Recursos de colección

Infoteca. Informação Tecnológica em Agricultura (56.791 recursos)

O serviço Informação Tecnológica em Agricultura (Infoteca) reúne e permite acesso a informações sobre tecnologias produzidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), as quais se relacionam às áreas de atuação de seus demais centros de pesquisa. Suas coleções são formadas por conteúdos editados na própria instituição (em forma de cartilhas, livros para transferência de tecnologia, programas de rádio e de televisão), com linguagem adaptada de modo que produtores rurais, extensionistas, técnicos agrícolas, estudantes e professores de escolas rurais, cooperativas e outros segmentos da produção agrícola possam assimilá-los com maior facilidade, e, assim, apropriarem-se de tecnologias geradas pela Embrapa.

Memória Técnica (Embrapa Solos)

Mostrando recursos 1 - 20 de 333

  1. Ocorrência de Aetalion reticulatum Linnaeus (Hemiptera: Aethalionidae) em Euterpe oleracea Martius no Estado do Acre.

    SANTOS, R. S.
    Este documento relata a ocorrência de uma espécie de cigarrinha, conhecida pelo nome comum de "cigarrinha-das-frutíferas", associada ao açaí-de-touceira no Estado do Acre, que causa prejuízos diretos e indiretos à cultura. O conhecimento sistematizado das pragas associadas ao cultivo do açaí é o primeiro passo para identificar as pragas-chave e, a partir daí, estabelecer programas de manejo e mitigação para garantir boa produção e produtividade adequada.

  2. Zoneamento pedoclimático da Pimenta-Longa (Piper hispidinervum) e Pimenta-de-Macaco (Piper aduncum) no Estado do Acre.

    AMARAL, E. F. do; BARDALES, N. G.; NEGREIROS, J. R. da S.; ARAÚJO, E. A. de
    O Estado do Acre está inserido no Bioma Amazônia e encontra-se localizado na Amazônia Sul-Ocidental. Faz fronteiras com os estados do Amazonas e Rondônia, no Brasil, e os departamentos de Madre de Dios, no Peru, e Pando, na Bolívia, o que lhe confere uma importância geopolítica considerável no que se refere às alternativas de uso da terra promissoras e à gestão efetiva de seu território, como base de um processo de mudança de paradigma de desenvolvimento. A pimenta-longa (Piper hispidinervum) e a pimenta-de-macaco (P. aduncum) são espécies nativas da Amazônia com grande potencial para plantio em áreas já convertidas para...

  3. O nosso cafelino.

    PEREIRA, R. de C. A.
    1998

  4. Silvicultura e manejo de povoamentos de Teca (Tectona grandis L.f.).

    FIGUEIREDO, E. O.; SA, C. P. de
    A Embrapa Acre tem como missão viabilizar soluções de pesquisa, desenvolvimento e inovação para a sustentabilidade da agricultura em benefício da sociedade brasileira com foco no Estado do Acre e Amazônia sul-ocidental. Nos últimos 39 anos tem-se dedicado a atender às demandas de produtores rurais, extrativistas e comunidades indígenas sobre as tecnologias para soluções de problemas dos sistemas produtivos. Esta publicação disponibiliza informações estratégicas para a implantação, condução e manejo de povoamentos de teca (Tectona grandis L.f.) e está sistematizada em cinco seções: Características da espécie e distribuição dos povoamentos florestais, Técnicas para produção de mudas de teca por sementes,...

  5. Manual de identificação de doenças e fungos em Arachis spp.

    GONCALVES, R. C.; MACEDO, P. E. F. de; VALLIM, J. H.; LOPES, J. S. de A.; NOGUEIRA, S. R.
    Plantas do gênero Arachis são conhecidas da humanidade há cerca de 8 mil anos. O termo amendoim é originário de mãdu?bi, da língua tupi. As espécies forrageiras são comumente chamadas de amendoim forrageiro ou até grama amendoim no Brasil. A espécie Arachis pintoi Krapovickas & Gregory, exclusivamente forrageira, vem sendo cada vez mais usada para pastejo de animais devido à quantidade de proteínas e biomassa produzida, além do uso na jardinagem e paisagismo em áreas urbanas e rurais. Essa preferência pela espécie baseia-se em longo histórico de sucesso em outros países para a finalidade a que se destina. Outras espécies...

