Recursos de colección

Infoteca. Informação Tecnológica em Agricultura (57.024 recursos)

O serviço Informação Tecnológica em Agricultura (Infoteca) reúne e permite acesso a informações sobre tecnologias produzidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), as quais se relacionam às áreas de atuação de seus demais centros de pesquisa. Suas coleções são formadas por conteúdos editados na própria instituição (em forma de cartilhas, livros para transferência de tecnologia, programas de rádio e de televisão), com linguagem adaptada de modo que produtores rurais, extensionistas, técnicos agrícolas, estudantes e professores de escolas rurais, cooperativas e outros segmentos da produção agrícola possam assimilá-los com maior facilidade, e, assim, apropriarem-se de tecnologias geradas pela Embrapa.

Série Documentos (CPAP)

Mostrando recursos 1 - 20 de 151

  1. Monitoramento socioeconômico dos Assentamentos Mato Grande, Taquaral, Paiolzinho e Tamarineiro II, Corumbá, MS: 2005 a 2011.

    CAMPOLIN, A. I.; FEIDEN, A.; LISITA, F. O.
    Este documento tem por objetivo sistematizar as informações socioeconômicas e produtivas coletadas pela Embrapa Pantanal, nos assentamentos de reforma agrária Mato Grande, Taquaral, Paiolzinho e Tamarineiro II Sul, no Município de Corumbá, MS. Essa sistematização é fruto do acompanhamento da dinâmica organizativa e das transformações ocorridas no espaço estudado no período de 2005 a 2011. Dessa forma os dados apresentados e discutidos são resultados do diagnóstico participativo desenvolvido entre 2006 e 2009 que favoreceu a permanência dos autores no cotidiano das famílias assentadas, e que se desdobrou em diferentes ações de pesquisa e desenvolvimento nesses assentamentos.

  2. Monitoramento socioeconômico dos Assentamentos Mato Grande, Taquaral, Paiolzinho e Tamarineiro II, Corumbá, MS: 2005 a 2011.

    CAMPOLIN, A. I.; FEIDEN, A.; LISITA, F. O.
    Este documento tem por objetivo sistematizar as informações socioeconômicas e produtivas coletadas pela Embrapa Pantanal, nos assentamentos de reforma agrária Mato Grande, Taquaral, Paiolzinho e Tamarineiro II Sul, no Município de Corumbá, MS. Essa sistematização é fruto do acompanhamento da dinâmica organizativa e das transformações ocorridas no espaço estudado no período de 2005 a 2011. Dessa forma os dados apresentados e discutidos são resultados do diagnóstico participativo desenvolvido entre 2006 e 2009 que favoreceu a permanência dos autores no cotidiano das famílias assentadas, e que se desdobrou em diferentes ações de pesquisa e desenvolvimento nesses assentamentos.

  3. Protocolos de superação de dormência física e condicionamento de sementes de bocaiuva para pequenos produtores.

    URBANETZ, C.; JORGE, M. H. A.; MARCONCINI, J. M.; GALVANI, F.
    Esse trabalho descreve duas metodologias, uma para extração de sementes de bocaiuva de dentro do coquinho (pirênio) para obtenção de sementes sem injúrias mecânicas e outra para extração da casca da parte da cicatriz da semente e condicionamento para facilitar as trocas gasosas durante o tempo de germinação das sementes. Ambas são para ajudar a contornar o problema de dormência física das sementes da espécie que dificulta a produção de mudas. As duas metodologias, descritas na forma de protocolos, são simples, mas eficientes e aplicáveis para pequenos e médios produtores. Esperamos que essas metodologias facilitem o processo de produção de...

  4. Sistema de irrigação alternativo de baixo custo com mangueira preta e garrafas PET.

    FEIDEN, A.; SILVA, A. M. da.; MOL, D. J. de.; FEIDEN, A.
    Para produzir e disponibilizar alimentos com qualidade e valor nutricional, a água é um elemento fundamental durante o cultivo. Sua obtenção pode ser natural, pelas chuvas; ou artificial, por irrigação manual ou outros sistemas. Muitos agricultores praticam a agricultura em regiões com marcada sazonalidade climática, onde a estação chuvosa é concentrada em poucos meses e a seca pode durar de quatro a nove meses no ano. A produção agrícola, principalmente de hortaliças, nos meses mais secos só é possível com irrigação. Com o objetivo tornar possível, ao longo de todo o ano, a produção de alimentos, essa publicação apresenta uma...

