Sunday, March 29, 2015

 

 



Soy un nuevo usuario

Olvidé mi contraseña

Entrada usuarios

Lógica Matemáticas Astronomía y Astrofísica Física Química Ciencias de la Vida
Ciencias de la Tierra y Espacio Ciencias Agrarias Ciencias Médicas Ciencias Tecnológicas Antropología Demografía
Ciencias Económicas Geografía Historia Ciencias Jurídicas y Derecho Lingüística Pedagogía
Ciencia Política Psicología Artes y Letras Sociología Ética Filosofía
 

rss_1.0 Recursos de colección

Infoteca. Informação Tecnológica em Agricultura (50,199 recursos)
O serviço Informação Tecnológica em Agricultura (Infoteca) reúne e permite acesso a informações sobre tecnologias produzidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), as quais se relacionam às áreas de atuação de seus demais centros de pesquisa. Suas coleções são formadas por conteúdos editados na própria instituição (em forma de cartilhas, livros para transferência de tecnologia, programas de rádio e de televisão), com linguagem adaptada de modo que produtores rurais, extensionistas, técnicos agrícolas, estudantes e professores de escolas rurais, cooperativas e outros segmentos da produção agrícola possam assimilá-los com maior facilidade, e, assim, apropriarem-se de tecnologias geradas pela Embrapa.

Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPMS)

Mostrando recursos 1 - 20 de 116

1. Mapeamento e validação de marcadores microssatélites associados à restauração da fertilidade em sorgo. - PINTO, M. de O.; SANTOS, C. V. dos; MENEZES, C. B. de; PARRELLA, R. A. da C.; SCHAFFERT, R. E.; MAGALHAES, J. V.
Os locos Rf1, Rf2 e Rf5 são responsáveis pela restauração da fertilidade em genótipos de sorgo em citoplasma A1. O objetivo desse trabalho foi mapear e validar marcadores moleculares associados com a restauração da fertilidade em genótipos-elite de sorgo do programa de melhoramento de sorgo sacarino da Embrapa Milho e Sorgo. Foram avaliados 37 locos microssatélites (Simple Sequence Repeats, SSR) na região cromossômica dos locos Rf. Para o mapeamento foram utilizados 166 progênies F2 (CMSXS222B x BR505R) e para a validação foram utilizadas 90 famílias F2:4 (CMSXS157B x BR505R). Apenas os marcadores localizados em uma janela de 47,4 cM, a...

2. Caracterização do sistema radicular de linhagens de milho em solução nutritiva sob baixo e alto fósforo. - HIPOLITO, L. P. T.; ABREU, M. G.; RIBEIRO, C. A. G.; GUIMARAES, C. T.; PASTINA, M. M.; SOUSA, S. M. de
O fósforo (P) é um dos nutrientes minerais mais importantes para o crescimento e desenvolvimento das plantas. Modificações na arquitetura do sistema radicular são particularmente importantes para aumentar a absorção de P nas plantas em razão da baixa mobilidade desse nutriente no solo. Uma abordagem promissora para superar a deficiência de P em solos tropicais é explorar a diversidade da morfologia radicular. O objetivo deste trabalho foi caracterizar genótipos da coleção de milho da Embrapa Milho e Sorgo quanto às características do sistema radicular relacionadas com a eficiência na aquisição de P. Assim, 182 linhagens de milho foram avaliadas em...

3. Irrigação por pivôs centrais no Estado da Bahia - Brasil. - GUIMARAES, D. P.; LANDAU, E. C.; SOUZA, D. L. de
Foram mapeadas as áreas irrigadas por pivôs centrais no Estado da Bahia em 2013, através da identificação visual, com base no mosaico formado por imagens do satélite Landsat 8-TM de 2013, exibido no programa Google Earth. Foram identificados 2.792 pivôs centrais, ocupando uma área irrigada de 192.223,48 ha. A maior concentração de pivôs centrais ocorreu nos municípios de Mucugê (471 pivôs, 32.106,78 ha), Barreiras (338 pivôs, 34.714,68 ha), São Desidério (321 pivôs, 33.488,18 ha), Ibicoara (206 pivôs, 11.635,03 ha), João Dourado (169 pivôs, 969,32 ha) e Luís Eduardo Magalhães (167 pivôs, 14.955,29 ha). Mais de 90% das áreas irrigadas por...

