Recursos de colección

Repositório Comum (25.071 recursos)

É um repositório para instituições de ensino e investigação produtoras de literatura científica cuja dimensão ainda não justifica a criação de um repositório próprio. Permite integrar instituições, grupos ou indivíduos na infra-estrutura do projecto, nomeadamente através das pesquisas do Portal RCAAP e da B-On.

CRC - CPOS - MAR - Trabalhos de Investigação Individual

Mostrando recursos 1 - 10 de 10

  1. A Evolução do Conceito de Segurança e as Implicações nas Operações Militares no Séc. XXI

    Roboredo, Nuno
    Com o fim da Guerra Fria, ocorreram alterações significativas no contexto internacional, tornando obsoleto o anterior conceito de segurança voltado para a ameaça de agressão entre Estados. O novo conceito de segurança tornou-se mais abrangente e surgiram novas perspetivas da segurança: segurança humana, segurança societal (ou identitária), segurança ambiental, segurança coletiva e segurança cooperativa. Este novo conceito de segurança enfrenta novas ameaças de carácter global, que surgem num contexto internacional complexo e marcado pela globalização: os conflitos regionais, o terrorismo transnacional, a proliferação de Armas de Destruição em Massa (ADM), o crime organizado transnacional e as agressões ao ecossistema, entre outras. Neste novo contexto é necessário repensar...

  2. Gestão dos Transportes da Marinha

    Marques, Mário
    Face à conjetura económica vigente torna-se necessário otimizar recursos financeiros, humanos e materiais. Este estudo faz uma caracterização e análise do sistema de transportes fluvial da Marinha assim como de uma empresa de transportes fluvial, dando ênfase às suas organizações, meios materiais e humanos, número de carreiras efetuadas, número de passageiros transportados, taxa de ocupação, custos de manutenção, consumo de combustível, custo médio por passageiro. Neste estudo são validadas ou não as hipóteses formuladas em resposta às questões derivadas e à questão central. Faz parte ainda deste trabalho um capítulo de recomendações onde se julga haver sugestões que iram solucionar alguns dos problemas surgidos durante a análise do...

  3. A Logística Empresarial : Tendências, Contributos e sua Aplicabilidade na Logística Naval

    Lúcio, Bruno
    No presente trabalho de investigação individual pretendeu-se efetuar uma abordagem sobre a Logística empresarial, a partir de conceitos de gestão da logística praticados por organizações e entidades empresariais na atualidade, de forma a identificar os principais vetores que poderão contribuir para a modernização, eficiência e eficácia da Logística Naval, em particular no que se refere aos modelos, estruturas, políticas de gestão e à tipologia de armazenagem. O estudo foi delimitado à área alimentar, tendo sido abordados de uma forma superficial as áreas das compras. Na pesquisa efetuada foi adotado o método indutivo que incluiu a leitura de obras e trabalhos...

  4. O Sistema Integrado de Gestão da Defesa Nacional na Marinha : Situação Atual e Perspetivas Futuras

    Silva, Sónia
    Este trabalho de investigação visa estudar a situação atual do Sistema Integrado de Gestão da Defesa Nacional (SIGDN) e sua perspetiva num futuro próximo. Passados que estão três anos de SIGDN na Marinha Portuguesa é de toda a pertinência fazer um ponto de situação e elencar as principais conclusões e ações a tomar para que se continue a operar em sistema com sucesso. A fim de se obter uma visão correta do “estado de arte” do SIGDN na Marinha foram entrevistados utilizadores responsáveis pelo apoio à exploração do SIGDN na Marinha e a consultoras do MDN responsáveis pela parametrização e apoio à exploração a todas as entidades que...

  5. A Criação de uma Inspecção-Geral da Marinha : Que Opções de Funcionamento?

    Conceição, Ana
    A nova lei orgânica da Marinha, promulgada pelo Decreto-Lei n.º 233/2009, de 15 de setembro, reorganiza a estrutura da Marinha. Esta reestruturação ocorreu num contexto de modernização da Administração Pública, com o Programa para a Reestruturação da Administração Central do Estado, o Programa do XVII Governo Constitucional e no seguimento do processo de reestruturação superior da defesa nacional e das Forças Armadas. Uma das inovações da nova lei orgânica da Marinha é a criação da Inspeção-Geral da Marinha, na direta dependência do CEMA e com a missão de apoiar o CEMA — AMN no exercício da função de inspeção, sem...

