Recursos de colección

Repositório Comum (24.607 recursos)

É um repositório para instituições de ensino e investigação produtoras de literatura científica cuja dimensão ainda não justifica a criação de um repositório próprio. Permite integrar instituições, grupos ou indivíduos na infra-estrutura do projecto, nomeadamente através das pesquisas do Portal RCAAP e da B-On.

IPS - ESCE - DCOGRH - Comunicações em congressos

Mostrando recursos 1 - 20 de 25

  1. Autarquias e desenvolvimento: que modelos de governação local?

    Almeida, António José; Santos, José Rebelo dos; Marques, Maria Amélia
    As autarquias portuguesas têm vindo a ser objecto de um conjunto de pressões no sentido levar a cabo um conjunto de reformas cuja linha orientadora apresenta um denominador comum baseado no princípio segundo o qual a privatização se configura como o modelo hegemónico de governação. Legitimado pela crise orçamental que tem vindo a atravessar a governação pública, este modelo procura alicerçar a sua legitimidade quer na diminuição das receitas públicas quer na necessidade de reorientar o papel das autarquias locais no sentido de colmatar o défice de intervenção do Estado Central em áreas tradicionalmente da sua responsabilidade mas que este...

  2. Satisfação e bem-estar no trabalho: estudo de um caso

    Chambel, Maria José; Curral, Luís; Fortes-Ferreira, Lina; Morais, Maria Amélia Marques de
    Comunicação apresnetada nas Jornadas de Investigação no Ensino Superior Politécnico, Santarém, 1999

  3. Comprometimento organizacional: o caso dos docentes de uma instituição de ensino superior

    Cordeiro, João Pedro Pina
    Esta comunicação pretende analisar e refletir sobre o comprometimento organizacional. O objetivo geral do estudo é analisar o comprometimento organizacional dos docentes do ensino superior, discutindo e analisando em que medida o comprometimento organizacional destes profissionais se relaciona com as variáveis sociodemográficas, e, consequentemente, verificar se estas variáveis são ou não explicativas do comprometimento organizacional. O objeto central do estudo é uma instituição de ensino superior, nomeadamente o seu corpo docente. Analisar de que forma se encontram “comprometidos” com a instituição, em tempos de crise, são questões que se colocam na atualidade. Como técnica de recolha de dados foi utilizado o inquérito por questionário. A amostra é constituída...

  4. Discursos em torno da flexibilidade e novas tecnologias

    Marques, Maria Amélia
    No presente trabalho pretende-se discutir as diferentes conceptualizações e apropriações do modelo de organização flexível, bem como da utilização das novas tecnologias e da adopção dos novos modelos de organização do trabalho, por forma a compreender os efeitos diferenciados que se tem vindo a constatar ao nível empírico sobre as praticas organizacionais e, consequentemente, sobre a aprendizagem.

  5. Gestão estratégica de quadros: estratégias empresariais e práticas de gestão dos quadros superiores

    Cordeiro, João Pedro Pina
    Human resources management has been acknowledged as an important factor for the development of firms. This study's main goal is to analyse the relations between management of highly qualified professionals and corporate strategies. Consequently, we formulate the central problem in this study through the following research question: how do highly qualified professionals management practices link to corporate strategies in the automotive components industry? The research method used was the survey. The study covers 72 companies. Results suggest that the development management practices for highly qualified professionals present differentiations consonant business strategies at automotive parts industry companies. We conclude that the automotive parts industry companies when possessing different business...

  6. Gestão da formação e estratégias empresariais no sector de componentes para automóvel

    Cordeiro, João Pedro Pina
    Comunicação apresentada no X Congresso Luso-Afro-Brasileiro de ciências sociais: sociedades desiguais e paradigmas em confronto, 4 a 7 de Fevereiro de 2009, Universidade do Minho

  7. Gestão estratégica de recursos humanos: gestão das remunerações e desenvolvimento de carreiras como processos diferenciadores nas empresas do sector automóvel

    Cordeiro, João Pedro Pina
    Com esta comunicação pretende-se reflectir sobre a inter-relação entre as estratégias empresariais e as práticas de gestão de recursos humanos, nomeadamente ao nível das práticas de gestão das remunerações e do desenvolvimento das carreiras. Este estudo incide sobre os quadros superiores das empresas do sector de componentes para automóvel. Os dados foram recolhidos através da aplicação de um inquérito por questionário às empresas. O estudo é constituído por 72 empresas. Os resultados indicam que as práticas de gestão das remunerações e das carreiras para os quadros superiores apresentam diferenciações consoante as estratégias preconizadas pelas empresas do sector de componentes para automóvel. A articulação entre as estratégias empresariais...

