Recursos de colección

Repositório do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca (3.510 recursos)

The Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca E.P.E. (HFF) institutional repository collects, preserves and disseminates the intellectual output of its professionals in digital format. Its aims are to increase the HFF’s investigation visibility and citation impact, to foster scientific communication and to preserve the HFF’s intellectual memory.

PNEU - Comunicações e Conferências

Mostrando recursos 1 - 10 de 10

  1. Pneumonias: como, quando e porquê referenciar

    Longo, C

  2. Cancro do pulmão: o desafio constante

    Sequeira, T; Boléo-Tomé, JP; Rodrigues, F

  3. Perspectiva histórica das epidemias em Portugal com principal enfoque na peste branca (tuberculose)

    Longo, C

  4. Perspectiva histórica das epidemias em Portugal com principal enfoque na peste branca (tuberculose)

    Longo, C

  5. Cessação tabágica no doente internado

    Moura, D; Guerreiro, S; Soares, S

  6. Associação rara entre Actinomicose e Linfoma MALT Pulmonar

    Pereira, J; Santos, L; Boléo-Tomé, JP; Melo, R; Gomes, F; Gonçalves, L; Rodrigues, F; Longo, C

  7. Fisiologia de atletas de trampolins de alta competição portugueses ou a fibra que promove campeões

    Longo, C; Costa, R; Chilumbo, A; Pardal, C; Almeida, J
    Os resultados desportivos excelentes a nível internacional dos atletas de trampolins levaram-nos a proceder a um estudo de modo a avaliar quais as suas características principais a nível fisiológico para o sucesso nesta modalidade. O que diferencia os atletas de elite (europeu e mundial) de trampolim dos atletas de nível distrital da mesma modalidade. Com esses objectivos estudámos 17 atletas de trampolins de alta competição (AC) e comparámo-los com 10 atletas de modalidades gímnicas mas de nível distrital (grupo de controlo). Estudámos o metabolismo aeróbico e anaeróbico (láctico e aláctico ). Realizamos para o efeito prova de esforço máxima em ciclo...

  8. Evite o monóxido de carbono

    Longo, C

  9. Campanha "cuidar de quem cuida de nós" ou o estudo da saúde do bombeiro português: avaliação do impacto respiratório em corpos de 1ª intervenção de combate a incêndios (resultados de 2007)

    Longo, C; Salema, A; Vieira, C; Caldeira, L; Oliveira, Y; Almeida, A
    Em Portugal, nos últimos 5 anos, arderam cerca de 1 milhão e 600 hectares de floresta. Cerca de 2/3 dos 40 000 bombeiros portugueses (BP) são voluntários e a sua saúde não é monitorizada. Os corpos de 1ª intervenção de combate aos incêndios estão expostos a uma enorme variedade de químicos e poluentes . Estudos recentes consideram a hipótese de que episódios repetidos de exposição ao fumo originam inflamação que pode estar na génese de aumento da reactividade brônquica e obstrução. Em 2007 iniciamos um programa médico de monitorização de saúde – MS – (Cuidar de quem cuida de nós) para avaliar...

  10. Apresentação rara de um tumor torácico

    Bento, L; Melo, R; Liberato, H; Pires, E; Silva, M; Almeida, A; Beptista, M; Santos, S; Rodrigues, F

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.