Sunday, November 23, 2014

 

 



Soy un nuevo usuario

Olvidé mi contraseña

Entrada usuarios

Lógica Matemáticas Astronomía y Astrofísica Física Química Ciencias de la Vida
Ciencias de la Tierra y Espacio Ciencias Agrarias Ciencias Médicas Ciencias Tecnológicas Antropología Demografía
Ciencias Económicas Geografía Historia Ciencias Jurídicas y Derecho Lingüística Pedagogía
Ciencia Política Psicología Artes y Letras Sociología Ética Filosofía
 

rss_1.0 Recursos de colección

Repositório do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca (2,338 recursos)
The Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca E.P.E. (HFF) institutional repository collects, preserves and disseminates the intellectual output of its professionals in digital format. Its aims are to increase the HFF’s investigation visibility and citation impact, to foster scientific communication and to preserve the HFF’s intellectual memory.

Driver Set

Mostrando recursos 1 - 20 de 832

1. SomosHFF (04): Newsletter do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E. - Conselho Editorial Somos HFF

2. SomosHFF (03): Newsletter do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E. - Conselho Editorial Somos HFF

3. SomosHFF (02): Newsletter do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E. - Conselho Editorial Somos HFF

4. SomosHFF (01): Newsletter do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E. - Conselho Editorial SomosHFF

5. Gastroenterite aguda em crianças internadas na área de Lisboa - Escobar, C; Silva, T; Costa, B; Oliveira, M; Correia, P; Ferreira, G; Costa, I; Júlio, C; Rodrigues, J; Machado, J; Marques, A; Simões, MJ; Oleastro, M; Brito, MJ
Introdução: A Gastroenterite Aguda (GEA) é uma patologia com importante morbilidade sendo a segunda causa de internamento na idade pediátrica. Objetivo: Caracterizar a GEA, em crianças internadas em dois hospitais da área de Lisboa com diferentes características demográficas. Métodos: Estudo prospetivo de maio 2011 a junho 2012. Pesquisados potenciais agentes etiológicos por técnicas convencionais e de biologia molecular em amostras de fezes e analisados dados epidemiológicos e clínicos. Resultados: Total de 140 amostras de crianças com GEA com identificação do agente em 83,6%: 64,3% vírus, 27,9% parasitas e 21,4% bactérias. Os agentes mais frequentes foram rotavírus (26,4%), norovírus II (13,6%), enterovírus (12,1%), Microsporidia (11,4%), Escherichia coli (9,3%), Campylobacter jejuni (7,9%), Giardia sp. (5,7%), Cryptosporidium sp. (5%)...

6. Transfusão maciça: actualização: protocolo do hospital - Placido, C; Reis, E; Barra, A; Ferreira, M; Carvalho, R

7. Do XXS ao XL: o “mundo” da Cirurgia Pediátrica - Lima, S; França, I

8. Cystic lesions of the liver - Rosado, E; Pereira, J; Bouchaibi, S; Bali, M
LEARNING OBJECTIVES: To present the CT and MRI features of the cystic liver lesions, with emphasis on the differential diagnosis. BACKGROUND: Cystic liver lesions are a frequent finding in abdominal imaging and may represent a broad spectrum of entities, ranging from benign developmental cysts to malignant neoplasms. Radiological features of various cystic liver lesions frequently overlap. Therefore, it is necessary to integrate imaging with clinical and laboratorial findings. The most important clinical parameters include age, clinical history and symptoms. Still, a histologic diagnosis is often required. Fine needle aspiration biopsy under image guidance is the preferred diagnostic method. It can be...

9. Esclerose tuberosa - Rosado, E; Schmitt, W; Penha, D; Germano, A
INTRODUÇÃO: A esclerose tuberosa é uma doença autossómica dominante caracterizada por tumores benignos congénitos em múltiplos órgãos. Trata-se de uma síndrome neurocutânea com envolvimento primário da pele e sistema nervoso central. São também frequentes lesões renais, cardíacas, pulmonares, gastrointestinais, ósseas e vasculares. Apenas uma minoria dos doentes manifesta a tríade clássica de epilepsia, atraso mental e adenomas sebáceos, o que torna a investigação imagiológica imprescindível para o diagnóstico. MATERIAL E MÉTODOS: Revisão teórica e pictórica baseada nos exames de doentes com esclerose tuberosa realizados no nosso serviço durante os últimos 6 anos. RESULTADOS: A esclerose tuberosa é uma doença multissistémica, com...

10. Pancreatite da goteira duodenopancreática - Rosado, E; Paixão, P; Santiago, I; Matos, C
INTRODUÇÃO: A pancreatite da goteira duodenopancreática é uma forma rara de pancreatite que afecta a goteira entre a cabeça do pâncreas, o duodeno e a via biliar principal. Manifesta-se por dor abdominal, vómitos e icterícia. O tratamento inclui pausa alimentar, analgesia e colocação de próteses endoscópicas. A cirurgia está indicada na doença refractária ou na suspeita de carcinoma da cabeça do pâncreas. MATERIAL E MÉTODOS: Revisão teórica e pictórica baseada na análise de casos diagnosticados no Hôpital Erasme, em Bruxelas e na Fundação Champalimaud, em Lisboa. RESULTADOS: A avaliação imagiológica por tomografia computorizada e fundamentalmente por ressonância magnética é imprescindível ao...