4. Levantamento da agricultura irrigada por pivôs centrais no Brasil em 2013. - GUIMARAES, D. P.; LANDAU, E. C.
O mapeamento das áreas irrigadas por pivôs centrais no Brasil em 2013 foi efetuado a partir da identificação visual em mosaicos formados por imagens do satélite Landsat 8 ? OLI / TRS de 2013, inseridos na plataforma Google Earth. Foram identificados 17.878 pivôs centrais, ocupando uma área irrigada de 1.179.176 ha, e apresentando tamanho médio de 65,96 ± 40,67 ha. Cerca de 90% dos pivôs concentram-se nos Estados de Minas Gerais (5.573 pivôs, 366.428 ha irrigados), São Paulo (3.528 pivôs, 168.674 ha), Goiás (2.872 pivôs, 210.724 ha irrigados), Bahia (2.792 pivôs, 192.223 ha irrigados) e Rio Grande do Sul (1.111...

5. Bioecologia e injúrias de Spodoptera frugiperda (Smith, 1797) (Lepidoptera: Noctuidae) em milheto. - MENDES, S. M.; RODRIGUES, J. A. S.; SANTOS, C. D. dos; RODRIGUES, G. T.; VIANA, P. A.; BARBOSA, T. A. N.; ARAUJO, O. G.; VILELA, M.; OLIVEIRA, M. F. de
O presente trabalho teve por objetivo avaliar a suscetibilidade de quatro genótipos de milheto (Sauna B, BRS 1501, BRS 1502 e BRS 1503) ao ataque de uma das pragas de maior importância para a cultura, que é a lagarta-do-cartucho-do-milho, Spodoptera frugiperda (Smith, 1797) (Lepidoptera: Noctuidae). Para tanto, avaliaram-se os aspectos biológicos da lagarta-do-cartucho em casa de vegetação nos quatro genótipos de milheto supracitados, usando como padrão de comparação um genótipo de milho (Zea mays) BRS 1030 e outro de sorgo granífero BRS310/BRS330 (Sorghum bicolor).As maiores sobrevivência e biomassade lagartas foram encontradas no genótipo de milheto BRS 1501, contudo, as maiores...

6. Aspectos biológicos de populações de Spodoptera frugiperda em milho Bt e arroz. - ARAUJO, O. G.; MENDES, S. M.; ROSA, A. P. S. A. da; MARUCCI, R. C.; SANTOS, C. D. dos; BARBOSOA, T. A. N.; DIAS, A. S.; CARVALHO, S. S. de S.
Com intuito de subsidiar estratégias de manejo de pragas usando milho Bt no Rio Grande do Sul, onde são conhecidas e registradas diferentes populações de Spodoptera frugiperda (J. E. Smith, 1797) (Lepidoptera: Noctuidae), o objetivo deste trabalho foi avaliar os aspectos biológicos de populações dessa espécie provenientes de milho e arroz, oriundas de Pelotas- RS, mantidos em arroz e em milho expressando diferentes proteínas Bt. Avaliou-se sobrevivência e biomassa larval eimatura de duas populações de S. frugiperda mantidas em milho expressando proteínas Bt e em arroz. Os maiores valores de sobrevivência larval coincidiram com os maiores valores de biomassa (arroz...

7. Validação de uma escala diagramática para estimar severidade da antracnose do colmo em milho. - COSTA, R. V. da; COTA, L. V.; SILVA, D. D. da; NICOLI, A.; ZAMBOLIM, L.; GUIMARAES, D. P.; LANDAU, E. C.
Este estudo teve como objetivo propor e validar uma escala diagramática para quantificar a antracnose do colmo em milho. A antracnose foi estimada por dez avaliadores sem o uso de escala em 139 entrenós com diferentes graus de severidade, e os mesmos avaliadores avaliaram os entrenós usando a correlação concordante de Lin e teste de equivalência, além dalinha de regressão obtida entre a severidade real e estimada, as avaliações realizadas por todos os avaliadores foram mais próximas ao valor real com a escala proposta. Por meio dessa escala, todas as variáveis foram significativamente diferentes em relação à primeira escala, e...

