Recursos de colección

Infoteca. Informação Tecnológica em Agricultura (56.683 recursos)

O serviço Informação Tecnológica em Agricultura (Infoteca) reúne e permite acesso a informações sobre tecnologias produzidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), as quais se relacionam às áreas de atuação de seus demais centros de pesquisa. Suas coleções são formadas por conteúdos editados na própria instituição (em forma de cartilhas, livros para transferência de tecnologia, programas de rádio e de televisão), com linguagem adaptada de modo que produtores rurais, extensionistas, técnicos agrícolas, estudantes e professores de escolas rurais, cooperativas e outros segmentos da produção agrícola possam assimilá-los com maior facilidade, e, assim, apropriarem-se de tecnologias geradas pela Embrapa.

Artigo de divulgação na mídia (CPATSA)

Mostrando recursos 1 - 20 de 117

  1. Cebola.

    COSTA, N. D.; YURI, J. E.; RESENDE, G. M. de
    2015

  2. Monitoramento climático: informações para aprimorar manejo das culturas irrigadas.

    MOURA, M. S. B. de
    2015

  3. Resultados de pesquisa apoiam política pública de controle de moscas das frutas.

    PARANHOS, B. A. J.; GAVA, C. A. T.
    2015

  4. Sisalert.

    ANGELOTTI, F.
    2015

  5. Uso de resíduo de uva para produção de compostos e para uso pela indústria de cosméticos.

    LIMA, M. A. C. de
    2015

  6. Fertirrigação.

    PINTO, J. M.
    Fertirrigação é a aplicação de fertilizantes simultaneamente com a água de irrigação. Essa técnica combina dois dos principais fatores responsáveis pelo crescimento e desenvolvimento das plantas: água e nutrientes, sendo perfeitamente adaptável aos diferentes sistemas de irrigação. Contudo, a irrigação localizada (gotejamento e microaspersão) oferece maior flexibilidade a essa tecnologia.

  7. Produtividade da água e agricultura de precisão.

    BASSOI, L. H.
    Imagens de satélite, sistemas de informação geográfica, GPS, equipamentos automatizados e de informática são alguns dos recursos tecnológicos à disposição dos produtores para incrementarem os plantios nas áreas irrigadas. Manejando conhecimentos e informações da agricultura de precisão podem conseguir, de maneira simples, empregá-Ios no dia-a-dia das propriedades para a maior organização e controle das atividades, dos custos e da produtividade.

  8. Minitomates são opção de renda.

    YURI, J. E.; BORGES, R. M. E.
    2015

  9. Melão: emprego e renda nos polos de produção.

    DIAS, R. de C. S.; COSTA, N. D.; YURI, J. E.
    o melão é uma das espécies de hortaliças de maior expressão econômica e social do Nordeste. A região, que responde por 100% das exportações de melão - principalmente para a União Europeia - é um significativo gerador de divisas para o País no setor agrícola: em 2011 , respondeu pela geração de cerca de 15.000 empregos e por exportações da ordem de US$ 128 milhões.

  10. Abóbora com mais betacaroteno.

    YURI, J. E.; BORGES, R. M. E.
    A abóbora é amplamente cultivada e consumida no Brasil, em especial na Região Nordeste. Além do valor econômico e alimentar para a agricultura familiar e comercial, têm grande importância social na geração de empregos diretos e indiretos, pois demanda grande quantidade de mão-de-obra, do cultivo à comercialização.

  11. Melancia.

    DIAS, R. de C. S.
    Em todas as regiões do Brasil são encontrados plantios de melancia. No Nordeste, cultivos se proliferam por áreas dependentes de chuva e irrigadas, em pequenos estabelecimentos agrícolas e em grandes áreas do agronegócio, com variações de produtividades médias que vão de 6 toneladas por hectare a 32 toneladas por hectare.

  12. Polinização de abelha no meloeiro.

    KIILL, L. H. P.
    As abelhas prestam um serviço essencial ao negócio agrícola do meloeiro: a polinização das flores. Deste modo, asseguram que vão se desenvolver e se transformarem em frutos. Quanto mais eficiente a polinização, melhores serão os frutos e maiores as quantidades colhidas. Se esses insetos não estiverem presentes nas áreas de cultivo e no momento que as plantas emitem flores não tem como escapar da redução de produtividade.

  13. Citricultura: mais uma alternativa para cultivo irrigado no Semiárido.

    BASTOS, D. C.; LOPES, P. R. C.
    2015

  14. Pesquisas com frutas de clima temperado e subtropical chegam às áreas dos produtores.

    LOPES, P. R. C.
    2015

  15. A cultura do coqueiro.

    FLORI, J. E.
    o Brasil é o maior produtor de coco verde (Cocos nucifera) do mundo e o coqueiro é uma das mais importantes frutíferas permanentes cultivadas no país, sobretudo, na região Nordeste, que é responsável por 73% da produção nacional.

  16. Goiaba: uma fruta de múltiplos usos.

    FLORI, J. E.
    Os frutos da goiabeira têm várias formas de aproveitamento: de consumo in natura à transformação industrial em purê, polpa, néctar, suco, compota, sorvete, doce, entre outros. Esta espécie, cultivada em quase todos os estados brasileiros, possui teores expressivos de Vitamina C (média de 150 mg por 100 gramas de polpa) além de outros nutrientes essenciais à alimentação humana, como vitaminas, sais minerais e fibras.

  17. Banana: bom negócio para a agricultura familiar.

    FLORI, J. E.
    O cultivo de bananeira é típico de agricultores familiares nas áreas irrigadas do Vale do Submédio São Francisco, com oportunidades de comércio para o exterior e o abastecimento do mercado interno. Dois fatores são determinantes: um, está relacionado ao fácil manejo; outro, diz respeito à geração de renda durante todo o ano.

  18. Acerola.

    SOUZA, F. de F.
    No Vale do Submédio São Francisco estão quase 45% da área cultivada com acerola no Brasil (7,100 hectares), ocupada por mais de 2,000 propriedades com tamanho médio de 2,0 hectares, A produtividade média da aceroleira obtida pelos produtores do Projeto Irrigado Senador Nilo Coelho, em Petrolina- PE, é de 25 toneladas por hectare, mas alguns produtores chegam a produzir até 60 toneladas por hectare.

  19. Mangicultura: produção de qualidade ganha mercados no Brasil e no exterior.

    MOUCO, M. A. do C.; SILVA, D. J.
    Os pomares de manga do Vale do Submédio São Francisco integram uma das principais cadeias produtivas da fruticultura brasileira. O desenvolvimento de tecnologias eficientes, combinado ao empreendedorismo privado, destaca a região pela alta produtividade, qualidade dos frutos e o planejamento de safras para serem colhidas em qualquer época do ano.

  20. Sucos de uva: produção que cresce.

    RYBKA, A. C. P.; PEREIRA, G. E.
    Em 2007, empresas produtoras de uvas de mesa no Vale do Submédio São Francisco passaram a investir na elaboração de sucos integrais, usando variedades tradicionais e outras lançadas pela Embrapa. Atualmente, várias delas atuam neste segmento. Além disso, houve um investimento no segmento de sucos concentrados.

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.