Recursos de colección

Estudo Geral - Universidade de Coimbra (19.630 recursos)

ESTUDO GERAL é a designação do repositório digital da produção científica da Universidade de Coimbra, com o objectivo de divulgar conteúdos digitais de natureza científica de autores ligados à Universidade de Coimbra. A sua criação insere-se no movimento de Acesso Livre à Literatura científica (Open Access), ao qual o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas aderiu em 2006 e que a Universidade de Coimbra subscreveu. À semelhança de outras grandes universidades nacionais e internacionais, a UC tem o maior interesse em aumentar a sua presença na rede informática mundial, sendo cada vez mais - e também por essa via - um emissor de conhecimento e cultura.

FLUC Geografia - Resumos em Livros de Actas

Mostrando recursos 1 - 2 de 2

  1. Poluição por partículas e clima urbano. Um estudo de magnetismo ambiental em Coimbra, Portugal central

    Fialho, J.; Ganho, N.; Gomes, C. R.
    Neste estudo procedeu-se à recolha de dados de temperatura, humidade relativa e matéria particulada, em 10 campanhas itinerantes. Para avaliar a sua concentração, as partículas foram magnetizadas e medidas a 1T (tesla), -25 mT, -100 mT e -300 mT,. O conhecimento das áreas com situações frequentes de estabilidade absoluta, associadas a inversões de gradiente térmico intensas, é importante, pois a diminuição da camada de mistura, provocará uma dispersão ineficiente dos poluentes, onde a matéria particulada, não é excepção.
    - 20-jul-2012

  2. Os tufos calcários das áreas de Estói, Loulé e ribeira das Mercês (Algarve, Portugal): caracterização e significado paleoambiental

    Guerreiro, P.; Cunha, Lúcio; Ribeiro, C.; Candeias, A.
    Nesta comunicação tentaremos estabelecer os principais tipos de fácies apresentadas pelos tufos desta área do Algarve Central, articulando os mesmos com os potenciais paleoambientes de formação. Os principais tipos de fácies identificadas correspondem a fácies detríticas (conglomerado e tufos pulverulentos) e de optimum de acumulação (tufo biohérmico), sendo que os primeiros podem corresponder às fases iniciais e erosivas do afloramento e os segundos a períodos construtivos dos tufos calcários.
    - 17-may-2013

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.