  5. Resumos...

    EVENTO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA PANTANAL, 4.; SEMANA DA BIOLOGIA, 11., 2016, Corumbá.
    O presente documento disponibiliza os 18 resumos dos trabalhos apresentados no 4º Evento de Iniciação Científica do Pantanal durante a XI Semana de Biologia do curso de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul. O 4º Evento de Iniciação Científica do Pantanal contou com a participação de alunos de graduação e pós-graduação, bolsistas, estagiários, pesquisadores e professores da Embrapa Pantanal, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e do Instituto Federal do Mato Grosso do Sul com o objetivo de contribuir para a formação de recursos humanos para a pesquisa. Espera-se que esse evento com abordagem...

  6. Memórias do III Seminário e I Workshop da Rede Agrohidro.

    RODRIGUES, L. N.; PADOVANI, C. R.; OLIVEIRA, M. D. de; SORIANO, B. M. A.
    A Rede AgroHidro foi inicialmente proposta por um grupo de pesquisadores da Embrapa, com o objetivo de estudar água na agricultura e seus desafios nos diferentes Biomas brasileiros. O Pantanal apresenta peculiaridades hidrológicas e desafios de manejo dos recursos hídricos que não são encontrados nos demais biomas. A bacia é composta de duas unidades fisiográficas distintas, o planalto adjacente e a planície inundável do Pantanal, porém com uma relação muito forte de interdependência da planície em relação ao planalto. Em sua versão 2015, o III Seminário e I Workshop da Rede AgroHidro teve como objetivo promover a integração, a troca...

  7. Protocolo: Índice de Bem-Estar Social (IBS) para a Fazenda Pantaneira Sustentável (FPS).

    AMANCIO, C. O. da G.; ARAUJO, M. T. B. D.; SANTOS, S. A.; NARCISO, M. G.; OLIVEIRA, M. D. de
    Este protocolo visa auxiliar o tomador de decisão na compreensão, aplicação e cálculo dos índices que irão alimentar a ferramenta FPS(Fazenda Pantaneira Sustentável). Com os valores destes índices, torna-se possível verificar quais atributos ou aspectos (trabalho, saúde, lazer, etc.) tem desafios ou não a serem superados e assim propor medidas corretivas no sentido de manter ou reestabelecer a sustentabilidade do sistema pantaneiro. Para este sistema ser adaptado a outros domínios, basta alterar e/ou adaptar os critérios e indicadores com os respectivos valores de prioridade ou peso de cada um dos quesitos que geralmente são avaliados com a população local. Espera-se...

  8. Relatório técnico: pulso de inundação, diversidade e biologia dos peixes na Baía do Tuiuiú, Pantanal Sul.

    RESENDE, E. K. de; SALIS, S. M. de; ISHII, I. H.; SANTOS, R. A. C. P.; MOURA, H. C. G. de; MONACO, I. de A.; FERREIRA, L. K. S. G.; SILVA, L. W. da.
    O Pantanal é conhecido pela sua riqueza ictiofaunística e constitui região de pesca visitada por muitos pescadores esportivos. Mas o que faz com que esse tipo de ambiente inundável seja tão rico em peixes? Esse artigo se propõe a responder a essa questão, mostrando que o pulso de inundação, o encher e secar a cada ano, típico de ambientes inundáveis, é o processo ecológico que regula sua fauna e flora, particularmente os peixes. Para tanto foi escolhido um braço abandonado do Rio Paraguai, denominado localmente como Baía do Tuiuiú, onde se estudou o ambiente, em termos de vegetação circundante, as...

  9. Caderno de normas do regulamento de produção da indicação de procedência do mel do Pantanal.

    REIS, V. D. A. dos; BIJOS, G. N.; MENEGAZZO, M. A. D.
    A apicultura é uma atividade produtiva do meio rural que pode ser desenvolvida em larga escala no Pantanal, devido à existência de extensas áreas que foram submetidas a reduzidas alterações antrópicas no processo de ocupação quando comparada com outras regiões do Brasil; apresentando ainda uma flora nativa muito variada, que pode proporcionar a produção de mel e de outros produtos apícolas em grandes quantidades. Tudo isso se traduz em um potencial econômico alternativo a ser desenvolvido na região pantaneira, principalmente se os produtos apícolas forem obtidos em sistemas de produção com maior agregação de valor como o sistema orgânico e/ou...