  6. Pimenta longa: cultivo.

    PIMENTEL, F. A.; SILVA, M. P. da; SILVA, M. R. da
    A pimenta longa é uma planta conhecida dos agricultores acreanos, presente em capoeiras, pasta-gense roçados. Ela possuiumóleo essencial rico em safrol. Seu cultivo tem sido um desafio para famílias de produ-tores e pesquisadores da Embrapa. As famílias de produtores de pimenta longa da Vila Extrema participaram da produção desta cartilha, adaptando a linguagem do texto e as ilustrações ao entendimento dos produtores, para facilitar a compre-ensão das informações.

  7. Acervo arbóreo madeireiro das áreas sob manejo florestal comunitário do Projeto de Colonização Pedro Peixoto.

    ARAUJO, H. J. B. de
    Para a Amazônia, uma região de aptidão florestal, o uso sustentado dos recursos florestais é primordial ao desenvolvimento. Entre os seus benefícios estão a redução das taxas de desmatamento, o fomento econômico pela oferta de produtos e serviços e, talvez o principal, a conservação das florestas e de suas funções essenciais ao meio ambiente e ao equilíbrio do clima. Em termos econômicos, a conversão da floresta para fins imediatistas, como a pecuária e a agricultura em larga escala, mostra-se menos atraente do que a sua manutenção produtiva de modo sustentado, pois se sabe que dela é possível extrair as mais...

  8. Produção de farinha de mandioca entre os Kaxinawá de Nova Olinda, Acre.

    ALVARES, V. de S.; HAVERROTH, M.; CUNHA, C. R. da; FELISBERTO, F. A. V.; MACIEL, V. T.; MADRUGA, A. L. S.
    A farinha de mandioca produzida no Território da Cidadania do Vale do Juruá, Estado do Acre, é conhecida em toda a Amazônia como um produto de qualidade, que proporciona à região um potencial para a solicitação de Indicação Geográfica por Indicação de Procedência. Por ser um produto artesanal, possui um conhecimento tradicional de décadas da cultura do saber fazer a farinha, que tem origem nos ancestrais dos atuais produtores. Os Kaxinawá do Acre representam o povo indígena mais numeroso do estado. A população da Terra Indígena Kaxinawá de Nova Olinda (TIKNO), no Alto Rio Envira, Município de Feijó, AC, produz...

  9. Calagem do solo e adubação no estado do Acre: uso atual e perspectivas futuras.

    FERREIRA, R. R. M.; AMARAL, E. F. do; COSTA, F. de S.; OLIVEIRA, T. K. de
    No Brasil, a agricultura familiar representa 85% dos estabelecimentos rurais, somando 38% do valor bruto da produção. No Acre, o uso da terra por produtores familiares baseia-se ainda, em grande parte, no processo de derruba e queima da floresta primária e/ou secundária (capoeira) seguido do plantio de culturas anuais, como arroz, milho, feijão e mandioca, por um período médio de 2 a 3 anos. Após esse período o produtor deixa a terra em pousio por 3 a 8 anos, enquanto novas áreas são desmatadas para utilização com culturas anuais. Para avançar no desenvolvimento da agricultura no Acre, são necessários muitos...

  10. Solos e aptidão agroflorestal do município do Bujari, Acre.

    BARDALES, N. G.; OLIVEIRA, T. K. de; AMARAL, E. F. do
    O Estado do Acre tem sido referência internacional na gestão territorial a partir do seu zoneamento ecológico-econômico que permitiu visualizar as fragilidades e potenciais do território em uma visão integrada e vislumbrar a necessidade de avançar continuamente rumo a uma visão municipal e um olhar de baixo para cima no que se refere ao processo de tomada de decisão das políticas públicas estratégicas e ao diálogo com a sociedade. O planejamento de uso e ocupação do território municipal deve contemplar necessariamente o conhecimento detalhado dos seus solos para permitir a conservação das áreas frágeis e o manejo adequado daquelas áreas...

