Recursos de colección

Infoteca. Informação Tecnológica em Agricultura (56.791 recursos)

O serviço Informação Tecnológica em Agricultura (Infoteca) reúne e permite acesso a informações sobre tecnologias produzidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), as quais se relacionam às áreas de atuação de seus demais centros de pesquisa. Suas coleções são formadas por conteúdos editados na própria instituição (em forma de cartilhas, livros para transferência de tecnologia, programas de rádio e de televisão), com linguagem adaptada de modo que produtores rurais, extensionistas, técnicos agrícolas, estudantes e professores de escolas rurais, cooperativas e outros segmentos da produção agrícola possam assimilá-los com maior facilidade, e, assim, apropriarem-se de tecnologias geradas pela Embrapa.

Comunicado Técnico (CPAP)

Mostrando recursos 1 - 20 de 97

  1. Crescimento diamétrico de canjiqueira (Byrsonima cydoniifolia) no Pantanal da Nhecolândia, Corumbá, MS.

    MATTOS, P. P. de; DOMENE, V. D.; SALIS, S. M. de; BRAZ, E. M.
    Este trabalho tem como objetivo a determinação do padrão de crescimento em diâmetro para B. cydoniifolia.

  2. Estimativa da população de bovinos no Pantanal por meio de modelos temáticos e índices tradicionais.

    OLIVEIRA, L. O. F. de; ABREU, U. G. P. de; DIAS, F. R. T.; FERNANDES, F. A.; NOGUEIRA, E.; SILVA, J. C. B. da
    2016

  3. Desidratação de frutas utilizando secador solar.

    FEIDEN, A.; FEIDEN, A.; GALVANI, F.; CAMPOLIN, A. I.
    A conservação de frutas para utilização fora da sua época de colheita tem sido uma demanda das sociedades desde os primórdios da civilização. Há muitos séculos, a conservação de frutas por desidratação tem sido utilizada por diversas culturas.

  4. Controle de aromita em pastagens exóticas em uma fazenda do Pantanal, Miranda, MS.

    SANTOS, S. A.; SILVA, E. R.; OLIVEIRA, G. F.; CRISPIM, S. M. A.; SILVA, L. C. F.; SILVA, G. A.
    A pecuária de corte na região pantaneira caracteriza-se pela criação extensiva em grandes propriedades. A base alimentar dos bovinos consiste de pastagens nativas, embora em muitas fazendas predomine pastagens exóticas introduzidas, com a finalidade de aumentar a disponibilidade de volumoso para os animais.

  5. Adaptação da metodologia: análise de microestruturas de pelos para identificação de mamíferos - tricologia.

    FELIX, G. A.; PIOVEZAN, U.; QUADROS, J.; ALVES, F. V.; JULIANO, R. S.; FIORAVANTI, M. C. S.
    2014

  6. Atualização dos métodos de cálculo dos estoques de carbono do solo sob diferentes condições de manejo.

    FERNANDES, F. A.; FERNANDES, A. H. B. M.
    2013

  7. Monitoramento do comportamento do Rio Paraguai no Pantanal Sul Mato-Grossense em 2007

    SOARES, M. T. S.; SORIANO, B. M. A.; ABREU, U. G. P. de; SANTOS, S. A.; COMASTRI FILHO, J. A.
    2007

  8. Enraizamento de estacas de alfavaca (Ocimum gratissimum L.)

    JORGE, M.H.A.; EMERY, F.S.; SILVA, A.M.
    Com o objetivo de gerar conhecimentos facilmente aplicáveis a realidade de pequenos agricultores, comunidades de produtores e assentados da região de Corumbá, MS, este comunicado técnico avaliou o enraizamento em três substratos de estacas retiradas de duas partes do caule de plantas de alfavaca.

  9. Adaptação de uma técnica "in vitro" para descrição da cinética de degradação ruminal da matéria seca de volumosos.

    TOMICH, T.R.; PEREIRA, L.G.R.; GUIMARÃES JÚNIOR; GONÇALVES, L.C.
    Este trabalho teve como objetivo adaptar a fase fermentativa da técnica de digestibilidade in vitro proposta por Tilley e Terry (1963) para a descrição da cinética de degradação ruminal da matéria seca (MS) de volumosos. Para tal, comparou os resultados da cinética de degradação ruminal obtidos pela técnica in situ aos resultados obtidos pela fase fermentativa da técnica de Tilley e Terry (1963) empregando diferentes tempos de incubação das amostras de forrageiras.

