Thursday, October 23, 2014

 

 



Soy un nuevo usuario

Olvidé mi contraseña

Entrada usuarios

Lógica Matemáticas Astronomía y Astrofísica Física Química Ciencias de la Vida
Ciencias de la Tierra y Espacio Ciencias Agrarias Ciencias Médicas Ciencias Tecnológicas Antropología Demografía
Ciencias Económicas Geografía Historia Ciencias Jurídicas y Derecho Lingüística Pedagogía
Ciencia Política Psicología Artes y Letras Sociología Ética Filosofía
 

rss_1.0 Recursos de colección

SciELO Brasil - Scientific Electronic Library Online (76,449 recursos)
SciELO (Scientific Electronic Library Online) is an electronic library covering a selected collection of Brazilian scientific journals. The objective of the site is to implement an electronic virtual library, providing full access to a collection of serial titles, a collection of issues from individual serial titles, as well as to the full text of articles. The project envisages the development of a common methodology for the preparation, storage, dissemination and evaluation of scientific literature in electronic format.

Revista CEFAC

Mostrando recursos 1 - 20 de 211

1. Entrenamiento del vibrato en cantantes - Guzmán,Marco Antonio
TEMA: El vibrato de la voz es uno de los rasgos acústicos, técnicos y estilísticos más importantes en la caracterización de la cualidad de la voz en cantantes clásicos. Técnicamente, vibrato es una pulsación del tono, usualmente acompañada con pulsaciones sincrónicas de intensidad y timbre. El vibrato puede ser descrito acústicamente por el rate, extent y periodicidad de las modulaciones en frecuencia y modulaciones de la amplitud de la voz. El objetivo del presente artículo es mostrar y explicar un nuevo procedimiento para entrenar y corregir vibrato en cantantes. PROCEDIMIENTOS: Estudiante de canto lirico de 25 años, sexo masculino con...

2. Relato de caso: descrição da evolução da comunicação alternativa na pragmática do adulto portador de autismo - Ferreira,Patrícia Reis; Teixeira,Eny Viviane da Silva; Britto,Denise Brandão de Oliveira e
TEMA: alguns pacientes portadores de autismo necessitam do apoio de métodos alternativos de comunicação para se interagir e comunicar de forma eficaz. A comunicação alternativa e/ou suplementar (CAS) promove possibilidades comunicativas através da utilização integrada de símbolos, recursos, estratégias e técnicas. PROCEDIMENTOS: os objetivos deste estudo foram descrever os efeitos da utilização simultânea de dois métodos alternativos de comunicação, para a ampliação das habilidades pragmáticas de um adulto portador de autismo. A pesquisa é um estudo de caso do tipo longitudinal, de um indivíduo de 20 anos, diagnósticado com autismo. Os recursos comunicativos utilizados pelo sujeito foram avaliados, por meio...

3. Avaliação da satisfação dos usuários de aparelho de amplificação sonora individual - revisão sistemática - Magalhães,Fabiani Figueiredo; Mondelli,Maria Fernanda Capoani Garcia
TEMA: satisfação de usuários de aparelho de amplificação sonora individual (AASI). OBJETIVO: avaliar a o nível de satisfação dos usuários de AASI por meio da aplicação do questionário Satisfaction With Amplification in Daily Life (SADL) e realizar revisão sistemática dos artigos selecionados para o estudo. CONCLUSÃO: o SADL demonstrou ser um instrumento adequado para identificar a satisfação do usuário de AASI, com fácil aplicabilidade e voltado ao uso clínico.

4. Propostas terapêuticas para os desvios fonológicos: diferentes soluções para o mesmo problema - Wiethan,Fernanda Marafiga; Mota,Helena Bolli
TEMA: enfoque das pesquisas realizadas nos últimos dez anos sobre terapia para os desvios fonológicos. OBJETIVO: realizar análise dos estudos em terapia fonológica, nacionais e internacionais, publicados a partir do ano de 2000, a fim de verificar as contribuições destes para a clínica fonoaudiológica, além de apontar novas possibilidades em pesquisa. CONCLUSÃO: todas as pesquisas trazem contribuições que podem ser adotadas como recursos na clínica fonoaudiológica. No entanto, não foram encontrados estudos apontando o número médio de sessões necessárias para determinação da alta fonoaudiológica nos casos de desvio fonológico, bem como abordagens globais, que dessem conta de todos os aspectos...

