Recursos de colección

Infoteca. Informação Tecnológica em Agricultura (57.024 recursos)

O serviço Informação Tecnológica em Agricultura (Infoteca) reúne e permite acesso a informações sobre tecnologias produzidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), as quais se relacionam às áreas de atuação de seus demais centros de pesquisa. Suas coleções são formadas por conteúdos editados na própria instituição (em forma de cartilhas, livros para transferência de tecnologia, programas de rádio e de televisão), com linguagem adaptada de modo que produtores rurais, extensionistas, técnicos agrícolas, estudantes e professores de escolas rurais, cooperativas e outros segmentos da produção agrícola possam assimilá-los com maior facilidade, e, assim, apropriarem-se de tecnologias geradas pela Embrapa.

Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPAF)

Mostrando recursos 1 - 20 de 69

  1. Sistema agroflorestal com feijão e milho sob manejo agroecológico: entomofauna e aranhas associadas.

    ALONSO, J. D. de S.; DUARTE, L. C.; BARRIGOSSI, J. A. F.; DIDONET, A. D.
    O objetivo do trabalho foi identificar a composição, a riqueza e a diversidade de três grupos funcionais - fitófagos, inimigos naturais e polinizadores - associados ao sistema agroflorestal com milho e feijão. Os estudos foram conduzidos em uma área de sistema agroflorestal (SAF), localizada na Fazendinha Agroecológica da Embrapa Arroz e Feijão, Município de Santo Antônio de Goiás, GO. O SAF, denominado segurança alimentar, foi dividido em 52 parcelas de 12 m x 5 m e composto por duas culturas (milho e feijão) e espécies arbóreas típicas do bioma Cerrado. Os tratamentos foram: quatro culturas de cobertura, com uma parcela...

  2. Estoque de carbono nos solos do Brasil.

    FIDALGO, E. C. C.; BENITES, V. de M.; MACHADO, P. L. O. de A; MADARI, B. E.; COELHO, M. R.; MOURA, I. B. de; LIMA, C. X. de.
    O presente trabalho foi desenvolvido com o objetivo de estimar o estoque de carbono no solo no Brasil considerando os diferentes tipos de solo sob diferentes sistemas de uso e distribuídos nos diversos biomas brasileiros.

  3. Metodologia para seleção e treinamento de provadores para avaliação de pegajosidade de arroz branco polido cozido.

    CHAVES, M. O.; CINALLI, L. T. B.; AGUIAR, P. de S. L.
    O arroz é um cereal presente diariamente na mesa do brasileiro. A soltabilidade (ou pegajosidade) dos grãos de arroz após a cocção é, sozinha, a característica de qualidade culinária mais importante para indústrias arrozeiras. Por isso, muitas delas realizam o chamado ?teste de panela?, onde amostras de arroz são cozidas e então se verifica quão soltos os grãos se apresentam. O presente trabalho apresenta uma metodologia detalhada para seleção e treinamento de um painel de análise sensorial para avaliar a soltabilidade dos grãos de arroz branco polido cozido por meio do uso da visão, que é o sentido humano mais...

  4. Deficiência hídrica induzida por PEG-6000 em plântulas de feijoeiro comum.

    MITSUZONO, S. T.; LANNA, A. C.; CARVALHO, M. A. de F.
    Deficiência hídrica ocasiona alterações morfofisiológicas em plantas como mecanismos de sobrevivência e/ou adaptação ao ambiente. Objetivou-se padronizar metodologia de seleção de genótipos de feijoeiro comum, em fase inicial de desenvolvimento, para tolerância à deficiência hídrica, sob condicionamento osmótico induzido por polietileno glicol-6000 (PEG-6000). Para isso, foram cultivados genótipos de feijoeiro comum, BAT 477, Pérola e Olathe Pinto, com características contrastantes para tolerância à deficiência hídrica, em meio contendo PEG-6000 nas concentrações de 20, 40, 60, 80 e 100 kg m-3. Para indução do estresse, plântulas com o primeiro par de folhas simples completamente expandido (estádio V2) foram expostas à substância...

  5. Reação à antracnose de variedades tradicionais de feijão-comum com grãos do tipo comercial vermelho.

    COSTA, J. G. C. da; WENDLAND, A.; MELO, D. de; OLIVEIRA, J. P. de; ABREU, B. S.
    O cultivo do feijão-comum no Brasil é, em sua maioria, de subsistência e tem como característica principal a não aquisição periódica de sementes. No sucessivo cultivo de variedades tradicionais, sob pressão da ocorrência de doenças, são selecionados genótipos resistentes. O objetivo deste trabalho foi avaliar a reação de 56 variedades tradicionais de feijão-comum, com grãos do tipo comercial vermelho, aos patótipos 65, 73, 77, 81 e 1609 de Colletotrichum lindemuthianum, agente causal da antracnose. A pesquisa foi realizada em condições de casa telada, com sistema de nebulização para reduzir a temperatura e manter a umidade elevada. Oito variedades tradicionais apresentaram...

