Recursos de colección

Biblioteca Digital do IPB (53.442 recursos)

A Biblioteca Digital do IPB, tem por objectivo divulgar e permitir o livre acesso à produção científica produzida pela comunidade académica, promovendo a integração, partilha e a visibilidade da informação científica e garantindo a preservação da memória intelectual do Instituto Politécnico de Bragança.

DSPP - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI

Mostrando recursos 1 - 20 de 42

  1. Formação e trabalho: tradição e inovação nas práticas docentes

    Mesquita, Elza; Formosinho, João; Machado, Joaquim
    Neste artigo visa-se a apresentação de resultados que ilustram uma perspetiva pedagógica onde é possível perceber, através dos processos formativos no contexto dos programas nacionais de formação contínua, a emergência de múltiplas possibilidades pedagógicas favorecedoras do processo cooperativo de aprendizagem. A temática em questão exigiu um quadro concetual sobre os processos de formação de profissionais que recupera a herança das práticas pedagógicas à luz do que foram acumulando e (re)elaborando no decorrer da experiência profissional seja perante processos de mudanças instituídas, seja perante inovações instituintes. As questões de investigação orientam-se para apreender que visão têm os professores, os coordenadores (também...

  2. The child’s voice in praxiological transformation

    Mesquita, Cristina
    This study investigates the process of praxiological transformation developed in an early childhood institution. The main objectives of the study were defined around the reconstruction of children’s and educators’ images, hoping to create democratic participatory understandings of central actors that will develop a situated pedagogy of respect and learning (Oliveira-Formosinho, 2009). It undertakes deep dialogues with Childhood Association pedagogical approach for children learning and teachers’ development (Formosinho and Oliveira-Formosinho, 2008) as well as with Effective Early Learning Project (Bertram and Pascal, 2004) as reference for monitoring and evaluating quality coconstruction. This study is located in the qualitative paradigm (Guba and Linkoln, 2005; Dezin and Linkoln, 2006) and is...

  3. Evolution in swimming “science” research

    Barbosa, Tiago M.; Pinto, Eduardo; Cruz, A.M.; Marinho, D.A.; Silva, A.J.; Reis, V.M.; Queirós, Telma Maria Gonçalves
    The aim of this study was to analyze the evolution of the swimming “science” research in the last decades. The content of all the 622 papers published in the Proceedings books of the Symposiums of Biomechanics and Medicine in Swimming from 1971 to 2006 was analyzed. It was adopted the procedures described for content analysis by Queirós and Botelho (in press). The main “scientific area” applied for the study of the aquatic activities, in all manuscripts, was considered as being the category to analyze. It was defined the following sub-categories (adapted from Clarys, 1996): (i) Biomechanics; (ii) Psychology; (iii) Sociology; (iv) Pedagogy/Teaching;...

  4. A educação de infância como tempo fundador: novos desafios para uma acção integrada de pais e educadores

    Sanches, Angelina; Sá-Chaves, Idália
    Esta comunicação refere-se a um projecto de investigação, em desenvolvimento, que se insere na Rede de cooperação científica “Novos Saberes Básicos dos Alunos, novos desafios à formação de professores”, da Universidade de Aveiro. O estudo pretende aprofundar o conhecimento acerca da natureza e qualidade dos novos saberes básicos (Cachapuz, Sá-Chaves e Paixão, 2004) a promover na educação pré-escolar e também das competências reconfiguradoras do perfil de desempenho profissional dos educadores de infância para que, em articulação com as famílias das crianças, se tornem facilitadores do seu desenvolvimento no quadro de uma ampla perspectiva de cidadania e de sucesso pessoal e educativo. Assumem-se como pressupostos: a) Que a complexidade...

  5. Deontologia, ética e valores na educação: revisitar a história da educação Professora Cândida Florinda Ferreira

    Castanheira, Manuel Luís Pinto
    A deontologia, a ética e os Valores na Educação, são hoje um motivo de preocupação e de profunda reflexão de toda a comunidade educativa. Numa época em que o acesso à formação contínua é facilitada, devemos revisitar autores e pedagogos da nossa história da Educação mantendo um diálogo constante com o passado da Educação Portuguesa para melhor entender esta temática, quer através da visita às políticas educativas legisladas e praticadas, quer no diálogo com os pedagogos a agentes da educação. A fazê-lo, deveremos ainda ter a preocupação de revisitar aqueles que se mantiveram no anonimato mas que desempenharam um importante...

  6. Contactando com o mundo do trabalho: construindo competências profissionais

    Mesquita, Cristina
    O artigo que se apresenta reflecte um estudo realizado com estagiários do curso de educação de infância e analisa as competências que estes consideram ter construído no contacto com os contextos profissionais. Utilizaram-se os portfolios dos estagiários como instrumento de recolha de dados, já que estes pretendem avaliar as competências construídas no decurso do estágio, fazendo sobressair aspectos interessantes de análise.