8. Eficiência de fungicidas no controle químico químico de doenças em sorgo sacarino. - SILVA, D. D. da; COTA, L. V.; MAY, A.; COSTA, R. V. da; PARREIRA, D. F.; LANZA, F. E.
A antracnose e a helmintosporiose são doenças importantes em sorgo e podem afetar a produção de etanol pelo sorgo sacarino por causa da redução na massa verde, na qualidade e quantidade do caldo e teor de açúcares totais, °Brix. A busca por alternativas para seu controle é essencial para garantir o rendimento do etanol produzido. O controle químico está entre as estratégias mais eficientes para o controle de doenças e pode ser utilizado no manejo integrado, no entanto, pouco se sabe sobre seu uso para o sorgo sacarino. Portanto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência de fungicidas para...

9. Raças de Colletotrichum graminicola patogênicas ao milho no Brasil. - COSTA, R. V. da; COTA, L. V.; SILVA, D. D. da; PARREIRA, D. F.; CASELA, C. R.; LANDAU, E. C.; FIGUEIREDO, J. E. F.
A antracnose, causada pelo fungo Colletotrichum graminicola (Ces.) Wilson, é uma das doenças mais importantes do milho no Brasil, especialmente em sistema de plantio direto sem rotação de culturas. Neste sistema, os restos culturais de milho presentes na área elevam o potencial de inóculo desse fungo ao longo do tempo. O uso da resistência genética é a estratégia mais adequada e vantajosa para o controle da antracnose. No entanto, a eficácia e a durabilidade dessa prática dependem do conhecimento sobre a variabilidade genética de C. graminicola. Neste estudo, 15 genótipos de milho foram inoculados com 190 isolados monospóricos de C....

10. Concentração de áreas irrigadas por pivôs centrais no Estado de São Paulo - Brasil. - LANDAU, E. C.; GUIMARAES, D. P.; LINS, P. A. de A.; SOUZA, D. L. de
Foram mapeadas as áreas irrigadas por pivôs centrais no Estado de São Paulo em 2013, através da identificação visual, com base no mosaico formado por imagens do satélite Landsat 8 OLI / TIRS de 2013, exibido no programa Google Earth. Foram identificados 3.528 pivôs centrais, ocupando uma área irrigada de 168.674,19 ha. A maior concentração de pivôs centrais ocorreu nos municípios de Guaíra (314 pivôs, 13.554,24 ha), Casa Branca (264 pivôs, 11588,22 ha), Itaí (264 pivôs, 13.835,65 ha), Paranapanema (247 pivôs, 11.670,20 ha) e Itapeva (204pivôs, 11.385,07 ha). Mais de 90% das áreas irrigadas por pivôs centrais localizaram-se nas bacias...

11. Caracterização ambiental das áreas com agricultura irrigada por pivôs centrais na região do Matopiba - Brasil. - LANDAU, E. C.; GUIMARAES, D. P.; SOUZA, D. L. de
Foram mapeadas as áreas irrigadas por pivôs centrais em 2013 na Região do MATOPIBA, através da identificação visual, com base no mosaico formado por imagens do satélite Landsat 8 ? OLI / TRS de 2013, exibido no programa Google Earth. A partir da sobreposição com mapas de clima, bioma, solos e relevo, foram observadas características ambientais dessas áreas. Foram identificados 1.401 pivôs centrais, ocupando uma área irrigada de 138.087,91 ha. Quase 90% dos pivôs concentram-se no oeste do Estado da Bahia, na Bacia do Rio São Francisco, principalmente nos municípios de Barreiras (338 pivôs, 34.714,68 ha irrigados), São Desidério (321...