  6. Índice de suficiência de nitrogênio determinado pelo clorofilômetro em feijão inoculado com rizóbio e sob adubação nitrogenada.

    SILVEIRA, P. M. da; FERREIRA, E. P. de B.
    A inoculação de sementes de feijão com rizóbio tem apresentado resultados inconsistentes quanto à sua eficiência em suprir nitrogênio para as plantas. Objetivou-se com esta pesquisa determinar o Índice de Suficiência de Nitrogênio (ISN), utilizando o clorofilômetro portátil em plantas de feijão-comum, submetidas à inoculação das sementes com rizóbio no plantio e à adubação nitrogenada em cobertura e, também, definir entre os dois primeiros trifólios do feijoeiro, qual é o adequado para ser usado na tomada das leituras com o clorofilômetro. O delineamento experimental usado foi em blocos ao acaso, com quatro repetições. No primeiro estudo, avaliaram-se os tratamentos: sem...

  7. Reação de variedades tradicionais de feijão-Comum (Phaseolus vulgaris) coletadas no Estado do Paraná aos patótipos de Colletotrichum lindemuthianum.

    COSTA, J. G. C. da; WENDLAND, A.; ABREU, A. G. de; OLIVEIRA, J. P. de; ABREU, B. S.
    O objetivo do trabalho foi avaliar a reação de 38 variedades tradicionais de feijão-comum, coletadas no Estado do Paraná, para os patótipos 65, 73, 81, 91 e 1609 de Colletotrichum lindemuthianum. A pesquisa foi realizada em condições de casa telada com sistema de nebulização para garantir condições adequadas de temperatura e umidade do ar favoráveis à doença. Seis variedades tradicionais tiveram reação de resistência a todos os patótipos. O resultado obtido confirma a importância das variedades tradicionais como possuidoras de genes que conferem resistência ao patógeno e como fontes de resistência a serem usadas nos programas de melhoramento genético.

  8. Reação de variedades tradicionais de feijões à antracnose (Colletotrichum lindemuthianum) coletadas no Estado de Goiás.

    COSTA, J. G. C. da; WENDLAND, A.; OLIVEIRA, J. P. de; ABREU, B. S.
    O objetivo do trabalho foi avaliar a reação de variedades tradicionais de feijões, coletadas no Estado de Goiás, Brasil, para patótipos de Colletotrichum lindemuthianum. A pesquisa foi realizada em condições de casa telada com sistema de nebulização para reduzir a temperatura e manter elevada a umidade do ar. A variedade tradicional BGF0019398 Vermelho Bolinha (Phaseolus lunatus) teve reação de resistência a todos os patótipos de C. lindemuthianum. A variedade tradicional BGF0019384 Roxinho Mineiro teve reação de moderada resistência ao patótipo 73 e de resistência aos demais patótipos. A variedade tradicional BGF0019365 Bolinha foi suscetível apenas para o patótipo 91. O...

  9. Variedades tradicionais de feijão-comum (Phaseolus vulgaris), coletadas na região Norte do Estado do Rio Grande do Sul, resistentes à antracnose (Colletotrichum lindemuthianum).

    COSTA, J. G. C. da; WENDLAND, A.; ABREU, A. G. de; OLIVEIRA, J. P. de; ABREU, B. S.
    O objetivo do trabalho foi avaliar a reação de 142 variedades tradicionais de feijão-comum, coletadas no Estado do Rio Grande do Sul, para os patótipos 65, 73, 77, 81 e 1609 de Colletotrichum lindemuthianum. A pesquisa foi realizada em condições de casa telada com sistema de nebulização para reduzir a temperatura e manter elevada a umidade do ar. Dezenove variedades tradicionais tiveram reação de incompatibilidade com todos os patótipos. O resultado obtido confirma a importância das variedades tradicionais como possuidoras de genes que conferem resistência ao patógeno e como fontes de resistência a serem usadas nos programas de melhoramento.

  10. Método validado para a determinação de ácido salicílico em folhas de arroz por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE).

    CÔRTES, M. V. de C. B.; FILIPPI, M. C. C. de; SILVA-LOBO, V. L.
    O objetivo deste trabalho foi validar analiticamente uma metodologia específica para a quantificação de ácido salicílico em folhas de arroz. Ela será utilizada em trabalhos subsequentes que visam a avaliação da relação entre o teor da molécula e o desenvolvimento da brusone e outras doenças em plantas de arroz. Foi utilizada a técnica de Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE), que por meio do seu processo de validação apresentou-se: seletiva, precisa, linear, exata e robusta, com Limite de Detecção (LD) = 0,43 ng mL-1 e Limite de Quantificação (LQ) = 1,45 ng mL-1. A metodologia também foi avaliada como vantajosa...