  11. Manual para teste de viabilidade e armazenamento de pólen e receptividade de estigma do amendoim forrageiro.

    FLORES, P. S.; SANTOS, V. B. dos; SILVA, L. M. da; CAPISTRANO, M. da C.
    Há quase três décadas, a Embrapa Acre desenvolve tecnologias com o objetivo de responder ao desafio de viabilizar sistemas de produção sustentáveis destinados à pecuária de corte e de leite, que sejam economicamente rentáveis e de reduzido impacto ambiental. Dentre essas tecnologias, destaca-se o uso do amendoim forrageiro (Arachis pintoi) para formação e melhoramento de pastagens de alta produtividade e qualidade. No entanto, apesar das vantagens do uso do amendoim forrageiro como pastagem, são encontrados poucos trabalhos na literatura voltados para estudos sobre os aspectos reprodutivos da espécie. Esses estudos são indispensáveis para se conhecer as condições necessárias visando maximizar...

  12. Demandas tecnológicas para o processamento de castanha (Bertholletia excelsa Humb e Bompl) no estado do Acre.

    SANTOS, J. C. dos; MENEZES, R. S. de; SOUZA, J. M. L. de; FIGUEIREDO, S. M. de M.; FIGUEIREDO, E. O.; COSTA, J. S. R. da.
    o Estado do Acre apresenta forte aptidão e tradição extrativistas, possuindo cerca de dois terços de sua área total ocupados por reservas extrativistas, áreas indígenas e outras áreas de conservação e preservação. No entanto, o modelo tradicional de extrativismo não-madeireiro, praticado ao longo deste século, caracterizado pelo baixo nível tecnológico, tem se mostrado não-sustentável, sob o ponto de vista econômico e social, diante da estrutura de mercado local e externo, especialmente em sua baixa capacidade competitiva.

  13. Reconhecimento de artrópodes de importância econômica para o amendoim forrageiro.

    FAZOLIN, M.; VASCONCELOS, G. J. N. de; LIMA, E. F. B.; SANTOS, R. S.; AZEVEDO, H. N. de
    O amendoim forrageiro, Arachis pintoi, tem importância na produção de forragem em pastos consorciados com gramíneas sob sistemas pecuários intensivos na América Latina e Austrália. Sua utilização tem sido intensificada em estandes puros como banco de proteínas em sistemas de produção de pecuária leiteira, na conservação de solo em taludes e margens de rodovias e como planta ornamental em praças e jardins. O sucesso do uso dessa espécie é consequência da sua elevada capacidade de persistir em sistemas de pastejo intensivo. Isso é devido ao seu hábito de crescimento estolonífero, produzindo raízes nos nós que ficam em contato com o...

  14. Compartilhando saberes: etnoclassificação pedológica dos Kaxinawá de Nova Olinda, Feijó, Estado do Acre, Brasil.

    AMARAL, E. F. do; BARDALES, N. G.; OLIVEIRA, C. H. A. de; ARAÚJO, E. A. de; OLIVEIRA, T. K. de; FRANKE, I. L.
    O Estado do Acre abriga 36 Terras Indígenas (TIs) reconhecidas pelo governo federal, distribuídas em 11 dos 22 municípios, com extensão total de 2.436.811 ha, representando 14,6% do território acriano. Neste território habitam 15 povos indígenas falantes de três famílias linguísticas (Pano, Aruak e Arawa), que somam uma população de pouco mais de 18.300 índios, o que representa 2,4% da população do Acre e 9,0% de sua população rural. A Embrapa Acre vem atuando, desde 2008, com projetos de pesquisa e desenvolvimento que envolvem povos indígenas e tradicionais no Acre e sua associação com a prospecção de plantas medicinais e...

