Mostrando recursos 1 - 20 de 165

  1. A influência da prática esportiva no equilíbrio, resistência muscular, velocidade de caminhada e medo de cair em pessoas com deficiência visual

    Silva, Edson Soares da
    Introdução: Os desafios enfrentados pelas pessoas com deficiência visual na mobilidade podem influenciar diretamente na segurança e autoconfiança no caminhar, sendo uma possível causa do sedentarismo nessa população. Embora a prática esportiva e exercícios físicos regulares possam modificar os fatores de risco de quedas, a relação e os parâmetros de locomoção e equilíbrio não estão estabelecidos. Objetivo: Avaliar e comparar o equilíbrio estático, a variabilidade dinâmica da caminhada, a velocidade autosselecionada de caminhada, o índice de reabilitação locomotor, a resistência muscular de membros inferiores e o medo de cair em deficientes visuais praticantes de esportes adaptados e pessoas com visão....

  2. O profissional de educação física em hospital de alta complexidade

    Pacheco, Andrea Zin Hubbe
    O presente trabalho tem como objetivo analisar as competências e atuação requeridas do Profissional de Educação Física na área da promoção da saúde, bem como sua importância na equipe multidisciplinar, mais especificadamente como profissional atuante dessa equipe na Unidade de Internação Pediátrica (UIP) de um hospital de alta complexidade, o Hospital de Clínicas de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Desta forma, compreendo que o presente trabalho pode contribuir com a formação do Bacharelado no curso de Educação Física, por apresentar informações e reflexões pertinentes do atual cenário de inserção do Profissional de Educação Física (PEF) no Sistema Único...

  3. Influência da maturação biológica na força explosiva de jovens que praticam atividades esportivas no contra turno escolar

    Silva, Franco Mendonça da
    A Educação Física, no Ensino Fundamental atual, aponta que o educando vem se afastando das quadras e dos espaços de prática motora escolar. Fatores como: o baixo nível de coordenação motora e de habilidades nas tarefas, a heterogeneidade no desenvolvimento e crescimento nos alunos que compõem as turmas, assim como as diferentes metodologias de ensino adotadas pelo professor pode provocar o desinteresse pela aula. Objetivo geral do estudo foi verificar os efeitos da maturação biológica no desempenho da força explosiva, agilidade e velocidade de deslocamento de escolares que participam de atividades esportivas no contra turno escolar e, como objetivo especifico...

  4. Treinamento de potência no rugby masculino : uma revisão de literatura

    Moreno, Lucas Fontoura
    O Rugby é um esporte coletivo, de invasão, com intensas corridas e embates físicos, de alta complexidade fisiológica, com necessidade de alto desenvolvimento físico. Mesmo com tantas capacidades biomotoras a serem trabalhadas o estudo se refere mais ao assunto sobre potência, por causa da exigência tanto individual quanto coletiva. O presente estudo tem por objetivo fazer uma revisão narrativa sobre o conceito de potência, seus tipos de treino e sua aplicabilidade em esportes coletivos, enfatizando prioritariamente sua aplicação nos Rugbys Union e Sevens, modalidades com maior número de equipes no país (CBRu). Por ser um esporte novo no estado de...

  5. O coaching esportivo na prática : a intervenção numa equipe de voleibol de alto rendimento

    Silva, Gustavo Cunha da
    Este trabalho trata sobre uma experiência de inserção do Coaching Esportivo em um time de vôlei da elite nacional, durante uma temporada. Mesmo com a evolução constante do esporte de alto rendimento, ainda existem áreas com grande potencial de desenvolvimento que estão sendo pouco aproveitadas. Com base em um estudo do tipo descritivo com delineamento exploratório, de abordagem qualitativa, o presente trabalho descreve os conceitos e fundamentos do Coaching Esportivo, seus processos e seus níveis de desenvolvimento. Depois, descreve, interpreta e analisa como foi a experiência na prática da implementação do Coaching esportivo, as sessões, as ferramentas utilizadas e os...