  10. Protocolos aplicados nas amostragens para as estimativas de emissão de metano pelos bovinos no Pantanal.

    OLIVEIRA, L. O. F. de; FERNANDES, A. H. B. M.; FERNANDES, F. A.; SANTOS, S. A.; CRISPIM, S. M. A.; GARCIA, J. B.; SANTOS, R. dos
    A principal atividade econômica do Pantanal é a pecuária bovina de corte, a qual vem convivendo harmoniosamente no ambiente há mais de 200 anos (ABREU et al., 2008), reciclando nutrientes e gerando renda à sua população. No entanto, os processos fermentativos ocorridos no rúmen dos bovinos com a finalidade de degradação da fibra (celulose e hemicelulose, principalmente), além da geração de energia e outros nutrientes utilizados no metabolismo animal, produzem também, de acordo com as dietas, menor ou maior quantidade do gás metano (CH4), havendo necessidade do conhecimento deste volume de emissão. Além de outras medidas necessárias para os avanços...

  11. Protocolo: índice de manejo e bem estar do rebanho (IMBA) para a Fazenda Pantaneira Sustentável (FPS).

    SANTOS, S. A.; OLIVEIRA, L. O. F. de; LIMA, H. P. de; ABREU, U. G. P. de; OLIVEIRA, M. D. de; ARAUJO, M. T. B. D.
    O objetivo deste protocolo é descrever o passo a passo dos indicadores de sustentabilidade definidos por um grupo de pesquisadores com base em diversos estudos científicos (MELLOR; STAFFORD, 2001; ROCHE et al., 2009; SANTOS et al., 2009) e pesquisas participativas e validados por pecuaristas e fazendas representativas da região para construir o índice de manejo e bem-estar do rebanho (IMBA).

  12. Resumos...

    EVENTO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA PANTANAL, 3., 2015, Corumbá.
    2015

  13. Protocolo: Índice Financeiro (IF) para a Fazenda Pantaneira Sustentável (FPS).

    ABREU, U. G. P. de; LIMA, H. P. de; SANTOS, S. A.; MASSRUHA, S. M. F. S.
    Produção de gado de corte é a principal atividade econômica na planície pantaneira, maior área úmida de água doce do mundo. Apesar da produção de gado de corte ser desenvolvida na região há quase 250 anos, o Pantanal é considerado o bioma mais conservado do Brasil, com a maior porcentagem de cobertura de vegetação nativa, sendo que 95% da região é ocupada por fazendas particulares (ABREU et al., 2010). A pecuária bovina de corte no Pantanal é desenvolvida em criatórios naturais extensivos com características de manejo pautadas pelo regime de enchentes (POTT et al., 1989). No Pantanal, os produtores se...

  14. Recomendações para operacionalização do plano de Agricultura de Baixo Carbono (ABC) no Pantanal.

    ABREU, U. G. P. de; MALHEIROS, S. M. P.; COMASTRI FILHO, J. A.; OLIVEIRA, L. O. F. de; OLIVEIRA, A. F. de; PIEDADE, E. M. F.; MICHEL, A. L.; DIAS, J. A. V.
    O Governo Brasileiro assumiu voluntariamente durante a COP-15 (Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima), realizada em Kopenhagen em 2009, o compromisso de redução de 36,1% a 38,9% da emissão de Gases Efeito Estufa (GEEs) até o ano 2020. As estimativas apontam para um total de emissão de 3.236 milhões de toneladas de CO2 equivalente pela agricultura, nas condições atuais dos sistemas de produção, havendo, portanto a necessidade da implantação de ações que promovam a redução de 1.168 a 1.259 milhões de toneladas de CO2 equivalente até esta data. É sabido que todas as atividades agropecuárias, praticadas nos diferentes...

  15. Base Tuiuiú: tecnologia de gestão e compartilhamento de dados primários e secundários de projetos.

    OLIVEIRA, G. S.; SILVA, D. S. da.; SILVA, R.; FERNANDES, C. S.; JESUS, L. de.; BERGIER, I.
    Dados de pesquisas são essenciais para o avanço científico e tecnológico do país, bem como para o desenvolvimento sustentável das atividades desenvolvidas nos agroecossistemas brasileiros. Uma forma de melhorar o aproveitamento desses dados é o seu compartilhamento entre pesquisadores. Ao compartilhar dados, as possibilidades de colaboração se multiplicam, propiciando ambiente favorável para a realização de trabalhos conjuntos com foco em inovação. A comunidade científica tem buscado mecanismos para tornar o compartilhamento possível, muito embora, particularmente na área ambiental, tem se verificado maior dificuldade (SORANNO et al., 2014).