  6. O Apoio Humanitário : Contributos das Forças Conjuntas e Combinadas

    Silva, Alexandre
    Atualmente, para além do desempenho de todas as missões militares necessárias para garantir a soberania e a integridade territorial do Estado, as Forças Armadas (FFAA), têm a incumbência de participar e colaborar em Operações de Apoio Humanitário. Este trabalho procura descrever o conceito de Operações de Apoio Humanitário, tendo em conta a intervenção das FFAA no território nacional e no âmbito da Organização das Nações Unidas (ONU) e da North Atlantic Treaty Organization (NATO), efetuando a análise do quadro legislativo e doutrinário existente. São estudadas as formas de operação, a nível institucional e funcional, das Forças Conjuntas e Combinadas (FCC)...

  7. O Exercício do Cargo de Capitão Do Porto No Séc. XXI

    Ferreira, Marco
    Em Portugal, no âmbito da sua intervenção que se pode caracterizar como de duplo uso, a Marinha, no conjunto de intervenção dos seus órgãos, assegura as funções típicas de uma Armada e as que se podem qualificar como sendo próprias de uma Guarda Costeira, facto que permite racionalizar o emprego dos recursos nacionais, otimizando custos. Assim, a Marinha Portuguesa, cujo comandante é, simultaneamente, a Autoridade Marítima Nacional, assegura a atuação militar na função de defesa e apoio à política externa, e a atuação não militar nas funções de segurança e autoridade do Estado Com este trabalho, pretende-se analisar a evolução...

  8. O papel da Estratégia Naval decorrente das Novas Ameaças e Cenários de Crises

    Cagarrinho, Elias
    O atual contexto internacional, complexo e marcado pela globalização, contribui para a emergência de “novas ameaças” transnacionais, de caracter global e de natureza difusa. A via marítima tem sido utilizada para o desenvolvimento de atividades criminosas e ilícitas, tais como o tráfico de armas, tecnologia, pessoas e outros produtos. Como via indispensável para enfrentar os novos desafios, tem-se vindo a desenvolver um conceito alargado de segurança e os Estados tem vindo a adotar novas estratégias e a adaptar as suas Marinhas. A nova ordem obriga a que as Marinhas consigam garantir a segurança e defesa dos interesses da comunidade internacional,...

  9. O Ciclo Logístico dos Medicamentos e Apósitos nas Unidades Navais, Empenhadas em Missões no Exterior

    Rocha, Luís
    Este trabalho pretende apresentar uma panorâmica sobre as práticas do apoio logístico em curso nas Unidades Navais, concretamente no que respeita à gestão dos medicamentos e apósitos, quando em missões no exterior. A importância deste tema, relaciona-se com a crescente participação das Forças Armadas, em compromissos assumidos por Portugal no âmbito da Cooperação Internacional, em missões cada vez mais complexas que exigem altos padrões de prontidão e de operacionalidade. A projeção e sustentação das forças a grandes distâncias, por períodos indefinidos e, muitas vezes, através de extensas linhas de comunicação, vem colocar novos desafios à logística, colocando em lugar de evidência funcionalidades até aqui...

  10. Directiva Sectorial da Cultura na Marinha – Uma Necessidade?

    Magarreiro, Manuel
    Neste trabalho, o tema “Directiva Sectorial da Cultura na Marinha – uma necessidade?” foi abordado no sentido de, em primeiro lugar, se clarificar o contexto institucional contido na questão, para depois se procurar entender o que é e qual o papel da cultura na instituição. Procurou-se para tal uma possível caracterização de Cultura e dos elementos de natureza cultural e a sua inserção na organização Marinha. Dada a dificuldade de operacionalizar convenientemente os referenciais que balizam o conceito cultura, esta deve ser entendida como algo dinâmico, mecanismo adaptativo e cumulativo, que passa por mudanças. Certo é que na Marinha ela...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.