Recursos de colección

Estudo Geral - Universidade de Coimbra (19.630 recursos)

ESTUDO GERAL é a designação do repositório digital da produção científica da Universidade de Coimbra, com o objectivo de divulgar conteúdos digitais de natureza científica de autores ligados à Universidade de Coimbra. A sua criação insere-se no movimento de Acesso Livre à Literatura científica (Open Access), ao qual o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas aderiu em 2006 e que a Universidade de Coimbra subscreveu. À semelhança de outras grandes universidades nacionais e internacionais, a UC tem o maior interesse em aumentar a sua presença na rede informática mundial, sendo cada vez mais - e também por essa via - um emissor de conhecimento e cultura.

FLUC Secção de Arqueologia - Teses de Doutoramento

Mostrando recursos 1 - 17 de 17

  1. Representações rupestres no Piemonte da Chapada Diamantina (Bahia, Brasil)

    Costa, Carlos Alberto Santos
    O objeto de estudo desta pesquisa são os sítios de representações rupestres do Piemonte da Chapada Diamantina. O problema inicial de investigação parte da discussão da noção de tradição na arqueologia brasileira e da sua aplicação nos estudos das representações rupestres no Nordeste do país. Este caminho levou a constatação de que os signos geométricos identificados são estudados de maneira parcial, em decorrência da dificuldade de apreensão de seus conteúdos e por dispor de formas representadas universalmente, argumento contrário a perspectiva de construção de cenários arqueológicos regionais. Na contramão desta compreensão, neste trabalho buscou-se verificar se os signos geométricos identificados no Piemonte apresentavam repertórios gráficos significativos, de maneira...

  2. O Crasto de Palheiros na Idade do Ferro. Contributo da aplicação de uma nova metodologia no estudo da cerâmica

    Pinto, Dulcineia Cândida Bernardo
    Tese de doutoramento em Letras, área de História, na especialidade de Arqueologia, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra

  3. Amílcar Pinto : um arquitecto português do século XX

    Noras, José Raimundo
    Amílcar Pinto: um arquitecto português do século XX constitui em primeiro lugar um ensaio biográfico. Nos vários momentos do texto e da investigação, procurámos descobrir quem foi este “arquitecto ignorado” do século XX português. Investigando a vida do artista, perspectivou-se a razão de ser da obra de arte e, nesse contexto, revelou-se de utilidade extrema a realização complementar de um inventário exaustivo da obra arquitectónica de Amílcar Pinto, inventário que acompanha, em anexo, o presente estudo. No desenvolvimento do texto, adoptou-se uma estrutura em três capítulos. Inicialmente, propôs-se uma breve abordagem contextual que se entendeu designar por “Tendências gerais da Arquitectura...

  4. A arquitectura doméstica de Conímbriga e as estruturas económicas e sociais da cidade romana

    Correia, Virgílio Nuno Hipólito
    A presente tese é constituída por um estudo global da arquitectura doméstica da cidade romana de Conimbriga (prov. Lusitania), dividido em duas partes. O estudo é precedido por uma contextualização da evidência disponível em três aspectos principais: a história da investigação e o avanço do conhecimento; os contextos concretos da investigação no que diz respeito aos principais problemas da cronologia dos edifícios e da sua documentação, e o quadro global do que é conhecido da arquitectura doméstica no Império Romano. A primeira parte do estudo é constituída por uma análise sistemática dos vinte e sete edifícios domésticos conhecidos, no todo ou em...

  5. Mosaicos romanos de Portugal : o Algarve Oriental

    Oliveira, Cristina Fernandes de
    A tese que se apresenta é o resultado do trabalho, mais vasto, que a Missão Luso-Francesa “Mosaicos do Sul de Portugal” tem desenvolvido em Portugal, no sentido de publicar um património vastíssimo e mal conhecido, não só do público em geral, mas também do público científico, em particular. Dando seguimento aos dois volumes do Corpus dos Mosaicos Romanos de Portugal editados até ao momento, esta Missão dedicou os últimos cinco anos ao estudo dos mosaicos do Algarve – zona oriental – tendo o presente estudo resultado das pesquisas que desenvolvemos no âmbito deste projecto. Conhecidos, na maioria, desde o séc. XIX, estes mosaicos nunca foram objecto de...

  6. A arqueologia em Moçambique nas "missões científicas" da antiga Junta de Investigações do Ultramar de 1936 - 1972

    Rodrigues, Maria da Conceição Lopes
    Tese de doutoramento em Letras (História - Arqueologia) apresentada à Fac. de Letras da Univ. de Coimbra

  7. Vivre au-delà du fleuve de l'oubli : portrait de la communauté villageoise du Castro do Vieito au moment de l'intégration du NO de la péninsule ibérique dans l'orbis Romanum : estuaire du Rio Lima, NO du Portugal

    Silva, António José Marques
    Tese de doutoramento em História (Arqueologia) apresentada à Fac. Letras da Univ. Coimbra

  8. Cerâmica comum local e regional de Conimbriga

    Silva, Jorge Nogueira Lobo de Alarcão e
    Tese de doutoramento em Pré-História e Arqueologia apresentada à Fac. de Letras da Univ. de Coimbra

  9. Civitas collipponensis : povoamento e estratégias de ocupação do espaço

    Bernardes, João Pedro da Costa
    Civitas Collipponensis é um estudo de investigação sobre a ocupação do espaço da Estremadura Central portuguesa na época romana. Composto por cerca de 900 páginas, organiza-se em três volumes, cabendo ao primeiro uma síntese onde se abordam os vectores estruturantes e estratégias de ocupação do espaço, ao segundo um inventário alargado e circunstanciado de todos os sítios identificados e referidos na síntese anterior para além de um estudo pormenorizado sobre as mais de 50 epígrafes oriundas da região, enquanto o terceiro volume nos dá a conhecer as escavações efectuadas e os materiais exumados. Constata-se que a estratégia de ocupação do...