  11. Critérios para avaliação da resistência à mancha parda e relação entre a mancha parda na folha bandeira e a mancha de grãos em genótipos de arroz.

    SILVA-LOBO, V. L.; AGUIAR, J. T. de; CÔRTES, M. V. de C. B.; FILIPPI, M. C. C. de; PRABHU, A. S.
    A mancha parda (Bipolaris oryzae) e a mancha de grãos (B. oryzae, Phoma sorghina, Tricochoniella padwickii e Microdochium oryzae, entre outros) ocorrem em todas as regiões produtoras de arroz no mundo. No Brasil ainda não existem variedades comerciais resistentes a estas doenças. Os objetivos deste trabalho foram estabelecer critérios eficientes para avaliação da resistência à mancha parda (MP) e avaliar a relação entre a mancha parda na folha bandeira e a mancha de grãos, em condições de casa de vegetação. A inoculação em casa de vegetação foi realizada em plantas de 12 genótipos no estágio V4, pulverizando-se uma suspensão de...

  12. Novos aspectos da patogenicidade de Magnaporthe grisea.

    FILIPPI, M. C.; CORTES, C.; BECKERMAN, J.; SWEIGARD, J.; VALENT, B.; GONZALEZ, C.; EBBOLE, D.
    A brusone do arroz, causada pelo Ascomiceto Magnaporthe grisea Barr (Pyricularia grisea anamorph Cav.), ocorre em todas as regiões produtoras de arroz no mundo. Hoje é considerada a doença mais destrutiva desta cultura causando perdas de até 100%, dependendo da suscetibilidade da cultivar, do manejo da cultura e das condições climáticas. A uniformidade genética do hospedeiro, a adoção de alta tecnologia sem manejo adequado e a alta variabilidade genética do patógeno compõem um cenário perfeito para a ocorrência de epidemias alarmantes de brusone, de difícil previsão e controle. Atualmente a biotecnologia dispõe de ferramentas valiosas para ajudar na busca de...

  13. Funções de pedotransferência para estimativa da densidade dos solos brasileiros.

    BENITES, V. de M.; MACHADO, P. O. de A.; FIDALGO, E. C. C.; COELHO, M. R.; MADARI, B. E.; LIMA, C. X.
    A medida da densidade do solo (DS) é indispensável para a estimativa do estoque de carbono do solo. Porém medições diretas de DS através de amostras de campo, especialmente em profundidade, são laboriosas e geralmente impraticáveis. Neste caso, modelos de funções de pedotransferência (PTFs) baseados em propriedades do solo obtidas mais facilmente são alternativas às medições laboriosas de densidade do solo. Um procedimento de regressão múltipla "forward stepwise" foi empregado para a predição de DS a partir de 17 propriedades do solo, utilizando um conjunto de dados (conjunto de dados 1) proveniente dos Arquivos de Solos da Embrapa Solos, Rio...

  14. Adaptabilidade e estabilidade de genótipos de feijoeiro comum no nordeste brasileiro no ano agrícola de 2005.

    CARVALHO, H. W. L. de; FARIA, L. C. de; WARWICK, D. R. N.; ALBUQUERQUE, M. M. de; DEL PELOSO, M. J.; MELO, L. C.; RODRIGUES, A. R. dos S.; OLIVEIRA, V. D. de; RIBEIRO, S. S.; SOUZA, E. M. de.
    Diversos genótipos de feijoeiro comum, pertencentes aos grupos comerciais preto, carioca e mulatinho, foram avaliados, em vários ambientes da zona agreste dos estados da Bahia, Sergipe e Alagoas, em blocos ao acaso, com três repetições, visando conhecer a adaptabilidade e a estabilidade desses materiais para fins de recomendação. Os genótipos mostraram comportamento diferenciado entre si, na média dos ambientes e inconsistência em seus desempenhos frente às oscilações ambientais. Os municípios de Paripiranga, BA, Frei Paulo, Nossa Senhora das Dores e Simão Dias, SE, destacaram-se como os mais favoráveis para exploração comercial de feijoeiro comum. os genótipos de melhor adaptação (b0>...

  15. Avaliação de genótipos de arroz oriundos de hibridação interespecífica entre Oryza sativa e Oryza glumaepatula, em várzea de Roraima.

