Recursos de colección

Biblioteca Digital do IPB (53.442 recursos)

A Biblioteca Digital do IPB, tem por objectivo divulgar e permitir o livre acesso à produção científica produzida pela comunidade académica, promovendo a integração, partilha e a visibilidade da informação científica e garantindo a preservação da memória intelectual do Instituto Politécnico de Bragança.

DCDEF - Relatórios Técnicos/Científicos

Mostrando recursos 1 - 15 de 15

  1. Intervenção precoce na infância: relatório de actividades 2009

    Pinto, Alfredo; Bonifácio, Evangelina; Martins, Ludovina; Santos, Manuela; Carlão, Margarida; Afonso, Maria João; Salgueiro, Maria José
    O Relatório apresenta o trabalho realizado no âmbito das competências conferidas à Equipa de Coordenação Distrital da Intervenção Precoce. Trata-se de um documento que procura refletir e avaliar a constituição e a atividade desenvolvida pelas equipas de intervenção direta, dos 12 concelhos do distrito de Bragança

  2. Perfil bioenergético, biomecânico e da performance de nadadores de elite ao longo de uma época

    Costa, M.J.; Barbosa, Tiago M.; Silva, A.J.

  3. Posicionamento e retenção em ginásios e health clubs

    Gonçalves, Celina; Correia, Abel; Diniz, Ana

  4. Estabilidade na performance ao longo da carreira de nadadores de elite

    Costa, M.J.; Barbosa, Tiago M.; Silva, A.J.

  5. A problemática da respiração no ensino da natação

    Barbosa, Tiago M.; Queirós, Telma Maria Gonçalves
    A aquisição por parte de um aluno de habilidades motoras aquáticas específicas, o sucesso dessa apropriação dependerá da prévia aquisição de determinadas habilidades motoras aquáticas básicas (Barbosa, 2000; 2001; Queirós e Barbosa, 2002). De entre essas habilidades será de realçar a importância do equilíbrio (Queirós e Barbosa, 2002), da propulsão (Barbosa e Queirós, no prelo), das manipulações e da respiração.

  6. As vantagens e as desvantagens dos materiais auxiliares no ensino da natação

    Barbosa, Tiago M.
    Um dos temas que mais controversia ou discussão gera, quando se fala no ensino da natação e o da relevância pedagógica dos materiais auxiliares. De acordo com alguns autores, a utilização dos materiais, com especial ênfase para aqueles que auxiliam a flutuação, serão de todo de evitar. Aliás, para alguns deles, mais radicais, a utilização desses materiais será condenável.

  7. Jogging Aquático: uma variante da hidroginástica

    Barbosa, Tiago M.
    Na área da Hidroginástica tem vindo a surgir diversos tipos de programas. A diversidade de programas, consubstancia-se principalmente nos objectivos a atingir, nos meios e, nos métodos de trabalho a adoptar. Para mais, esta variedade procura, por um lado, responder às ânsias e necessidades particulares de cada indivíduo e, por outro, variar o tipo de aula apresentada evitando a saturação decorrente da participação num elevado número de aulas que pouco trazem de novo ao aluno.

  8. As habilidades motoras aquáticas básicas

    Barbosa, Tiago M.
    No domínio da aprendizagem e do desenvolvimento motor, as habilidades motoras básicas são um pré-requisito para a aquisição, a posteriori, de habilidades mais complexas, mais específicas, como são as desportivas. É objectivo desta comunicação apresentar um conjunto de habilidades aquáticas básicas, que deverão ser abordadas ainda durante o processo de adaptação ao meio aquático, enquanto meio facilitador da aquisição e assimilação de habilidades aquáticas específicas de uma determinada actividade aquática. Assim, serão habilidades aquáticas básicas a serem abordadas no decurso dos programas de adaptação ao meio aquático: (i) o equilíbrio, incluindo a flutuação e as rotações; (ii) a propulsão, onde se integram os saltos; (iii) a respiração e; (iv) as...

  9. Generalidades sobre a organização e a gestão dos programas de natação para bebés

    Barbosa, Tiago M.
    A eficácia de um programa de actividade física depende de um complexo de condicionantes. Entre essas condicionantes encontram-se as relacionadas com a sua organização e gestão. No caso específico dos programas de N.B., eles apresentam algumas particularidades, quando comparados com outros programas de actividades aquáticas. Assim, é objectivo deste artigo apresentar algumas generalidades sobre a organização e a gestão dos programas de N.B. Unitermos: Organização. Gestão. Natação para bebés.

  10. Os mitos e as realidades sobre a inspiração lateral na técnica de mariposa

    Barbosa, Tiago M.
    Tradicionalmente a literatura descreve que, na técnica de Mariposa, a inspiração realiza-se a partir de uma extensão cervical. Ou seja, que a inspiração ocorre através da elevação da cabeça. Todavia, é frequente nas provas de Mariposa observar-se alguns nadadores que para inspirarem utilizam uma técnica em tudo similar à verificada em Crol. Por outras palavras, adoptam a técnica de inspiração lateral.

  11. Caracterização fisiológica da hidroginástica

    Barbosa, Tiago M.
    A presente investigação teve como principal objectivo, caracterizar as adaptações fisiológicas agudas e crónicas decorrentes da prática regular da Hidroginástica. Para a consecução deste projecto desenharam-se quatro estudos parcelares. Para os três primeiros estudos foram avaliados diversos parâmetros fisiológicos, como a percepção subjectiva de esforço (RPE), a frequência cardíaca máxima durante a exercitação (FC-máx), a percentagem de frequência cardíaca máxima estimada atingida (%FC-máx), a pressão arterial diastólica (PAD), a pressão arterial sistólica (PAS), a pressão arterial média (PAM), a lactatemia ([La]-), o máximo consumo de oxigénio durante a exercitação (máxVO2) e o dispêndio energético (EE). No primeiro estudo, o objectivo foi a caracterização e comparação das adaptações fisiológicas...

  12. Ao correr ou nadar deve optar-se por aumentar a amplitude da passada/braçada para atingir velocidades mais elevadas?

    Barbosa, Tiago M.; Bragada, José A.
    Tipicamente, as formas de locomoção autónoma do Homem no meio terrestre são a marcha e a corrida. Já no meio aquático a locomoção autónoma é efectuada com recurso a uma qualquer técnica de nado.

  13. A importância da posição dos dedos da mão na natação

    Marinho, D.A.; Barbosa, Tiago M.; Silva, A.J.
    A posição relativa dos dedos durante o trajecto subaquático da mão em Natação é um dos temas em que parece não existir um consenso no que se refere à posição mais vantajosa a adoptar. Pode ser observada uma grande variabilidade de posições durante o treino e a competição.

  14. Análise longitudinal da performance em nadadores de ranking mundial

    Costa, M.J.; Barbosa, Tiago M.; Silva, A.J.
    A natação pura desportiva é uma modalidade cíclica onde o alcançar da máxima p e r f o rma n c e é o derradeiro objectivo. Mais ainda, o número de pesquisas de âmbito longitudinal em natação é bastante reduzido.

  15. Quanto tempo é necessário para recuperar de uma tarefa exaustiva/inabitual?

    Barbosa, Tiago M.; Lopes, Vítor P.; Magalhães, Pedro M.
    O exercício físico exaustivo e inabitual, como ocorre tipicamente em diversas modalidades desportivas, induz alterações estruturais, ultra-estruturais e bioquímicas de carácter focalizado e reversível.

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.