11. Pneumonias: como, quando e porquê referenciar - Longo, C

12. Cirurgia da supra-renal: a nossa experiência - Rocha, C; Sanchez, P; Leichsenring, C

13. Cancro do pulmão: o desafio constante - Sequeira, T; Boléo-Tomé, J; Rodrigues, F

14. Gravidez na adolescência - Ambrósio, B; Miranda, M; Simões, C; Costa, C; Barbosa, E; Matos, F

15. Cirurgia colorectal urgente: modelos de morbimortalidade cirúrgica no adulto oncológico idoso e muito idoso - Gomes, A; Batista, H; Sousa, M; Rocha, R; Marinho, R; Carneiro, C; Pignatelli, N; Nunes, V
INTRODUÇÃO: A população idosa que recorre ao Serviço de Urgência tem vindo a aumentar. É uma população com características fisiopatológicas específicas que coloca dilemas sobre o risco/benefício da cirurgia urgente. OBJECTIVOS: Comparar os scores P-POSSUM, CR-POSSUM e ACPGBI enquanto modelos de morbimortalidade cirúrgica nos idosos e muito idosos submetidos a cirurgia coloretal urgente por doença maligna. MATERIAL E MÉTODOS: Estudo longitudinal retrospectivo. Foram incluídos doentes com idade ≥65 anos, submetidos a cirurgia coloretal urgente por complicação de doença maligna entre 2008 e 2012 no nosso Hospital. A análise estatística foi realizada considerando dois grupos, grupo A:[65-80[; grupo B:≥ 80 anos. RESULTADOS:...

16. Modelos de morbimortalidade cirúrgica no adulto oncológico idoso e muito idoso: CR-BHOM - Gomes, A; Rocha, R; Marinho, R; Sousa, M; Tomás, R; Pignatelli, N; Carneiro, C; Nunes, V
INTRODUÇÃO: A revisao e discussao da morbimortalidade cirurgia é uma ferramenta imprescindivel e um indicador de qualidade e excelencia em Cirurgia. O CR-BHOM foi recentemente apresentado como um modelo de morbimortalidade com bom valor predictivo na cirurgia colorectal e prático em contexto clinico. O OBJECTIVO deste trabalho é avaliar o valor predictivo do CR-BHOM enquanto modelo de morbimortalidade cirurgica nos doentes muito idosos submetidos a cirurgia colorectal major na nossa instituição. METOLOGIA: Estudo observacional, analítico, longitudinal com colheita retrospectiva de dados. Cálculo da razão entre morbilidade/mortalidade cirurgica estimada e morbilidade/mortalidade cirurgica observada (razão E/O). Análise multivariada com regressão logistica. RESULTADOS:...

17. Segurança transfusional: o papel da enfermagem - Barra, A

18. Posição sobre suportes vasculares restaurativos transitórios coronários em Portugal - Teles, R; Pereira, H; Carvalho, H; Patrício, L; Santos, R; Baptista, J; Pipa, J; Abreu, PF; Faria, H; Ramos, S; Ribeiro, V; Martins, D; Almeida, M
Introdução: Os suportes vasculares restaurativos transitórios (sVRT) foram recentemente aprovados para intervenção coronária percutânea (ICP) na Europa e possuem propriedades muito inovadoras. O objetivo desta declaração de posição é rever criticamente a informação e os estudos com os sVRT disponíveis e contribuir para uma reflexão científica que promova o seu uso racional com orientações estruturadas para a sua aplicação inicial em Portugal. Métodos e resultados: Foi constituído um grupo de trabalho para alcançar um consenso com base na evidência científica conhecida, na discussão de casos clínicos modelo e na experiência individual. A evidência reunida sugere que os sVRT disponíveis podem produzir uma melhoria fisiológica e clínica em doentes...

19. Detecção precoce de possíveis dadores em MC através da imagiologia - Fernandes, AP; Gomes, A
Introdução: A optimização da detecção de possíveis dadores em morte cerebral nos serviços de urgência e UCI’s é um dos principais objectivos do coordenador hospitalar de doação (CHD). A referenciação dos casos de vítimas de lesão neurológica grave é habitualmente feita ao CHD pelos profissionais dos serviços hospitalares onde estes doentes são admitidos. No entanto, e sobretudo quando se tratam de casos de acidente vascular cerebral em grupos etários mais avançados e com comorbilidades associadas, essa referenciação pode ficar aquém das potencialidades e possíveis dadores podem ser perdidos. Objectivos: Os autores propõem um método alternativo para detectar possíveis dadores multiorgânicos em...

20. Os profissionais da saúde e a doação/transplante - Gomes, A; Domingues, A; Fernandes, A
Introdução: A formação sobre os temas de doação e transplante é reconhecidamente decisiva para que os profissionais de saúde participem e se sintam integrados nestas actividades. Para que a formação seja adequada às características e expectativas dos profissionais alvo, é importante conhecer a realidade de cada hospital e avaliar o impacto das formações decorridas. Nesse sentido, a CHD do HFF levou a efeito um inquérito entre os médicos e enfermeiros, cujos resultados são avaliados no presente trabalho. Metodologia: A uma população de 532 médicos e 752 enfermeiros, foi solicitado o preenchimento de um inquérito com os seguintes objectivos: caracterizar a população...

Página de resultados:
 

Busque un recurso