Recursos de colección

Estudo Geral - Universidade de Coimbra (19.630 recursos)

ESTUDO GERAL é a designação do repositório digital da produção científica da Universidade de Coimbra, com o objectivo de divulgar conteúdos digitais de natureza científica de autores ligados à Universidade de Coimbra. A sua criação insere-se no movimento de Acesso Livre à Literatura científica (Open Access), ao qual o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas aderiu em 2006 e que a Universidade de Coimbra subscreveu. À semelhança de outras grandes universidades nacionais e internacionais, a UC tem o maior interesse em aumentar a sua presença na rede informática mundial, sendo cada vez mais - e também por essa via - um emissor de conhecimento e cultura.

FCTUC Ciências da Terra - Resumos em Livros de Actas

Mostrando recursos 1 - 20 de 39

  1. On the coastal evolution of NW Iberia (Galicia) during the late Pleistocene

    Pérez-Alberti, A.; Cunha, Pedro Proença; Murray, A.S.; Buylaert, J.P.

  2. Geochemical background of stream sediments of Santiago island, Cape Verde

    Pinto, M.C.; Silva, E.A.; Silva, M.M.; Rocha, F.T.; Cunha, Pedro Proença; Dinis, P.A.

  3. Revisiting the sedimentary record of a high-energy marine-inundation at Martinhal (Algarve, Portugal)

    Andrade, C.; Cunha, Pedro P.; Freitas, M.C.; Dinis, J.; Martins, A.A.; Costa, P.; Oliveira, M. A.; Buylaert, J.P.; Murray, A.S.

  4. Roman gold exploitation in the Tagus River valley - the Conhal of Arneiro (northeast Alentejo, Portugal): a geoarchaeological case study. International Colloquium 'Landscape Archaeology

    Deprez, S.; De Dapper, M.; Almeida, N.; Carvalho, J.; De Paepe, P.; Cunha, Pedro P.; Van Damme, D.; Vandenberghe, D.; Vermeulen, F.

  5. Estudo da microfracturação do maciço granítico de Castelo Branco através dos Planos de Inclusões Fluidas

    Dória, A.; Morais, P.; Santos, M.; Gomes, C. R.; Sant'Ovaia, H.; Noronha, F.
    O principal objectivo deste trabalho consistiu na determinação da geometria dos PIF, no maciço granítico de Castelo Branco. Este estudo mostrou que para além de PIF em Modo I, também estão presentes em Modo II, sugerindo que as orientações encontradas NE-SW a NNE-SSW e E-W a ESEWNW podem ser interpretadas como conjugados relacionados com uma tensão máxima (σ1) orientada NE-SW. A orientação NNW-SSE corresponde a um sistema mais tardio.

  6. Thick-skinned inter-plate and intra-plate tectonics in NW and SW Iberia

    Ribeiro, A.; Romão, J.; Henriques, S.; Dunning, G.; Ribeiro, L.; Neiva, A.; Munhá, J.; Pereira, E.; Castro, P.
    In the Abrantes area of the Ossa Morena Zone the NW tip of the Tomar-Badajoz-Cordoba Shear Zone (TBCSZ) stops against the Porto-Tomar-Ferreira do Alentejo Shear Zone (PTFASZ). Basement nappes of Cadomian age were thrust to the NE during the Variscan orogeny. Low intermediate pressure granulites contrast with high pressure eclogite Cadomian assemblages in the axial zone of TBCSZ where we infer the presence of a Cadomian suture. It is proposed that the intra-plate basement nappe system of OMZ is connected via the PTFA paleotransform to the basement nappes of the NW Iberia inter-plate transported suture system.

  7. Super-resolução de imagens Magalhães de Vénus

    Alves, E. Ivo; Barata, M. T.; Vaz, D. A.
    As melhores imagens existentes da superfície de Vénus são as que foram obtidas pela missão Magalhães, entre 1990 e 1994, com baixa resolução. Mostra-se aqui um aumento sintético da resolução dessas imagens a partir de cenas que foram amostradas mais que uma vez, com base num algoritmo de super-resolução.