  15. Aspectos da cultura do milho no Estado do Acre.

    QUEIROZ, L. R.; COSTA, F. de S.; OLIVEIRA, T. K. de; MARINHO, J. T. de S.
    O milho é o cereal mais cultivado no mundo e com a elevação do consumo mundial de proteína animal em função do aumento da renda de países emergentes ocorre uma demanda crescente desse insumo para formulação de rações. No Estado do Acre a área cultivada com milho segue a tendência mundial com um incremento considerável nos últimos 10 anos. Dessa forma, tem-se alcançado aumento da produção e do suprimento do grão para o mercado local, embora com ganhos de produtividade ainda modestos. Este trabalho objetiva caracterizar o sistema de produção de milho no Estado do Acre e os aspectos mais...

  16. Ataque de Lonomia sp. (Lepidoptera: Saturniidae) em seringueira no município de Bujari, AC.

    SANTOS, R. S.; GONCALVES, R. C.; NOGUEIRA, S. R.
    Os estudos dos insetos associados às culturas agrícolas e florestais são dinâmicos, em função da evolução dos sistemas de cultivo, do avanço da fronteira agrícola, da introdução de novas pragas e da resistência aos produtos químicos historicamente aplicados. Nesse contexto, os avanços nos estudos dos insetos-praga periodicamente precisam ser integrados em publicações de referência, que permitam fácil acesso a esses conhecimentos. Assim, o objetivo desta publicação é documentar o ataque de lagartas do gênero Lonomia, popularmente conhecidas como lagartas-de-fogo, causando intensa desfolha em cultivos de seringueira (Hevea brasiliensis) no Acre. Há um grande número de trabalhos publicados sobre esse gênero,...

  17. Mamíferos e aves encontrados em fragmento florestal localizado no Projeto de Colonização Pedro peixoto, Acre, Amazônia Ocidental.

    SILVA, F. P. C. da; DRUMOND, P. M.
    2009

  18. Manejo florestal sustentável na pequena propriedade.

    OLIVEIRA, M. V. N. d'.; ARAUJO, H. J. B. de; CORREIA, M. F.; SILVA, M. P. da
    Para ser inserida de forma eficiente no sistema de produçao da pequena propriedade rural a atividade econômica deve ser lucrativa, gerar ingressos econômicos de forma contínua, ser tecnologicamente adaptada à realidade dos produtores rurais e compatível com as outras atividades sazonais desenvolvidas na propriedade. A experiência no projeto de manejo florestal do PC Peixoto, em execução desde 1996, tem demonstrado que a produçao sustentada de madeira em pequena escala é uma atividade viável para a incorporação das áreas de reserva legal ao sistema produtivo da propriedade, gerando uma importante fonte adicional de renda aos produtores e garantindo a manutençao da...

  19. Embrapa Acre: 25 anos.

    EMBRAPA ACRE.
    Ao longo desses 25 anos, a Embrapa Acre, estrategicamente, efetuou mudanças nos rumos da pesquisa e desenvolvimento no Estado, procurando adequar-se às realidades das políticas vigentes e às tendências econômicas, sociais e ambientais locais e nacionais. Hoje, a imagem da Embrapa Acre é reconhecida pela qualidade técnica do seu trabalho e do seu comprometimento com o desenvolvimento sustentável da Amazônia. A dedicação de funcionários e a valiosa contribuição de parceiros das esferas públicas e privadas resultaram em informações e soluções tecnológicas para aumento da produtividade, melhoria da qualidade de vida e satisfação de clientes, usuá rios e beneficiários de nossos...

  20. Pimenta longa: cultivo.

    PIMENTEL, F. A.; SILVA, M. P. da; SILVA, M. R. da.
    A pimenta longa é uma planta conhecida dos agricultores acreanos, presente em capoeiras, pastagens e roçados. Ela possui um óleo essencial rico em safrol. Seu cultivo tem sido um desafio para famílias de produtores e pesquisadores da Embrapa. As famílias de produtores de pimenta longa da Vila Extrema participaram da produção desta cartilha, adaptando a linguagem do texto e as ilustrações ao entendimento dos produtores, para facilitar a compreensão das informações. Nesta cartilha, você encontrará informações sobre como cultivar a pimenta longa.

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.