Recursos de colección

Infoteca. Informação Tecnológica em Agricultura (57.212 recursos)

O serviço Informação Tecnológica em Agricultura (Infoteca) reúne e permite acesso a informações sobre tecnologias produzidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), as quais se relacionam às áreas de atuação de seus demais centros de pesquisa. Suas coleções são formadas por conteúdos editados na própria instituição (em forma de cartilhas, livros para transferência de tecnologia, programas de rádio e de televisão), com linguagem adaptada de modo que produtores rurais, extensionistas, técnicos agrícolas, estudantes e professores de escolas rurais, cooperativas e outros segmentos da produção agrícola possam assimilá-los com maior facilidade, e, assim, apropriarem-se de tecnologias geradas pela Embrapa.

Artigo de divulgação na mídia (CPATC)

Mostrando recursos 1 - 20 de 140

  1. BRS Agreste: cultivar feijão de grão mulatinho com alto potencial produtivo e porte ereto.

    MELO, L. C.; COSTA, J. G. C. da; DEL PELOSO, M. J.; FARIA, L. C. de; CABRERA DIAZ, J. L.; CARVALHO, H. W. L. de; WARWICK, D. R. N.; RAVA, Carlos A.; PEREIRA, H. S.; SILVA, Heloisa T. da; SARTORATO, Aloísio; FARIA, J. C. de; BASSINELO, Priscila Z.; WENDLAND, A.
    2008

  2. Recomendações técnicas para produção de sementes e mudas de Pinheira.

    COSTA, J. G. da; SOUZA, M. A.; OLIVEIRA, J. D.S. de; MELO, P. L. A. de; COSTA JÚNIOR, J. C. da.
    Recomendações Técnicas para Produção de Sementes e Mudas de Pinheira Introdução A pinheira (Annona squamosa L.), dentre as espécies da família das anonáceas, é uma das mais importantes por possuir frutos com alto valor comercial e por serem muito apreciados pelos consumidores (ZUCARELI et al., 2007). Para Nietsche et al. (2009), o cultivo desta frutífera teve acréscimos nas regiões Sudeste e Nordeste, especialmente nas áreas irrigadas, devido a possibilidade de se obter mais de uma safra por ano, assim como pelos preços obtidos para a fruta nos principais mercados consumidores (Centrais de abastecimento e supermercados do Nordeste e Sudeste). A...

  3. Cultura do sorgo sacarino.

    CAMARA, T. M. M.
    Só existe crise para usineiro quando a usina está parada. Esta foi a frase que ouvi outro dia de um encarregado de campo em uma usina. A entressafra de cana-de-açúcar em Alagoas está chegando ao fim. Depois de um período que se estendeu desde março/abril, usinas como Santo Antonio e Camaragibe já anunciam o início da safra para os próximos dias.

  4. A escolha da semente de abóbora é muito importante.

    TALAMINI, V.; RAMOS, S. R. R.
    Em experimentos de pesquisa realizados em áreas de agricultores familiares, a Embrapa Tabuleiros Costeiros de Aracaju (SE) detectou, no ano de 2009, a ocorrência da antracnose em Simão Dias, região Agreste de Sergipe, município com expressão no cultivo e comercialização da abóbora.

  5. Maedi-Visna é realmente um problema?

    DANTAS, T. V. M.
    Maedi-Visna é uma doença ocasionada por um vírus de mesmo nome, ou seja, Maedi visna vírus (MVV) e por ser silenciosa pode ocasionar sérios problemas econômicos. Esse texto começou com uma pergunta de um produtor: ?Maedi-visna é um problema realmente?? E agora?

  6. Criação de peixes pode ser uma boa alternativa de negócio para o produtor rural brasileiro.

    CARNEIRO, P. C. F.
    Há mais de 20 anos, a criação de peixes vem se apresentando como uma promissora oportunidade econômica para o empresário rural brasileiro. No início, estimulada pela expansão dos ?pesque-pagues?, a atividade mostrou-se muito lucrativa, permitindo à piscicultura experimentar um crescimento até então inédito no País. Os brasileiros começavam a perceber que os peixes poderiam ser produzidos em cativeiro, sob condições controladas e planejadas, diferentemente da tradicional pesca extrativista. A perspectiva de aumentar o consumo de um alimento nobre passou a fazer parte do dia a dia da população e o setor produtivo percebeu uma excelente alternativa de negócio.

