Recursos de colección

Repositório Comum (25.071 recursos)

É um repositório para instituições de ensino e investigação produtoras de literatura científica cuja dimensão ainda não justifica a criação de um repositório próprio. Permite integrar instituições, grupos ou indivíduos na infra-estrutura do projecto, nomeadamente através das pesquisas do Portal RCAAP e da B-On.

UO - Dissertações de mestrado

Mostrando recursos 1 - 20 de 25

  1. A imprensa cor-de-rosa em Portugal - uma análise ao discurso jornalístico

    Anastácio, Marina
    O presente estudo tem como objeto a análise de conteúdo à capa das revistas Maria, Nova Gente e TV7 Dias, vendidas na segunda semana de setembro de 2011 a janeiro de 2012. Em Portugal, vendem-se, por ano, cerca de 35 milhões de revistas socais e de televisão. Devido a estes números tão expressivos decidimos que seria pertinente analisar o seu discurso jornalístico, mas também porque, em Portugal esta área tem sido pouco explorada, contrariamente ao que se passa em Espanha. Sendo assim, o nosso objeto de estudo debruçou-se sobre a capa e as características mais importantes que a envolvem: a manchete, os...

  2. Os media sociais como proporcionadores do debate público sobre as minorias étnicas

    Cruz, Ana Beatriz
    Os media sociais possibilitam um novo papel de utilizador. Esse papel veio tornar-nos participantes ativos na agenda mediática. As minorias étnicas são sub-representadas nos media, devido à hierarquia das fontes informativas e ao défice de discursos alternativos. Com esta dissertação objetivou-se perceber se os media sociais proporcionam o debate público acerca das minorias étnicas através de três níveis de estudo: o primeiro consistiu na análise das peças jornalísticas sobre as minorias étnicas em primeiro plano; o segundo constituiu-se pelo estudo dos comentários efetuados às mesmas no site e na página do Facebook do ‘Correio da Manhã’ e do ‘Público’; e o terceiro...

  3. Novos modelos de negócio para a imprensa online: o modelo Freemium no Público.pt, no Elpais.com e no Nytimes.com

    Mendes, Ângela da Conceição
    No momento de transformação e mudança que os média atravessam, muito por conta das evoluções tecnológicas e do aparecimento e expansão da Internet, torna-se essencial analisar os vários caminhos possíveis para a sobrevivência dos média neste novo ambiente digital. A Imprensa é um dos sectores mais afetados. É aquele que tem apresentado maior dificuldade na transição, principalmente em termos de sustentabilidade económica. Encontrar ou criar um modelo de negócio que torne possível a sobrevivência da Imprensa é agora uma prioridade, e muitas são as experiências levadas a cabo em todos os cantos do mundo. Pretendemos com esta dissertação conhecer as várias hipóteses que...

  4. Os média tradicionais nas novas plataformas - Análise comparativa das aplicações do Público, da TSF e da RTP para iPad

    Picado, João
    O mundo da comunicação, e do jornalismo em geral, está em permanente mudança. Mas hoje podemos dizer que vive um período de convulsão. Os desafios são grandes. A procura de novos modelos de negócio, saber como fazer jornalismo em novos meios, como a Internet, são preocupações transversais às empresas de média, sejam elas portuguesas, espanholas, norte-americanas ou indianas. A problemática é global. Com a evolução tecnológica, as plataformas móveis – smartphones e tablets – conquistaram o seu espaço e estão a crescer. Não só se assumem como agentes ativos como ameaçam meios estabelecidos, como são os casos da imprensa escrita, da televisão e da rádio. Os média que...