  16. Acervo da coleção de referência de vertebrados do Pantanal - Embrapa Pantanal: Mamíferos.

    URQUIZA, A. da S. C.; FREITAS, G. O. de.; TOMÁS, M. A.; TOMAS, W. M.
    O Pantanal é a maior planície alagável do mundo, com 140.000 km² de extensão, e está inserido na Bacia do Alto Paraguai, nos estado do Mato Grosso (35%) e Mato Grosso do Sul (65%), com pequenas porções na Bolívia e no Paraguai. A região é conhecida pela abundância e diversidade de fauna, além de ser considerado o ?bioma? cuja paisagem foi, até agora, a menos alterada no Brasil. A diversidade de vegetação é influenciada por quatro biomas sul-americanos: Floresta Amazônica, Cerrado, Chaco e Mata Atlântica (ADÁMOLI, 1981; ALHO et al., 1987; HARRIS et al., 2005). Apesar de estar bem conservado...

  17. Protocolo: Índice de Conservação e Produtividade das Pastagens (ICPP) para a Fazenda Pantaneira Sustentável (FPS).

    SANTOS, S. A.; CARDOSO, E. L.; CRISPIM, S. M. A.; SORIANO, B. M. A.; GARCIA, J. B.; BERSELLI, C.
    A pecuária de corte é desenvolvida no Pantanal há mais de dois séculos baseada principalmente em pastagens nativas e, nas últimas décadas, complementada com pastagens exóticas cultivadas seguindo critérios técnicos apropriados. Com o objetivo de desenvolver um sistema de avaliação e monitoramento dos sistemas de produção animal para o Pantanal, propôs-se a criação de uma ferramenta denominada ?Fazenda Pantaneira Sustentável ? FPS? composta de vários critérios e indicadores que avaliem a sustentabilidade com base nas dimensões: econômica, social e ambiental. Um dos critérios selecionados refere-se às pastagens, base da pecuária de corte na região, que está inserida na dimensão ambiental...

  18. Protocolo: Índice de Conservação de Corpos de Água Naturais (ICA) para a Fazenda Pantaneira Sustentável (FPS).

    SOARES, M. T. S.; OLIVEIRA, M. D. de; CALHEIROS, D. F.; SANTOS, S. A.; LIMA, H. P. de
    Este documento apresenta o protocolo para obtenção do ?Índice de Conservação de Corpos de Água Naturais ? ICA?, uma ferramenta que possibilita caracterizar e monitorar a situação da propriedade rural pantaneira no tocante à conservação dos seus corpos d?água naturais e entorno. O ICA, bem como o presente Protocolo foram obtidos a partir de um trabalho mais amplo de elaboração do programa ?FPS ? Fazenda Pantaneira Sustentável?, construído com o uso de critérios de sustentabilidade econômica, social e ambiental, e fundamentado na necessidade de adoção de práticas de uso dos recursos naturais com base no conhecimento das interações entre o...

  19. Desmama Precoce no Pantanal.

    OLIVEIRA, L. O. F. de; ABREU, U. G. P. de; NOGUEIRA, E.; BATISTA, D. S. do N.; SILVA, J. C. B. da; SILVA JÚNIOR, C.
    Vastas áreas de pastagens vêm sendo gradativamente substituída por atividades agrícolas de maior rentabilidade, como as lavouras de grãos (soja e milho), de cana (usinas de álcool e açúcar) e florestas de eucalipto (indústrias de celulose). Pastagens remanescentes vêm servindo para a engorda de bovinos, com tendência de intensificação e redução do ciclo, sendo a cria de bezerros deslocada para áreas marginais. A pecuária de cria em terras marginais, com pastagens de menor qualidade levam a uma condição crônica de carência nutricional, apresentando como características menores índices de produtividade. O Pantanal com sua vocação natural para a produção de bezerros,...

  20. Resumos...

    EVENTO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA PANTANAL, 2., 2014, Corumbá.
    2014

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.