Recursos de colección

Infoteca. Informação Tecnológica em Agricultura (57.271 recursos)

O serviço Informação Tecnológica em Agricultura (Infoteca) reúne e permite acesso a informações sobre tecnologias produzidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), as quais se relacionam às áreas de atuação de seus demais centros de pesquisa. Suas coleções são formadas por conteúdos editados na própria instituição (em forma de cartilhas, livros para transferência de tecnologia, programas de rádio e de televisão), com linguagem adaptada de modo que produtores rurais, extensionistas, técnicos agrícolas, estudantes e professores de escolas rurais, cooperativas e outros segmentos da produção agrícola possam assimilá-los com maior facilidade, e, assim, apropriarem-se de tecnologias geradas pela Embrapa.

Circular Técnica (CPAP)

Mostrando recursos 1 - 20 de 111

  1. IATF + CIO: estratégia prática de avaliação de cio e aumento de prenhez.

    NOGUEIRA, E.; SILVA, J. C. B. da; SILVA, M. R.; SILVA, A. S.; RODRIGUES, W. B.; BEZERRA, A. O.; JARA, J. do P.; SILVA, K. C. da.; ANACHE, N. A.
    Devido à relativa baixa eficiência reprodutiva observada nos rebanhos bovinos brasileiros, é primordial desenvolver formas de conhecer, controlar e melhorar índices reprodutivos (taxa de prenhez, índice de serviço, intervalo de partos, taxa de natalidade). Programas de Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF) estão sendo utilizados em larga escala por apresentarem inúmeras vantagens, sendo a principal delas a eliminação da observação de cio, evitando a inseminação de vacas no momento incorreto, otimizando a utilização do sêmen e da mão-de-obra. A IATF serve também para concentrar as inseminações e as parições em épocas desejáveis, induzir a ciclicidade de vacas em anestro, diminuir...

  2. Empanado de carne mecanicamente separada de pacu.

    LARA, J. A. F. de; ZUANAZZI, J. S. G.; DELBEM, A. C. B.
    O pescado vem ganhando espaço na composição da dieta de proteína de origem animal no Brasil. Seu crescimento, que vem sendo acompanhado pelo aumento do consumo interno, é uma tendência que se observa nos dados oficiais disponíveis ao longo dos últimos anos (Brasil, 2012). Tradicionalmente o consumo de pescado está associado a sua forma in natura, onde o consumidor ou adquire o peixe inteiro eviscerado ou compra cortes de filés congelados ou resfriados. Esse mercado privilegia os cortes nobres mas ignora todos os produtos que podem surgir a partir dos resíduos de filetagem. Por mais eficiente que seja o processo...

  3. Efeito da temperatura e do tempo de embebição na qualidade de sementes e plântulas de nó-de-cachorro.

    JORGE, M. H. A.; COSTA, E.; ROUWS, J. R. C.
    2014

  4. Água corrente acelera a germinação de sementes de carandá (Copernicia alba).

    JORGE, M. H. A.; URBANETZ, C.; COSTA, E.; SALIS, S. M. de
    2014

  5. Elaboração e composição química das silagens ácida e ácida co-seca de vísceras de pirarucu (Arapaima gigas).

    LIMA, L. K. F. de; BORGHESI, R.; SUCASAS, L. F. de A.; MARTO, V. C. de O.; BARROS, T. L. de.; PONSANO, E. H. G.; OETTERER, M.
    2014

  6. Recomendações para redução da mortalidade na estocagem de Tuviras em isqueiros.

    ISHIKAWA, M. M.; MARQUES, D. K. S.; SANTOS, J. S. dos.; VENTURA, A. S.; PÁDUA, S. B. de.; SILVA, T. S. de C.; MARTINS, M. L.
    2014

  7. Processo de marinação de filés de surubim.

    DELBEM, A. C. B.; FANTINI, L. E.; LARA, J. A. F. de
    2013

  8. Elaboração de silagens ácida e co-seca de vísceras de tambaqui (Colossoma macropomum).

    BORGHESI, R.; LIMA, L. K. F. de; SUCASAS, L. F. DE A.; MARTO, V. C. DE O.; OETTERER, M.
    O tambaqui, Colossoma macropomum, (CUVIER, 1818) possui alta aceitação no mercado, em razão de sua carne saborosa. A produção desta espécie tem crescido de maneira considerável, fato que motiva pesquisas nas diversas áreas relacionadas à cadeia produtiva desta espécie. De acordo com os dados publicados pelo Ministério da Pesca e Aquicultura no ano de 2013, o tambaqui foi a segunda espécie mais produzida pela aquicultura continental (111,1 mil t) em 2011, ficando atrás apenas da tilápia (235,8 mil t) (BRASIL, 2013).

  9. Uso de tecnologia de precisão na estimativa da capacidade de suporte em pastagens sob uso múltiplo no Pantanal.

    SANTOS, S. A.; DESBIEZ, A. L. J.; BALDIVIEZZO-PEROTTO, H. L.; PELLEGRIN, L. A.
    O Pantanal brasileiro, a maior planície inundável do mundo, apresenta extensas áreas de pastagens naturais, que favoreceram a criação de gado de corte, introduzidos na região na época da colonização (século XVI), a qual se tornou a principal atividade econômica após o declínio do ciclo do ouro na região. Os bovinos e equinos são criados em conjunto com os grandes herbívoros silvestres, tais como a anta (Tapirus terrestris), o cervo-do-Pantanal (Blastocerus dichotomus),o veado-campeiro (Ozotoceros bezoarticus) e o veado mateiro (Mazama spp.). Há outros animais silvestres herbívoros como a capivara (Hydrochaeris hydrochaeris) e animais que também consomem plantas tais como os...

