Mostrando recursos 1 - 20 de 80

  1. Membranas biológicas na córnea de cães e gatos

    Dall’Agnol, Cecilia Capacchi

  2. Prevalência de oxiuríase em equinos do Centro Hípico do 3º Regimento de Cavalaria de Guarda do Exército Brasileiro

    Mello, Sybele Lima de
    A determinação de prevalência de uma enfermidade sobre uma população auxilia no seu entendimento e, por consequência, no planejamento de estratégias de controle da doença em específico. Neste estudo, o objetivo foi determinar a prevalência de Oxyuris equi em uma população de equinos de desporto de um quartel de cavalaria do exército brasileiro situado em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Os animais foram avaliados para sinais clínicos característicos da parasitose e testados utilizando-se o método de Graham. Um total de 24 cavalos foram positivos para ovos de O.equi ao teste de Graham, sendo 25,81% do plantel infectado. A prevalência,...

  3. Estudo dos fatores ambientais, fenotípicos e dos microrganismos envolvidos na ocorrência de artrite em perus machos pesados de diferentes idades

    Nickel, Vinícius Sasso
    Artrite é uma importante causa de condenações parciais de carcaças de perus machos pesados em abatedouros-frigoríficos no Brasil. Desta forma, os objetivos desse estudo foram avaliar a possibilidade de se realizar o diagnóstico de artrite em perus machos pesados de granjas comerciais, in vivo, através das ferramentas disponíveis bem como a relação entre o Gait Score (GS) com a ocorrência de artrite em diferentes graus, assim como definir os possíveis fatores ambientais que podem predispor a ocorrência do problema e detectar os microrganismos mais prevalentes em lesões de artrite. Para tal, foram visitadas 18 granjas de perus machos pesados em...

  4. Prevalência de parasitos gastrintestinais em equinos oriundos de Porto Alegre/RS

    Souza, Luiza Peters de
    Infecções parasitárias são de extrema importância nos eqüinos, devido aos prejuízos causados, e tendem a ser acometidos durante todas as fases da vida. O estudo da prevalência das infecções gastrintestinais é imprescindível quando relacionado aos cavalos, por afetarem a sanidade do animal levando a queda de performance e qualidade de vida. Esta pesquisa tem como objetivo constatar a prevalência de parasitos gastrintestinais em eqüinos da região metropolitana de Porto Alegre/RS, através de exames coproparasitológicos de fezes. Foram incluídos nesta investigação 50 cavalos, 20 animais do abrigo da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) e 30 cavalos do 3° Regimento...

  5. Contusão pulmonar em cães e gatos

    Trojan, Marcelo Marchetti
    O trauma torácico é uma afecção comum em cães e gatos e apresenta alto índice de morbidade e mortalidade em consequência de lesões no parênquima pulmonar, no espaço pleural, nos grandes vasos, na cavidade torácica, no diafragma ou no miocárdio. Traumas que possam causar lesões pulmonares são mais comuns em cães e gatos jovens, machos inteiros e de vida livre. A maioria dos cães com traumatismo apresenta lesão mínima à moderada, enquanto que a maior parte dos gatos tem lesão grave. O reconhecimento e o tratamento imediato à condição crítica em que se encontra o paciente politraumatizado objetiva assegurar sustentação...

  6. Fisioterapia como adjuvante na consolidação de fraturas ósseas

    Crispim, Caroline Gomes
    As fraturas ósseas têm grande incidência no cotidiano da clínica médica veterinária, além disso, a recuperação pós-cirúrgica é delicada e requer cuidados, por isso é lenta e muitas vezes não se obtêm o êxito desejado, visto que é muito mais difícil controlar o pós-operatório dos animais em relação aos humanos, já que eles não têm a consciência de que precisam fazer repouso até a completa consolidação óssea. Portanto, acelerar esse processo de recuperação é muito vantajoso e, por isso a fisioterapia pode ser uma grande aliada nesse tratamento, já que estudos comprovam que ela acelera significativamente o tempo de consolidação...

  7. Principais doenças infecciosas que acarretam em perdas reprodutivas em bovinos de corte : uma revisão

    Marchioretto, Paula Viero
    O Brasil é o segundo maior produtor de carne bovina do mundo e apesar de sua representatividade nesse cenário, apresenta índices zootécnicos, como a taxa média de desfrute, muito abaixo de países desenvolvidos. A eficiência reprodutiva é o fator que isoladamente, mais influencia a produtividade e a lucratividade de um rebanho. Na bovinocultura de corte, as falhas na reprodução são multifatoriais e multietiológicas. As perdas gestacionais são uma das principais causas de falhas reprodutivas e podem ocorrer por defeitos genéticos, doenças infecciosas, problemas de saúde geral, má qualidade do embrião ou inabilidade uterina para manutenção da gestação, entre outras causas....