12. Potencial de microrganismos para solubilização de fosfatos de rocha. - GOMES, E. A.; OLIVEIRA, C. A. de; LANA, U. G. de P.; SILVA, U. de C.; MARRIEL, I. E.
A seleção de microrganismos com capacidade de solubilização de fosfatos de rocha (FR) pode contribuir para reduzir a dependência de fertilizantes importados em culturas de grãos, reduzindo os custos da produção agrícola e também os impactos ambientais. Este estudo avaliou 59 microrganismos (46 bactérias e 13 fungos), isolados da rizosfera de milho, quanto à solubilização in vitro de fosfato de Araxá (FA) e 18 isolados (12 bactérias e 6 fungos) quanto à solubilização de fosfato de Itafós (FI). Entre estes microrganismos, 20 bactérias e 1 fungo foram considerados eficientes para a solubilização de FA e 6 bactérias foram eficientes na...

13. Caracterização morfológica do sistema radicular de linhagens endogâmicas recombinantes de sorgo sob baixo nível de fósforo. - NEGRI, B. F.; HUFNAGEL, B. M.; BERNARDINO, K. da C.; PASTINA, M. M.; MAGALHAES, J. V.; SOUSA, S. M. de
O fósforo (P) é um macronutriente essencial para as plantas e a sua aquisição é dependente do sistema radicular. Nos solos agricultáveis o P é um dos macronutrientes mais indisponíveis e frequentemente limita o crescimento das plantas. Este trabalho teve como objetivo avaliar as características radiculares relacionadas com a eficiência na aquisição de P em linhagens endogâmicas recombinantes (RILs) de sorgo. Para isto, foi utilizado um sistema de pasta em solução nutritiva contendo baixo teor de P (2,5 mM P) em câmara de crescimento. As características radiculares avaliadas foram: comprimento total, diâmetro médio, área de superfície total e de raízes...

14. Sobrevivência e crescimento inicial de espécies arbóreo-arbustivas nativas brasileiras para recuperação de paisagem degradada no cerrado mineiro. - COSTA, T. C. e C. da; CAMPANHA, M. M.; MATRANGOLO, W. J. R.; MIRANDA, G. A.; CARVALHO, E. R. de O.
No Estado de Minas Gerais existem cerca de 1,2 milhões de hectares de pastagens degradadas. A recuperação da paisagem, com a recomposição da flora, habitats e nichos para a fauna, proteção e revitalização do solo e dos recursos hídricos, é uma maneira de reverter esse processo de degradação, contribuindo para conservação ambiental. Com o objetivo de avaliar o potencial de recuperação de um ambiente degradado na paisagem rural no Cerrado da região central de MG, foram plantadas espécies arbóreo-arbustivas nativas brasileiras de valor madeireiro, frutíferas e nativas do Cerrado, combinando adubos foliares, gel absorvente de água, comparados à adubação tradicional....

15. Análise da diversidade de comunidades microbianas na rizosfera de genótipos de sorgo contrastantes quanto à tolerância ao alumínio. - GOMES, E. A.; OLIVEIRA, C. A. de; GUIMARAES, C. T.; LANA, U. G. de P.; SILVA, L. F.; MARRIEL, I. E.
A exsudação de ácidos orgânicos pelas raízes é um dos principais mecanismos de tolerância das plantas ao alumínio (Al) no solo. Como os ácidos orgânicos exsudados pelas raízes das plantas podem atuar diretamente na comunidade microbiana do solo, estimulando seu crescimento e modificando sua densidade, composição e atividade, esse efeito deve ser avaliado em detalhes, em genótipos que apresentem exsudação diferencial desses componentes cultivado em solos com altos níveis de Al. O objetivo deste trabalho foi avaliar o impacto da alta saturação de Al no solo na diversidade da população microbiana na rizosfera de genótipos de sorgo contrastantes quanto à...

