência neste nível educativo tem em consideração a realização de uma investigação acerca do...

  9. O contributo do processo de leitura e escrita no desenvolvimento linguístico da criança com trissomia 21

    PINHO, Rute Maria Fraga do Amaral de Matos
    O estudo tem como objectivo científico, investigar o contributo da aquisição do processo de leitura e escrita, na estruturação do desenvolvimento da linguagem na criança com Trissomia 21. Uma criança portadora desta patologia participou no estudo. Pela primeira vez, vivenciou e explorou a leitura como estratégia centrada na sua individualidade e no desenvolvimento linguístico. Foi utilizado o método de leitura com directrizes do método global – método perceptico-discriminativo, como estratégia pedagógica e científica. O método de leitura é uma adaptação do método de leitura e escrita de Cerro e Troncoso (2004), no sentido de atender às características individuais do participante...

  10. Evolução da linguagem na criança com trissomia 21

    LIMA, Lídia Mónica Cunha
    O presente trabalho intitulado a Evolução da linguagem na criança com Trissomia 21, surgiu pela nossa inquietação em perceber de que forma o professor de Educação Especial promove o desenvolvimento da linguagem na criança com Trissomia 21. No sentido de procurar responder a esta questão, realizamos um estudo de caso com uma criança com Trissomia 21 e deste modo, com recurso à metodologia de entrevistas, tentamos perceber a realidade do professor de ensino regular e de educação especial que trabalham com este aluno. Posteriormente, avaliamos o aluno a fim de traçar o seu perfil, para podermos elaborar estratégias de intervenção...

  11. O sentir dos sentidos: a surdocegueira em questão

    SILVA, Ângela Maria da Cruz
    O presente estudo tem como objectivo aprofundar a temática da surdocegueira que só muito recentemente é reconhecida como condição única e particular. Os comprometimentos que o surdocego apresenta advêm da privação dos dois canais de acesso à informação e ao mundo, daí que o nível de desenvolvimento cognitivo, as possibilidades funcionais de comunicação, a interacção social e a aprendizagem, serão aspectos que determinarão as suas necessidades educativas. Aos profissionais cabe o desafio de potenciar situações geradoras de experiências significativas. A transição para o primeiro ano do primeiro ciclo no ano lectivo de 2009/2010, e a frequência da Unidade de Apoio Especializado a...

  12. Papel do PCT na diferenciação pedagógica e curricular de alunos com DEA/Dislexia

    GORDO, Júlio Manuel Gonçalves
    O presente estudo partiu de preocupações da prática relacionadas com o papel do PCT no desenvolvimento pedagógico e curricular sobretudo de alunos com dislexia. No sentido de se responder à pergunta de partida: “de que forma a diferenciação pedagógica e curricular dos alunos com DEA/Dislexia, é contemplada no PCT?” elaborou-se um quadro teórico onde se começou por discutir o papel da escola recorrendo inclusivamente à sua perspectivação histórica. Esta permitiu perceber a escola actual nomeadamente nas tensões entre os processos de massificação escolar conducentes a uma hegemonia do currículo e os processos de flexibilização curricular. O nosso interesse principal situou-se...

  13. Centro de recursos educativos multimédia na educação de surdos do 2º e 3º Ciclos

    MOTA, Anabela Ferreira
    O presente estudo parte da constatação das dificuldades sentidas pelos professores que trabalham com alunos Surdos no sentido de os motivar para a aprendizagem. Sendo estes alunos pessoas de “experiência visual” pretendemos investigar se os recursos multimédia constituirão um factor de motivação para o processo de ensino-aprendizagem dos alunos Surdos do 2º e 3º Ciclos. Ao partimos do pressuposto que a motivação é fundamental para que o aluno possa construir o conhecimento, consideramos que um Centro de Recursos Multimédia que privilegie o uso das TIC pode favorecer uma maior eficácia no processo de ensino-aprendizagem dos alunos Surdos. Para tal fomos analisar a situação, no ano lectivo 2009/2010, numa Escola de Referência...

  14. Vivências de identidade em adolescentes com trissomia 21

    MAGALHÃES, Cristina Maria Sequeira Prata Barbedo
    A presente dissertação de mestrado procura estudar a problemática geral da adolescên-cia, em jovens com Trissomia 21. A escassez de estudos realizados acerca de auto-percepções de adolescentes com T21 torna pertinente a realização desta dissertação. É nossa intenção ouvir a voz, na primeira pessoa, de um grupo de quatro adolescentes, muitas vezes estigmatizados, olhá-los de uma forma singular e tentar saber como cons-troem as representações de identidade nas vivências do quotidiano. A nossa investiga-ção tem como metodologia de base o estudo de caso, focando um grupo de quatro ado-lescentes com T21. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, em que foram utilizados...

