Recursos de colección

Infoteca. Informação Tecnológica em Agricultura (56.683 recursos)

O serviço Informação Tecnológica em Agricultura (Infoteca) reúne e permite acesso a informações sobre tecnologias produzidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), as quais se relacionam às áreas de atuação de seus demais centros de pesquisa. Suas coleções são formadas por conteúdos editados na própria instituição (em forma de cartilhas, livros para transferência de tecnologia, programas de rádio e de televisão), com linguagem adaptada de modo que produtores rurais, extensionistas, técnicos agrícolas, estudantes e professores de escolas rurais, cooperativas e outros segmentos da produção agrícola possam assimilá-los com maior facilidade, e, assim, apropriarem-se de tecnologias geradas pela Embrapa.

Série Documentos (CNPS)

Mostrando recursos 1 - 20 de 179

  1. Seminário PIBIC Embrapa Solos 2015/2016.

    SEMINÁRIO PIBIC EMBRAPA SOLOS, 2015-2016, Rio de Janeiro.
    1 - Monitoramento de Iniciativas de Pagamentos por Serviços Ambientais Hídricos no Brasil: diagnóstico comparativo e perspectivas futuras - Ana Paula Morais de Lima; Rachel Bardy Prado; Azeneth Eufrausino Schuler; Elaine Cristina Cardoso Fidalgo. 2 - Avaliação da susceptibilidade magnética e teores totais de elementos minerais em amostras de solos antrópicos do Sambaqui da Fazenda Campos Novos - Cabo Frio - RJ - Julia Hernandez Cardoso; Wenceslau Geraldes Teixeira; Edgar Shinzato; Alexandre Ortega Gonçalves; Katia Mansur. 3 - Ossos de suínos pirolisado como fonte de P na produção de mudas de Schinus terebinthifolius Raddi(1) - Ana Luiza Carvalho Guimarães de...

  2. Proposta de atualização da terceira edição do Sistema Brasileiro de Classificação de Solos: ano 2016.

    SANTOS, H. G. dos; JACOMINE, P. K. T.; ANJOS, L. H. C. dos; OLIVEIRA, V. A. de; LUMBRERAS, J. F.; COELHO, M. R.; ALMEIDA, J. A. de; ARAUJO FILHO, J. C. de.
    2016

  3. II Escola de Inverno de Quimiometria: 20 a 24 de julho de 2015: Instituto de Química - Unicamp.

    ESCOLA DE INVERNO DE QUIMIOMETRIA, 2., 2015, Campinas.
    2015

  4. Catálogo de projetos da Embrapa sobre serviços ecossistêmicos e ambientais na paisagem rural brasileira.

    PRADO, R. B.; PALDES, R. M. A.; LIMA, R. A. de; TURETTA, A. P. D.; FIDALGO, E. C. C.; SCHULER, A. E.
    2015

  5. Informações sobre os agroecossistemas da bacia do Pito Aceso - Município de Bom Jardim, RJ.

    TURETTA, A. P. D.; BALIEIRO, F. de C.; FONTANA, A.; CHAGAS, C. da S.; PRADO, R. B.; CARDOSO, M. O.
    2013

  6. Programa Nacional de Solos do Brasil (PronaSolos).

    POLIDORO, J. C.; MENDONÇA-SANTOS, M. de L.; LUMBRERAS, J. F.; COELHO, M. R.; CARVALHO FILHO, A. de; MOTTA, P. E. F. da; CARVALHO JUNIOR, W. de; ARAUJO FILHO, J. C. de; CURCIO, G. R.; CORREIA, J. R.; MARTINS, E. de S.; SPERA, S. T.; OLIVEIRA, S. R. de M.; BOLFE, E. L.; MANZATTO, C. V.; TOSTO, S. G.; VENTURIERI, A.; SA, I. B.; OLIVEIRA, V. A. de; SHINZATO, E.; ANJOS, L. H. C. dos; VALLADARES, G. S.; RIBEIRO, J. L.; MEDEIROS, P. S. C. de; MOREIRA, F. M. de S.; SILVA, L. S. L.; SEQUINATTO, L.; AGLIO, M. L. D.; DART, R. de O.
    Os objetivos principais do PronaSolos são, portanto, a retomada da realização dos levantamentos pedológicos em caráter multiescalar e respectivas interpretações, de forma contínua, seguindo programação estabelecida em função de necessidades identificadas por um consórcio nacional multi-institucional e compatibilizada com as demandas oriundas das políticas dos governos federal e estaduais para o setor, bem como estabelecer uma base de dados integrada, na qual as informações de solos provenientes de trabalhos anteriores e as que vierem a ser produzidas estejam organizadas e sistematizadas para consulta do público em geral.

  7. Disseminação seletiva da informação em fertilidade do solo e fertilizantes (@DSI): um modelo conceitual.

    DELAIA, C. R.; SILVA, A. L. A. F. da; ARAUJO, L. S. de.
    O objetivo deste trabalho foi desenvolver um modelo conceitual para um serviço de Disseminação Seletiva da Informação (DSI) utilizando ferramentas disponíveis em bases de dados do Portal de Periódicos Capes, que, após a implantação do mesmo no âmbito de uma rede de pesquisadores atuantes em Fertilidade do Solo e Fertilizantes, denominada Rede FertBrasil, poderá ser aperfeiçoado, caso seja necessário, em etapas posteriores.