16. Caracterização e identificação de fontes de resistência à mancha foliar causada por Ramulispora sorghi em genótipos de sorgo. - COTA, L. V.; SILVA, D. D. da; COSTA, R. V. da; RAMOS, T. C. D'A. A.
Resistência genética é a principal medida de manejo das doenças de sorgo. No entanto, para a mancha de ramulispora, causada pelo fungo Ramulispora sorghi, não existem informações disponíveis sobre fontes de resistência a doença. Os objetivos deste trabalho foram caracterizar a resistência de genótipos de sorgo (híbridos e suas linhagens parentais) á dois isolados de R. sorghi. A resistência foi caracterizada por meio dos componentes de resistência (período de incubação(PI), período de latência(PL) e severidade da doença. Foram realizados dois experimentos em casa de vegetação. As plantas foram inoculadas com uma suspensão de 105conídios/mL. Foram avaliados o. Para o isolado...

17. Efeito protetor de fungicidas no controle da ferrugem Polissora (Puccinia polysora) do milho. - COSTA, R. V. da; SILVA, D. D. da; COTA, L. V.
A ferrugem polissora é considerada uma das principais doenças da cultura do milho no Brasil, podendo reduzir em mais de 50% a produtividade da cultura. A resistência genética e tem sido a medida de controle amplamente utilizada para o controle desta doença. No entanto, a elevada variabilidade genética do patógeno tem dificultado o seu controle através do uso da resistência. Nos últimos anos o uso de fungicidas tem sido adotado para o controle das doenças foliares na cultura do milho, com vários produtos sendo registrados para o controle da ferrugem polissora. Apesar disso, são escassos, na literatura, trabalhos sobre a...

18. Identificação e quantificação de patógenos associados à podridão de colmo do milho. - COSTA, R. V. da; SILVA, D. D. da; COTA, L. V.
As doenças que afetam os tecidos do colmo apresentam um grande potencial de perdas na cultura do milho. O uso da resistência genética é a principal medida de controle dessas enfermidades. Desse modo, um trabalho constante de monitoramento dos patógenos envolvidos no processo de podridão de colmo, bem como da incidência desta enfermidade nas principais regiões produtoras torna-se necessário para possibilitar a utilização mais eficaz das estratégias de manejo. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a reação de diferentes híbridos de milho às podridões de colmo, bem como identificar e quantificar, em diferentes partes das plantas, os principais fungos...

19. Melhoramento molecular da tolerância ao alumínio em sorgo. - MAGALHAES, J. V. de; GUIMARAES, C. T.; SCHAFFERT, R. E.
A toxidez causada pelo alumínio (Al) danifica o sistema radicular, restringindo a absorção de água e de nutrientes, resultando em perdas de produção por culturas cultivadas em solos ácidos. A toxidez de Al restringe o aprofundamento do sistema radicular, potencializando ainda os efeitos deletérios do estresse causado pela deficiência hídrica na produção vegetal. Em sorgo, a tolerância ao Al é conferida em grande parte pelo loco AltSB, mapeado na porção terminal do cromossomo 3. O gene que condiciona o loco AltSB, denominado SbMATE, é um transportador de citrato induzido e ativado pelo Al, que detoxifica o Al pela exclusão do...

20. Influência do tempo de cultivo sobre a produção de ß-exotoxina por cepas de Bacillus thuringiensis. - PINHEIRO, D. H.; VALICENTE, F. H.
Bacillus thuringiensis é uma bactéria Gram-positiva, entomopatogênica amplamente utilizada no controle biológico de insetos-pragas. Entretanto, algumas cepas produzem B-exotoxina que é tóxica tanto para insetos como para vertebrados e muito persistente no ambiente. Por isso foi proibido o uso de cepas de B. thuringiensis que produzam este metabólito na formulação de biopesticidas de acordo com recomendações da Organização Mundial de Saúde. O objetivo deste trabalho foi avaliar se o tempo de cultivo influencia a produção de B-exotoxina por isolados de B. thuringiensis. Para isso, uma alíquota de 10 ul de cada cepa foi inoculada em 10ml de meio LB com...

Página de resultados:
 

Busque un recurso