Mostrando recursos 1 - 20 de 27

  1. Modelo para a classificação do risco de crédito de companhias brasileiras listadas na BM&FBovespa

    Araujo, Tiago Lauschner
    Acredita-se que o risco mais temido no ambiente empresarial é o de falência, pois ele afeta diversos interessados, como por exemplo, credores, fornecedores, funcionários e detentores do patrimônio. Sabendo dessa realidade, diversos estudiosos elaboraram ferramentas estatísticas baseadas em índices econômico-financeiros que tinham como propósito prever a ocorrência de uma insolvência iminente para auxiliar uma gama de usuários preocupados com o problema. Dessa forma, no presente estudo, apoiando-se na metodologia adotada por Brito e Assaf Neto (2008), foi desenvolvido um modelo estatístico, com o intuito de auxiliar no processo de tomada de decisão de investimentos, concessão de crédito ou até mesmo...

  2. Relação entre os elementos da teoria atribucional e as causas apontadas pelos acadêmicos de Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio Grande do Sul para explicar seu desempenho e as suas reações emocionais

    Cassolli, Silvio
    O objetivo desse estudo é analisar a relação entre os elementos da Teoria Atribucional causal e as causas apontadas pelos acadêmicos de Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio Grande do Sul para explicar seu desempenho e as suas reações emocionais e como isso afeta a sua motivação para a aprendizagem. Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo, realizado por meio de um levantamento baseado em questionário aplicado aos discentes de Ciências Contábeis matriculados no 1º semestre do ano de 2017, num total de 370 respondentes sendo aproveitados na pesquisa 360 questionários. Identificou-se que praticamente 80% dos acadêmicos afirmam que as...

  3. Impactos tributários da variação cambial do ano de 2015 sobre preços de transferência pelo método de Preços Independentes Comparados (PIC)

    Nunes, Julia Ungaratti
    Os impactos tributários no âmbito das empresas multinacionais situadas no Brasil referentes aos preços de transferência praticados em operações com unidades estrangeiras relacionadas têm se tornado um ponto crucial no planejamento tributário e na redução de custos com carga tributária. O objetivo deste estudo é demonstrar o impacto tributário das variações cambiais do ano de 2015 (moedas dólar e real) sobre os preços de transferência de empresas no Brasil que adotem, para fins de cálculo, o método PIC (Preços Independentes Comparados) e responder à questão se poderá haver ajustes de preços de transferência apenas em função da variação cambial ocorrida....

  4. Impacto causado na indústria brasileira de autopeças pela crise econômica de 2015

    Marschner, Rodrigo Padilha
    Esta pesquisa tem como objetivo geral analisar e interpretar os índices contábeis das empresas de comercialização de autopeças: Plascar Participações S.A., Iochpe Maxion S.A. e Mahle-Metal Leve S.A, três empresas de capital aberto listadas na BOVESPA, a fim de evidenciar se a crise econômica de 2015 afetou este setor. Trabalho feito de acordo com a teoria de análise de balanço e indicadores contábeis, com informações retiradas do site da BOVESPA de cada empresa e editadas para poderem ser comparadas uma com as outras. Sobre a abordagem do problema, esta pesquisa deverá ser classificada como qualitativa. Quanto aos meios de pesquisa,...

  5. Percepção do profissional de comunicação e da contabilidade no processo de divulgação das demonstrações contábeis obrigatórias da Prefeitura de Porto Alegre

    Lopes, Lidiane Weber
    O objetivo deste estudo é analisar como os profissionais de comunicação e da contabilidade podem tornar a divulgação das Demonstrações Contábeis obrigatórias, contidas no portal de transparência do município de Porto Alegre, mais atrativas para a população em termos de incremento do Controle Social. Quanto aos procedimentos metodológicos, esta pesquisa é classificada como qualitativa, descritiva e levantamento, por meio de entrevista. A justificativa do estudo consiste na importância de um controle social efetivo sobre os gastos públicos através de entrevistas semiestruturadas com profissionais da área de comunicação e contabilidade. Ao considerar que o universo comunicacional está em constante evolução, tem...

