Recursos de colección

Infoteca. Informação Tecnológica em Agricultura (57.024 recursos)

O serviço Informação Tecnológica em Agricultura (Infoteca) reúne e permite acesso a informações sobre tecnologias produzidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), as quais se relacionam às áreas de atuação de seus demais centros de pesquisa. Suas coleções são formadas por conteúdos editados na própria instituição (em forma de cartilhas, livros para transferência de tecnologia, programas de rádio e de televisão), com linguagem adaptada de modo que produtores rurais, extensionistas, técnicos agrícolas, estudantes e professores de escolas rurais, cooperativas e outros segmentos da produção agrícola possam assimilá-los com maior facilidade, e, assim, apropriarem-se de tecnologias geradas pela Embrapa.

Memória Técnica (Embrapa Caprinos)

Mostrando recursos 1 - 20 de 197

  1. Técnicas de plantio mecanizado de forrageiras estoloníferas por mudas.

    ANDRADE, C. M. S. de; SANTOS, D. M. dos; FERREIRA, A. S.; VALENTIM, J. F.
    A renovação ou reforma de pastagens é uma prática necessária na atividade pecuária, seja para reabilitar pastagens degradadas ou para substituir forrageiras antigas por cultivares mais modernas, mais produtivas, de melhor qualidade ou mais adaptadas ao ambiente. O plantio do pasto por sementes é mais simples e prático do que o plantio por mudas, razão pela qual a produção de sementes é um dos critérios mais importantes no melhoramento genético de plantas forrageiras. Entretanto, para forrageiras que não produzem sementes viáveis, o plantio por mudas é a única alternativa. Nesta publicação descrevem-se passo a passo três técnicas de plantio mecanizado...

  2. Medidas gerais de controle de nematóides de batata.

    PINHEIRO, J. B.; LOPES, C. A.; HENZ, G. P.
    Prevenção; Rotação de cultura; Alqueive; Plantas antagonistas; Matéria orgânica; Resistência; Controle biológico; Controle químico; Eficiência relativa das medidas de controle de nematóides.

  3. Compilação de dados do Modeflora para construção de mapas dinâmicos em MicroSD na plataforma GPS Garmin 78.

    FIGUEIREDO, E. O.; PAPA, D. de A.; OLIVEIRA, M. V. N. d'
    Atualmente, o uso do GPS/GNSS nas atividades de inventário e exploração florestal é considerado um procedimento de rotina. Desde o lançamento da tecnologia Modelo Digital de Exploração Florestal (Modeflora) em 2007, foram qualificados mais de 600 profissionais no emprego das técnicas de manejo de precisão em florestas tropicais. Nesse contexto, o navegador GPS passou a ser uma ferramenta de trabalho dos operários das empresas florestais que desenvolvem o manejo com as técnicas preconizadas pelo Modeflora.

  4. Faixas de suficiência para interpretação dos teores de nutrientes foliares em pimenta-longa (Piper hispidinervum) - primeira aproximação.

    WADT, P. G. S.; SILVA, L. M. da; CATANI, V.; FELISBERTO, F. A. V.
    Neste trabalho são apresentadas indicações para a amostragem foliar e primeira aproximação para critérios de interpretação dos teores dos nutrientes em folhas de plantas de pimenta-longa.

  5. Superação de dormência em sementes de amendoim forrageiro cv. BRS Mandobi.

    ASSIS, G. M. L. de; KRZYZANOWSKI, F. C.; AZEVEDO, H. N. de
    O amendoim forrageiro (Arachis pintoi) é uma leguminosa herbácea perene, de ocorrência natural no Brasil, que vem sendo empregada, principalmente, em pastagens consorciadas para alimentação animal e em jardins, como planta ornamental. Por possuir elevados teores de proteína bruta e alta digestibilidade, o amendoim forrageiro contribui para o aumento da qualidade da dieta fornecida aos animais, proporcionando melhorias nos sistemas de produção, como aumento da produtividade de carne e leite (BARCELLOS et al., 2008). Além do incremento na produção, traz como benefício o aumento dos teores de nitrogênio no sistema, por meio da fixação biológica de nitrogênio, realizada por bactérias...