  7. Desafios da formação em contexto

    Novo, Rosa; Mesquita, Cristina

  8. O portefólio das crianças como instrumento de trabalho e avaliação das crianças no jardim-de-infância

    Castanheira, Manuel Luís Pinto
    Este trabalho situa-se no domínio da formação inicial em contexto para o desenvolvimento da competência numa das dimensões da pedagogia da infância – a avaliação – que se concretiza através da realização de portefólios de avaliação. Neste enquadramento, a formação em contexto perspectiva-se como formação para o desenvolvimento da competência da própria acção e do desenvolvimento profissional, de forma a melhor responder às necessidades e interesses e à própria avaliação co-construída com as crianças de Educação Pré-escolar.

  9. Turma do PIEF (Programa Integrado de Educação e Formação) de Bragança de 2003 e a sua integração no mundo do trabalho.

    Castanheira, Manuel Luís Pinto
    O trabalho que aqui se apresenta é sobre a turma de alunos do PIEF - Programa Integrado de Educação e Formação de Bragança de 2003, constituída por 19 alunos com idades compreendidas entre os 13 e os 18 anos, sendo alguns de etnia cigana, que foi integrada na Escola EB 2,3 Augusto Moreno, em Bragança, e a problemática que se originou à sua integração na mesma escola, motivando grande discussão na cidade e país. A esta distância de tempo, procuro fazer uma abordagem sobre a problemática originada analisando as suas causas e consequências. Procurarei ao mesmo tempo avaliar o sucesso...

  10. Os projectos de combate ao insucesso e abandono escolar: uma utopia ou uma realidade

    Castanheira, Manuel Luís Pinto
    O trabalho que vou apresentar é sobre o programa da turma de alunos de etnia cigana de Bragança de 2004, constituída por 19 alunos com idades compreendidas entre os 13 e os 18 anos, sendo alguns de etnia cigana, que foi integrada na Escola EB 2,3 Augusto Moreno, em Bragança, e a problemática que se originou à sua integração na mesma escola, motivando grande discussão na cidade e país. A esta distância de tempo, procuro fazer uma abordagem sobre a problemática originada analisando as suas causas e consequências. Procurarei ao mesmo tempo avaliar o sucesso deste programa neste grupo de...

  11. A Escola Infantil de Bragança (1915-1934): modernidade pedagógica e as 1ªs Práticas de Educação de Infância no interior.

    Castanheira, Manuel Luís Pinto
    Este estudo tem como objecto a análise da Educação de Infância na cidade de Bragança, entre 1915 e 1934, numa instituição denominada Escola Infantil, de carácter oficial, criada pela Câmara Municipal. Esta foi a primeira experiência de Educação de Infância na cidade e região transmontana. Interessou-me a análise dos motivos da criação desta instituição no seio da sociedade brigantina, que poderá servir de exemplo para compreender o funcionamento de outras que foram criadas no País. Compreender tudo o que dissesse respeito ao quotidiano da vida escolar, como a nomeação de professores, os alunos, o currículo, bem como o mobiliário e...

  12. Aprender a ser educador de Infância: entre a teoria e a prática

    Mesquita, Cristina
    Centrando-se na especificidade da educação de infância e seguindo as orientações conceptuais que estruturam a formação inicial de professores este estudo pretende conhecer a forma como os educadores, no momento de estágio, conjugam as orientações teóricas e os modelos que observam na prática. Participaram no estudo dez estagiários e cinco educadores-cooperantes da ESEB. Privilegiaram-se métodos qualitativos de recolha e análise da informação provenientes de entrevistas semiestruturadas c dos portfólios dos educadores-estagiários, triangulando posteriormente os dados. As conclusões explicitam com maior incidência, na socialização dos educadores-estagiários, os seguintes aspectos: (1) Modelo de formação inicial; (2} Processo de integração; (3) Práticas de supervisão. No modelo de formação salientam-se aspectos positivos assim como...

  13. Do som em letra... descubro o mundo

    Mesquita, Cristina

  14. A cidadania da criança: da submissão à participação ativa e responsável

    Freire-Ribeiro, Ilda
    O descobrimento da infância, dos seus direitos, das suas reais necessidades é um assunto que continua a apaixonar inúmeros investigadores que se preocupam com o lugar da criança no seio da sociedade. Uma incursão ao interior da história revela-nos diferentes e por vezes até invulgares olhares que marcaram o posicionamento dos adultos para com os seus menores, congruentemente com a especificidade que é atribuída à infância em épocas particulares. A representação contemporânea da infância é consequência das modificações e transformações que se produziram ao longo do tempo acompanhando todas as evoluções e ideologias. Com a democratização das sociedades foi reposicionado o...