  7. Registro de chuvas e gestão dos recursos hídricos em Sergipe.

    CRUZ, M.
    Os profissionais da área de recursos hídricos confrontam-se diariamente com dificuldades relacionadas à escassez de informação confiável relacionada aos diferentes processos do ciclo hidrológico. A precipitação pluvial tem se caracterizado historicamente como a variável hidrológica melhor registrada no território brasileiro, contando com uma boa malha de pluviômetros e pluviógrafos distribuídos nas principais bacias hidrográficas.

  8. Escassez de água em Sergipe: dimensionamento de cisternas.

    CRUZ, M.
    O Estado de Sergipe apresenta cerca de 50% de sua superfície compreendida no conhecido Polígono das Secas nordestino, que se caracteriza pela irregularidade das chuvas e por baixas alturas precipitadas durante o ano, com elevada concentração em poucos meses. Desta forma predomina o balanço hídrico negativo, com precipitações médias anuais da ordem de 500 a 800 mm e taxas de evaporação muitas vezes superiores a 2000 mm, resultado de temperaturas médias anuais de 25ºC e umidade relativa do ar de 50%.

  9. Avaliação de populações de soja quanto à produtividade e resistência a percevejos.

    CARLINI-GARCIA, L. A.; LOURENÇÃO, A. L.; PINHEIRO, J. B.; SCARPELLINI, J. R.; SANTOS, M. da F.; MORAIS, L. K. de
    O uso de defensivos agrícolas na lavoura representa elevação no custo de produção da mesma e produz impacto ambiental indesejado, devido à contaminação do meio ambiente com produtos químicos. Nesse contexto, a utilização de genótipos com resistência a insetos é desejável, apresentando-se como uma alternativa ao uso de inseticidas no campo. Na cultura da soja, sabe-se que os percevejos causam grandes danos, afetando principalmente os grãos, que devido ao ataque de tais insetos, tornam-se manchados, deformados e até mesmo inviáveis.

  10. Zoneamento agrícola de risco climático: importante instrumento para o desenvolvimento do agronegócio.

    SILVA, A. A. G. da.
    Empresários, agricultores e instituições financiadoras de crédito rural do Estado devem estar atentos as publicações no Diário Oficial da União das Notas Técnicas dos Zoneamentos de Riscos Climáticos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Já se encontram disponível, desde o dia 20 de dezembro, no site do MAPA (www.agricultura.gov.br) ou através do zoneamento@agricultura.gov.br, as notas técnicas para cana-de-açúcar, coco e girassol.

  11. Notas Técnicas do Zoneamento Agrícola: safra 2012.

    SILVA, A. A. G. da.
    Os agricultores e agentes financiadores do Estado de Sergipe devem ficar atentos à divulgação das notas técnicas referentes ao Zoneamento Agrícola de Risco Climático do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicadas no portal www.agricultura.gov.br/politica-agricola/zoneamento-agricola e também no portal da Embrapa Tabuleiros Costeiros (http://www.cpatc.embrapa.br/index.php?idpagina=artigos&artigo=2839).

  12. Medidas sanitárias gerais para ovinos e caprinos.

    DANTAS, T. V. M.
    A sanidade abrange uma série de atividades técnicas, conduzidas para manter as condições de saúde dos animais, as quais são influenciadas pelo meio ambiente, práticas inadequadas de manejo, pelo genótipo, entre outras causas. Os problemas de erro de manejo incluem: nutrição inadequada, limpeza, desinfecção e higiene precária, instalações mal planejadas, manejadores despreparados, criação conjunta de animais de diferentes espécies, presença de ratos, pássaros e moscas. Problemas relacionados ao meio ambiente são: escassez de alimentos e água, mudanças bruscas de temperatura, presença de ventos frios, poeira, calor, radiação entre outros.

  13. Embrapa Tabuleiros Costeiros produz rebanho de ovelhas Santa Inês com maior prolificidade.

    AZEVEDO, H. C.; OLIVEIRA, A. A. de; MUNIZ, E. N.; PAIVA, S. R.; FRANCO, M. M.; MELO, E. de O.
    Apesar do crescimento e do reconhecido valor sócio-econômico da atividade, a ovinocultura brasileira ainda apresenta, em muitos casos, reduzidos índices de produtividade em conseqüência do baixo desempenho reprodutivo e produtivo dos rebanhos. Entende-se como eficiência reprodutiva a somatória da fertilidade, da prolificidade e da sobrevivência dos cordeiros no sistema de produção. O número de cordeiros nascidos por ovelha acasalada é resultado da fertilidade e da prolificidade, e a sobrevivência desses cordeiros está principalmente na dependência da alimentação pré-parto, da habilidade materna e do manejo adequado da mãe e do cordeiro pós-parto. A otimização da eficiência reprodutiva depende do uso de...

