Recursos de colección

Repositório do ISPA Instituto Superior de Psicologia Aplicada (11.224 recursos)

No Repositório do ISPA pode encontrar diversos tipos de documentos, em formato digital, resultantes da produção científica do ISPA designadamente: teses de doutoramento, teses de mestrado, artigos em publicações periódicas nacionais e internacionais, relatórios técnicos, artigos em actas de conferências nacionais e internacionais e capítulos de livros.

MTI - Actas de reuniões cientificas

Mostrando recursos 1 - 5 de 5

  1. Regressão linear com erros-nas-variáveis: Comparação dos estimadores de mínimos quadrados com os estimadores de 3 modelos de tipo II e de máxima verosimilhança

    Maroco, João
    Os modelos de regressão linear de tipo I, que consideram erros de medição e/ou variabilidade natural apenas na variável dependente, são frequentemente utiliza¬dos em investigação e modelação nas Ciências Exactas e nas Ciências Sociais. Apesar de, com frequência, quer a variável dependente quer as variáveis independentes serem medidas com erros e apresentarem variabilidade natural, os modelos de tipo II, que considerem este tipo de erros, são raramente utilizados. Neste estudo avaliou-se, via simulação de Monte-Carlo, a consistência e eficiência de três modelos de tipo II (Eixo Principal reduzido, Método robusto de Kendall, Método dos 3 grupos de Bartlett) e o...
    - 02-abr-2014

  2. Consistency and efficiency of ordinary least squares, maximum likelihood, and three type II linear regression models: A Monte-Carlo simulation study

    Maroco, João
    Type I linear regression models, which allow for measurement errors only in the criterion variable, are frequently used in modeling research in psychology and the social sciences. Although there are frequently measurement errors and large natural variation both in the criterion and predictor variables, type II regression methods that account for these errors are seldom used in these fields of study. The consistency and efficiency of three type II regression methods (reduced major axis, Kendall’s robust line-fit and Bartlett’s three-group) were evaluated in comparison to ordinary least squares (OLS) and the maximum likelihood with known variance ratio used frequently in biometrics and econometrics. When predictors...
    - 14-sep-2012

  3. Integração do R nos menus do PASW Statistics: Um exemplo de aplicação com o package 'polycor' do R

    Maroco, João
    O Coeficiente de correlação policórica tem, recentemente, vindo a ter utilização crescente na estimação da associação entre variáveis de natureza ordinal (e.g. níveis sócio-económicos; severidade de diagnóstico médico; itens de tipo Likert em escalas psicométricas, etc...). Contudo, este tipo de correlação não está ainda disponível nos principais softwares user-friendly de análise estatística, nomeadamente no PASW Statistics (até à v. 18, inclusive). Neste artigo será apresentado o coeficiente de correlação policórica, a sua implementação no package „Polycor‟ do sistema R e a sua integração nos menus do PASW Statistics por recurso ao „PASW Custom Dialog Builder‟. Este aplicativo permite disponibilizar as...
    - 14-sep-2012

  4. Prediction of dementia patients: A comparative approach using parametric vs. non parametric classifiers

    Maroco, João; Silva, Dina; Guerreiro, Manuela; Mendonça, Alexandre de; Santana, Isabel
    In this paper, we report a comparison study of 7 non parametric classifiers (Multilayer perceptron Neural Networks, Radial Basis Function Neural Networks, SupportVectorMachines, CART, CHAID and QUEST Classification trees and Random Forests) as compared to Linear Discriminant Analysis, Quadratic Discriminant Analysis and Logistic Regression tested in a real data application of mild cognitive impaired elderly patients conversion to dementia. When classification results are compared both on overall accuracy, specificity and sensitivity, Linear Discriminant Analysis and Random Forests rank first among all the classifiers.
    - 06-jun-2013

  5. Escala de Atitudes em relação à Estatística: Estudo de validação.

    Campos, Juliana Alvares Duarte Bonini; Dovigo, Lívia Nordi; Bonafé, Fernanda Salloumé Sampaio; Maroco, João
    O objetivo do estudo foi estimar a confiabilidade e a validade da Escala de atitudes em relação à Estatística (EAE). A amostra, composta por 355 alunos do curso de Ciências Farmacêuticas, foi subdividida em 2 partes iguais: a primeira foi utilizada para explorar a estrutura fatorial da EAE e a segunda para confirmá-la. A Escala foi aplicada a 40 alunos em dois momentos distintos para verificar sua reprodutibilidade. Aplicou-se o Teste de esfericidade de Bartlett e o índice Kaiser-Meyer-Olkin (KMO). A extração dos fatores foi realizada pela Análise de Componentes Principais. Realizou-se rotação ortogonal Varimax. Foram calculados o Coeficiente alfa...
    - 06-jun-2013

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.