  8. Gestão estratégica de recursos humanos: estratégias empresariais e práticas de inserção profissional dos quadros no sector de componentes para automóvel

    Cordeiro, João Pedro Pina
    A presente comunicação tem como objectivo analisar e compreender a relação entre as estratégias empresariais e as práticas de inserção profissional dos quadros superiores nas empresas do sector de componentes para automóvel. A técnica de investigação utilizada foi o inquérito por questionário. A amostra é constituida por 72 empresas. Os resultados indicam que as práticas de inserção profissional dos quadros superiores apresentam diferenciações consoante as estratégias seguidas pelas empresas do sector de componentes para automóvel. Concluise, assim, que as empresas do sector de componentes para automóvel, ao possuirem diferentes estratégias, possuem também diferentes formas de preconizar essas mesmas estratégias, as quais sustentam e são sustentadas por diferentes...

  9. A dimensão motivacional das práticas de gestão de recursos humanos: gestão das remunerações e desenvolvimento de carreiras

    Cordeiro, João Pedro Pina
    The paper intends to make a reflection about the motivational dimension of human resources practices, namely management remunerations and careers development. At the same time, we make an approach about relations between business strategies and management remunerations and careers development practices for highly qualified professionals at automotive parts industry companies. The research method used was the survey. The study covers 72 companies. Results suggest that the development management practices for highly qualified professionals present differentiations consonant business strategies at automotive parts industry companies. We conclude that the automotive parts industry companies when possessing different business strategies, also possess different forms...

  10. Cultura organizacional, práticas de gestão de recursos humanos e absentismo: contributos para a análise da trilogia nas unidades orgânicas do Instituto Politécnico de Setúbal

    Prates, Maria do Rosário; Cordeiro, João Pedro Pina
    A cultura organizacional manifesta-se, em parte, nas práticas de gestão de recursos humanos de uma organização, estando presente nos seus vários processos (recrutamento e selecção, acolhimento, integração, formação, entre outros). As práticas de gestão de recursos humanos têm influência no comportamento dos trabalhadores de uma organização, contribuindo decisivamente para a formação da cultura organizacional. Tanto a cultura organizacional, como as práticas de gestão de recursos humanos, influenciam as percepções, os sentimentos e comportamento dos trabalhadores de uma organização, podendo contribuir para um menor ou maior nível de absentismo. Neste sentido, com esta comunicação pretende-se analisar a inter-relação entre cultura organizacional,...

  11. A perspectiva vertical da gestão estratégica de recursos humanos

    Cordeiro, João Pedro Pina
    A presente comunicação tem como objectivo analisar e compreender a relação entre as estratégias empresariais e as práticas de gestão de recursos humanos (recrutamento, selecção e formação profissional) dos quadros superiores nas empresas do sector de componentes para automóvel. A técnica de investigação utilizada foi o inquérito por questionário. A amostra é constituída por 72 empresas. Os resultados indicam que as práticas de gestão de recursos humanos, nas dimensões consideradas, apresentam diferenciações consoante as estratégias seguidas pelas empresas do sector de componentes para automóvel. Conclui-se, assim, que as empresas do sector de componentes para automóvel, ao possuírem diferentes estratégias, possuem...

  12. As remunerações como instrumento fundamental da gestão estratégica de gestão de recursos humanos

    Cordeiro, João Pedro Pina
    Esta comunicação reflecte sobre a gestão estratégica de recursos humanos. O objectivo principal do estudo é analisar as inter-relações entre as práticas de gestão de remunerações e as estratégias empresariais no sector de componentes para automóvel, nomeadamente os seus quadros superiores. a técnica de investigação utilizada foi o inquérito por questionário. A amostra é constituída por 72 empresas. Os resultados indicam que as práticas de gestão das remunerações para os quadros superiores apresentam diferenciações consoante as estratégias de negócio preconizadas pelas empresas do sector de componentes para automóvel. Concluímos, assim, que as empresas do sector de componentes para automóvel, ao...

  13. Práticas de gestão dos quadros superiores em empresas com capacidade de inovação diferenciada

    Cordeiro, João Pedro Pina
    A presente comunicação versa sobre as práticas de gestão de recursos humanos pelas empresas, e mais especificamente sobre as práticas de gestão dos quadros superiores em empresas com diferentes capacidades de inovação. Tentámos identificar até que ponto as práticas de gestão dos quadros superiores é influenciada pelos diversos contextos empresariais onde se processa. Procurámos ainda determinar se, entre os factores que geram essas desiguais possibilidades, se encontra a sua diferenciada capacidade de inovação. Na conjugação das diferentes dimensões definidoras da gestão dos quadros superiores destacaram-se modalidades que revelam estratégias específicas, as quais estão na origem de dois modelos de gestão muito contrastantes: o da “gestão qualificante”e o da “gestão...

  14. Gestão estratégica de quadros: as «práticas de trabalho de elevado desempenho»

    Cordeiro, João Pedro Pina
    Esta comunicação reflecte sobre a gestão estratégica de quadros. O objectivo geral do estudo é analisar as inter- relações entre as «práticas de trabalho de elevado desempenho» (Becker, Huselid, Ulrich, 2001; Pil e MacDuffie, 1996) e as estratégias empresariais. O objecto central do estudo são as empresas do sector de componentes para automóvel, nomeadamente os seus quadros superiores (QS). A técnica de investigação utilizada foi o inquérito por questionário, ao qual responderam 72 empresas do sector de componentes para automóvel. Os resultados indicam que a diferente conjugação das dimensões definidoras da gestão estratégica de quadros (participação/acesso à informação, segurança no emprego, formação profissional, gestão de...