5. Aspectos respiratorios, posturais e vocais da Doença de Parkinson: considerações teóricas - Ferreira,Fernanda Vargas; Cielo,Carla Aparecida; Trevisan,Maria Elaine
TEMA: manifestações respiratórias, posturais e vocais, associadas aos estágios da Doença de Parkinson (DP) e suas possíveis inter-relações. OBJETIVO: revisar a literatura, a fim de descrever as características respiratórias, posturais e vocais associadas aos estágios na DP e suas possíveis inter-relações. CONCLUSÃO: Na DP, a etiologia das manifestações respiratórias é multifatorial, sendo obstrutivas; restritivas; relacionadas à bradicinesia, à rigidez e às alterações posturais; fraqueza da musculatura; anormalidades na musculatura laríngea; interferência da medicação antiparkisoniana. A postura em flexão altera a dinâmica corporal, interferindo nas funções estomatognáticas e na relação tóraco-abdominal. As alterações vocais podem estar presentes desde os estágios iniciais...

6. Método mãe canguru nos hospitais / maternidades públicos de Salvador e atuação dos profissionais da saúde na segunda etapa do método - Silva,Juliana Rodrigues da; Thomé,Célia Regina; Abreu,Renata Mathias de
OBJETIVO: investigar quantos hospitais/ maternidades públicos em Salvador utilizam o método mãe-canguru, quais os profissionais estão inseridos na equipe e caracterizar a atuação dos profissionais de saúde que estão inseridos na segunda etapa do método. MÉTODO: trata-se de um estudo quantitativo descritivo do qual participaram os responsáveis pelo setor de neonatologia e os profissionais de saúde inseridos na segunda etapa do método respondendo a questionários. Os dados obtidos foram analisados por meio de estatística descritiva calculando-se frequências simples. RESULTADOS:das sete instituições públicas de Salvador quatro utilizam o método. Nas três instituições pesquisadas realizam-se as três etapas preconizadas, em duas delas...

7. Desempenho de escolares com distúrbio de aprendizagem e dislexia em testes de processamento auditivo - Oliveira,Adriana Marques de; Cardoso,Ana Cláudia Vieira; Capellini,Simone Aparecida
OBJETIVO: caracterizar e comparar, por meio de testes comportamentais, o processamento auditivo de escolares com diagnóstico interdisciplinar de (I) distúrbio da aprendizagem, (II) dislexia e (III) escolares com bom desempenho acadêmico. MÉTODOS: participaram deste estudo 30 escolares na faixa etária de 8 a 16 anos de idade, de ambos os gêneros, de 2ª a 4ª séries do ensino fundamental, divididos em três grupos: GI composto por 10 escolares com diagnóstico interdisciplinar de distúrbio de aprendizagem, GII: composto por 10 escolares com diagnóstico interdisciplinar de dislexia e GIII composto por 10 escolares sem dificuldades de aprendizagem, pareados segundo gênero e faixa...

8. Caracterização do processamento auditivo das crianças com distúrbio de leitura e escrita de 8 a 12 anos em tratamento no Centro Clínico de Fonoaudiologia da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - Machado,Cíntia Santos Silva; Valle,Hálida Larissa Batista da Silva do; Paula,Karen Maria de; Lima,Sheilla da Silva
OBJETIVO: verificar possíveis desordens do processamento auditivo em crianças com distúrbio de leitura e escrita. MÉTODOS: foram selecionadas 15 crianças, com audição normal, na faixa etária de 8 a 12 anos, com baixo rendimento escolar e que se encontravam em tratamento no setor de linguagem escrita no Centro Clínico de Fonoaudiologia da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Os indivíduos foram submetidos aos testes: Pediatric Speech Intelligibility test, - Staggered Spondaic Word test, Fala com Ruído, Fala Filtrada, Gap in Noise e Padrão de Duração e Freqüência Melódicos. RESULTADOS: verificou-se que todos os indivíduos apresentaram alterações em pelo menos uma...