  8. Sistemas de falhas em afloramentos do Triásico Superior na região de Coimbra

    Matos, V.; Miranda, J. P.; Pina, B.; Calhôa, A. M.; Reis, R. Pena dos; Pimentel, N.
    A partir da análise estrutural dos sistemas de falhas em afloramentos do Triásico Superior localizados na região de Coimbra, na Bacia Lusitânica, foi possível definir famílias e sub-famílias de falhas. Este trabalho permitiu reconhecer que os acidentes tectónicos extensionais que afectaram os depósitos do Triásico nesta região, durante toda a evolução do contexto tectónico do Mesozóico foram sistematicamente reactivados nos regimes compressivos do final do Mesozóico e Cenozóico.

  9. Prospecção electromagnética no domínio do tempo aplicada a Olhos da Fervença, Cantanhede, Portugal

    Correia, C. G.; Cruz, R. J. L.; Machadinho, A.; Figueiredo, F. P. O.; Silva, M. Marques da; Matias, M. J. Senos
    A exsurgência cársica do sistema Jurássico Olhos da Fervença localiza-se no concelho de Cantanhede, distrito de Coimbra e ocorre no leito da Ribeira da Corujeira, sob uma forma borbulhante, como se fervesse. A formação jurássica está subjacente a uma cobertura de areias de duna, que impede a sua observação directa, recorrendo-se neste estudo à utilização de prospecção electromagnética no domínio do tempo, com o equipamento TEM-FAST 48. Realizaram-se 24 sondagens electromagnéticas cuja interpretação permitiu identificar estruturas de fracturação associadas à ocorrência da exsurgência.

  10. Proposta de valorização de geossítios no Geoparque Arouca

    Vasquez, L.; Brilha, J.; Sá, A. A.
    Na Serra da Freita existe um conjunto de geossítios com um valor patrimonial de diferentes tipologias, cuja relevância se pretende colocar em evidência através desta proposta de valorização. Dela fazem parte acções que visam melhorar os acessos e acções de interpretação / divulgação do património geológico, que se dirigem ao público em geral e em particular ao público escolar, que visita com frequência crescente o Geoparque Arouca. Pretende-se com esta proposta contribuir para a sensibilização de todos os visitantes para a importância deste património e para a necessidade da sua conservação.

  11. Poluição por partículas e clima urbano. Um estudo de magnetismo ambiental em Coimbra, Portugal central

    Fialho, J.; Ganho, N.; Gomes, C. R.
    Neste estudo procedeu-se à recolha de dados de temperatura, humidade relativa e matéria particulada, em 10 campanhas itinerantes. Para avaliar a sua concentração, as partículas foram magnetizadas e medidas a 1T (tesla), -25 mT, -100 mT e -300 mT,. O conhecimento das áreas com situações frequentes de estabilidade absoluta, associadas a inversões de gradiente térmico intensas, é importante, pois a diminuição da camada de mistura, provocará uma dispersão ineficiente dos poluentes, onde a matéria particulada, não é excepção.

  12. Parâmetros magnéticos versus teores de elementos seleccionados em folhas de Nerium oleander e solos da cidade de Viseu, Portugal central

    Gomes, E. M. C.; Gomes, C. R.; Dias, J. M. P.; Neves, L. J. F.
    A relação entre os parâmetros magnéticos e os teores de elementos seleccionados (Fe, Mn, Zn, Pb, Cu e Cr) em folhas de Nerium oleander L. e solos da cidade de Viseu constitui o objectivo fundamental deste trabalho. Nos solos a susceptibilidade magnética é indicadora da concentração em Fe, Cu e Mn. Nas folhas os parâmetros magnéticos são indicadores da concentração em Fe, Cu, Pb e Zn, sugerindo uma contribuição antrópica para estes elementos.

  13. Ostracodos do Toarciano de Rabaçal (região de Coimbra): novos dados biostratigráficos

    Loureiro, I. M.; Cabral, M. C.; Duarte, L. V.; Azerêdo, A. C.
    Foram estudados os ostracodos de 58 amostras margosas representativas de toda a série toarciana do corte de Rabaçal. Esta série margo-calcária, depositada em meio marinho profundo, é rica em macrofauna nectónica e bentónica, estando bem calibrada biostratigraficamente por amonóides e nanofósseis calcários. Os novos resultados agora obtidos para os ostracodos permitem estabelecer uma escala biostratigráfica para este grupo, aferida às anteriores, alterando alguns dados, nomeadamente quanto ao evento de extinção dos Metacopina.