  5. A transmissão d' A Paródia para o Inimigo Público: se não aconteceu, podia ter acontecido

    Guimarães, João Paulo Duque Löbe
    Esta dissertação de mestrado tem como objetivos fazer uma análise mediológica da transmissão que terá ocorrido entre os jornais satíricos A Paródia (1900-03) e O Inimigo Público (2003-13). A mediologia permite analisar os fenómenos da transmissão, neste caso, dos valores do jornalismo satírico que atravessaram os séculos até chegarem até nós. Para o efeito, propomo-nos analisar alguns conceitos do riso, caracterizamos o humor e analisamos os conceitos de sátira. Numa terceira dimensão, analisamos os conceitos de caricatura e cartoon e a sua resenha histórica em Portugal. Numa quarta dimensão, abordamos os conceitos de jornalismo, de jornalismo satírico e infotainment, bem como a...

  6. A organização do espaço e a implementação de regras numa sala de jardim de infância

    Martins, Daniela Raquel Santos
    O presente relatório, resultado da Prática de Ensino Supervisionada do Mestrado em Educação Pré-Escolar, apresenta o percurso vivido numa Instituição Particular de Solidariedade Social do concelho de Portalegre. “Organização do espaço e implementação de regras numa sala de Jardim de Infância”, título do relatório, reflete a importância que uma boa organização e gestão do espaço educativo têm no desenvolvimento da criança. Este projeto desenvolveu-se com um grupo de dezoito crianças em idade pré-escolar; um grupo homogéneo quanto ao nível etário, com crianças de 3 anos de idade. O relatório apresenta-se dividido em duas partes: uma primeira parte, na qual fundamentamos...

  7. Avaliação das aprendizagens: o sistema de acompanhamento das crianças no contexto pré-escolar

    Amaro, Rita Isabel Oliveira
    O presente relatório apresenta a descrição e reflexão do percurso traçado e experienciado numa sala de Jardim de Infância da rede pública da cidade de Portalegre, sob um trajeto de investigação-ação. Intitulado “Avaliação das aprendizagens: O Sistema de Acompanhamento das Crianças no contexto Pré-Escolar”, este estudo procura compreender e refletir a prática de avaliação feita pelas educadoras de infância com crianças em idade pré-escolar, bem como os seus contributos para as aprendizagens das crianças, a partir dos resultados obtidos com a aplicação do Sistema de Acompanhamento das Crianças no Pré-escolar – SAC. O SAC deve ser visto como uma prática alternativa de...

  8. Promoção da igualdade de género na educação pré-escolar através do guião de educação, género e cidadania

    Duarte, Joana Patrícia Tavares
    O presente Relatório Final de Prática e Ensino Supervisionada enquadra-se no âmbito do Mestrado em Educação Pré-escolar e apresenta a descrição e reflexão do percurso vivido num Jardim de Infância da cidade Portalegre. Durante o estudo que desenvolvemos demos especial atenção às questões de diferenciação de género, tendo como objetivo a promoção da Igualdade de Género na Educação Pré-escolar. A metodologia adotada foi a Investigação-Ação, valorizando a ação educativa e investigativa na (re)construção de saberes, analisando, experimentando e refletindo sobre as práticas para as tornar qualitativamente mais responsivas. A aposta na educação para a cidadania e igualdade de género deve ser...

  9. Os pais e a família no jardim de infância: uma parceria na construção e desenvolvimento do currículo

    Baptista, Marta Sofia Calado
    O Relatório que agora se apresenta resulta de um percurso realizado ao longo do ano letivo 2012-2013. Nele se expressam os resultados de um “trajeto” de investigação-ação, no qual se procurou refletir as Orientações Curriculares para a Educação Pré-escolar, numa perspetiva de colaboração entre o jardim de infância e as famílias. Ao longo do relatório lançamos a discussão teórica sobre a prática pedagógica no jardim de infância em parceria, destacando o papel do/a educador/a de infância e dos pais. Ainda à luz dessa discussão, apresentamos um conjunto de atividades desenvolvidas no jardim de infância e conciliamos a sua análise com as opiniões...