  6. Evolução do relatório do auditor independente no período de 1972 a 2016

    Ramos, Jefferson Dornelles
    Este trabalho objetiva descrever as alterações ocorridas de 1972 até 2016 no Relatório dos Auditores Independentes (RAI) sobre as demonstrações contábeis, demonstrando sua evolução, os impactos destas mudanças na opinião expressa pelo auditor, bem como elencar, que alterações foram estas. O estudo histórico relativo à evolução dos normativos e legislações referentes ao relatório do auditor independente proporciona o entendimento de como estas mudanças influenciaram no trabalho executado por estes profissionais. Quanto aos procedimentos metodológicos, esta pesquisa caracteriza-se como qualitativa, descritiva e documental. A avaliação dos documentos ocorreu por meio dos Relatórios de Auditoria extraídos das demonstrações contábeis das Telecomunicações Brasileiras...

  7. Impacto do regime tributário sobre o resultado econômico de uma empresa de pequeno porte

    Pegoraro, Matheus Pimentel
    Algumas empresas podem acabar tendo dificuldades para expandir em virtude da alta carga tributária que incide sobre elas. Dito isso, escolher adequadamente o regime tributário a ser utilizado é de grande importância. No Brasil, existem quatro tipos desses regimes: Lucro Real, Lucro Presumido, Lucro Arbitrado e o Simples Nacional. Entretanto, microempresas e empresas de pequeno porte, normalmente, optam pelo Lucro Presumido ou Simples Nacional, pois são os sistemas que tendem a lhes trazer mais vantagens. Com base nisso, o objetivo deste trabalho é responder como a utilização desses regimes tributários impacta o resultado econômico de uma clínica de saúde de...

  8. Evidenciação da divulgação das práticas de gerenciamento de risco corporativo nas empresas do setor de petróleo, gás e biocombustíveis

    Espartel, Leandro Lemos Garcia
    Os riscos estão implícitos no negócio da organização e gerenciá-los é essencial para a sobrevivência da organização. O Instituto Brasileiro de Governança Corporativa possui um guia com as melhores práticas de gerenciamento de risco. O presente artigo tem como objetivo principal evidenciar a divulgação das práticas de gerenciamento de risco propostos pelo Instituto Brasileiro de Governança Corporativa. Para tanto, fundamenta-se nos formulários de referência mais atualizados de empresas do setor de petróleo, gás e biocombustíveis submetidos à Comissão de Valores Mobiliários, do segmento do Novo Mercado. Para a coleta dos dados, utilizou-se como métrica um checklist construído a partir das...

  9. Qual o perfil dos micro e pequenos empreendedores do ramo de food trucks de Porto Alegre (RS) em relação à contabilidade e suas áreas do conhecimento

    Boniatti, Veridiane Meneguetti
    O objetivo desta pesquisa é identificar o perfil dos micro e pequenos empreendedores do ramo de food trucks de Porto Alegre (RS) em relação à contabilidade e suas áreas do conhecimento, bem como, demonstrar como os empreendedores exercem suas atividades em atendimento às exigências da Prefeitura de Porto Alegre. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, descritiva, realizada por meio de um levantamento baseado em questionários aplicados a uma amostra de micro e pequenos empreendedores do ramo de food trucks que atuam em Porto Alegre, juntamente com uma entrevista semiestruturada realizada com um representante da Seção de Licenciamento de Atividades Ambulantes da...

  10. Análise de controles internos no processo de folha de pagamento em uma microempresa prestadora de serviços

    Yefinczuk, Nikolai David Korczik
    Os controles internos são processos aplicados por uma entidade que visam fornecer segurança razoável da realização dos objetivos nos relatórios financeiros, eficiência de processos e conformidade com as leis. O presente artigo tem como objetivo principal identificar os controles internos existentes na organização e propor, se necessário, a aplicação de novos controles na área de recursos humanos, com foco no processo de folha de pagamento, em uma microempresa prestadora de serviços, visando mitigar o risco de reclamatórias trabalhistas. Para tanto, realizou-se um Estudo de Caso, com obtenção de informações via entrevista, questionários e análise de documentos. Ademais, utilizou-se a técnica...

