Recursos de colección

Infoteca. Informação Tecnológica em Agricultura (57.024 recursos)

O serviço Informação Tecnológica em Agricultura (Infoteca) reúne e permite acesso a informações sobre tecnologias produzidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), as quais se relacionam às áreas de atuação de seus demais centros de pesquisa. Suas coleções são formadas por conteúdos editados na própria instituição (em forma de cartilhas, livros para transferência de tecnologia, programas de rádio e de televisão), com linguagem adaptada de modo que produtores rurais, extensionistas, técnicos agrícolas, estudantes e professores de escolas rurais, cooperativas e outros segmentos da produção agrícola possam assimilá-los com maior facilidade, e, assim, apropriarem-se de tecnologias geradas pela Embrapa.

Série Documentos (CNPUV)

Mostrando recursos 1 - 20 de 111

  1. O regulamento de uso da indicação geográfica Monte Belo.

    TONIETTO, J.; ZANUS, M. C.; FALCADE, I.; GUERRA, C. C.
    O desenvolvimento de indicações geográficas (IG) de vinhos finos representa um novo estágio de organização da produção vitivinícola em áreas delimitadas no Brasil, com impactos na qualidade e identidade dos produtos e no reconhecimento dos vinhos junto aos mercados consumidores. As indicações geográficas geram produtos a partir de uma coletividade de produtores localizados em uma área geográfica delimitada. Tal produção, vinculada a este espaço, no qual há um saber coletivo de interações entre um meio físico e biológico identificado e as práticas vitivinícolas utilizadas, confere características distintivas aos produtos originários deste espaço, caracterizando o conceito de terroir vitivinícola, conforme define...

  2. O regulamento de uso da indicação geográfica Monte Belo.

    TONIETTO, J.; ZANUS, M. C.; FALCADE, I.; GUERRA, C. C.
    O desenvolvimento de indicações geográficas (IG) de vinhos finos representa um novo estágio de organização da produção vitivinícola em áreas delimitadas no Brasil, com impactos na qualidade e identidade dos produtos e no reconhecimento dos vinhos junto aos mercados consumidores. As indicações geográficas geram produtos a partir de uma coletividade de produtores localizados em uma área geográfica delimitada. Tal produção, vinculada a este espaço, no qual há um saber coletivo de interações entre um meio físico e biológico identificado e as práticas vitivinícolas utilizadas, confere características distintivas aos produtos originários deste espaço, caracterizando o conceito de terroir vitivinícola, conforme define...

  3. Calagem, adubação e contaminação em solos cultivados com videiras.

    MELO, G. W. B. de; ZALAMENA, J.; BRUNETTO, G.; CERETTA, C. A.
    2016

  4. Limites de tensão da água no solo para a produção de uvas de mesa.

    CONCEIÇÃO, M. A. F.
    A irrigação tem sido empregada em diversas regiões do mundo na produção de uvas de mesa. No Brasil, o seu emprego tem sido mais comum nas áreas tropicais do país, como no Vale do São Francisco, no Norte de Minas Gerais, no Noroeste Paulista e nas novas áreas vitícolas do Espírito Santo, Rio de Janeiro, Goiás e oeste de São Paulo. Por outro lado, nas regiões de clima temperado do Sul do Brasil, vários produtores de uvas de mesa também têm utilizado a irrigação em seus vinhedos, especialmente em cultivos protegidos com cobertura plástica. Para que a irrigação possa ser...

  5. Limites de tensão da água no solo para a produção de uvas de mesa.

    CONCEIÇÃO, M. A. F.
    A irrigação tem sido empregada em diversas regiões do mundo na produção de uvas de mesa. No Brasil, o seu emprego tem sido mais comum nas áreas tropicais do país, como no Vale do São Francisco, no Norte de Minas Gerais, no Noroeste Paulista e nas novas áreas vitícolas do Espírito Santo, Rio de Janeiro, Goiás e oeste de São Paulo. Por outro lado, nas regiões de clima temperado do Sul do Brasil, vários produtores de uvas de mesa também têm utilizado a irrigação em seus vinhedos, especialmente em cultivos protegidos com cobertura plástica. Para que a irrigação possa ser...

  6. Bioecologia, monitoramento e controle de Drosophila suzukii na cultura do morangueiro.

    NAVA, D. E.; BOTTON, M.; BERNARDI, D.; ANDREAZZA, F.; BARONIO, C. A.
    O Brasil ocupa a terceira posição no ranking mundial de produção de frutas. A produção é diversificada devido às condições climáticas do País, que permitem produzir frutas tropicais, subtropicais e temperadas. A maior parte da produção tem como destino o mercado interno e apenas 2,5% destinam-se à exportação. Com a globalização da economia e as dificuldades de monitoramento das fronteiras brasileiras, a produção agrícola está vulnerável a diversos problemas fitossanitários. A fruticultura tem sido um dos setores mais afetados pelo registro de novas pragas, que aumentam os custos de produção e comprometem a qualidade das frutas devido às injurias causadas,...