9. Correlações audiométricas do questionário de handicap auditivo para adultos - Lima,Ivanildo Inacio de; Aiello,Camila Piccini; Ferrari,Deborah Viviane
OBJETIVO: verificar as relações entre a autopercepção do handicap auditivo (restrição de participação), os achados audiométricos e dados sócio-demográficos em adultos deficientes auditivos. Comparar os resultados da percepção do handicap entre homens e mulheres. MÉTODOS: participaram deste estudo, 113 adultos jovens portadores de deficiência auditiva pós-lingual, neurossenssorial bilateral de graus variados. O questionário de Handicap Auditivo para Adultos (HHIA) foi aplicado no formato de entrevista. A pontuação total e das subescalas "social" e "emocional", do questionário foram correlacionadas com as médias dos limiares audiométricos (ISO, baixa, média e alta frequência) e limiar de reconhecimento de fala (LRF). Também foi obtida...

10. Potenciais evocados auditivos por frequência específica em lactentes com audição normal - Almeida,Mabel Gonçalves; Rodrigues,Gabriela Ribeiro Ivo; Lewis,Doris Ruthy
OBJETIVO: determinar os níveis mínimos de resposta (NMR) e a latência da onda V em lactentes ouvintes nas frequências de 0.5, 1, 2 e 4 kHz. MÉTODOS: foram avaliados 23 lactentes sem indicadores de risco para deficiência auditiva que apresentavam emissões otoacústicas evocadas por estímulo transiente (EOAET) e potenciais evocados auditivos de tronco encefálico automático (PEATE-A) presentes bilateralmente. RESULTADOS: obtiveram-se NMR médios de 34.2 dBnNA, 25.4 dBnNA, 19 dBnNA e 17.5 dBnNA para as frequências de 0.5, 1, 2 e 4 kHz, respectivamente. Os tempos médios de latência da onda V em 70 e 20 dBnNA, respectivamente, na frequência de...

11. Emissões otoacústicas e medidas de imitância acústica com tons de sonda de 226 e 1000 hz em lactentes - Tazinazzio,Tatiana Guilhermino; Diniz,Thais Antonelli; Marba,Sérgio Tadeu Martins; Colella-Santos,Maria Francisca
OBJETIVO: analisar os resultados encontrados na imitanciometria com tons de sonda de 226 e 1.000Hz em lactentes sem indicadores de risco para perda auditiva (IRPA) e correlacioná-los com as Emissões Otoacústicas Transitórias (EOAT). Além de estudar o reflexo acústico ipsilateral com tom de sonda de 226 Hz. MÉTODOS: foram avaliados 52 lactentes a termo, 26 do sexo masculino e 26 do feminino, com faixa etária de 11 a 51 dias de vida. Foram realizadas anamnese, meatoscopia, EOAT, timpanometria com tons de sonda de 226 e 1000 Hz e pesquisa do reflexo acústico ipsilateral. Na análise estatística dos dados aplicou-se: teste...

12. Níveis de ruído na lavanderia de um hospital público - Silva,Monique Cantelli da; Orlandi,Carolina Galoti; Chang,Eliane Mi; Siviero,Juliana; Pinto,Meliane Melina; Armellini,Patrícia Fernanda Staciarini; Santos,Thássia Silva dos; Luz,Vívian Baptista; Gil,Daniela
OBJETIVO: mensurar os níveis de ruído em diferentes turnos da lavanderia do Hospital São Paulo (HSP) e prestar esclarecimentos sobre a saúde e a conservação auditivas aos funcionários e supervisores do setor. MÉTODOS: trata-se de um estudo transversal descritivo. O ruído foi aferido por meio do medidor de pressão sonora na "Área Limpa" da lavanderia do HSP, em três períodos do dia: manhã (entre 7h e 8h), tarde (entre 12h e 13h) e noite (entre 17h e 18h), por três dias e cada medição durou cinco minutos. Observou-se o uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI) pelos funcionários em cada...

