Recursos de colección

Infoteca. Informação Tecnológica em Agricultura (57.024 recursos)

O serviço Informação Tecnológica em Agricultura (Infoteca) reúne e permite acesso a informações sobre tecnologias produzidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), as quais se relacionam às áreas de atuação de seus demais centros de pesquisa. Suas coleções são formadas por conteúdos editados na própria instituição (em forma de cartilhas, livros para transferência de tecnologia, programas de rádio e de televisão), com linguagem adaptada de modo que produtores rurais, extensionistas, técnicos agrícolas, estudantes e professores de escolas rurais, cooperativas e outros segmentos da produção agrícola possam assimilá-los com maior facilidade, e, assim, apropriarem-se de tecnologias geradas pela Embrapa.

Comunicado Técnico (CNPTIA)

Mostrando recursos 1 - 20 de 145

  1. Uso de DSL para implementação de regras de autorização em sistemas de informação na arquitetura Java EE.

    CRUZ, S. A. B. da; APOLINÁRIO, D. R. de F.; VACARI, I.
    O objetivo deste trabalho é apresentar uma técnica de implementação destas regras de autorização utilizando Domain Specific Language (DSL's) em linguagem Java.

  2. Uso de DSL para implementação de regras de autorização em sistemas de informação na arquitetura Java EE.

    CRUZ, S. A. B. da; APOLINÁRIO, D. R. de F.; VACARI, I.
    O objetivo deste trabalho é apresentar uma técnica de implementação destas regras de autorização utilizando Domain Specific Language (DSL's) em linguagem Java.

  3. Auditoria de entidades de banco de dados com o Hibernate Envers.

    APOLINÁRIO, D. R. de F.; VACARI, I.; QUEIROS, L. R.
    Este trabalho apresenta o uso da ferramenta Hibernate Envers (HIBERNATE ENVERS, 2016) como uma opção para a auditoria de entidades de bancos de dados.

  4. Um estudo sobre a adoção de APIs: caso do Sistema de Informação de Experimentos da Embrapa (SIExp).

    VACARI, I.; APOLINÁRIO, D. R. de F.; QUEIROS, L. R.
    O objetivo deste trabalho é fornecer informações que possam melhorar a compreensão das implicações da adoção de APIs apoiado em uma experimentação prática no contexto do projeto SIExp, evidenciando a estratégia de API adotada, os benefícios alcançados, bem como os problemas e desafios enfrentados na utilização dessa abordagem.

  5. Implementando um servidor Git para acesso através de HTTPS.

    CORRÊA, J. L.
    Neste documento o foco é na implementação do acesso a um repositório (servidor) Git através do protocolo HTTPS, ou seja, via web com criptografia. Esta é uma alternativa bastante comum visto que este protocolo dificilmente é filtrado em ambientes corporativos, permitindo então que o servidor seja acessado sem grandes problemas com a filtragem de pacotes.

  6. Implementando um servidor Git para acesso através de HTTPS.

    CORRÊA, J. L.
    Neste documento o foco é na implementação do acesso a um repositório (servidor) Git através do protocolo HTTPS, ou seja, via web com criptografia. Esta é uma alternativa bastante comum visto que este protocolo dificilmente é filtrado em ambientes corporativos, permitindo então que o servidor seja acessado sem grandes problemas com a filtragem de pacotes.

  7. O número básico de reprodução R0 na ecologia epidemiológica.

    ROSSI, M.; TERNES, S.
    O objetivo deste trabalho é mostrar uma forma simples de obtenção da expressão do R0, partindo de um sistema de equações diferenciais que compõem um modelo epidemiológico, e calcular a estimativa do potencial de transmissão ou de alastramento de contágios de um patógeno.

  8. Considerações sobre o R0 da Anemia Infecciosa Equina a partir dos agentes infecciosos inseto-vetor "Mutuca" e "seringas contaminadas".

    ROSSI, M.; TERNES, S.; NOGUEIRA, M. F.
    Este texto tem como objetivo apresentar e discutir o R0 referente aos dois modelos matemáticos desenvolvidos no âmbito do projeto ?Anemia Infecciosa Equina no Pantanal brasileiro: Caracterização do agente, diagnóstico molecular, avaliação de práticas de manejo e modelagem quantitativa?, sob a liderança da Embrapa Pantanal.

  9. Sistema de criptografia simétrica via porta lógica quântica.

    CASTRO, A. de; MINTO NETO, J. G.
    Atualmente, a teoria relacionada à criptologia é fortemente baseada na hipótese de unidirecionalidade de caminhos computacionais. Esta conjectura matemática sustenta que deve haver uma função bijetora para a qual o cálculo em uma direção é fácil, enquanto reconstruir o estado de entrada a partir do estado de saída é difícil - ?fácil? e ?difícil? devem ser entendidas no sentido de complexidade computacional.