  14. Aclimatação e quarentena: manejos muitas vezes esquecidos - quando não realizados, podem representar grandes perdas.

    FUJIMOTO, R. Y.
    Quem nunca comprou um peixe e ao chegar em casa colocouo direto no aquário e, em um período compreendido entre quatro e sete dias, ele morreu ou todos os peixes do aquário começam a adoecer? Bom, esse é um cenário bem mais comum do que se imagina. Isso ocorre principalmente devido à falta de cuidados e de manejos adequados para a manutenção desse animal em cativeiro.

  15. Une nouvelle histoire du café

    DINIZ, L.; ANTHONY, F.
    Le café est aujourd?hui la première richesse de nombreux pays tropicaux. Seules deux espèces sont cultivées, qui produisent les célèbres Arabica et Robusta. Mais il existe au total près de 120 espèces sauvages, qui ont colonisé en 400000 ans toute l?Afrique équatoriale et la région malgache à partir de leur origine, en Basse Guinée. C?est ce que montre une récente étude de chercheurs de l?IRD et de leur partenaire brésilien 1, grâce au séquençage de l?ADN de 26 espèces. Jusque là, du fait de la présence des caféiers en Afrique, à Madagascar et en Inde, les botanistes pensaient que les...

  16. Mastite bovina: prevenir é o melhor caminho.

    DANTAS, T. V. M.
    A mastite bovina é a inflamação da glândula mamária e sua intensidade depende da interação com fatores relacionados ao animal e à presença de agentes patogênicos que desencadeia processo inflamatório. Os agentes causadores da mastite na sua maioria são as bactérias, podendo existir ainda fungos, leveduras, vírus e algas.

  17. Pesquisa busca novas cultivares, copas e porta-enxertos de citros para o Estado de Sergipe.

    MARTINS, C. R.; TEODORO, A. V.; CARVALHO, H. W. L. de; SOARES FILHO, W. dos S.; SANTOS, J. E. dos.
    A fruticultura brasileira procura cada vez mais manter e ampliar a produtividade das frutíferas, aliado à qualidade das frutas produzidas em pomares, com a máxima racionalização dos recursos naturais disponíveis. Na citricultura isto não é diferente. A busca por inovações tecnológicas que atendam estes requisitos tem sido uma constante e a razão de esforços e investimentos na pesquisa em praticamente todo o país.

  18. Ameaças e oportunidades ao cultivo do feijoeiro comum no Nordeste.

    MARTINS, C. R.; CARVALHO, H. W. L. de; BARROS, I. de; TEODORO, A. V.
    Historicamente, o feijoeiro comum (Phaseolus vulgaris L.) se destaca com uma das principais culturas agrícolas no Brasil e no mundo. No Brasil, o destaque não se resume apenas aos aspectos econômicos e produtivos, mas, fundamentalmente, na segurança alimentar por fazer parte cotidiana da ?mesa? das famílias, sobretudo aquelas mais carentes, que têm neste grão a base proteica de sua alimentação. O consumo per capita de feijão comum no Brasil vem se reduzindo ao longo dos anos, com uma estimativa atual de 17 kg/habitante/ano.

  19. Embrapa se antecipa ao problema da erosão do solo no Agreste sergipano.

    BARROS, I. de; PORTELA, J. C.; CINTRA, F. L. D.; PACHECO, E. P.; CARVALHO, H. W. L. de.
    O Estado de Sergipe tem experimentado uma forte expansão da cultura do milho nos últimos anos, principalmente nas regiões Agreste e Sertão que respondem por 96% da área plantada.Tal expansão pode acarretar sérios problemas de erosão hídrica no solo.

  20. Intensificação ecológica da agricultura: uma opção para a preservação ambiental com lucratividade.

    BARROS, I. de; MARTINS, C. R.; CINTRA, F. L. D.
    As perspectivas futuras sugerem que uma verdadeira revolução nos processos de produção agrícola terá que acontecer. Se por um lado o modelo produtivista, oriundo da revolução verde, tem mostrado seus limites, principalmente no que diz respeito ao uso insustentável de recursos naturais e nos impactos negativos que causam ao meio ambiente, por outro, estima-se que a população mundial deverá chegar a 9 bilhões de pessoas em 2050, aumentando assim a demanda por alimentos, fibras, madeiras e, junte-se a essa lista: biocombustíveis. Esse aumento na demanda será ainda maior do que uma simples progressão do aumento populacional, já que uma substancial...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.