  6. Propriocepção e reforço muscular na estabilidade do tornozelo em atletas de futsal feminino

    Ribas, Letícia Oscar
    Introdução: O futsal é um esporte coletivo caracterizado por movimentos rápidos e de alta intensidade, com frequentes trocas de direções dos atletas, fatos que predispõem os membros inferiores a lesões, tendo maior incidência na articulação do tornozelo. Objetivo: Comparar os efeitos de um treinamento proprioceptivo e um treinamento de reforço muscular na estabilidade articular do tornozelo, em atletas de futsal feminino da UFRGS, por meio do teste Star Excusion Balance Test (SEBT). Métodos: Foram avaliadas 20 atletas de futsal feminino, com idade entre 18 e 30 anos (média 22,45 ± 3,30), sem histórico de lesões nos membros inferiores, nos últimos...

  7. Associação entre força muscular respiratória, índice tabágico e variáveis demográficas e antropométricas em pacientes cardiopatas isquêmicos : estudo transversal

    Buhler, Raquel Petry
    Introdução: Indivíduos com doenças cardiopulmonares crônicas apresentam fraqueza muscular devido ao decréscimo nos níveis de atividade física, sendo que pacientes cardiopatas isquêmicos podem apresentar intolerância ao exercício devido à fadiga de membros inferiores e dispnéia. A aptidão física e a capacidade ventilatória estão relacionadas com a força muscular respiratória (FRM), portanto a medida das pressões respiratórias máximas representa um procedimento importante para a avaliação funcional dos músculos respiratórios. Objetivo: Avaliar a associação entre FMR, índice tabágico (IT), idade, sexo e peso em pacientes cardiopatas isquêmicos. Métodos: Estudo transversal com a inclusão de pacientes com cardiopatia isquêmica de ambos os sexos,...

  8. Influência da estimulação elétrica neuromuscular sobre a complacência pulmonar dinâmica em pacientes em ventilação mecânica : resultados preliminares de um ensaio clínico randomizado

    Issa, Márcia Cristina
    Introdução: Um aspecto importante a ser avaliado antes do desmame ventilatório é a avaliação da complacência pulmonar dinâmica, que pode ser afetada pela fraqueza muscular generalizada em pacientes internados em ventilação mecânica invasiva (VMI). Por isso se faz importante a mobilização precoce do paciente crítico onde a eletroestimulação neuromuscular (EENM) vem como uma alternativa no tratamento. Objetivo: Avaliar os efeitos da EENM sobre a complacência pulmonar dinâmica em pacientes em VMI, comparando o grupo intervenção com o placebo. Métodos: Ensaio clínico randomizado realizado entre julho de 2013 a março de 2014 com pacientes em VMI internados no Centro de Tratamento...

  9. Efeitos da estimulação elétrica neuromuscular sobre os níveis de lactato em pacientes em ventilação mecânica invasiva

    Rosa, Lisiane Fernandes da
    Introdução: A fraqueza adquirida na UTI é um dos principais fatores complicadores na saída da ventilação mecânica invasiva (VMI), para tanto a eletroestimulação neuromuscular (EENM) vêm sendo amplamente utilizada na intenção de prevenir tais malefícios. Porém, existem poucos estudos comprovando a segurança da técnica. Objetivo: Avaliar os efeitos da EENM sobre os níveis de lactato em pacientes em VM, comparando com o grupo placebo. Métodos: Ensaio clínico randomizado realizado entre julho de 2013 a março de 2014 com pacientes em VMI internados no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Os pacientes foram randomizados para...

  10. Comparação do efeito do treinamento proprioceptivo na estabilidade articular do tornozelo entre não atletas e atletas de voleibol

    Cristofoli, Emanuele Lazzari
    Introdução: O tornozelo é a articulação mais lesada tanto na vida diária quanto na prática de esportes, especialmente no voleibol que exige movimentos bruscos. Um menor risco de lesão está ligado à estabilidade articular do tornozelo, que pode ser adquirida através de treinamentos proprioceptivos, utilizados para reabilitação e para prevenção de lesões. Objetivo: avaliar o efeito de um treinamento proprioceptivo para tornozelo por meio do Star Excursion Balance Test (SEBT) em estudantes sedentárias e comparar com resultados obtidos para o mesmo treinamento em atletas do voleibol. Métodos: Onze estudantes sedentárias, sem histórico de lesões nos membros inferiores participaram de um...