  10. Concepções sobre qualidade de ensino em estabelecimentos de ensino superior público em Portugal

    Martins, Maria José D.; Oliveira, Teresa; Barros, João Paulo; Espírito Santo, José; Trindade, Vítor; Bonito, Jorge
    Este estudo tem como objectivos conhecer e comparar as concepções sobre a qualidade de ensino de docentes e estudantes de três estabelecimentos públicos de ensino superior da região do Alentejo (Portugal) e, no caso dos docentes, conhecer também o que eles sugerem para melhorar a qualidade de ensino nos cursos e nas instituições em que leccionam. Trata-se de um estudo qualitativo, que inclui uma análise de conteúdo de três questões abertas relativas ao modo como 427 estudantes e 103 docentes definem qualidade de ensino e como os docentes sugerem que seja melhorada no curso e na instituição. A análise de conteúdo baseia-se nos modelos teóricos disponíveis, nas actividades previstas para...

  11. A educação para a cidadania no século XXI

    Martins, Maria José D.; Mogarro, Maria João
    A educação para a cidadania tem sido uma preocupação dos pedagogos, das sociedades e dos sistemas educativos através dos tempos, embora a designação assumida nem sempre tenha sido esta (expressões como educação cívica; formação pessoal e social foram utilizadas para designar uma área próxima da educação para a cidadania, em Portugal). Este artigo enfatiza a pertinência e a necessidade de reflectir e promover a educação para a cidadania na actualidade, em vários contextos, particularmente na escola, e de várias formas (disciplinar, transdisciplinar e interdisciplinar). Destaca-se e debate-se ainda um conjunto de oito temáticas, que deverão estar associadas à promoção da cidadania, bem como uma metodologia de natureza construtivista que inclua...

  12. Agressão, vitimação e emoções na adolescência, em contexto escolar e de lazer

    Martins, Maria José D.
    Este estudo teve como objectivos: comparar as experiências de agressão e/ou de vitimação que ocorrem na escola com aquelas que ocorrem no contexto de tempos livres e actividades de lazer, fora do contexto escolar, em duas regiões de Portugal; comparar as frequências dessas experiências no ano de 00/01 com as do ano 07/08 numa mesma escola; compreender o papel que as emoções desempenham associadas às condições de vítima e de agressor. Utilizámos um questionário de comportamentos referidos pelo próprio (auto-relato) para avaliar a agressão e a vitimação e um questionário de competência emocional para avaliar as emoções, em particular: a competência: para perceber e compreender emoções nos outros,...

  13. Identidade e alteridade: a literatura infantil como oportunidade de abordagem aos valores na educação pré-escolar

    Ferreira, Ana Filipa Mendes
    A nossa sociedade vem enfrentando com alguma dificuldade a emergência dos paradigmas sociais, económicos e culturais perante os quais a globalização nos colocou. Ao longo deste processo tão complexo, os valores que geriam a nossa forma de ser e de viver, connosco próprios, com os outros e com a sociedade, perderam a sua nitidez, o que gerou uma dificuldade crescente em percebermos como orientar as nossas condutas. Perante este perigoso panorama, urge a necessidade de as nossas escolas assumirem a sua responsabilidade fundamental de formar cidadãos esclarecidos, ativos e responsáveis. É essencial que, desde o Jardim de Infância, as crianças sejam...

  14. Janela aberta para o mundo: um olhar sobre a poesia na sala de aula

    Figueiras, Carla Margarida Dionísio
    O presente relatório encontra-se dividido em duas partes que se relacionam com a Prática de Ensino Supervisionada (PES) no âmbito do Mestrado em Ensino do 1º e do 2º Ciclos do Ensino Básico. A primeira parte é a apresentação de um processo de investigação-acção que decorreu durante a PES, na área da Língua Portuguesa no 1º e no 2º Ciclos do Ensino Básico. Este processo foi estruturado e implementado com o propósito de restituir à poesia o lugar devido na sala de aula para que os alunos fossem educados no gosto de ler e de escrever, gosto esse tão necessário...