  6. Cultivares de mandioca para produção de farinha no Estado do Acre.

    FLORES, P. S.
    Após a implantação da antiga Unidade de Execução de Pesquisa de Âmbito Estadual (Uepae) de Rio Branco, em 1976, foram iniciados os trabalhos com a cultura da mandioca (Manihot esculenta) no Estado do Acre, visando ao conhecimento real do germoplasma existente e à melhoria dos sistemas de produção. Na oportunidade, foram iniciados estudos de levantamento, identificação, caracterização e avaliação do potencial produtivo de material botânico existente no estado, compondo uma pequena coleção de Manihot esculenta. Na década de 1990, iniciaram-se as avaliações preliminares sobre caracteres agronômicos com a finalidade de definir materiais a serem inseridos em ensaios posteriores para seleção...

  7. Sobressemeadura de Capim-xaraés em pastagem dominada por Amendoim Forrageiro cv. Belmonte.

    VALENTIM, J. F.; ANDRADE, C. M. S. de
    O método de sobressemeadura foi validado em um pasto de capim-braquiarão dominado pelo amendoim forrageiro cv. Belmonte na área da Chácara Rio Branco. Houve aumento da contribuição do capim e redução da proporção do amendoim forrageiro à forragem disponível, além da diminuição das plantas invasoras na pastagem. Para o sucesso na adoção da técnica de sobressemeadura do capim-xaraés em pastagens dominadas pelo amendoim forrageiro é essencial que os produtores tenham acesso à assistência técnica e extensão rural, principalmente no que se refere à aquisição e uso correto de insumos como corretivos, fertilizantes e herbicidas. Isso é particularmente importante para os...

  8. Monitoramento da disseminação genética do rebanho leiteiro no Estado do Acre no período de 2011 a 2012.

    CAVALCANTE, F. A.; CARNEIRO JUNIOR, J. M.; PAPA, D. de A.
    O governo do Estado do Acre vem incentivando a produção de leite com aplicação de algumas estratégias no setor, dado que tem como base pequenos produtores, com importância significativa para o desenvolvimento do estado. O desenvolvimento sustentável da cadeia produtiva do leite no Estado do Acre é limitado, entre outros fatores, pelo baixo nível tecnológico das propriedades, uso de animais sem aptidão leiteira e tímida utilização de práticas higiênicas no momento da ordenha dos animais (CARNEIRO JÚNIOR et al., 2009), o que se traduz em baixa produção de leite e em produto de baixa qualidade. Há mais de duas décadas...

  9. Recomendações básicas para o cultivo da pimenta longa (Piper hispidinervium) no estado do Acre.

    PIMENTEL, F. A.; SOUSA, M. de M. M.; SA, C. P. de; CABRAL, W. G.; SILVA, M. R. da; PINHEIRO, P. S. N.; BASTOS, R. M.
    O objetivo deste trabalho é fornecer informações para o cultivo da pimenta longa no Estado do Acre, proporcionando aos produtores interessados subsídios para exploração da planta em bases técnicas e econômicas.

  10. Recomendação de calagem e adubação para pastagens no Acre.

    ANDRADE, C. M. S. de; WADT, P. G. S.; ZANINETTI, R. A.; VALENTIM, J. F.
    Sistemas rentáveis de criação de bovinos a pasto exigem o uso de pastagens produtivas e bem-manejadas, com alta capacidade de suporte, onde os animais podem consumir um pasto de alta qualidade, capaz de suprir boa parte das suas exigências nutricionais. Porém, a formação e manutenção de pastagens produtivas somente é possível em solos férteis ou corrigidos com a aplicação de calcário e adubos, conforme a necessidade. Esta Circular Técnica é uma atualização e ampliação da recomendação de calagem e adubação para pastagens no Acre, publicada originalmente em 2002, trazendo algumas mudanças nos critérios de interpretação de resultados de análise de...

