Recursos de colección

Repositório Comum (25.071 recursos)

É um repositório para instituições de ensino e investigação produtoras de literatura científica cuja dimensão ainda não justifica a criação de um repositório próprio. Permite integrar instituições, grupos ou indivíduos na infra-estrutura do projecto, nomeadamente através das pesquisas do Portal RCAAP e da B-On.

IPS - ESTS - MEDIATECA - Monografias de pós-graduações

Mostrando recursos 1 - 20 de 27

  1. Estudo da fiabilidade em máquinas CNC

    Dias, Evaristo Luís Leal
    de Weibull.

  2. Identificação de perigos, avaliação de riscos e determinação de medidas de controlo numa oficina automóvel

    Amaro, Ana
    A elaboração deste projecto tem como objectivo principal a Identificação de Perigos, Avaliação de Riscos e Determinação de Medidas de Controlo numa oficina automóvel com sede no Barreiro. Este estudo tem por base teórica a alínea 4.3.1 da Norma OHSAS 18001:2007 – Sistemas de Gestão de Segurança e Higiene no Trabalho e a Lei n.º102/2009, de 10 de Setembro – Regime Jurídico da Promoção de Segurança e Saúde no Trabalho.

  3. Implementação do plano de segurança da escola

    Alves, António
    O presente projeto Individual foi realizado no âmbito da 20ª Edição do Curso de Técnico Superior de SHT, do Mestrado de Segurança e Higiene no Trabalho, da Escola Superior de Tecnologia em parceria com a Escola Superior de Ciências Empresariais, do Instituto Politécnico de Setúbal. Tem o presente estudo o objetivo de elaborar o trabalho individual do aluno do mestrado de Higiene e segurança no Trabalho, na disciplina de Projeto Individual em Contexto Real de Trabalho (PICRT). O processo de implementação do Plano de Segurança nas Escolas Públicas é um fator chave no sucesso da prevenção e proteção das pessoas...

  4. Plano de segurança : Escola EBI Boa Água

    Mantas, Rui
    No presente trabalho intitulado "Plano de Segurança — Escola EBI Boa Água", pretende-se abordar a temática relativa aos Planos- de Segurança desenvolvendo um Plano em contexto real de um espaço aberto ao público. A sua base de orientação fundamenta-se na legislação específica, da qual fazem parte o Decreto-Lei n.° 220/2008, de 12 de Novembro e respectivo Regulamento Técnico constante na Portaria n.° 1532/2008, de 29 de Dezembro cuja entrada em vigor se reporta a 1 de Janeiro de 2009. Com a aplicabilidade deste regime jurídico, designadamente no que se refere à Organização e Gestão da Segurança contra Risco de Incêndio...

  5. Análise de um sistema de gestão de segurança e higiene no trabalho conforme as OHSAS 18001:2007

    Matias, Gustavo Marco dos Reis
    O autor, pretende aplicar a norma OHSAS 18001:2007 à organização laborai LAUAK Portuguesa Lda., empresa da indústria aeronáutica, de modo a efetuar uma avaliação do Sistema de Gestão da Segurança e Higiene no Trabalho (SGSHT), no tempo disponibilizado, e com o intuito de evidenciar aspetos importantes para a obtenção da conformidade com a norma. A elaboração do seguinte trabalho, foi o resultado da observação dos processos da empresa e da recolha de variada informação, de Segurança e Higiene no Trabalho (SHT),em normas e leis, extrapoladas de requisitos internacionais como a União Europeia (UE) e Organização Internacional do Trabalho (OIT) e...

  6. Identificação e avaliação de riscos de uma empresa de controlo de pragas

    Santos, António
    O presente projeto surge no âmbito da Pós Graduação em Segurança e Higiene no Trabalho, realizado na empresa António Guerra — Consultoria de Gestão e Serviços, Lda., e teve como objetivo a identificação dos perigos e a avaliação dos riscos associados, bem como, o levantamento dos controlos existentes, de modo a avaliar as condições de segurança de um posto de trabalho em contexto real, e permitir a realização de sugestões de melhoria. Numa empresa de Controlo de Pragas existem fatores propícios a causar incidentes/acidentes, nomeadamente, o uso indevido de produtos químicos, ferramentas, entre outros. Portanto, as temáticas da segurança no...