  15. Cidadania e Competência: um caminho para (re)definir a formação do profissional da educação

    Freire-Ribeiro, Ilda
    A lógica das competências vem romper com tradições educativas seculares e vem provocar mudanças na escola e na aprendizagem. A sua problemática representa um desafio para os modos de pensar e de agir. Tem como pretensão preparar as novas gerações para acompanharem o ritmo das sociedades contemporâneas, sendo capaz de gerir qualquer situação complexa e desviante da norma. Sabendo que na instituição escolar, a sua noção continua a ser “um enigma” (Dolz e Ollagnier, 2004:13) o reconhecimento da sua operacionalidade e importância, faz com que cada vez mais ela seja aceite e introduzida em todos os currículos de formação. Face a este...

  16. Educação para a cidadania na escola básica em Portugal: da reforma de 1986à reorganização curricular de 2001

    Freire-Ribeiro, Ilda
    A preocupação com a educação tem sido uma constante ao longo de toda a história educativa. Os responsáveis pela governação sempre tiveram bem presente a importância da educação para um povo e muitas foram as deliberações políticas em torno da missão educativa. As orientações nem sempre foram iguais, modificando-se e ajustando-se consoante os períodos vividos e as ideologias governativas de cada época. Com o passar do tempo, a vida política, social e educativa, sofreu alterações. Abriram-se horizontes, libertaram-se pensamentos e mentalidades, começaram a observar-se mudanças e posturas diferentes que davam azos à inovação, à elaboração e à concretização de novos...

  17. Entre identidades e culturas: o olhar das crianças sobre a multiculturalidade

    Freire-Ribeiro, Ilda
    A sociedade contemporânea tende a ser cada vez mais diversa. Nela convivem sujeitos de variadas raças, etnias, línguas e culturas. Podemos dizer que se caminha, em largos passos, para uma sociedade "pluricultural e pluriétnicas na qual o mosaico de culturas se~ cada vez mais variado, rico e diverso" (Serrano, 2002:21 ). Tal como a sociedade, o espaço escolar não poderá ficar indiferente a este panorama e eis-nos chegados à existência de novos desafios constituídos por questões de cidadania, de multiculturalismo, de identidade e de etnicidade. O público escolar, manifestamente heterogéneo, procura conviver na diferença, adaptar-se face à diversidade e integrar-se socialmente. Em ambiente educativo, acredita-se, educa-se...

  18. A cidadania da criança: escola e sociedade como palcos de participação

    Freire-Ribeiro, Ilda
    O descobrimento da infância, dos seus direitos, das suas reais necessidades, é uma temática que ganhou significado nos últimos tempos e que continua a apaixonar inúmeros investigadores que se preocupam com o lugar da criança no seio da sociedade. Surge assim o termo participação que nas crianças pode assumir diversos sentidos e contornos e difere das formas de participação do adulto. A criação de verdadeiros espaços de participação infantil possibilita, em simultâneo. uma inserção social das crianças, e o acesso aos seus direitos de cidadania e de participação activa. Oestes espaços de socialização fazem parte a família, a escola ou a comunidade e são um importante lugar para o...

  19. A interacção do adulto com a(s) criança(s): processos e cooperação contextualizada

    Novo, Rosa; Mesquita, Cristina
    Este poster insere-se numa investigação desenvolvida no âmbito do Projecto Desenvolvendo a Qualidade em Parecerias, realizada no concelho de Bragança, num jardim-de-infância da rede solidária constituído por quatro salas. O presente trabalho salienta os resultados referentes à Escala do Empenhamento do Adulto, que permite identificar o estilo de mediação da acção educativa. Os dados referentes ao empenhamento das educadoras envolvidas evidenciaram uma pontuação considerada suficiente na subescala da sensibilidade e insuficiente nas subescalas da autonomia e da estimulação.

  20. Turma do PIEF (Programa Integrado de Educação e Formação) de Bragança de 2003 e a sua integração no mundo do trabalho

    Castanheira, Manuel Luís Pinto
    O trabalho que vou apresentar é sobre a turma de alunos do PIEF - Programa Integrado de Educação e Formação de Bragança de 2003, constituída por 19 alunos com idades compreendidas entre os 13 e os 18 anos, sendo alguns de etnia cigana, que foi integrada na Escola EB 2,3 Augusto Moreno, em Bragança, e a problemática que se originou à sua integração na mesma escola, motivando grande discussão na cidade e país. A esta distância de tempo, procuro fazer uma abordagem sobre a problemática originada analisando as suas causas e consequências. Procurarei ao mesmo tempo avaliar o sucesso deste...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.