  14. Mudanças globais no Toarciano inferior de Portugal. Relevância científica e impacto educativo

    Duarte, L. V.
    O Toarciano inferior é reconhecido como um período de grandes mudanças à escala planetária. Neste trabalho são apresentadas as principais evidências que justificam a importância da Bacia Lusitânica (Portugal) nos estudos conducentes ao conhecimento destas mudanças globais. Com isto, demonstra-se a relevância do registo sedimentar português, através de um vasto conjunto de experiências científicas e educativas.

  15. Movimentos de vertente na ilha da Madeira. Eventos de Dezembro 2009 e de Fevereiro de 2010

    Rodrigues, D.; Tavares, A.; Abreu, U.
    Os desastres naturais ocorrem com frequência na Madeira, provocando consideráveis vítimas humanas e danos materiais. Neste trabalho são efectuadas a análise histórica dos desastres naturais, das curvas de Frequência vs Consequências e a análise dos critérios de aceitabilidade. Caracteriza-se a tipologia de movimentos de vertente frequentes e descrevem-se os eventos ocorridos em 22 Dezembro de 2009, 2 e 20 de Fevereiro de 2010, os quais determinaram um número elevado de vítimas mortais e danos materiais.

  16. Modelação gravimétrica do plutonito granítico do Coentral (Lousã, Portugal Central): estudo preliminar

    Machadinho, A.; Figueiredo, F.; Pereira, A.; Miranda, T.; Gonçalves, N.; Godinho, M.; Pereira, L. Gama
    Este estudo consiste na análise dos dados de gravimetria recolhidos numa campanha gravimétrica realizada na região do plutonito granítico do Coentral (Lousã, Portugal Central) e tem como principal objectivo estimar a geometria deste corpo granítico em profundidade com base na modelação gravimétrica 2D. A interpretação dos dados gravimétricos sugere que o corpo granítico está maioritariamente deformado pelas direcções estruturais hercínicas, o que vem reforçar uma idade antehercínica para o plutonito.

  17. Método de reconhecimento automático de wrinkle ridges em Vénus

    Barata, T.; Alves, E. I.; Vaz, D.
    Como as wrinkle ridges são as estruturas tectónicas mais abundantes em Vénus é importante compreender as suas características geométricas, como comprimento ou orientação. A determinação destes parâmetros requer, primeiro, a detecção das estruturas. O presente trabalho mostra resultados preliminares de um método para a detecção e a medição automáticas de wrinkle ridges em imagens radar da missão Magalhães que permite, além disso, estimar alguns parâmetros estatísticos sobre as medidas.

  18. Inter-relações entre “Contos da Dona Terra” e o Ano Internacional do Planeta Terra

    Henriques, M. H.; Moreno, M. J.; Carvalho, A. M. Galopim de
    No presente trabalho apresentam-se os “Contos da Dona Terra”, uma colectânea de dez narrativas destinadas ao público infantil, que incluem apólogos e fábulas, com conteúdos interrelacionáveis com as dez temáticas do Ano Internacional do Planeta Terra. Esta obra, editada também em Braille e Mirandês, visa ajudar a compreender a dinâmica da Terra, e apela à necessidade de respeitar o planeta e os seus recursos, como forma de alcançar um futuro mais sustentável.

  19. Interpretação dos blocos litorais ocorrentes no Pliocénico a leste de Leiria (Portugal central)

    Ramos, A.; Cunha, P.
    Foram estudados blocos que atingem 2 metros de diâmetro, constituídos por arenito silicioso ou doleritos, que se encontram na área do sinclinal de Pousos (a leste de Leiria), estratigraficamente atribuíveis à transição Zancliano-Placenciano. Interpretamos a génese dos blocos siliciosos a partir da erosão litoral de arenitos siliciosos da Formação de Bom Sucesso e os de rocha básica a partir de doleritos, durante o máximo transgressivo pliocénico.

  20. Interacções entre escola e protecção civil – a exposição ‘S.O.S. Riscos Naturais’

    Lopes, D. J.; Henriques, M. H.; Tavares, A. O.
    O presente trabalho apresenta os resultados de uma investigação centrada numa intervenção educativa de carácter não-formal, que envolveu a realização de actividades de sensibilização em protecção civil, no âmbito de uma visita à exposição ‘S.O.S. Riscos Naturais’, patente na Casa Municipal da Protecção Civil de Coimbra. Tendo como objectivo estimular, nos alunos envolvidos, a adopção, no seu quotidiano, de atitudes e comportamentos adequados para a prevenção dos riscos naturais, a intervenção registou mudanças nas percepções dos alunos acerca dos riscos a que podem estar expostos.

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.