  7. Ruído ocupacional : avaliação de ruído - Estaleiro Central da SETH, S. A.

    Fernandes, Ana Paula Soromenho
    Pós-Graduação em Segurança e Higiene no Trabalho

  8. Autoridade Nacional de Protecção de Civil : relatório de estágio

    Vitorino, Tiago Sampaio e Melo
    O presente relatório tem origem no Estágio Curricular realizado no âmbito da Pós-Graduação em Segurança e Higiene no Trabalho e tem por objetivo a obtenção do Certificado de Aptidão Profissional pela Autoridade para as Condições de Trabalho. Este estágio foi realizado no edifício dos Bombeiros Sapadores de Setúbal e Proteção Civil, na qual a sua preocupação primordial é garantir a proteção de pessoas, de bens e do ambiente, principalmente na área do Município de Setúbal. Neste relatório é feita uma apresentação da entidade de acolhimento, uma 'A descrição das atividades desenvolvidas durante o período de estágio e um contributo teórico-empírico...

  9. Relatório de identificação e análise de riscos profissionais

    Neto, Venessa
    Pós-Graduação em Segurança e Higiene no Trabalho

  10. Estudo do conforto térmico numa lavandaria/engomadoria

    Silva, Patrícia Alexandra Varela
    Pós-Graduação em Segurança e Higiene no Trabalho

  11. Diagnóstico e avaliação de risco : laboratório de química organometálica e catálise homogénea do ITQB

    Lopes, Cláudia Sofia Marques Santos e
    O presente trabalho tem como tema "Diagnóstico e Avaliação de Risco no Laboratório de Química Organometálica e Catálise Homogénea do ITQB", onde se identificam e avaliam os riscos presentes nas operações/tarefas desenvolvidas no laboratório. São elaboradas checklists abordando áreas críticas relacionadas com a segurança, higiene e saúde, sendo postas em prática através de uma entrevista a uma investigadora do laboratório e através de observação directa. Com os resultados obtidos através de entrevista/observação directa (aplicação das checklists) é realizada a identificação dos riscos presentes no laboratório. É efectuada uma avaliação desses riscos segundo o método William-Fine e definem-se prioridades de actuação...

  12. Identificação e avaliação de riscos de um posto de trabalho: operador de metais não ferrosos Ambitena

    Guerreiro, Sérgio
    O presente projeto surge no âmbito da Pós Graduação em Segurança e Higiene no Trabalho, realizado na empresa Ambitrena – Valorização e Gestão de Resíduos, S.A., e teve como objetivo a identificação dos perigos e a avaliação dos riscos associados, bem como, o levantamento dos controlos existentes, de modo a avaliar as condições de segurança de um posto de trabalho, em contexto real, e permitir a realização de sugestões de melhoria. Numa empresa de gestão e valorização de resíduos existem muitos fatores causadores de incidentes/acidentes, nomeadamente, o uso indevido de ferramentas diversas, de máquinas ruidosas e sem proteções em partes móveis, a queda de resíduos ou pisos...

  13. Procedimento integrado de actuação em situações de emergência na actividade florestal do grupo Portucel Soporcel

    Manta, Ana Catarina Gregório
    Situações de emergência ou de calamidade potencial exigem acções previamente determinadas e definidas, sendo importante que as organizações estabeleçam planos que possam desencadear, de forma rápida e eficiente, o alarme, as acções imediatas a tomar, bem como as acções posteriores a implementar, contribuindo assim para os processos de tomada de decisão, sendo eles próprios, instrumentos fundamentais na gestão da resposta à emergência. Os referenciais normativos de certificação florestal existentes definem procedimentos de prevenção e resposta às situações de emergência, tendo que todos os produtores florestais que se queiram certificar ou estejam certificados de os implementar. Consideram-se no património florestal gerido pelo...

  14. Implementação de um Caso Prático Lean: Parque de Equipamentos no Centro Hospitalar de Setúbal, EPE

    Freixinho, José Carlos
    O presente trabalho pretende apresentar uma solução para o problema da subutilização de alguns tipos de equipamento médico disperso pelos serviços promovendo a sua melhor rentabilização e utilização imediata quando e se necessário, promovendo-se a sua gestão de forma centralizada através da criação de um Parque de Equipamentos no Centro Hospitalar de Setúbal EPE. Numa perspetiva Lean, visa reduzir-se desperdícios (Muda) aqui identificados, como: - Excesso de inventário – excessivo número de equipamentos dispersos nos serviços, mas ainda assim incapazes de dar resposta no momento da utilização, por inoperacionalidade; - Defeitos – muitas vezes e quando necessário utilizar o equipamento parado e em stand by, o mesmo não consegue arrancar...