  8. Afecções de córnea em felinos : estudo retrospectivo (2007 a 2017)

    Macedo, Melina Bárbbara Bender
    A córnea dos felinos domésticos pode apresentar afecções únicas da espécie, além de demonstrar alto potencial para abrigar vírus patogênicos. O objetivo deste estudo foi avaliar a casuística das afecções de córnea em felinos atendidos no Serviço de Oftalmologia Veterinária da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, através de estudo retrospectivo. No período de 10 anos, compreendido entre abril de 2007 e abril de 2017, foram atendidos 620 felinos, entre eles 47,2% machos e 52,8% fêmeas. Destes, 327 possuíam diagnóstico de afecções corneanas. Foram contabilizados, através da análise retrospectiva das fichas clínicas, casos de úlcera de córnea (26%), sequestro...

  9. Neoplasias intraoculares em cães e gatos : revisão da literatura

    Marques, Maria Eduarda Jaeger
    As neoplasias intraoculares têm sido cada vez mais diagnosticadas em cães e gatos. Os neoplasmas podem se desenvolver em todos os segmentos do olho, inclusive na região intraocular. As neoplasias oculares podem causar desconforto ocular e até mesmo sinalizar a presença de doença sistêmica. Com esta revisão de literatura objetiva-se enfatizar principalmente as manifestações clínicas e as consequências das neoplasias intraoculares em cães e gatos.

  10. Pesquisa de parasitoses gastrointestinais em aves marinhas e migratórias do litoral do Rio Grande do Sul

    Wartchow, Bárbara Schiller
    O protozoário Cryptosporidium é um parasita entérico, transmitido principalmente via fecal-oral, por água e alimentos contaminados. Apesar da criptosporidiose ocorrer mundialmente, muitos aspectos de sua epidemiologia permanecem incompreendidos. Seres humanos, animais domésticos e fauna selvagem potencialmente contribuem para a disseminação do parasito pelas águas. É uma das principais protozooses em aves, se manifestando tanto no trato digestivo como no respiratório, afetando um grande número de espécies. Entre as espécies e genótipos de Cryptosporidium identificados em aves, alguns são potencialmente zoonóticos. A epidemiologia de espécies zoonóticas do parasito em animais selvagens vem cada vez mais ganhando relevância. As aves migratórias, por...

  11. Repercussões oculares e perioculares da leishmaniose visceral em cães

    Bettio, Marcelle
    A leishmaniose visceral canina é considerada um problema de saúde pública por ser uma zoonose, e potencialmente fatal se não tratada. É causada pelo protozoário intracelular do gênero Leishmania, e os principais reservatórios são os cães domésticos. A transmissão da doença ocorre pela inoculação do agente no hospedeiro através do inseto hematófago. As manifestações clínicas são variadas, e as repercussões oculares são frequentes em cães infectados, podendo cursar, em alguns casos, de modo isolado ou associado a outras alterações sistêmicas. Blefarite, uveíte anterior e conjuntivite são os sinais oculares comumente relatados; porém, alterações menos frequentes como coriorretinite, descolamento de retina,...

  12. Intoxicação por ervilhaca (Vicia villosa) em bovinos : caracterização das lesões cutâneas

    Silveira, Amaro Francisco Viero
    Ervilhaca (Vicia spp.) é uma forrageira cuja ingestão pode acarretar em um quadro clínico conhecido como doença granulomatosa sistêmica. A espécie comumente relacionada a casos de intoxicação é a Vicia villosa. O objetivo é descrever lesões mascroscópicas e microscópicas e tipo celular envolvido na resposta de bovinos com doença granulomatosa sistêmica. Um estudo retropectivo foi realizado nos arquivos do setor de Patologia Veterinária da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) no período de 2005 – 2016 afim de localizar amostras de pele de bovinos com doença granulomatosa sistêmica associada à ingestão de ervilhaca. Os dados levantados foram sexo,...

  13. Linfoma cutâneo epiteliotrópico : relato de caso

    Maria, Daniela da Silva
    O linfoma cutâneo é incomum na espécie canina e caracteriza-se pela proliferação clonal de linfócitos atípicos na pele. É classificado em epiteliotrópico e não-epiteliotrópico, baseado no tropismo das células neoplásicas pelo epitélio. O caso descrito é de um canino, fêmea, 12 anos de idade, sem raça definida, apresentando lesões de pele ulcerativas, hemorrágicas e crostosas na região abdominal, inguinal, de face, focinho, pescoço, tórax, vulva, ânus, além de despigmentação discreta na pálpebra e lesões em mucosa oral, sem linfoadenomegalia, inicialmente, porém, após algumas semanas, demonstrando aumento dos linfonodos inguinais e poplíteos. Foi encaminhada ao Setor de Oncologia do Hospital de...

  14. Ultrassonografia de vias aéreas torácicas em cães e gatos : revisão de literatura

    Urbano, Sarah de Souza
    Ao longo dos últimos anos, a ultrassonografia torácica vem ganhando espaço no campo do diagnóstico por imagem de pequenos animais, ocasionando aumento no número de ferramentas de diagnóstico disponíveis para o clínico e desenvolvimento de novas técnicas de realização de procedimentos para obtenção de imagem. Nesta revisão bibliográfica, foram abordados os temas de física do ultrassom, artefatos e técnicas de formação de imagem, além do quadro geral das doenças pulmonares, mediastinais, pleurais e pneumotórax na imagem ultrassonográfica. Na presença de pulmão arejado, as ondas não penetram na cavidade torácica, mas quando há afecção, é possível visualizar as estruturas internas devido...