  11. Normas DRIS multivariadas para avaliação do estado nutricional de Pimenta-Longa.

    WADT, P. G. S.; SILVA, L. M. da; CATANI, V.
    O gênero Piper contém mais de mil espécies que se distribuem no sub-bosque e na vegetação secundária de ?orestas tropicais, principalmente na Ásia e América Tropical (WADT et al., 2004). Na Amazônia Sul-Ocidental o gênero Piper também é abundante, destacando-se entre as espécies conhecidas a pimenta-longa (P. hispidinervum), cujo principal produto comercial é o safrol. Sua produtividade depende da produção de biomassa, do teor de óleo essencial na biomassa e do teor de safrol no óleo essencial. Em condições naturais, a variabilidade do teor de safrol no óleo essencial é baixa, com coe? ciente de variação de 2,58% (MIRANDA, 2001)....

  12. Metodologia científica: cultivo in vitro de unha-de-gato.

    RAPOSO, A.; TEIXEIRA, R. B.
    2011

  13. Recomendações técnicas para o cultivo de beterraba (Beta vulgaris var. conditiva) no Acre.

    NUNES, M. U. C.; FAZOLIN, M.; OLIVEIRA, J. B. de.
    A beterraba é uma hortaliça de raiz tuberosa, com teor de proteína de 3% para raiz cozida. Dentre os diversos usos medicinais da beterraba destaca-se na formação de glóbulos vermelhos. É recomendável seu uso na alimentação de crianças e adultos na forma de saladas e sucos. O cultivo e o consumo de beterraba no Estado do Acre deve ser estimulado, tanto no meio rural como nos centros urbanos. O uso de cultivares adaptados à condições locais é um dos principais fatores para aumentar a produção, associados à qualidade do produto colhido. Pesquisas desenvolvidas na Embrapa Acre indicaram cultivares que melhor...

  14. Cultivo de tomate (Lycopersicon esculentum Mill.) no Acre.

    NUNES, M. U. C.; OLIVEIRA, J. B. de; FAZOLIN, M.
    O tomate é uma solanácea que deve fazer parte da dieta alimentar, principalmente como fonte de cálcio, fósforo, ferro e vitaminas e pelas propriedades medicinais como laxante, tônico, antiescorbútico e outras. É uma das principais hortaliças consumidas no Estado do Acre, em volume e valor comercializado, porém exige cuidados especiais na escolha de cultivares, tratos culturais, método de irrigação, nutrição e tratamento fitossanitário.

  15. Recomendações técnicas para a cultura do tomate na microrregião do Alto Purus - Acre.

    NUNES, M. U. C.; WERNER, T.
    O tomate (Lycopersicum esculentum) é um dos produtos hortícolos mais cultivado no Brasil devido, entre outros fatores, a sua resistência ao transporte e menor perecibilidade em relação a outras hortaliças.Com o emprego de novas tecnologias e de variedades melhoradas, a cultura tem se expandido mundialmente, tanto em área cultivada como em produtividade.

  16. Práticas de conservação do solo para o Estado do Acre.

    OLIVEIRA, E. B. de; OLIVEIRA, V. H. de
    A crescente demanda de alimentos e as oportunidades que se apresentam para o Brasil, no mercado internacional, justificam a necessidade de incorporação da Amazônia no processo produtivo. Dentro desta realidade, o estado do Acre se destaca como uma das opções mais viáveis. Com a expansão da fronteira agrícola do Acre, torna-se imprescindível fundamentar sua agricultura em sólidas bases conservacionistas a fim de evitar a progressiva degradação dos seus solos, os quais têm sido o verdadeiro sustentáculo de sua economia.

  17. Plantios de enriquecimento em florestas de produção no Acre.

    ARAUJO, H. J. B. de; CORREIA, M. F.; SIVIERO, A.; MACEDO, P. E. F. de; OLIVEIRA, L. C. de
    2013

  18. Utilização de microtrator na colheita madeireira em sistema de manejo florestal de pequena escala.

    ARAUJO, H. J. B. de; CORREIA, M. F.; CARDOSO, G. A.; FONSECA, F. L. da
    2011

  19. Recomendação de calagem e adubação para o cupuaçueiro.

    WADT, P. G. S.; ALMEIDA, G. G. de; OLIVEIRA, M. R. de; DIAS, J. R. M.
    2012

  20. Modelagem da hidrografia em planos de manejo e critérios para definição de árvores em APP pelo Modeflora.

    FIGUEIREDO, E. O.; MOURA, D. C. de S.; FIGUEIREDO, S. M. de M.; PAPA, D. de A.
    2009

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.