  10. Brucelose bovina no Pantanal Sul-Matogrossense: dados preliminares.

    PELLEGRIN, A.O.; LEITE, R. de M.H.; SERENO, J.R.B.; LAGE, A.P.; LEITE, R.C.; RAVAGLIA, E.
    Com o objetivo de levantar a freqüência preliminar de bovinos de corte não vacinados do Pantanal, foram visitados, no período de 1994 a 1996, 16 rebanhos e 309 animais, sorteados dentre as fazendas cadastradas na Embrapa Pantanal. A freqüência foi estimada com base no número de animais que apresentavam resultados positivos em ambos os testes (AAT e soroaglutinação lenta/2 mercaptoetanol (2ME)) Os resultados do testes diagnósticos confirmatórios foram positivos, negativos ou inconclusivos e classificou-se como positiva a propriedade que apresentou pelo menos um animal positivo no teste confirmatório (2ME); negativa, quando todas os animais apresentaram-se negativos nos testes sorológicos e...

  11. Piletas: água para o gado e para a fauna no Pantanal da Nhecolândia.

    MURI, A. F.; PIOVEZAN, U.; LIMA, T. do N.; RIBEIRO, D. B.; MARTINS, F. I.; ORTIZ-MARTINÉZ, T.
    Considerando que a maioria das fontes de água livre (baías e salinas) tende a desaparecer durante secas mais severas e que a fauna silvestre é abundante na região, o objetivo deste trabalho foi investigar se espécies da fauna silvestre utilizam bebedouros construídos para o gado na Nhecolândia, o que caracterizaria uma contribuição indireta da bovinocultura para a conservação da fauna silvestre nesta região do Pantanal.

  12. Estimativa preliminar do conteúdo de nitrogênio depositado via fezes bovinas no Pantanal da Nhecolândia.

    SOARES, M. T. S.; SANTOS, S. A.; ABREU, U. G. P. de.
    No Pantanal não é usual a prática de adubação e, nesta condição, a produtividade está intrinsecamente relacionada às entradas e saídas naturais de nutrientes do sistema, ou seja, a ciclagem de nutrientes. Neste sentido, o aproveitamento das excretas (urina e fezes) do rebanho constitui-se em uma importante via de retorno de nutrientes às plantas. Estima-se que cerca de 60% a 90% dos nutrientes ingeridos pelo gado retornam aos pastos na forma de fezes e urina. Como os nutrientes presentes nestas excretas apresentam-se mais concentrados e em formas mais disponíveis às plantas, este processo pode estimular o crescimento das forragens e...

  13. Equação para estimar biomassa da Palmeira Acuri (Attalea phalerata) no Pantanal.

    SALIS, S. M.; CRISPIM, S. M. A.; BRANCO, O.D.
    2007

  14. Uso do ultra-som em programas de reprodução de peixes nativos

    CREPALDI, D.V.; ROTTA, M.A.
    2007

  15. Estado de conservação dos habitats do jacaré-paguá no entorno do Pantanal.

    CAMPOS, Z.M. da S.; MOURÃO, G. de M.
    Nos últimos anos, a Embrapa Pantanal vem executando atividades do projeto "Monitoramento da área de ocorrência, estado de conservação e ecologia do jacarépaguá no entorno do Pantanal" com apoio financeiro do CNPq (Conselho Nacional de Pesquisa Científica do Governo Federal do Brasil), da FUNDECT (Fundação de Desenvolvimento Apoio a Pesquisa), e logístico do IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente), nos Estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Os principais objetivos deste estudo são avaliar os estoques populacionais do jacaré-paguá e a qualidade dos seus habitats naturais no entorno do Pantanal, contribuindo com informações sobre a biologia da espécie...

  16. Maturidade fisiológica das sementes e emergência de plântulas de Nó-de-cachorro (Heteropterys tomentosa).

    JORGE, M. H. A.; OLIVEIRA, A. M. D.
    2013

  17. Desenvolvimento de produtos derivados do pescado a partir de Pacu cultivado no Pantanal.

    ZUANAZZI, J. G.; DELBEM, A. C. B.; NASCIMENTO, F. L.; LARA, J. A. F. de
    O consumo de pescado vem aumentando significativamente no Brasil, em apenas três anos entre 2006 e 2009, o consumo aumentou 30%, indo de 7 Kg por habitante/ano para 9 Kg por habitante/ano (BRASIL, 2009). Vários fatores podem estar influenciando esse aumento, mas destaca-se o aumento da renda do brasileiro, decorrente do aquecimento da economia nos últimos anos e o aumento da oferta de pescado, reflexo do aumento da produção da aquicultura continental.

  18. A dendrocronologia e o manejo florestal sustentável em florestas tropicais.

    MATTOS, P. P. de; BRAZ, E. M.; HESS, A. F.; SALIS, S. M. de
    2011

  19. Práticas de limpeza de campo para o Pantanal.

    SANTOS, S. A.; COMASTRI FILHO, J. A.
    2012

  20. Plantas colonizadoras da estrada transpantaneira (da Fazenda Leque ao Retiro Chatelodo), na Nhecolândia, Pantanal.

    POTT, V. J.; POTT, A.
    1986

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.