  15. Do contrato colectivo de trabalho ao acordo negocial interno: complementaridades e condições

    Fernandes, Paulo; Almeida, António José; Cordeiro, João Pedro Pina
    As relações laborais em Portugal têm vindo a ser marcadas por um conjunto de bloqueios resultantes da alteração da relação de forças entre capital e trabalho. Desses bloqueios, um dos mais significativos tem estado associado ao reduzido grau de eficácia dos instrumentos de regulamentação colectiva de trabalho há muito ultrapassados pelas práticas de gestão de recursos humanos adoptadas pelas empresas e “toleradas” pela sociedade. Daqui tem decorrido uma certa incapacidade dos actores da negociação colectiva em (re)construir um novo compromisso entre capital e trabalho, o que abriu caminho a um conjunto de reformas, mais ou menos consensuais, do enquadramento legal que regula o sistema de...

  16. Modos diferenciados de gestão de quadros: os quadros superiores de empresas da indústria transformadora

    Cordeiro, João Pedro Pina
    As estratégias de gestão das empresas apresentam-se-nos como definidoras de diferentes práticas de gestão de quadros. Aceder às diferenciadas formas de expressão dessas práticas surgiu como o ponto de partida deste estudo. Ao nível da gestão dos quadros superiores foi nosso objectivo geral realizar uma abordagem que a analise em dois momentos chave: o processo de “inserção na empresa” propriamente dito (através das políticas de recrutamento), e os processos de “pós-inserção”, através da análise das práticas de gestão de mão-de-obra nas empresas (políticas de utilização de mão-de-obra). Em torno da problemática central procurou-se verificar de que modo a gestão dos quadros é, ou não, diferentemente possibilitada pelos diversos contextos...

  17. Quadros superiores: agentes estratégicos de desenvolvimento das empresas

    Cordeiro, João Pedro Pina
    A presente comunicação pretende reflectir sobre os «quadros superiores» enquanto agentes estratégicos de desenvolvimento das empresas. A partir desta abordagem poder-se-á, por um lado, compreender melhor a importância das funções e, por inerência, dos saberes e/ou das competências dos quadros superiores na actualidade, por outro lado, responder à questão: de que falamos quando nos referimos a quadros superiores? As técnicas de investigação utilizadas foram a análise documental e o inquérito por questionário. A amostra é constituída por 72 empresas do sector de componentes para automóvel. Estruturalmente, começámos por realizar uma reflexão teórica baseada na análise dos quadros enquanto processo societal, na análise das propostas de objectivação...

  18. Integração virtual

    Ribeiro, Joaquim Silva
    Há varias décadas, quando se mantinham relativamente estáveis os mercados e a tecnologia ou a sua evolução se processava de uma forma gradual e, de certa forma, previsível, a generalidade das empresas tinham um elevado nível de integração vertical, executando internamente grande parte da cadeia operacional dos respectivos produtos ou serviços. No entanto, tem-se registado nas últimas décadas uma autêntica avalanche de modificações nos aspectos políticos, económicos, tecnológicos e sociais, ocorridos a nível universal, o que tem provocado uma forte turbulência ao nível do mercado, conduzindo à necessidade de algum “emagrecimento” nas empresas, aligeirando-as na sua estrutura organizativa, tornando-as mais descentralizadas e produzindo somente o correspondente ao seu “core business”,...

  19. Estruturas e práticas de formação profissional das médias e grandes empresas em Portugal

    Almeida, António José; Alves, Natália; Bernardes, Alda; Neves, Alda dos Santos
    Tendo por base um inquérito por questionário a uma amostra de empresas com mais de duzentos e cinquenta trabalhadores, a presente comunicação procura caracterizar as estruturas e práticas de formação profissional existentes nas grandes empresas em Portugal. Dos resultados obtidos detaca-se o facto de, apesar da importância estratégica atribuída à formação, os meios humanos e financeiros bem como os instrumentos de pilotagem que a suportam nem sempre parecem adequados à sua concretização.

  20. Carreiras profissionais: novos caminhos para as relações de trabalho?

    Almeida, António José; Marques, Maria Amélia; Alves, Natália
    Apesar da gestão de carreiras ser uma preocupação recente no quadro da gestão das relações de trabalho, é hoje evidente a crise em que se encontra a forma tradicional de abordagem desta problemática. Tendo nascido para assegurar a satisfação das necessidades de quadros superiores e intermédios com que as empresas se deparavam no âmbito de um sistema de relações de trabalho dualista e fortemente hierarquizado, a carreira profissional era concebida como um processo cumulativo através do qual se ascendia na estrutura hierárquica das organizações, à imagem das tradicionais concepções evolucionistas da vida social. Contudo, as transformações em curso nas sociedades "desenvolvidas" têm vindo a fazer com que estejamos hoje...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.