  15. Ruptura do ligamento cruzado cranial em cães : estudo retrospectivo (2014 – 2016)

    Corrêa, Luis Alan Zambrano
    A ruptura do ligamento cruzado cranial (RLCCr) é uma das lesões mais comuns nos membros pélvicos da espécie canina. Pode ser completa com visível instabilidade ou parcial com instabilidade em menor grau. A instabilidade da articulação do joelho surge em decorrência da ruptura do ligamento, causando uma cascata inflamatória, alterações degenerativas e claudicação nos cães. A gravidade da degeneração parece ser diretamente proporcional ao porte e a idade. Anormalidades de conformação e as artropatias imunomediadas são associadas com a ruptura deste ligamento. O objetivo do estudo foi caracterizar o perfil da população de cães acometidos por RLCCr atendidos pelo Serviço...

  16. Efeitos da administração do alcaloide boldina sobre o comportamento sexual da ninhada de ratas Wistar tratadas durante o período gestacional

    Oliveira, Muriel Rodrigues Ferraz de
    A utilização de plantas como medicamentos tem acompanhado o homem através do tempo (SOUSA et al., 2011). A boldina é o principal alcaloide encontrado no Peumus boldus, uma planta muito utilizada na medicina tradicional, principalmente por suas propriedades digestivas. Diversos estudos sobre os efeitos benéficos do Peumus boldus e do alcaloide boldina já foram realizados, entretanto, poucos são os que estudam os efeitos adversos causados por seu uso. No Brasil a legislação que regulamenta a realização de testes pré-clínicos de toxicidade para medicamentos fitoterápicos é a Resolução N° 90 de 16 de março de 2004 da Agência Nacional de Vigilância...

  17. Ocorrência de parasitas em produtos de pesca

    Neumann, Gabriel Antônio
    As zoonoses parasitárias transmitidas por produtos da pesca vêm chamando atenção de pesquisadores e autoridades pois além de ser um problema grave de saúde pública, gera perdas econômicas. Com o aumento do consumo de pescado e com perspectiva de crescimento, também cresceu o número de importações, principalmente de Salmonídeos. Quando desembarcados nos portos brasileiros, esses produtos podem apresentar parasitas, o que aumenta o risco de zoonoses e diminui a qualidade do pescado. Sendo assim, é necessária uma avaliação e reinspeção do pescado cogelado importado para garantir que o produto chegue a mesa do consumidor de forma segura e com qualidade...

  18. Adesivos sintéticos e biológicos na superfície ocular : revisão bibliográfica

    Vargas, Eduarda Valim Borges de
    A córnea é a porção mais externa do bulbo ocular e está constantemente sujeita a traumas. Quando as afecções corneanas não são tratadas adequadamente, pode ocorrer perda da visão e até mesmo do globo ocular. Dependendo da gravidade, somente o tratamento medicamentoso não é suficiente, e diversas técnicas cirúrgicas são recomendadas, incluindo os flaps conjuntivais, os enxertos, a ceratoplastia penetrante, o uso de lentes de contato, adesivos, entre outras, cada uma apresentando vantagens e desvantagens. A busca por métodos seguros, de fácil e rápida aplicação, com mínima interferência na cicatrização da córnea, deu início ao estudo das substâncias adesivas. Os...

  19. Determinação da acurácia do monitor oscilométrico GE modelo Dash 4000 na mensuração da pressão arterial de cães anestesiados

    Ferronatto, João Victor Barbieri
    O método indireto de mensuração de pressão arterial é o mais utilizado na rotina clínica de cães e gatos e mensura valores que são estimativas da pressão arterial invasiva, sendo os métodos oscilométricos exemplos desses. Embora o método oscilométrico seja mais simples de ser utilizado, sua acurácia e precisão devem ser determinados por meio da comparação com o padrão ouro (método invasivo). O presente estudo objetivou determinar a acurácia e precisão do monitor oscilométrico GE modelo DASH 4000 na mensuração da pressão arterial em cães anestesiados. Um cateter foi introduzido na artéria dorsal pedal e conectado a um sistema tubular...

  20. Intoxicações por medicamentos em felinos

    Araujo, Marília Cáceres Rocha de
    O número de felinos vem aumentando representativamente nos lares e a expectativa é de que esse número deve ultrapassar o número de cães. O problema inicia na forma dos tutores tratarem estes animais, muitas vezes tratando-os como pequenos cães e não distinguindo cuidados entre as espécies, causando, desta forma, intoxicações nos felinos por falta de conhecimento e de forma não intencional. Entre as intoxicações, a medicamentosa é a mais frequente em felinos, podendo ocorrer pela ingestão acidental ou administração errônea do tutor, que muitas vezes adquire e utiliza medicações sem auxílio de um veterinário. Essas intoxicações, por sua vez, ocorrem...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.