  15. Plano de Prevenção e Emergência: Escola Superior de Tecnologia

    Pereira, Ana Luísa Pombinho
    O presente trabalho visa a elaboração de um Plano de Prevenção e Emergência que pretende ser uma medida de autoprotecção, dada através da aplicação de regras a ponto de evitar situações indesejadas. Mas caso isso não se verifique, deve recorrer-se a procedimentos de emergência no qual actuam sobre o sinistro e procedem à evacuação dos ocupantes calmamente e em segurança. Portanto, o Plano de Prevenção e Emergência da Escola Superior de Tecnologia, tem como objectivo proceder a medidas de precaução para limitar a propagação e as consequências de um incêndio e sistematizar a evacuação dos ocupantes desta utilização-tipo, que se encontrem...

  16. Identificação de perigos e avaliação de riscos: João Vaz das Neves, Lda.

    Batalha, Ana
    Hoje em dia a vertente humana assume um papel preponderante na atividade laboral, seja ela qual for. Outrora este era um papel insignificante, dando-se maior relevância à produtividade deixando as condições de trabalho para último plano. Continua a ser a produtividade uma das principais preocupações das organizações, no entanto, após se verificar que a produtividade também é afetada pela adequação do trabalho e sua envolvente ao Homem, começou a adotar-se outra visão em relação às condições de trabalho a que os trabalhadores estão sujeitos. Assim, surgiram a Segurança e a Higiene no Trabalho (SHT), estando estas estreitamente relacionadas com o fim...

  17. Identificação e avaliação de riscos da "Casa de Frangos de Portugal

    Carvalho, Ana Cristina Saraiva de
    O presente relatório surge no âmbito da componente pratica da Pós-Graduação de Segurança e Higiene no Trabalho- nível VI promovido pelo Instituto Politécnico de Setúbal. Nesta componente prática (estágio) são aplicados os conhecimentos teóricos e técnicos adquiridos ao longo da formação (426 horas) e de todo o trabalho desenvolvido na mesma. O estágio teve duração de 120 horas (três semanas) tendo sido realizado numa empresa de serviços externos situada em Odivelas e que tem como nome ForSaude. O projecto foi baseado num take-away “Casa de Frangos de Portugal” nome fictício que lhe atribui, devido ao facto de o cliente em questão não...

  18. Plano de Segurança: medidas de autoprotecção: Hotel Brown's Downtown

    Santos, Vanessa Alexandra Machado dos
    A realização deste projecto individual, surge no âmbito da 20ª Pós-graduação em Segurança e Higiene no Trabalho, ministrada pela Escola Superior de Tecnologias / Escola Superior de Ciências Empresariais, do Instituto Politécnico de Setúbal. A execução deste projecto, consistiu na aplicação dos conteúdos programáticos desenvolvidos no decorrer do curso, de forma a implementar no projecto todos os conhecimentos apreendidos nas diferentes áreas. Foi pedido que esta componente prática fosse aplicada em contexto real de trabalho, por isso a escolha deste projecto remeteu para uma temática que se enquadrasse no âmbito da actividade efectuada na entidade patronal. Visto a minha área profissional ser a arquitectura e encontrar-me a desenvolver...

  19. Plano de segurança e saúde: fase de projecto

    Palito, Margarida
    O presente projecto surge no âmbito da 20ª Pós Graduação em Segurança e Higiene no Trabalho, e teve como objectivo a elaboração de um Plano de Segurança e Saúde em fase de projecto para a empreitada de construção de uma moradia unifamiliar, sita em Olhão. Após a apreciação e aprovação Camarária dos projectos de arquitectura e especialidades, iniciou-se o processo de pedido de construção, no qual, e de acordo com a legislação em vigor é indispensável a apresentação de um Plano de Segurança e Saúde em fase de projecto. O presente Plano de Segurança e Saúde foi elaborado tendo como base essa...

  20. Plano se segurança de um ginásio

    Tavares, Patrícia Antónia Malão
    Os acidentes são sempre acções ou actos inesperados, aos quais a falta de resposta eficaz face aos acontecimentos, pode ter como consequência uma evolução da catástrofe. Por isso, é fundamental a existência de uma planificação e prevenção de medidas de mitigação de risco, que vise identificar e reduzir ocorrência dos acidentes. A segurança constrói-se a partir da prevenção. Aprendendo e estudando, ficamos enriquecidos e interiorizamos a importância da prevenção como forma de evitar a ocorrência de acidentes ou deixar que as causas dos acidentes persistam. Deste modo, é preciso que se tome consciência que a protecção e defesa começam através das posturas e comportamentos de cada um, quer...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.