  11. Controle interno na administração pública : estudo de casos múltiplos em prefeituras da grande Porto Alegre/RS

    Dasoler, Maria Loni
    O controle interno, como função da controladoria, beneficia, facilita e auxilia no processo de tomada de decisão dos administradores públicos, como também permite estruturar e fortalecer a transparência, a eficiência e à aderência às normas nas organizações. Faz-se necessário registrar receitas e gastos das organizações públicas de maneira clara, demonstrando com transparência para a sociedade a inexistência de fraudes, erros e desvios de recursos. O objetivo deste estudo é apurar qual o nível de aderência do controle interno na administração pública em relação às funções primordiais da controladoria estabelecidas por Borinelli (2006). Para atingir o objetivo proposto realizou-se uma pesquisa...

  12. Estudo da aplicabilidade do CPC pequenas e médias empresas – ativo imobilizado – pelos escritórios contábeis de Porto Alegre

    Costa, Gustavo Cordova da Silva
    Em 2009, o Comitê de Pronunciamentos Contábeis emitiu o CPC PME com a finalidade de inserir os pequenos e médios empresários no processo de adoção de normas internacionais. A aderência ao padrão internacional visa melhorar a qualidade da informação contábil gerada aos usuários, tornando-a mais fidedigna, comparável e acessível aos mercados. Tal processo é vital para as pequenas e médias empresas sobreviverem em um ambiente globalizado. Assim, o presente estudo tem como objetivo constatar o nível de aplicação do controle de bens do ativo imobilizado dos escritórios contábeis de Porto Alegre. A pesquisa está caracterizada como quanti-qualitativa, descritiva e quanto...

  13. Aceitação de um ERP no departamento contábil de uma empresa pública

    Marques, Katiane Zancan
    presente pesquisa analisa fatores e condições que influenciam a aceitação de um sistema integrado de gestão (ERP) no departamento de contabilidade de uma empresa pública. Para permitir uma avaliação eficiente foi utilizado o modelo UTAUT. Esse modelo é explanado no referencial teórico, que traz os fundamentos que amparam esse estudo, como a definição de sistema integrado de gestão, a apresentação de outras teorias que avaliam a aceitação e a discussão de alguns estudos relacionados. A pesquisa é descritiva e utiliza o estudo de caso qualitativo como procedimento metodológico. Para a coleta de dados foram utilizadas três fontes: entrevistas semiestruturadas, observação...

  14. A percepção dos egressos do curso de Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio Grande do Sul em relação às habilidades e competências desenvolvidas na graduação

    Koller, Kevyn Garbin
    As instituições de ensino superior devem subsidiar competências e habilidades, sejam técnicas ou interpessoais, para que os profissionais atendam as demandas exigidas pelo mercado de trabalho. Levando em consideração essa necessidade, o presente estudo buscou responder a seguinte questão: qual a percepção dos egressos do curso de Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio Grande do Sul em relação às habilidades e competências desenvolvidas na graduação? Objetivou-se, então, identificar a percepção dos mesmos a respeito das competências e habilidades adquiridas durante a graduação, tendo como base a Resolução CNE/CES nº 10 e a International Education Standard 2. Para tanto, utilizou-se...

  15. Demonstração do valor adicionado : uma análise comparativa entre instituições bancárias participantes e não participantes do Índice Carbono Eficiente – ICO2

    Silva, Laíza Selau da
    A preocupação por parte das organizações com a responsabilidade social vem crescendo ao longo do tempo. Na contabilidade, a Demonstração do Valor Adicionado (DVA) tem como uma de suas finalidades evidenciar o papel social das empresas. O presente estudo tem como objetivo analisar dados da DVA do ano de 2016 através de indicadores e comparar por meio destes a capacidade de geração e distribuição de riqueza das instituições bancárias participantes e não participantes do Índice Carbono Eficiente (ICO2), proposto pela BM&FBovespa. Esta pesquisa caracteriza-se como descritiva, documental e com abordagem quantitativa. A amostra foi composta por organizações bancárias participantes e...