13. Estudo da audição em crianças portadoras de deficiência visual - Santos,Elisandra dos; Zeferino,Angélica Maria Bicudo; Gagliardo,Heloisa Gagheggi Ravanini Gardon; Colella-Santos,Maria Francisca
OBJETIVO: analisar a audição de escolares portadores de deficiência visual (baixa visão e cegueira) e caracterizá-los quanto ao desempenho escolar. MÉTODO: anamnese e avaliação audiológica de 30 (100%) crianças de 8 a 12 anos, sendo 15 (50%) do Grupo I, constituído por portadores de deficiência visual e 15 (50%) do Grupo II formado por crianças com visão normal, sem queixas auditivas e/ou escolares. Foram realizadas meatoscopia, audiometria tonal liminar, logoaudiometria e imitanciometria; além dos testes de Localização Sonora em Cinco Direções, Memória Sequencial para Sons Verbais e Não-Verbais, Fala com Ruído, Dicótico de Dígitos, Padrão de Duração e Detecção de...

14. Queixas auditivas de disc jockeys da cidade de Recife - Macedo,Eliza Maia de Britto; Andrade,Wagner Teobaldo Lopes de
OBJETIVO: investigar a ocorrência de queixas auditivas em disc jockeys da cidade de Recife/PE. MÉTODOS: foi realizada uma entrevista com 30 disc jockeys, com idade entre 19 e 28 anos, abordando informações ocupacionais, conhecimentos gerais sobre o ruído e queixas auditivas (diminuição da acuidade auditiva, desconforto a sons intensos, zumbido, sensação de ouvido abafado e otalgia). A análise foi realizada por meio de abordagem quantitativa, utilizando o teste estatístico t-student. RESULTADOS: dentre os dados mais relevantes, destacam-se: 46,7% dos disc jockeys apresentaram, espontaneamente, queixas auditivas, em especial, a diminuição da acuidade auditiva (relatada por todos os sujeitos); 14 disc jockeys...

15. Correlação entre o envelhecimento e as dimensões das pregas vocais - Miranda,Sandrelli Virginio de Vasconcelos; Mello,Roberto José Vieira de; Silva,Hilton Justino da
OBJETIVO: avaliar as dimensões das pregas vocais em ambos os sexos e correlacioná-las com o envelhecimento. MÉTODO: foram estudados 30 cadáveres (15 mulheres e 15 homens) na faixa etária de 60 a 102 anos. Para isto foram seguidas quatro etapas sequenciais: 1ª) História clínica do cadáver; 2ª) Remoção da laringe; 3ª) Dissecação da laringe; 4ª) Morfometria das dimensões das pregas vocais. Trata-se de um estudo experimental. RESULTADOS: o comprimento da prega vocal masculina com média de 15,90 mm foi maior que o da feminina com 10,39 mm. A largura da prega vocal masculina foi maior com média de 2,37 mm...

16. Tempos máximos de fonação e características vocais acústicas de mulheres com nódulos vocais - Cielo,Carla Aparecida; Lasch,Sabrina Schützenhofer; Miglioranzi,Shanna Lara; Conterno,Giseane
OBJETIVO: descrever os tempos máximos de fonação (TMF) e características vocais acústicas de mulheres adultas jovens com nódulos vocais. MÉTODOS: coleta dos TMF das vogais /a/, /i/ e /u/; da relação s/z e medidas acústicas da fonte glótica (Multi Dimensional Voice Program Advanced da Kay PENTAX) de 20 sujeitos do sexo feminino, com faixa etária entre 20 e 40 anos, dez com laudo otorrinolaringológico de nódulos vocais e dez com laudo de laringe normal. RESULTADOS: quanto aos TMF, o grupo sem nódulos (GSN) apresentou 90% dos resultados normais e 10% diminuídos, e o grupo com nódulos (GCN) apresentou 70% dos...