  10. Versionamento de banco de dados com a ferramenta Liquibase: aplicação ao módulo web do Sistema de Informação de Experimentos da Embrapa (SIExp).

    APOLINÁRIO, D. R. de F.; QUEIROS, L. R.; CRUZ, S. A. B. da
    Este trabalho apresenta a ferramenta Liquibase para automação do processo de gestão de configuração de objetos relacionados à construção de bancos de dados.

  11. Plataforma de ambiente virtual de pesquisa em instituições de grande porte.

    VAZ, G. J.
    Instituições de pesquisa de grande porte abrigam uma grande quantidade de pessoas trabalhando em inúmeros projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I), normalmente envolvendo também parceiros de outras instituições. Assim, precisam oferecer meios para que os pesquisadores de diferentes áreas trabalhem colaborativamente e consigam gerenciar suas atividades de pesquisa.

  12. Avaliação de percepção de usuários do Sistema Agritempo 2.0: metodologia e resultados obtidos.

    BAMBINI, M. D.; VAZ, G. J.; ROMANI, L. A. S.; LUCHIARI JUNIOR, A.; BERTELLINI, M.; SATO, C. Y.
    Este trabalho tem por objetivo descrever a experiência da Embrapa Informática Agropecuária na avaliação de percepção de usuários em relação à utilização da segunda versão do Sistema de Monitoramento Agrometeorológico (Agritempo 2.0) publicada na internet em abril de 2014.

  13. Projeto e implementação de um modelo de controle de acesso para aplicações Web.

    KOPELEVITCH, A. L.; OLIVEIRA, S. R. de M.
    O objetivo deste trabalho é apresentar um modelo de controle de acesso para aplicações Web (Sistema de Informação sobre o mercado de software brasileiro) e mostrar como ele pode ser reutilizável para outras aplicações que utilizam o paradigma cliente-servidor. A ênfase do trabalho será, portanto, mostrar o modelo de controle de acesso e sua implementação usando software livre.

  14. Otimizando o Hadoop MapReduce para Tarefas Pequenas: um estudo envolvendo simulações de cenários agrícolas.

    NAKAI, A. M.
    O objetivo deste trabalho é apresentar um estudo sobre a otimização da utilização do MapReduce para tratar tarefas relativamente pequenas, como é o caso do cálculo do Isna. Os resultados apresentados mostram que, a partir da agregação de tarefas, pode-se melhorar consideravelmente o desempenho do MapReduce nestes casos, melhorando significativamente o tempo de simulação de um cenário.

  15. Utilização de aplicativos Base e Calc do pacote BrOffice.org para criação de Sistema de Suporte à Decisão.

    VINCI, W. L; NARCISO, M. G.
    Neste trabalho, tem-se uma proposta de mostrar como se constrói um sistema de apoio à decisão de pequeno porte, usando-se os aplicativos Calc e Base. O aplicativo Base será usado para armazenar dados que estão em suas tabelas ou para importá-los a partir de uma outra fonte, isto é, a partir de um outro banco de dados (MySQL, PostgreSQL, etc.) ou de arquivos. Com os dados no aplicativo Base, o Calc irá acessá-los e manipulá-los para, finalmente, mostrar os resultados de apoio à decisão do usuário.

  16. Indexação textual usando Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados livres.

    VACARI, I.; VISOLI, M. C.
    2005

  17. Interface de usuário: uma avaliação do projetista.

    SANTOS, A. D. dos.
    2005

  18. Identificando Pockets na superfície protéica usando o Java Protein Dossier - JPD.

    YAMAGISHI, M. E. B.; FALCÃO, P. R. K.; HIGA, R. H.; SANTOS, E. H. dos; JARDINE, J. G.; MAZONI, I.; OLIVEIRA, S. R. de M.; MANCINI, A. L.; NESHICH, G.
    2005

  19. Uma comparação entre Antispams do tipo desafio-resposta e estatísticos: uma experiência da Embrapa Informática Agropecuária.

    NARCISO, M. G.; MÁXIMO, F. A.
    2005

  20. Cálculo de possíveis contatos atômicos internos a uma proteína ou entre proteínas no software SMS.

    MANCINI, A. L.; HIGA, R. H.; FALCÃO, P. R. K.; YAMAGISHI, M. E. B.; NESHICH, G.
    Contatos interatômicos são definidos no contexto deste trabalho como as forças de atração ou de repulsão existentes entre átomos distintos.

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.