  15. Disortografia: compreender para intervir

    Afonso, Maria de Lurdes Peixoto
    Ao longo do nosso percurso escolar constatámos que as dificuldades de aprendizagem específicas e concretamente «a disortografia» são pouco compreendidas e esquecidas enquanto Necessidades Educativas Especiais. Conscientes desta problemática, centrámos o nosso estudo na compreensão das causas das dificuldades de aprendizagem da escrita; na intervenção específica com uma criança disortográfica; na verificação sobre se as estratégias de intervenção/reeducação contribuiriam para o seu progresso nas competências ortográficas. Adoptámos uma metodologia qualitativa, que seguiu o formato de estudo de caso. Dividimos o trabalho em quatro partes. Na primeira, relativa ao enquadramento teórico, abordámos alguns conceitos e reflexões relacionados com o tema. Na...

  16. Relações de sociabilidade, entre adolescentes, em contexto escolar

    Ribeiro, Célia Carlota Rodrigues Pereira Marques
    Defende-se, actualmente, o princípio da inclusão em educação, ou seja, todos os alunos, apesar das diferenças, devem ter acesso a uma resposta educativa adequada, em contexto escolar. Sabe-se, contudo, que o êxito educativo não se traduz apenas em aprendizagens cognitivas, bem sucedidas, mas num todo que remete para a construção individual de cada aluno, no seio da colectividade. Numa faixa etária bastante complexa, a adolescência, o jovem vê-se, frequentemente, confrontado com diferentes tarefas a realizar, nomeadamente, o reajustamento à sua nova imagem e estrutura corporais, o despertar da sexualidade e a aprendizagem de novas formas de pensamento e de acção. Assim,...

  17. O Envolvimento Parental como um Desafio Fascinante em Educação

    Ferreira, Magda Hersília de Faria de Almeida
    O presente trabalho situa-se no Mestrado em Ciências da Educação especialização em Educação Especial, e visa averiguar de que forma é que um envolvimento parental organizado, consciente das suas funções determina e influencia o desenvolvimento de comportamentos e atitudes realistas nos filhos. Centramo-nos na organização da família como sistema influenciada por subsistemas diversos, que actuam no ciclo da família. Abordamos a noção de parentalidade, o envolvimento que os pais têm com os filhos (entre os oito e os dez anos), o tipo de relações e a sua influência no desenvolvimento do stresse parental, que foi avaliado. Analisamos alguns distúrbios comportamentais...

  18. A leitura e a escrita em crianças com trissomia 21

    Maia, Cristina Rosa Martins
    Este estudo centra-se na intervenção com alunos com Trissomia 21 essencialmente na área da Leitura e da Escrita. A revisão da literatura efectuada aponta para que as crianças com T21 que iniciam a leitura precocemente mostram grande facilidade na aprendizagem visual das palavras. Nesse sentido realçamos o Modelo Perceptivo – Discriminativo de Troncoso & Del Cerro (2004). O trabalho empírico, de natureza exploratória parte de um melhor conhecimento das necessidades educativas especiais de duas crianças com Trissomia 21 que frequentam o 1º e 2º Anos do ensino básico, para tentar mostrar a sua evolução na área da Leitura e da...

  19. Educação assistida por animais : intervenção em crianças com alterações de comportamento

    Mascarenhas, Ãngela Maria Dias de Vilhena e
    A realização deste estudo terá a intenção de levantar a possibilidade e verificar a exequibilidade da implementação de projectos / programas de Intervenções Assistidas por Animais / Educação Assistida por Animais enquanto estratégia pedagógica no actual contexto educativo. Neste caso particular, a problemática sobre a qual se irá incidir é as Perturbações de Comportamento. No quotidiano das escolas sente-se a dificuldade em trabalhar com crianças que se inserem nos perfis destas perturbações, para os quais as habituais medidas para combater a indisciplina raramente surtem efeito e os apoios a nível do desenvolvimento, social, emocional ou cognitivo são escassos ou nenhuns. No campo das IAA procura-se dar a conhecer aos...

  20. Qual a identidade pessoal e social da criança surda com implante coclear

    Correia, Maria Augusta Rodrigues de Andrade
    Esta investigação procura respostas para a questão: qual a identidade pessoal e social da criança surda com Implante Coclear? Na fundamentação teórica, explorámos dois modelos da surdez: o paradigma médico-terapêutico, apologista do Implante Coclear (IC) Multicanal e da reabilitação oral e o modelo sócio-antropológico, encarando a surdez como diferença e defensor do bilinguismo. Este trabalho pretende evitar radicalismos dicotómicos e reunir os elementos considerados vitais de um e de outro paradigmas, conjugando-os eclecticamente, visando a construção integral do surdo. O IC altera a condição funcional, promovendo a audição, a linguagem/ fala e voz que, mediante reabilitação competente e sistemática, pode induzir a construção de uma identidade ouvinte, bilingue, em consonância com...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.