  11. Abordagem da fisioterapia no manejo da dor lombar e pélvica gestacional por meio de exercícios terapêuticos : uma revisão sistemática

    Colla, Cássia
    Objetivo: Desenvolver uma revisão sistemática sobre a abordagem da Fisioterapia, por meio de exercícios terapêuticos, na prevenção e no tratamento da dor lombar e pélvica gestacional. Métodos: Realizou-se uma busca sistemática por ensaios clínicos randomizados (ECRs) nas bases de dados PubMed, PEDro, Cochrane, EMBASE, LILACS e Periódicos Capes. Não houve restrição de data e de idioma. Os termos compreendidos na busca foram: “pregnancy”, “low back pain”, “pelvic pain”, “exercise therapy” e seus descritores em português. A qualidade metodológica foi avaliada por meio da escala PEDro, e uma análise descritiva dos estudos foi realizada. Resultados: Sete estudos, incluindo 1721 gestantes, foram...

  12. As aprendizagens e os desafios dos estágios de docência do curso de licenciatura em educação física da Universidade Federal do Rio Grande Do Sul : reflexões a partir da prática

    Hoss, Ramayanna
    O presente estudo tem como objetivo geral compreender a importância dos Estágios de Docência do Curso de Licenciatura em Educação Física da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança da Universidade Federal do Rio Grande do Sul na formação dos futuros professores. Entendo a importância deste tema de pesquisa por compreender que o desenvolvimento profissional é fruto do compartilhamento de saberes, de experiências, enfim, do trabalho reflexivo, construído de forma crítica, sistemática e coletivamente. O Trabalho aprofunda as aprendizagens construídas e os desafios vividos a partir da realização dos três Estágios de Docência, procurando compreender como estes contribuíram para minha...

  13. Brincar : as concepções de educadoras da educação infantil

    Prado, Juliete de Lima
    O brincar é o principal comportamento das crianças e é através dele que elas aprendem sobre o mundo que as cerca, desenvolvendo-se de forma integral. Devido às rápidas transformações da sociedade, entre outros fatores que restringem os espaços e tempos para as brincadeiras, as instituições escolares têm se tornado cada vez mais espaços que privilegiam (ou deveriam privilegiar) o brincar. Com isso, acreditamos ser importante que o brincar seja estimulado pelos educadores. O objetivo geral deste estudo foi compreender as concepções de educadoras da Educação Infantil sobre o brincar. Como objetivos específicos: conhecer o discurso de educadoras sobre o brincar...

  14. A dança e a educação física no ambiente escolar

    Sant’Helena, Débora Pastoriza
    Objetivo: Comparar a aptidão física relacionada à saúde e ao desempenho esportivo (agilidade e força explosiva de membros inferiores) de crianças que possuem somente a Dança como disciplina escolar, a que possui somente a Educação Física e a outra que possui a Dança e a Educação Física. Métodos: O presente estudo caracteriza-se como método correlacional (comparação) de abordagem quantitativa. Foram avaliadas três turmas com 64 alunos do 2º ano do Ensino Fundamental de duas escolas de Porto Alegre. A aptidão física relacionada à saúde e ao desempenho esportivo foram avaliadas de acordo com a bateria de medidas e avaliações do...

  15. Parâmetros antropométricos e aptidão física de ginastas de Porto Alegre : uma comparação entre praticantes de vivência e de rendimento

    Castro, Tamiris Santos Sfair
    Introdução: A Ginástica Artística – GA, de uma forma global, promovem um harmonioso desenvolvimento das crianças e jovens. Elas fomentam o desenvolvimento das capacidades coordenativas, da aprendizagem e do domínio de inúmeras técnicas, a potenciação de capacidades de força, flexibilidade e equilíbrio. Podemos diferenciar a prática da GA em dois pólos e, em um dos extremos estaria a GA como esporte competitivo e, no outro, a GA como atividade física ou esporte de formação / vivência. Parâmetros antropometricos e aptidão física, sugere-se determinar a idade biológica da atleta no recrutamento e estágio de seleção na ginástica artística. Isso pode facilitar...