  10. Avaliação de extratos vegetais na prevenção e tratamento de Miíases Umbilicais em bezerros no Pantanal.

    BARROS, A. T. M. de; RAVAGLIA, E.; AQUINO, W. da S.; PASSOS, W.M.; LEITE, L.T.B.
    Devido a características ambientais e de manejo (grandes propriedades, pastagens extensas, rebanhos numerosos, mão-de-obra deficitária, etc.), as miíases umbilicais figuram dentre os principais problemas sanitários de bezerros no Estado. Esta situação é substancialmente agravada no Pantanal devido a problemas de infraestrutura, dificuldade de acesso e de manejo, determinando expressivas perdas à pecuária da região.

  11. Feno da parte aérea da mandioca para a produção de ruminantes em sistemas organicos.

    TOMICH, T. R.; NASCIMENTO, J. C. do; TOMICH, R. G. P.; LISITA, F. O.; DOMINGOS BRANCO, O.; FEIDEN, A.; MORAIS, M. G.
    As produtividades de feno observadas neste estudo indicam que o aproveitamento da parte aérea da mandioca pode representar uma estratégia de integração das atividades produtivas em uma mesma propriedade apropriada para a alimentação de ruminantes durante o período de escassez das pastagens, constituindo em um recurso disponível para manter índices adequados de produtividade dos rebanhos da região manejados de acordo com as diretrizes da produção orgânica.

  12. Metodologia para o monitoramento da pesca de iscas vivas no Pantanal.

    CATELLA, A. C.; SILVA, S. M. V. da.; SOARES, D. da C.; AMÂNCIO, C. O. da. G.
    2008

  13. Recursos forrageiros regionais conservados como feno para a alimentação de bovinos na região de Corumbá, MS.

    LISITA, F. O.; TOMICH, T. R.; CAMPOLIN, A. I.; FEIDEN, A.; CONCEIÇÃO, C. A. da; NASCIMENTO, V. R. do; TRINDADE, L. L.
    A produção de feno para fornecimento ao gado durante a estação seca, com o uso de espécies forrageiras regionais com ampla distribuição nos assentamentos rurais da região de Corumbá/MS, representa uma alternativa simples e economicamente viável para aumentar à produtividade dos rebanhos leiteiros, além de se configurar em uma etapa da transição agroecológica, ou seja, a substituição de insumos externos por alternativas disponíveis localmente.

  14. Qualidade da água do Córrego Chico, Ladário - MS.

    CALHEIROS, D. F.; FARDIM, V. C. R.; SANCHEZ, V. J. S.; MÁRMORA, M. M.
    2008

  15. Ensaio imunoenzimático (ELIZA) com antígeno recombinante para triagem de bovinos positivos para leptospirose.

    TOMICH, R.G.P.; JULIANO, R. S.; PELLEGRIN, A. O.; BOMFIM, M.R.Q.; BARBOSA-STANCIOLI, E.F.; KOURY, M.C.
    Os ensaios imunoenzimáticos (ELISAs) têm sido desenvolvidos como métodos alternativos de triagem soroepidemiológica para a leptospirose bovina. Podem-se destacar como vantagens do teste de ELISA em relação à SAM, a segurança (não utiliza bactérias vivas), a alta sensibilidade do teste, a facilidade de execução da análise, rapidez, menor custo e a objetividade da interpretação dos resultados

  16. Quantos porcos monteiros existem no Pantanal?

    PIOVEZAN, U.; AVELLAR, A. L. F. de.
    2008

  17. Procedimentos de segurança no desenvolvimento da apicultura com abelhas africanizadas (Apis mellifera L.).

    REIS, V. D. A. dos; PINHEIRO, R. da S.
    2006

  18. Cobertura do solo e frequência de espécies em pastagem nativa após queima, Pantanal, MS.

    CRISPIM, S. M. A.; FERNANDES, F. A.; CARDOSO, E. L.; BRANCO, O. D.
    2006

  19. Tristeza parasitária bovina em assentamentos rurais de Corumbá, MS: ocorrência e controle.

    TOMICH, R. G. P.; PELLEGRIN, A. O.; RIBEIRO, M. F. B.; STANCIOLI, E. F. B.
    2006

  20. Tecnologias para a agroindústria: processamento artesanal do pescado do Pantanal.

    LARA, J. A. F. de; GARBELINI, J. S.; DELBEM, A. C. B.
    O pescado proveniente de peixes do Pantanal pode ser utilizado para o processamento tecnológico em escala artesanal, com poucas adaptações tecnológicas, como demonstradas nas formulações apresentadas. Para a comercialização dos produtos, além das características sensoriais, deve-se considerar a existência de mercado consumidor, de escala de produção, qualidade do produto em seus vários aspectos e responsabilidade social e ambiental.

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.