  15. Pessoal não docente: um estudo desenvolvido em dois Agrupamentos de Escolas sobre os Assistentes operacionais

    Mirão, Lígia Maria Guerreiro
    Este trabalho realiza um estudo de caráter qualitativo com o objetivo de compreender as necessidades de formação do pessoal não docente e de que modo é que a formação pode contribuir para a melhoria do seu desempenho profissional. A metodologia utilizada contemplou a realização de inquéritos por questionário ao pessoal não docente de dois Agrupamentos de Escolas e a condução de entrevistas a Entidades que promovem a oferta de formação e desenvolvem Programas que possibilitam às pessoas que se encontram desempregadas, o desenvolvimento de atividades nos Estabelecimentos de Ensino, assim como à Direção de dois Agrupamentos de Escolas. A legislação que...

  16. Educação em ciência no jardim de infância

    Brinquete, Júlia Cristina Tarana
    O presente Relatório Final de Prática e Ensino Supervisionada apresenta a descrição e reflexão do percurso traçado e experienciado numa sala de jardim de infância da rede pública da cidade de Portalegre. Com o título “Educação em Ciência no Jardim de Infância” este relatório pretende dar a conhecer o ambiente gerado em torno do ensino experimental e os seus contributos para as crianças em idade pré-escolar e os resultados obtidos no decorrer da investigação através da aplicação de atividades de natureza experimental. Metodologicamente foi usada como opção, a investigação-ação, o que permitiu uma reflexão aprofundada da prática e consequentemente, a melhoria ou...

  17. A avaliação das aprendizagens na educação pré-escolar: o portefólio das crianças

    Fitas, Ana Cristina Presumido
    Este trabalho leva-nos a reconhecer a importância da avaliação no contexto da Educação Pré-escolar e a encará-la num sentido contextual e sistémico. Quando se considera a criança como um ‘ser competente’ torna-se necessário aceitar a sua participação e capacidade de decidir, nomeadamente quando se trata de avaliar o seu percurso e as suas aprendizagens. Nesse sentido, o educador de infância deve promover práticas alternativas de avaliação das aprendizagens das crianças, surgindo o portefólio como um instrumento que promove a comunicação, a curiosidade, a partilha e a utilização do pensamento para atribuir significados. O portefólio apresenta-se como um instrumento de avaliação...

  18. A articulação curricular entre a educação pré-escolar e o 1º ciclo do ensino básico

    Cruz, Ana Raquel Lourenço da
    O presente relatório decorreu do trabalho desenvolvido na Prática de Ensino Supervisionada do Mestrado em Educação Pré-Escolar e apresenta a descrição e reflexão do percurso que vivemos num Jardim de Infância da cidade de Portalegre. “A Articulação Curricular entre a Educação Pré-Escolar e o 1.º Ciclo do Ensino Básico” dá título ao nosso relatório, no qual pretendemos investigar e refletir os discursos e as práticas de articulação entre Educadores e Professores, a exercer funções no mesmo Agrupamento, para que a transição entre ciclos se torne um processo harmonioso e promova a sequencialidade do processo de ensino-aprendizagem. Neste enquadramento desenvolvemos algumas atividades...

  19. A transversalidade da literatura infantil em contexto pré-escolar

    Martins, Lúcia Maria Cruz
    A Educação Pré-Escolar é uma etapa decisiva na formação da criança enquanto indivíduo, tendo esta o dever de proporcionar situações de contacto com a literatura, promovendo o desenvolvimento global – cognitivo, psicoemocional, cívico, moral, estético e linguístico – da criança. O contacto da criança com o livro de qualidade, desde os primeiros anos de vida, e com a Literatura Infantil em particular, é fundamental para promover uma iniciação estética e literária que será determinante no seu futuro enquanto leitora, uma vez que possibilita a descoberta do prazer da leitura, estimula a sua capacidade imaginativa e criativa, desenvolve a sua sensibilidade artística, a sua capacidade reflexiva e a aquisição de...

  20. A linguagem oral na Educação Pré-Escolar - uma ferramenta para crescer, comunicando

    Sousa, Ana Carolina Rosa de

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.