  16. Aproveitamento de créditos de PIS/PASEP e COFINS sobre aquisições de ativos intangíveis

    Schneider, Thaís Fernanda
    A internacionalização de normas brasileiras de contabilidade, ocorrida a partir da edição da Lei n° 11.638/2007, trouxe modificações relevantes na legislação societária, em especial no que se refere à apresentação das demonstrações financeiras das sociedades. Algumas dessas modificações resultaram em impacto tributário temporário, como foi o caso da reclassificação de bens do imobilizado para o ativo diferido, posteriormente denominado intangível, resultando na ausência de geração de créditos tributários do PIS (Programa de Integração Social) e da COFINS (Contribuição para a Seguridade Social) para empresas tributadas pelo Lucro Real entre os anos de 2008 e 2014, quanto foi editada a Lei...

  17. Aproveitamento de créditos de PIS/PASEP e COFINS sobre aquisições de ativos intangíveis

    Schneider, Thaís Fernanda
    A internacionalização de normas brasileiras de contabilidade, ocorrida a partir da edição da Lei n° 11.638/2007, trouxe modificações relevantes na legislação societária, em especial no que se refere à apresentação das demonstrações financeiras das sociedades. Algumas dessas modificações resultaram em impacto tributário temporário, como foi o caso da reclassificação de bens do imobilizado para o ativo diferido, posteriormente denominado intangível, resultando na ausência de geração de créditos tributários do PIS (Programa de Integração Social) e da COFINS (Contribuição para a Seguridade Social) para empresas tributadas pelo Lucro Real entre os anos de 2008 e 2014, quanto foi editada a Lei...

  18. Considerações sobre política de responsabilidade socioambiental de uma instituição financeira gaúcha

    Barcelos, Letícia Habekoste
    O tema responsabilidade socioambiental apresenta-se cada vez mais presente no contexto organizacional dos mais diversos segmentos da economia, sendo crescente o número de empresas que investem em infraestrutura, tecnologias e novos negócios atrelados a redução de impactos socioambientais e num sentido mais amplo com desenvolvimento sustentável. De igual forma, é crescente a exigência legal e regulatória para que os envolvidos direta e indiretamente em danos ambientais sejam responsabilizados por prejuízos ocasionados a terceiros. Neste cenário, situam-se as instituições financeiras brasileiras, que operam como gestoras de recursos de terceiros além de financiadoras de créditos para pessoas jurídicas e físicas. Em 2014,...

  19. Considerações sobre política de responsabilidade socioambiental de uma instituição financeira gaúcha

    Barcelos, Letícia Habekoste
    O tema responsabilidade socioambiental apresenta-se cada vez mais presente no contexto organizacional dos mais diversos segmentos da economia, sendo crescente o número de empresas que investem em infraestrutura, tecnologias e novos negócios atrelados a redução de impactos socioambientais e num sentido mais amplo com desenvolvimento sustentável. De igual forma, é crescente a exigência legal e regulatória para que os envolvidos direta e indiretamente em danos ambientais sejam responsabilizados por prejuízos ocasionados a terceiros. Neste cenário, situam-se as instituições financeiras brasileiras, que operam como gestoras de recursos de terceiros além de financiadoras de créditos para pessoas jurídicas e físicas. Em 2014,...

  20. Reforma tributária : o reflexo tributário da unificação das contribuições PIS e COFINS para as empresas comerciais e prestadoras de serviços

    Luce, Leonardo Bondarczuk
    O presente estudo tem como finalidade identificar o reflexo tributário na unificação das contribuições PIS e COFINS para as empresas comerciais e prestadoras de serviços, analisando: a) os valores das despesas geradoras de créditos tributários; b) valores das receitas geradoras de impostos; c) valor a ser compensado das despesas; d) apuração dos impostos; e, e) comparação entre as duas alíquotas. O artigo é classificado em qualitativo, explicativo, documental com levantamento de dados de primeira mão, como leis e revistas, e de segunda mão, como demonstrações contábeis de empresas e tabelas. Examinaram-se as leis que normatizam as contribuições PIS e COFINS,...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.