  10. A civitas de Viseu : espaço e sociedade

    Vaz, João Luís da Inês
    O primeiro volume da tese é um catálogo das estações e inscrições romanas da civitas de Viseu. Inventariam-se 252 estações, grande parte das quais inéditas e 116 monumentos epigráficos. Estuda-se cada inscrição por si, com consideráveis linguísticas e a sua integração no contexto arqueológico de achamento, quando conhecido. O segundo volume é constituído por estudos sobre o povoamento e a sociedade da civitas de Viseu. O autor começa a fazer a localização de todos os povos pré-romanos citados na inscrição da Ponte de Alcântara (CIL II 760) e define depois os limites da civitas. O território dos Interannienses merece um estudo aprofundado...

  11. O Alto Paiva : megalitismo, diversidade tumular e práticas rituais durante a Pré-História recente

    Cruz, Domingos de Jesus
    Tese de doutoramento em História (Pré-história e Arqueologia) apresentada à FLUC

  12. Aspectos do povoamento da Beira Interior (Centro e Sul) nos finais da Idade do Bronze

    Vilaça, Raquel Maria da Rosa
    Este estudo constitui um primeiro balanço aprofundado sobre o Bronze Final da Beira Interior que se desejou rigoroso e o mais completo possível. Entendendo os espaços domésticos como verdadeiros palcos aglutinadores da prática e reprodução sócio-cultural, isto é, também como espaços sociais, procurou-se abordar e discutir a problemática do seu funcionamento e o papel que desempenharam no sistema regional de povoamento em que se inseriam, mediante as especificidades, as particularidades, as similitudes e as afinidades, ou seja, pela variabilidade, que o registo arqueológico permitiu detectar. Pretendeu-se, através deles, definir o perfil das comunidades beirãs, e a sua forma de organização sócio-económica,...

  13. A rede viária romana da faixa atlântica entre Lisboa e Braga

    Mantas, Vasco Gil da Cruz Soares
    A dissertação de doutoramento A Rede Viária da Faixa Atlântica entre Lisboa e Braga estuda a rede de estradas romanas da regi‹o entre as duas cidades referidas e delimitadas grosso modo pelo litoral e pelo Maciço Central. Divide-se em nove capítulos: Introdução; Aspectos Gerais; Estudos Anteriores e Metodologia; Fontes Antigas; Os Miliários; Fontes Medievais e Modernas; Estações Viárias; Traçados Topográficos e Vestígios das Vias; Conclusões. O segundo volume recolhe notas, ilustrações, bibliografia, mapas e anexos. Através do estudo exaustivo das fontes antigas, literárias, epigráficas e arqueológicas, a obra estabelece o traçado preciso da estrada Olisipo-Bracara, da estrada Olisipo-Conimbriga, por Collipo, bem...

  14. A cidade romana de Beja: percursos e debates acerca da "civitas" de Pax Ivlia

    Lopes, Maria da Conceição
    Tese de doutoramento em História (Arqueologia) apresentada à Fac. de Letras de Coimbra

  15. O Algarve oriental durante a ocupação islâmica : povoamento rural e recintos fortificados

    Catarino, Helena Maria Gomes
    Síntese de doutoramento com base em resultados arqueológicos (prospecções e escavações) obtidos no Algarve Oriental, numa área geográfica dominada pelo vale do Guadiana, seus afluentes (Vascão, Foupana, Odeleite e Beliche) e pela Serra Algarvia. Pretendeu-se formular hipóteses explicativas sobre a evolução do povoamento rural, desde a Antiguidade tardia até à Reconquista do Algarve, consumada entre 1248/1250, e sobre os sistemas defensivos de época muçulmana, a partir das escavações efectuadas no Castelo Velho de Alcoutim (Alcoutim), no Castelo das Relíquias (Giões, Alcoutim) e no Castelo de Salir (Loulé). Analisaram-se tipos de habitat (povoados de altura, aldeias, alcarias, castelos); espaços habitacionais e materiais...

  16. Subsídios para a história da valorização do património arqueológico em Portugal

    Matos, Olga Maria Pinto de
    Tese de doutoramento em Letras, área de História (Arqueologia) apresentada à Fac. de Letras da Univ. de Coimbra

  17. Inscrições romanas do Conventus Pacensis : subsídios para o estudo da romanização

    Encarnação, José d'
    A obra inclui, na primeira parte, o estudo pormenorizado das 686 inscrições romanas encontradas no Sul de Portugal, entre os rios Tejo e Guadiana, parte delas inéditas e a quase totalidade com importantes revisões de leitura. A segunda parte do volume intitula-se "Subsídios para o estudo da romanização" e sintetiza os dados colhidos no catálogo, distribuidos pelos seguintes capítulos : 1. As estruturas político-administrativas; 2. A sociedade; 3. A componente sagrada; 4. As práticas epigráficas. Em apêndice, 4 mapas, a indicação do paradeiro das inscrições e tábuas de correspondência com os demais corpora epigráficos peninsulares. Os índices epigráficos (p.855-891) foram...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.