  8. Memória do Workshop Metodologias de Apoio aos Programas de PSA Hídricos no Brasil: experiências e desafios.

    FIDALGO, E. C. C.; PRADO, R. B.; TURETTA, A. P. D.; SCHULER, A. E.
    2015

  9. Dinâmica do agronegócio e demanda por recursos naturais.

    MONTEIRO, J. M. G.; MANZATTO, C. V.; TURETTA, A. P. D.
    2008

  10. Aspectos gerais da XVII Reunião Brasileira de Manejo e Conservação do solo e da água.

    TURETTA, A. P. D.; PRADO, R. B.; SCHULER, A.; MARTORANO, L. G.; ANDRADE, A. G. de; FREITAS, P. L. de; CAPECHE, C. L.; BALIEIRO, F. C.; GONCALVES, A. O.; DONAGEMMA, G. K.; RAMALHO FILHO, A.
    2008

  11. Caracterização geoambiental em áreas com barragem subterrânea no semiárido brasileiro.

    NASCIMENTO, A. F. do; SILVA, M. S. L. da; MARQUES, F. A.; OLIVEIRA NETO, M. B. de; PARAHYBA, R. da B. V.; AMARAL, A. J. do.
    2015

  12. Zoneamento pedoclimático do Estado do Paraná para a cultura do milho.

    CHAGAS, C. da S.; CARVALHO JUNIOR, W. de; PEREIRA, N. R.; ZARONI, M. J.
    2001

  13. Memória da Oficina Ranqueamento de Indicadores de Serviços Ambientais.

    TURETTA, A. P. D.; PRADO, R. B.; COUTINHO, H. L. da C.; FIDALGO, E. C. C.; SCHULER, A. E.; MARTINS, A. L. da S.; DIEDERICHSEN, A.; KRONEMBERGER, D. M. P.; CLEVELÁRIO JÚNIOR, J.; BUSTAMANTE, J. da M.; PARRON, L. M.; BUCKUP, P. A.; ATANÁZIO, R.; PIRES, M. de M.; FERREIRA, J. M. L.
    2013

  14. Definição e notação de horizontes e camadas do solo.

    SANTOS, H. G. dos; CAMARGO, M. N.; LARACH, J. O. I.; JACOMINE, P. K. T.; CARVALHO, A. P. de.
    1983

  15. Aliança entre agroturismo e agricultura familiar em Cachoeiras de Macacu: potencialidades e limitações.

    PEDREIRA, B. da C. C. G.; FIDALGO, E. C. C.; ARAUJO, F. de O.; JESUS, I. R. D. de; POCIDONIO, E. A. L.
    A premissa que norteou este trabalho foi reunir subsídios para promover ações visando conciliar o desenvolvimento rural com a conservação dos recursos naturais, históricos e socioculturais locais.

  16. Acervo de minerais e rochas: instrumento para o ensino de Geociências.

    NUNES, F. C.; MOREIRA, G. S.; CARVALHO, C. C. N. de; SILVA, E. F. da; CALDERANO, S. B.
    Litoteca é um acervo de minerais e rochas, o qual pode ser utilizado para diferentes fins. Contudo, no caso apresentado, subsidia o desenvolvimento de atividades de ensino e, posteriormente, de pesquisa e extensão.

  17. Apostila do curso Introdução ao Geoprocessamento Utilizando o ArcGIS.

    FIDALGO, E. C. C.; DART, R. de O.; ABREU, M. B. de; SILVA, J. M. de M. e
    2012

  18. Dinâmica de O2, CO2 e CH4 em leiras estáticas de compostagem.

    INACIO, C. de T.; PROCÓPIO, A. S.; TEIXEIRA, C.; MILLER, P. R. M.
    2012

  19. Lições aprendidas sobre como enfrentar os efeitos de eventos hidrometeorológicos extremos em sistemas agrícolas.

    MONTEIRO, J. M. G.
    Este trabalho tem por objetivo identificar as lições aprendidas sobre a forma como os agricultores enfrentaram o evento hidrometeorológico extremo (EHE) ocorrido em janeiro de 2011 na comunidade rural de Barracão dos Mendes, localizado no 3o distrito de Nova Friburgo, na região Serrana do Estado do Rio de Janeiro.

  20. Avaliação da aptidão agrícola das terras do Município de Campo Grande, Mato Grosso do Sul.

    MOTTA, P. E. F. da.; PEREIRA, N. R.; CARVALHO FILHO, A. de; AGLIO, M. L. D.; SOUZA, J. S. de.
    O presente trabalho segue a metodologia do Sistema de Avaliação da Aptidão Agrícola das Terras (RAMALHO FILHO; BEEK,1995) e seu objetivo final é dotar o município de Campo Grande, MS, de uma base técnica desenvolvida a partir da interpretação do mapa de solos 1:100.000, para orientação do planejamento agrícola.

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.