17. Desempenho em prova de vocabulário de crianças com desvio fonológico e com desenvolvimento fonológico normal - Brancalioni,Ana Rita; Marini,Caroline; Cavalheiro,Laura Giotto; Keske-Soares,Márcia
OBJETIVO: comparar o desempenho em prova específica de vocabulário de crianças com e sem desvio fonológico. MÉTODOS: participaram da pesquisa 150 crianças, 75 do Grupo com Desvio Fonológico (GDF) e 75 do Grupo com Desenvolvimento Fonológico Normal (GDFN), entre 6:0 e 6:11, de ambos os gêneros, pertencentes ao nível socioeconômico médio. Realizaram-se as triagens fonoaudiológica e auditiva, a Avaliação Fonológica da Criança e a avaliação do Vocabulário. As respostas das crianças foram analisadas considerando o número de Designações Verbais Usuais (DVU), Não Designações (ND) e Processos de Substituição (PS), por campo conceitual. Posteriormente, os dados foram tabulados e submetidos à...

18. Relação entre gravidade do desvio fonológico e fatores familiares - Pagliarin,Karina Carlesso; Brancalioni,Ana Rita; Keske-Soares,Márcia; Souza,Ana Paula Ramos de
OBJETIVO: analisar a relação entre os fatores familiares e as diferentes gravidades. MÉTODOS: foram analisadas entrevistas iniciais, realizadas com base em um protocolo padronizado que incluía questões referentes à história gestacional, a antecedentes patológicos familiares e ao relacionamento familiar de 152 crianças com desvio fonológico, com idades entre 4:0 a 8:0 anos. Os fatores familiares investigados foram: gravidez não planejada; dependência (de um dos pais e/ou ambos) de álcool e/ou drogas; distúrbios de fala, linguagem, e/ou audição apresentados por pais e/ou familiares de primeiro grau; distúrbios psicológicos apresentados pelos pais; pais separados; pai ausente e perda de parentes próximos. Em...

19. Avaliação de habilidades orais de crianças nascidas pré-termo - Ruedell,Aneline Maria; Haeffner,Leris Saleti Bonfanti; Silveira,Lisiane Martins; Keske-Soares,Márcia; Weinmann,Angela Regina Maciel
OBJETIVO: avaliar as habilidades orais de crianças nascidas pré-termo aos 4 e 6 meses de idade corrigida. MÉTODOS: foram avaliadas 14 crianças, nascidas com idade gestacional entre 29 e 35 semanas, no Ambulatório de Seguimento de Prematuros do Hospital Universitário de Santa Maria, no estado do Rio Grande do Sul. A avaliação aos 4 e 6 meses de idade corrigida compreendeu movimentos de língua, lábios e mandíbula durante a utilização da mamadeira ou seio, sendo que aos 6 meses também foi avaliado a retirada do alimento pastoso da colher, o uso do copo, e a mascagem com bolacha. Todas as...

20. Relação entre dor e atividade elétrica na presença de bruxismo - Almeida,Flávia Leães de; Silva,Ana Maria Toniolo da; Correa,Eliane Castilhos Rodrigues; Busanello,Angela Ruviaro
OBJETIVO: mensurar a atividade elétrica dos músculos masseter e temporal, verificar a graduação de dor à palpação e sua correlação com a atividade elétrica em sujeitos com bruxismo. MÉTODO: todos os sujeitos do estudo foram selecionados após avaliação por meio do instrumento Critérios de Diagnóstico em Pesquisa para Desordens Temporomandibulares (RDC/TMD) além de avaliação odontológica e fonoaudiológica. A atividade elétrica dos músculos mastigatórios foi avaliada por meio da eletromiografia de superfície nas situações de repouso, máxima intercuspidação e mastigação habitual ritmada. Para a coleta e análise dos sinais eletromiográficos foram usados os Software BioInspector®, 1.8 (Lynx®), e software AqDAnalysis®. 7.0...

Página de resultados:
 

Busque un recurso