    CORDEIRO, A. C. C.; RANGEL, P. H. N.; MEDEIROS, R. D. de
    É provável que a reduzida base genética das populações utilizadas nos programas de melhoramento de arroz no Brasil represente um dos fatores que contribuem para o estabelecimento de patamares de produtividade. Uma das opções para aumentar a variabilidade genética é a utilização de espécies silvestres que ocorrem no Brasil, como é o caso da O. glumaepatula que é entre as espécies conhecidas, a mais promissora para uso em hibridações interespecíficas, por ser autógama, diplóide e possuir genoma semelhante ao da espécie cultivada. O objetivo deste trabalho foi avaliar genótipos oriundos de hibridação interespecífica entre O. sativa x O. glumaepatula, nas...

  16. Avaliação de linhagens de arroz irrigado em Roraima com tipo de grão para a culinária japonesa.

    CORDEIRO, A. C. C.; RANGEL, P. H. N.; MEDEIROS, R. D. de
    Em Roraima, o cultivo do arroz representa uma das poucas cadeias produtivas efetivamente estabilizadas, com produção suficiente para abastecer o mercado interno e permitir exportação para outros Estados. No entanto, as agroindústrias locais que comercializam, basicamente, o arroz branco de classe longo-fino, podem ter na diversificação de tipos de grãos, como os demandados para a culinária japonesa, uma oportunidade de verticalização da produção e aumento de renda, já que o preço desse produto chega a ser,em média, duas a três vezes superior ao tipo local. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho produtivo de linhagens de arroz irrigado...

  17. Comportamento de cultivares de feijoeiro comum nos estados de Sergipe, Bahia e Alagoas.

    CARVALHO, H. W. L. de; FARIA, L. C. de; WARWICK, D. R. N.; ALBUQUERQUE, M. M. de; COSTA, J. G. da; DEL PELOSO, M. J.; MELO, L. C.; MACEDO, J. J. G. de; RODRIGUES, A. R. dos S.; RIBEIRO, S. S.; OLIVEIRA, V. D. de; SOUZA, E. M. de; RODRIGUES, K. F.
    No decorrer do ano agrícola de 2005, nos Estados da Bahia, Sergipe e Alagoas, foram realizados experimentos em rede, em blocos ao acaso com três repetições, envolvendo a avaliação de 26 variedades e 12 variedades e linhagens, em nove e sete ambientes, respectivamente, objetivando conhecer o comportamento produtivo desses materiais, para fins de recomendação. Constataram-se nas análises de variância conjuntas, diferenças entre os ambientes e os materiais genéticos e inconsistência no comportamento desses materiais frente às variações ambientais. Os municípios de Paripiranga-BA, Simão Dias-SE, Frei Paulo-SE, mostraram-se mais favoráveis ao desenvolvimento do cultivo do feijoeiro comum. As variedades BRS Marfim,...

  18. Emissão de N2O e volatilização de NH3 em sistema de produção de feijoeiro comum irrigado em Latossolo no Cerrado.

    CARVALHO, M. T. de M.; MADARI, B. E.; ALVES, B. J. R.; LEAL, W. G. O.; LANNA, A. C.; MOREIRA, J. A. A.; MACHADO, P. L. O. de A.; COSTA, A. R. da; SILVA, J. H. da; SOUZA, D. M. de.
    O objetivo deste estudo foi quantificar a emissão de óxido nitroso e volatilização de amônia na produção de feijoeiro comum (Phaseolus vulgaris L.) irrigado, cultivado em plantio direto, com e sem palhada de Brachiaria sp., em Latossolo de Cerrado, utilizando uréia como fonte de adubação nitrogenada.

  19. Quantificação da atividade enzimática de proteínas relacionadas à patogênese no patossistema Oryza sativa / Magnaporthe grisea.

    CORTES, M. V. de C. B.; VIANA, H. F.; SILVA, F. R.; LOBO, V. L. da S.; SILVA, G. B. da; PRABHU, A. S.; FILIPPI, M. C. C. de.
    Tem por objetivo a adequação de métodos bioquímicos para detecção e quantificação de 'PRP's na interação arroz/Magnaporthe oryzae durante o processo de indução de resistência à brusone exercida pela molécula ASM.

  20. Padrão de sintomas de isolados de Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens em dois genótipos de feijoeiro comum.

    WENDLAND, A.; ALENCAR, N. E.; MELO, L. C.; COSTA, J. G. C. da; DEL PELOSO, M. J.; PEREIRA, H. S.; FARIA, L. C. de; CORTES, M. V. de C. B.; BRONDANI, R. P. V.
    O objetivo deste estudo foi avaliar a interação diferencial entre isolados, o padrão de sintomas e o crescimento das plantas em dois genótipos de feijoeiro comum considerados como resistente (Ouro Branco) e suscetível (LMRs 11997) à murcha de Curtobacterium.

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.