  16. Evolução de desempenho e de tempo no bloco da prova de 50 m nado livre entre 2011 e 2017

    Lopes, Gustavo Dubal
    Considerando-se a importância da saída para provas curtas de natação, este estudo teve como objetivo comparar e correlacionar tempo no bloco e desempenho na prova de 50 m nado livre dos 32 primeiros classificados, homens e mulheres, de quatro Campeonatos Mundiais de Natação (FINA) entre os anos de 2011 e 2017. Os 256 dados de tempo no bloco e 256 dados de desempenho foram obtidos de página eletrônica de acesso público, da FINA/Omegatiming. Utilizaram-se estatísticas descritivas e inferenciais nos dados coletados. A análise de comparação foi realizada entre os grupos de classificados e não classificados para as semifinais, de ambos...

  17. Aulas de Educação Física separadas por sexo? com a palavra os e as estudantes

    Silva, Laura da
    A presente pesquisa tem como objetivo compreender como estudantes de Ensino Médio entendem as aulas de Educação Física separadas por sexo em uma Escola estadual de Porto Alegre. Quanto aos instrumentos de coleta das informações utilizados no trabalho, foi empregada a metodologia de pesquisa qualitativa. Foram realizadas entrevistas semi-estruturada com dez (10) alunos e alunas de ensino médio de uma escola estadual de Porto Alegre. As entrevistas foram gravadas e transcritas. A análise das informações coletadas permitiu identificar que os alunos e as alunas mesmo que acreditem na igualdade de gênero, parecem ainda ter dificuldades em se sentirem na condição...

  18. Atletas brasileiros de judô nos jogos olímpicos (1972-1988) : versão histórica difundida pela Revista Veja

    Ledur, Josiana Ayala
    O objetivo dessa pesquisa foi analisar as representações sociais construídas acerca da participação dos atletas brasileiros de Judô nos Jogos Olímpicos, a partir das reportagens veiculadas na Revista Veja no período situado entre os anos 1972 a 1988. Este estudo adotou como metodologia a pesquisa documental, valendo-se da coleta de informações nas edições disponíveis no acervo Digital da Revista Veja. Como instrumento de análise, elegemos o método proposto por Bardin (2011). Após a coleta das reportagens, as informações foram agrupadas por elementos de mesma classe ou grupo e foram divididas em categorias. Das três categorias que emergiram neste estudo, o...

  19. Fatores motivacionais para a prática do futebol feminino em dois clubes profissionais na cidade de Porto Alegre

    Pires, Renata Thober
    O presente estudo tem como objetivo verificar os fatores motivacionais que influenciam as mulheres a praticarem futebol em dois clubes profissionais na cidade de Porto Alegre. Esta pesquisa se caracteriza por ser de corte transversal, caráter quantitativo e cunho descritivo. Participaram do estudo 51 praticantes de futebol do sexo feminino, com idade entre 13 a 19 anos que fazem parte de dois clubes profissionais de futebol. Como instrumento de coleta de dados foi utilizado o Inventário de Motivação para a Prática Desportiva de Gaya e Cardoso (1998) que consiste em 19 perguntas classificadas em três níveis de resposta, ou seja,...

  20. Relações entre a percepção da imagem corporal e o estado nutricional de mulheres praticantes de atividade física em academia

    Fraga, Samuel Silveira de
    O presente estudo teve como objetivo verificar possíveis relações entre a percepção da imagem corporal e o estado nutricional de 55 indivíduos do sexo feminino, com média de idade 36,31±12,09 que praticam atividade física em média dois anos e nove meses, em uma academia no município de Viamão. As variáveis somáticas mensuradas foram: a massa corporal total (kg) com uma balança digital, marca Sanny, com precisão de 100 g e a estatura (m) com um estadiômetro marca Sanny com precisão de 1 cm.; Circunferência de Cintura (CC), aferido com uma fita métrica com precisão de 1mm, flexível e inextensível; o...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.