  7. Resumos...

    ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 14. ENCONTRO DE PÓS-GRADUANDOS DA EMBRAPA UVA E VINHO, 10., 2016, Bento gonçalves.
    O Encontro de Iniciação Científica e Pós-graduandos visa a formação e o incentivo à vocação científica e profissional dos bolsistas. Nesses dois dias, são estimuladas as habilidades de comunicação oral e escrita dos estudantes, permitindo debater junto à equipe de pesquisa os conhecimentos científicos e tecnológicos gerados no âmbito dos projetos. Proporciona-se, também, a avaliação das metodologias utilizadas e a qualidade dos resultados obtidos, aproximando o aluno do meio acadêmico com situações concretas de pesquisa e inovação. Como consequência, o estudante estará mais preparado para se submeter aos passos seguintes à graduação, como especializações, mestrados, doutorados e, principalmente, à vida...

  8. Caracterização e análise de aspectos sociais, tecnológicos e econômico-financeiros da viticultura Gáucha e Catarinense.

    LAZZAROTTO, J. J.; TAFFAREL, J. C.; MONTEIRO, R.
    No contexto nacional, o setor vitivinícola gaúcho e catarinense possui destacada importância econômica e social. Isso porque, além de responder por expressiva parcela da produção brasileira de uvas direcionadas, sobretudo, para atender demandas da indústria de processamento, envolve um grande número de pequenos e médios produtores familiares. Apesar da relevância, o setor em questão é continuamente afetado por uma série de fatores de ordem climática, tecnológica, mercadológica e econômica, que tendem a prejudicar a sua competitividade e sustentabilidade. Diante desse cenário, foi elaborada a presente publicação, na qual são abordados e analisados pontos fundamentais associados, principalmente, com questões de gestão,...

  9. Caracterização e análise de aspectos sociais, tecnológicos e econômico-financeiros da viticultura Gáucha e Catarinense.

    LAZZAROTTO, J. J.; TAFFAREL, J. C.; MONTEIRO, R.
    No contexto nacional, o setor vitivinícola gaúcho e catarinense possui destacada importância econômica e social. Isso porque, além de responder por expressiva parcela da produção brasileira de uvas direcionadas, sobretudo, para atender demandas da indústria de processamento, envolve um grande número de pequenos e médios produtores familiares. Apesar da relevância, o setor em questão é continuamente afetado por uma série de fatores de ordem climática, tecnológica, mercadológica e econômica, que tendem a prejudicar a sua competitividade e sustentabilidade. Diante desse cenário, foi elaborada a presente publicação, na qual são abordados e analisados pontos fundamentais associados, principalmente, com questões de gestão,...

  10. Sistema para elaboração de suco de uva integral em pequenos volumes: suquificador integral.

    GUERRA, C. C.
    2016

  11. Anais... Minicursos.

    SEMINÁRIO BRASILEIRO SOBRE PEQUENAS FRUTAS, 7., 2013, Vacaria.
    2013

  12. Panorama Socioeconômico e Tecnológico da Produção Familiar Gaúcha e Catarinense de Frutas de Clima Temperado.

    LAZZAROTTO, J. J.; MONTEIRO, R.; TAFFAREL, J. C.; FIORAVANÇO, J. C.
    2015

  13. Diagnóstico do sistema de produção do quivi em pomares de Farroupilha/RS: principais demandas.

    SILVEIRA, S. V. da; GARRIDO, L. da R.; GAVA, R.; SANTOS, R. S. S. dos; NICKEL, O.; LAZZAROTTO, J. J.; FIORAVANÇO, J. C.
    2015

  14. Manual de produção de uvas viníferas de alta qualidade.

    ABARZUA, C.; PAVAN, C.; BASILE, D.; DANI, D.; SCOTTÁ, D.; BARBIERI, E.; BOZZA, E.; ANGHEBEN, I.; TAFFAREL, J. C.; SANTINI, L.; BOTTEGA, L.; BAVARESCO, L.; GARRIDO, L. da R.; MANFROI, L.; DALLÉ, M.; BOTTON, M.; DULLIUS, M. de V.; COPAT, M.; CRIPPA, P.; DULLIUS, P.; BOSCATTO, R.; BAO, R.; POSTAL, T.
    2015

  15. Sistema Biobed Brasil: tecnologia para disposição final de efluentes contaminados com agrotóxicos originados a produção de frutas de clima temperado.

    GEBLER, L.; PIZZUTTI, I. R.; DAL MAGRO, T.; SANTOS, R. S. S. dos; CARDOSO, C. D.; KLAUBERG FILHO, O.
    2015

  16. Resumos...

    ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 9., 2015, Bento Gonçalves.; ENCONTRO DE PÓS-GRADUANDOS DA EMBRAPA UVA E VINHO, 9., 2015, Bento Gonçalves
    2015

  17. Produção orgânica de uva para mesa.

    MELO, G. W. B. de; BOTTON, M.; GARRIDO, L. da R.
    2015

  18. Seleção clonal em videira.

    CARGNIN, A.
    2014

  19. Anais...

    SEMINÁRIO BRASILEIRO SOBRE PEQUENAS FRUTAS, 6., 2011, Vacaria.
    Manejo da cultura da physalis. Cultivares e manejo da framboesa. Sistema de cultivo semi-hidropônico. Produção de morangos em sistema de base ecológica. Panorama da oferta de mudas de morango. Exigências climáticas e fisiológicas para produção de mudas de morango no Brasil. Pós-colheita de pequenas frutas. Alternativas de processamento para pequenas frutas. Situação e perspectivas da produção de pequenas frutas no Brasil. Situaçaão e perspectivas das pequenas frutas: Argentina.

  20. Anais...

    SEMINÁRIO BRASILEIRO SOBRE PEQUENAS FRUTAS, 5., 2009, Vacaria.
    2009

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.